Ronaldo Silva vai processar Cristina Costa por acusações de “enriquecimento ilícito”

Depois da confusão protagonizada pelos vereadores Ronaldo Silva (PSDB) e Cristina Costa (PT), na última sessão da Câmara de Petrolina, quinta-feira, 11, o tucano foi à tribuna da Casa na sessão desta terça-feira, 16, se defender do que chamou de “inverdades” da colega. Ele antecipou que deve acionar a colega na justiça.

Na sessão passada, Cristina havia respondido a Ronaldo Silva, que tachou o ex-presidente Lula de “ladrão”. Ela devolveu insinuando que o colega também não explicava como tinha adquirido um posto de gasolina na cidade com apenas um salário de R$ 15 mil como vereador.

Eu não sabia que o nome da vereadora Cristina Costa tinha mudado para Luiz Inácio Lula da Silva, que foi quem chamei de ladrão. A senhora não precisa usar desse tipo de expediente para aparecer mais, só porque está pleiteando uma candidatura a deputada estadual. E mais, quem exige respeito deve respeitar também. Eu sempre tive a todos aqui como amigos, mas agora passo a pensar diferente”, disse Ronaldo. “Agora, quem vai ter de responder é a vereadora na justiça”, completou.

Fenaj e Sindicato dos Jornalistas de PE se solidarizam com assessora de Cristina Costa após incidente na Casa Plínio Amorim

Por meio de nota, a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e o Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco (Sinjorpe) manifestaram sua solidariedade à jornalista Maria Lima, que trabalha como assessora de comunicação da vereadora de Petrolina, Cristina Costa (PT).

As duas entidades repudiaram publicamente a atitude do vereador Ronaldo Silva (PSDB), que foi tirar satisfação com a petista, após esta elogiar na tribuna da Casa Plínio Amorim, durante a sessão de ontem (11), o ex-presidente Lula no depoimento que concedeu ao juiz Sérgio Moro sobre a Operação Lava Jato.

Ronaldo alegou que Maria Lima estaria escutando conversas e o filmando, enquanto ele discutia assuntos pertinentes à Câmara, com demais colegas. A jornalista, no entanto, negou a versão do vereador. “Eu não estava filmando o vereador, mas apenas gravando parte do discurso do vereador Gilmar Santos (PT), que usava a tribuna, assim como fez Cristina Costa, para quem trabalho como assessora de imprensa, para juntar os dois discursos (de Costa e Gilmar) sobre o ex-presidente Lula”, justificou.

Troca de farpas entre Cristina Costa e Ronaldo Silva tem acusação grave

A troca de farpas entre os vereadores Cristina Costa (PT) e Ronaldo Silva (PSDB), na manhã de ontem (11) na Casa Plínio Amorim, teve uma grave acusação. Depois de enaltecer o depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sérgio Moro, na última quarta-feira (10), ao afirmar – entre outras coisas – que Lula provou que as acusações contra ele na Operação Lava Jato não têm fundamento jurídico porque não existem provas materiais, Cristina ouviu de Ronaldo, aos gritos, o ex-presidente ser chamado de “ladrão e vagabundo”.

Cristina devolveu no mesmo tom. “Quero dizer que o gato disso usa, disso cuida. Quem está abrindo posto aqui em Petrolina é vossa excelência, que está acostumado a isso”, disparou a vereadora. Ronaldo indagou de bate-pronto. “Acostumado a que? a roubar? a senhora quer me comparar com um vagabundo e ladrão daquele?”, devolveu o vereador.

Depois disso Ronaldo partiu para cima de Cristina e precisou ser acalmado por alguns colegas. Osório chegou a ameaçar encerrar a sessão plenária, que teve continuidade após alguns minutos interrompida por causa da discussão.

Cor azul em frase do novo monumento turístico de Petrolina gera controvérsia na Casa Plínio Amorim

O mais novo monumento turístico de Petrolina, que foi inaugurado na noite de ontem (10) na Orla Fluvial pelo prefeito Miguel Coelho (PSB), deu o que falar na sessão plenária desta quinta-feira (11) na Casa Plínio Amorim. A protagonista da polêmica foi a vereadora Cristina Costa (PT), que questionou a cor azul no ‘eu’ da frase “#Eu Amo Petrolina”.

