Técnicos da Ceasa de PE analisam em Petrolina áreas para construção do novo Ceape

Técnicos da Ceasa de Pernambuco estiveram reunidos em Petrolina com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário, José Batista da Gama. O objetivo da visita foi fazer uma análise das áreas que sejam viáveis e compatíveis com o novo projeto de construção da sede da Central de Abastecimento (Ceape). (mais…)

Moradora denuncia construção “aleatória” de muros em residencial de Petrolina

Um fato vem chamando a atenção e indignando alguns comunitários no Residencial Brasil, em Petrolina. Segundo relatos recebidos pelo Blog, moradores da localidade estariam erguendo muros “sem permissão” do poder público.

Para construir os muros, esses comunitários também estão cortando árvores de forma indiscriminada. “Se alguém não tomar uma atitude, vamos ficar sem nenhuma árvore”, desabafou uma moradora, que prefere não se identificar para não criar desavenças com seus vizinhos.

A reportagem do Blog entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade sobre o assunto. (foto/arquivo Blog)

Construção no Centro de Petrolina é criticada por leitor

Uma construção localizada na Rua Castro Alves, Centro de Petrolina, vem gerando controvérsia. (mais…)

Prefeito lança programa para revitalizar Rio São Francisco e avançar na implantação do terminal fluvial de Petrolina

A Prefeitura de Petrolina iniciou nesta segunda-feira (20) ação de remoção de 3.500 toneladas de baronesas e resíduos do Rio São Francisco. A ação integra o projeto Orla Nossa, que desenvolverá, durante os próximos meses, um conjunto de atividades para a preservação do ecossistema do Velho Chico.  A retirada das baronesas está previsto para ocorrer nos próximos dois meses. (mais…)

Univasf dá início à construção do Campus Paulo Afonso

Um complexo composto por salas de aula, laboratórios, biblioteca, auditórios e infraestrutura administrativa começa a ser erguido na cidade de Paulo Afonso, no norte da Bahia. Trata-se das instalações do Campus Paulo Afonso da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), cujas obras iniciaram no último mês de dezembro. O reitor da Univasf, Julianeli Tolentino, acompanhou recentemente o andamento da obra, que tem previsão de término para julho de 2018.

Também participaram da visita o coordenador do Colegiado de Medicina, professor Romero Henrique de Almeida Barbosa; a coordenadora administrativa do campus, Cristiany Araújo Santos; a chefe de Gabinete da Univasf, Edilene Bezerra; e representantes da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf). Para o reitor Julianeli Tolentino, este é um passo importante para a instituição e para a cidade.

A estrutura definitiva do Campus Paulo Afonso dará suporte às atividades do curso de Medicina, já em execução, e contribuirá para uma melhor qualidade das ações previstas no projeto pedagógico do curso, além de possibilitar melhores condições de trabalho para nossos servidores. Também possibilitará a provável oferta de novos cursos de graduação e pós-graduação, que contribuirão para a consolidação do Campus e para o desenvolvimento da região de Paulo Afonso“, destaca o reitor.

A Univasf investiu cerca de R$ 15,5 milhões na obra, que está organizada em uma etapa, composta por serviços preliminares, fundação, superestrutura e acabamentos. Atualmente estão sendo realizados os serviços de fundação do prédio. O projeto arquitetônico foi desenvolvido pelo arquiteto Robério do Nascimento Coelho e a construção do complexo está sendo executada pela empresa AB Engenharia.

Campus

O Campus Paulo Afonso da Univasf iniciou suas atividades acadêmicas em setembro de 2014, com a primeira turma do curso de Medicina. Desde então, o campus funciona em instalações provisórias, cedidas por meio de parceria com a Chesf, no Centro de Formação Profissional de Paulo Afonso (CFPPA).

Secretaria da Fazenda de Petrolina agiliza emissão de alvarás para residências e empresas

Os procedimentos para obter alvarás para construção e reforma de casas, além do funcionamento das empresas em Petrolina, ficou mais fácil e rápido. Desde a semana passada a prefeitura está realizando um mutirão para desengavetar processos que estavam arquivados por até cinco anos.