O letreiro, com 20 metros de comprimento por dois de altura, foi instalado num trecho da calçada da orla (no cruzamento das Avenidas Joaquim Nabuco e Cardoso de Sá) e vem recebendo elogios de quem passa pelo local. A própria Cristina enalteceu a beleza da obra. No entanto, ela quer explicações sobre como se deu a construção do equipamento.

Responsável pela obra, a empresa Novo Centro investiu cerca de R$ 40 mil no monumento e o doou para o município. Mas Cristina justificou que se a área não for particular, Miguel Coelho estaria ferindo a Lei 698 de 26 de junho de 1997, nascida de um projeto de lei do então vereador Chico Freire.

Pela lei, fica determinado no artigo 1° que “os bens móveis e imóveis pertencentes ao município, já existentes e doravante adquiridos, só poderão ser pintados com as cores da bandeira de Petrolina” – ou seja, verde, amarela e vermelha. O parágrafo único da lei permite somente que a cor branca seja incorporada às da bandeira por ser neutra. Mas no monumento, o azul também foi incluído. “O prefeito está descumprindo a lei municipal e a Lei Orgânica”, declarou. A vereadora disse ainda que entrará com um requerimento junto à Mesa Diretora para saber se o terreno onde fica o letreiro foi uma concessão, permissão ou se teve autorização, “porque no momento em que o prefeito pega um monumento público e o inaugura num espaço público, ele está se promovendo”, afirmou. “Nós, vereadores, não podemos ficar omissos para aprovarmos as leis e nós mesmos acatarmos o descumprimento dessa lei”, completou.

Outro lado

O vereador governista Ronaldo Cancão (PTB), porém, rebateu a colega de Legislativo. Ele assegurou que não há nada de ilegal, uma vez que o letreiro não foi construído com dinheiro público. Em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura, o Blog foi informado de que as cores foram escolhidas pela empresa, assim como o formato das letras. A prefeitura ficará responsável pela manutenção e preservação do equipamento.

Vídeo Blog: Elogios de Cristina Costa a Lula enfurecem Ronaldo Silva na Casa Plínio Amorim

Cristina Costa sai em defesa de Lula e Ronaldo Silva parte para briga: ‘Pare de falar nesse ladrão aqui’

Mais uma vez os vereadores Ronaldo Silva (PSDB) e  Cristina Costa (PT) quebraram o pau na Câmara de Petrolina. O bate-boca aconteceu agora a pouco, durante sessão ordinária, enquanto a vereadora petista usava a tribuna da Casa Plínio Amorim e defendeu o ex-presidente Lula (PT) em depoimento concedido ontem (10) ao juiz Sérgio Moro, que investiga a operação Lava Jato.

Não fale nesse ladrão aqui mais não, vereadora“, gritou Ronaldo Silva ao microfone. Cristina não gostou e os dois discutiram fortemente, tendo que ser contidos pelos colegas.

Petrolina: Vereadores não presidem a própria audiência pública proposta por eles

Um fato no mínimo curioso ocorre no final da manhã e início de tarde desta terça-feira, 25. Autores da audiência púbica que acontece agora na Câmara de Petrolina e que trata dos serviços de saneamento e taxa de esgoto e da atuação da Compesa no município, os vereadores Cícero Freire (PR) e Cristina Costa (PT) não presidem a audiência. No centro da mesa diretora está o vereador Manoel da Acosap (PTB), que é primeiro secretário da Casa Plínio Amorim.

Geralmente, nas casas legislativas, quem solicita audiência pública, reuniões, sessões solenes – entre outros itens – também é quem preside o ato. Perguntado aos autores por que não estavam comandando a própria audiência pública, nem Cícero nem Cristina souberam ou pelo menos não quiseram responder.