As taxas que, muitas vezes demoravam até 90 dias para serem emitidas, estão sendo liberadas na mesma hora. Para isso, basta o cidadão procurar o setor responsável na prefeitura, munido da documentação exigida para cada procedimento.

“Entendemos que a demora no licenciamento, por exemplo, muitas vezes acaba por incentivar as irregularidades. Com menos burocracia, o contribuinte pode terminar sua obra mais rápido, conseguir o alvará com maior facilidade e o município garante importantes recursos para aplicar na melhoria da cidade”, avalia o secretário Rodrigo Amaro (Fazenda). As informações são da assessoria.

Lixo e terreno que teria invadido rua são motivos de reclamações no Bairro Dom Malan

Moradores do Bairro Dom Malan, zona leste de Petrolina, reclamam da quantidade de lixo depositada ao lado de uma construção na Rua Tamandaré. Segundo eles, o muro da construção teria invadido parte da rua, o que causou estranheza na vizinhança.

Os comunitários dizem que o lixo tem contribuído para a proliferação de insetos, que acabam invadindo as residências. Aborrecidos, eles cobram providências. Com a palavra, os responsáveis. (foto/divulgação)

Baldes deixados em construção podem se tornar criadouros do Aedes aegypti e comunitário alerta para risco

dengue

Uma construção no Bairro Areia Branca, em Petrolina, está gerando preocupação entre os vizinhos. O motivo é que a obra possui vários baldes que podem transformar-se em criadouros para o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus.

(mais…)

Pessoas físicas poderão financiar construção de unidades do ‘Minha Casa Minha Vida’ até 2017

Minha casaPessoas físicas poderão financiar a construção de unidades do Programa ‘Minha Casa Minha Vida’ até dezembro de 2017, com recursos do Fundo de Garantia por Tempo Indeterminado (FGTS). É o que prevê a Portaria nº 539/2016 do governo federal, que será publicada nesta sexta-feira (28) no Diário Oficial da União (DOU).

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, informou que a medida atende a diversas manifestações realizadas no país, especialmente por parte dos pequenos construtores, os quais mostraram-se preocupados com as regras estabelecidas pelo governo anterior.

O prazo estendido inclui a venda de das unidades. Para aqueles que já possuem o ‘Habite-se’ ou documento equivalente concedido pelo órgão municipal competente, a aquisição deverá ocorrer num prazo máximo de 180 dias contados a partir da expedição do ‘Habite-se’, dispensando vistoria preliminar do agente financeiro do FGTS. As informações são do Ministério das Cidades.

Construção de prédio ‘engole’ rua no Centro de Petrolina e leitor questiona

construcao-de-predio-rua-petrolina

A construção de um prédio numa rua do Centro de Petrolina, ao lado da descida da Ponte Presidente Dutra, vem sendo motivo de questionamentos. Pelo WhatsApp, um leitor do Blog pergunta: “Cadê a rua que estava aqui? A construção do prédio comeu a rua?” (mais…)

Construção em avenida no Centro de Petrolina vira alvo de questionamentos

construcao-clinica

A construção de uma clínica na Avenida Joaquim Nabuco, Centro de Petrolina, chamou a atenção de alguns leitores do Blog. O detalhe é que a obra não tem o recuo previsto pelo Código de Postura.

Como se percebe na foto, os transeuntes vão praticamente perder o direito de circularem pela calçada naquele local. Com a palavra, as autoridades.

Construção de calçadas na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio gera controvérsia

calçada avenida monsenhor

A construção de novas calçadas ao longo da Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, que corta vários bairros de Petrolina, tem gerado reclamações de motoristas que circulam pela área. Através do WhatsApp do Blog, um leitor enviou fotos e fez o seguinte questionamento:

A obra de implantação de calçadas em quase toda extensão da Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio apresenta falhas: falta  acostamentos de areia em quase toda extensão dessa obra. Isso pode ser constatado nas fotos, que foram tiradas da área próxima ao Bar Jatobá até a Escola Maroquinha, na Areia Branca“, destaca. Com a palavra, a prefeitura. (foto/divulgação)

São José do Egito: Prefeito oferece terreno para construção de fórum

romério sao josé do egitoO prefeito de São José do Egito (PE), Romério Guimarães (PT), esteve em audiência com o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Leopoldo Raposo, tratando da construção do novo fórum do município.

Também estiveram presentes o desembargador Francisco Tenório e o advogado Erasmo Siqueira. Na cidade a Justiça Eleitoral funciona num prédio alugado e improvisado. A prefeitura está disposta a doar o terreno para a construção da nova sede. Há 15 dias, o prefeito recebeu a visita de uma arquiteta do Tribunal, que vistoriou três terrenos onde o fórum poderia ser instalado.

A prefeitura vai doar também um terreno para a construção da sede da Defensoria Pública. Durante o encontro, foi solicitado ainda a possibilidade de nomear juízes titulares para as duas varas da Comarca. Atualmente o município conta com juízes auxiliares, que não dão conta dos inúmeros processos – hoje em torno de 7 mil. (De Anchieta Santos/para o Blog/foto: Mais Pajeú/reprodução)

Executivo do grupo francês Accor confirma construção do Hotel Ibis em Juazeiro

ibis hotelO grupo francês Accor, líder mundial em hospedagens, investirá cerca de R$ 18 milhões para construir o Hotel Ibis em Juazeiro (BA), ao lado do Juá Garden Shopping, no bairro Itaberaba. O contrato, que foi assinado no mês de maio último em São Paulo (SP) pelo gerente de Desenvolvimento da Accor no Brasil, Rômulo Silva, e o empresário Carlos Alberto Campos, (da Construtora Campus 10), foi reafirmado com visita de Rômulo a Juazeiro no dia de ontem (4).

Segundo a Campus 10, o empreendimento terá 120 apartamentos. A construção, ainda sem previsão de início, deve gerar mais de 200 empregos diretos e indiretos. O período de construção será de dois anos.

Se pudéssemos construir da noite para o dia, não tenho dúvidas de que teríamos 80% de ocupação, como ocorre hoje com a nossa unidade na cidade vizinha de Petrolina. Isso foi o que nos levou a investir na cidade. Temos estudado a região, já há algum tempo, e o crescimento de Juazeiro é espetacular. Enquanto em outras regiões do país temos tido queda de 7% a 8%, em 2015 o nosso faturamento aqui aumentou, o que mostra uma economia bastante aquecida“, expressou Rômulo Silva. (foto/ilustração)

Construção de estrada em área ribeirinha de Petrolina gera troca de farpas entre Ronaldo Cancão e Ricardo Rocha

ronaldo cancãoricardo rochaAzedou de vez a relação entre o vereador Ronaldo Cancão (PTB) e o assessor especial da Prefeitura de Petrolina, Ricardo Rocha. Cancão disse na manhã desta quinta-feira (4) ao programa ‘Manhã no Vale’, da Rádio Jornal, que o assessor mandou uma retroescavadeira atravessar pelo Rio São Francisco (que está seco e possibilitou que a máquina fosse rodando) para a construção de uma estrada na Ilha do Coqueiro, área ribeirinha da cidade. Mas o vereador informou que a obra destruiu cajueiros e árvores centenárias na ilha, além de um porto no local.

Cancão já tinha feito a denúncia da tribuna da Casa Plínio Amorim, na primeira sessão plenária deste semestre, terça (2), após o recesso parlamentar do mês de julho. Ele ainda afirmou que Ricardo Rocha não tinha autorização da secretária Tatyanne Lima (Infraestrutura), nem da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA).

O vereador voltou ao assunto na sessão desta quinta. Ele disse já ter informado ao Ministério Público Federal (MPF), já que não existe estudo de impacto ambiental da obra. “É correto destruir um porto, a mata ciliar?”, desabafou, inconformado.

Mas Ricardo Rocha, que ouvia as declarações de Cancão no ‘Manhã no Vale’, foi ao programa e despejou sua ira contra ele. “Esse vereador gosta de aparecer, não trabalha e nem deixa os outros trabalharem. É um irresponsável e desinformado. Eu mandei a máquina, não cometi qualquer crime, mas assumo meus atos na Justiça e na frente dele”, disse o assessor.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br