Cristina Costa e Gilmar Santos discordam sobre comparecimento de filiados ao PED em Petrolina

Um número de pouco mais de 400 dos cerca de 2 mil filiados do Partido dos Trabalhadores em Petrolina marcou o processo de eleições diretas (PED) realizado no último domingo, 9, para a escolha dos novos dirigentes petistas. Numa das principais legendas estruturadas na maior cidade do Sertão, com sede e diretório formado e atuante e que tradicionalmente em momentos de debates e definições da sigla, os filiados costumavam estar presentes em número significativo. O pouco comparecimento na votação de domingo na chapa Reginaldo Paes e Patrick Campos para presidente e vice, respectivamente, gerou discrepância diante do histórico aguerrido que o PT possui em Petrolina.

Os detentores de mandados do partido na Câmara Municipal, vereadores Cristina Costa e Professor Gilmar Santos, avaliaram as eleições e o fato de ausência de filiados ao PED no município. E houve discordâncias. Cristina achou o número de votantes dentro do que esperava o Diretório Municipal. (mais…)

Emocionada, vereadora Cristina Costa desabafa sobre assassinato de sindicalista: “Criminoso não ficará impune”

O crime brutal que teve como vítima a sindicalista Abenigna Lúcia do Bonfim, de 67 anos, encontrada morta em sua própria residência na Cohab Massangano, zona oeste de Petrolina, na última quarta-feira (5), mereceu um desabafo emocionado da vereadora Cristina Costa (PT) na sessão plenária de ontem (6) na Casa Plínio Amorim.

“Que Petrolina é essa? Que Pernambuco é esse? Uma senhora indefesa, que é amordaçada, enforcada, ensacada e lutou pela sua vida. Deus nos dê força para enfrentar esse momento”, declarou Cristina, indo às lágrimas.

Em tom de desabafo, a vereadora garantiu que o assassinato de Abenigna – a qual também era ligada ao PT de Petrolina – não ficará esquecido. “Não chamo essa pessoa de ser humano. Tenho certeza que esse criminoso não ficará impune”, completou a vereadora. (foto/arquivo)

Parlamentares petistas de Petrolina ressaltam visita de Lula e Dilma à transposição na PB

 

O deputado estadual Odacy Amorim e os vereadores, Cristina Costa e Professor Gilmar Santos, ambos do PT, destacaram nesta terça-feira, 21, a visita dos ex-presidentes Lula e Dilma às obras da transposição do Rio São Francisco, no eixo leste localizado na cidade de Monteiro, cariri paraibano. Odacy usou a tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para destacar o evento ocorrido no último domingo, 19, quando uma caravana petrolinense prestigiou a visita dos ex-gestores petistas.

Para Amorim, a data foi marcada “pela alegria e satisfação da população”. “Parabéns ao Brasil e a quem teve a iniciativa de fazer essa obra, que beneficiará a atual e as futuras gerações”, afirmou o parlamentar, que valorizou a decisão política de Lula, em seu segundo mandato como presidente, de dar início ao projeto.

O deputado defendeu, por fim, que as políticas de combate à seca tenham sequência. “A transposição é o projeto macro. Agora, prefeitos e Governo do Estado precisam fazer ações para ramificar os canais, levando essa água a mais vilarejos e cidades”, pontuou. Já Cristina e Gilmar usaram as redes sociais para destacar a passagem de Lula e Dilma por Monteiro.

A cidade de Monteiro- PB parou neste domingo, no ato de inauguração da transposição das águas do Rio São Francisco. Militantes do Partido dos Trabalhadores enfrentaram congestionamentos na rodovia de acesso à cidade. Milhares de pessoas ocuparam as ruas para ver e ouvir os ex presidentes Lula e Dilma. Este domingo vai ficar na história do Nordeste e do povo brasileiro”, postou a petista que é presidente o partido em Petrolina. Já Gilmar Santos, classificou o ato como “emocionante e encorajador”.

“Estivemos lá. Fomos testemunhas desse momento histórico, junto com a comitiva do Partido dos Trabalhadores de Petrolina e milhares de nordestinos que saudaram e agradeceram o presidente Lula e a presidenta Dilma, na cidade de Monteiro-PB, pela chegada das águas do Rio São Francisco a centenas de cidades e milhões de pessoas tão castigadas pela seca. Foi lindo, encorajador e emocionantes”, destacou Gilmar em sua página no Facebook. (Foto: Ascom)-

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br