Prefeito de Sertânia entra na disputa pela presidência de Consórcio nos Sertões do Pajeú e Moxotó

O prefeito de Sertânia (PE), Ângelo Ferreira (PSB), confirmou sua candidatura à presidência do Consórcio de Integração dos Municípios do Pajeú e do Moxotó. A decisão aconteceu durante reunião com o secretário Antônio Figueira (Casa Civil), no Recife.

Ângelo terá como companheiros de chapa o prefeito de Tabira, Sebastião Dias (na vice) e o de Santa Terezinha, Vaninho de Danda, como 1º secretário. Participaram da comitiva para o encontro com Figueira os prefeitos Adelmo Moura (Itapetim), Evandro Valadares (São José do Egito) e os ex-prefeitos José Vanderlei (Brejinho) e José Pretinho (Quixaba).

A primeira chapa formalizada para a disputa do Consórcio tem o gestor de Flores, Marcone Santana, como candidato a presidente. (com informações de Anchieta Santos/para o Blog/foto reprodução arquivo)

Consórcio que reúne prefeitos baianos elege novo presidente

Numa reunião presidida pelo prefeito Paulo Bomfim, de Juazeiro (BA), juntamente com outros nove prefeitos do Território do Sertão do São Francisco, o novo presidente do Consórcio Sustentável do São Francisco (Constesf) foi escolhido. O cargo ficará com Genário Rabelo, de Canudos. Rabelo, eleito por aclamação do grupo, substituirá o gestor reeleito de Sobradinho, Luiz Vicente Berti.

O novo presidente do Constesf parabenizou Berti, agradeceu a confiança e prometeu disposição de continuar o pensamento coletivo e no desenvolvimento regional integrado. “Precisamos continuar a definir uma pauta que seja uma necessidade dos 10 municípios, como pavimentação de estradas. A gente precisa avançar nas discussões para que possamos trazer benefícios para os nossos municípios”, declarou.

Bomfim, que revelou aos colegas gestores que integrará a chapa da União dos Prefeitos Baianos (UPB), encabeçada pelo prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eudes Ribeiro, salientou que a experiência do ex-prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho – o qual também participou do encontro a convite do grupo – no fortalecimento da união dos gestores que integram o Constesf foi importante para que conquistas viessem e contemplassem a população das cidades que integram o colegiado.

Através do consórcio, conseguimos evoluir no pensamento pregado pelo ex-prefeito Isaac, de que os municípios da região precisam se unir para estabelecer um desenvolvimento integrado. Tenho certeza que o prefeito Geo vai dar continuidade ao bom trabalho que os ex-presidentes realizaram. Me coloco à disposição para colaborar”, salientou Bonfim. (fonte/foto: Ascom PMJ/divulgação)

Atraso na entrega de carta pelos Correios faz mulher perder contemplação em consórcio em Juazeiro

Não é só em Petrolina que a população já não suporta mais o descaso dos Correios. Na vizinha Juazeiro (BA), o problema também tem tirado os moradores do sério. Um caso em especial chamou a atenção e deixou uma engenheira agrônoma sem acreditar na chance que perdeu.

Gliêda Mendes (foto) foi sorteada no consórcio de um carro e perdeu a chance de receber o automóvel porque a carta foi entregue com um mês de atraso pelos Correios. De acordo com ela, o documento que informava a contemplação chegou junto com a fatura do consórcio, que estava com um dia em atraso, o que impediu dela receber o automóvel.

Estava viajando e recebi a correspondência [fatura de pagamento] um dia após o vencimento e minha mãe pagou logo em seguida. Só que para o consórcio eu não pude receber o bem porque estava em atraso. A carta que diz quando é contemplado chega um mês antes da fatura e elas chegaram juntas, a carta de contemplação e o papel do pagamento. Foi a alegria de um dia de saber que fui contemplada. E a tarde saber que fui descontemplada por causa do atraso“, lamenta a engenheira.

As reclamações são frequentes entre os moradores de Juazeiro. As filas nos Correios são comuns, pois as cartas que deveriam ser entregues nos endereços não chegam e a população vai até a agência buscar. De acordo com o responsável pelos Correios em Juazeiro, apenas correspondências que não são entregues nas casas podem ser retiradas na agência central da cidade. Em relação ao caso de Gliêda, o responsável informou que a entrega no endereço deles é regular. (fonte: G1-BA/foto: reprodução TV São Francisco)

Gestores discutem implantação de Consórcio de Saúde no Território do São Francisco

SAM_5925

A implantação de um consórcio de saúde e uma policlínica foi pauta de uma reunião, realizada na manhã desta quinta-feira (12), no Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (Constesf).  O coordenador dos Consórcios de Saúde, Nelson Portela, expôs o projeto de iniciativa do Governo da Bahia aos gestores presentes que puderam tirar dúvidas a cerca dos benefícios e custos da policlínica.

(mais…)

Leitora revolta-se contra “calote” de consórcio de motos em Petrolina

Revoltada com um consórcio de motos em Petrolina, a leitora Greyce Kelly denuncia que mesmo após pagar todas as parcelas, ainda não recebeu seu veículo e encontra dificuldades em manter contato com a empresa.

Confiram:

Há mais de 90 dias terminei de pagar meu consórcio premiado MOTO ELETRO e não fui atendida, como escrito no contrato.

Procurei o escritório da MOTO ELETRO e todas as vezes uma desculpa diferente. Me mandam falar com o gerente Naldo, e nunca consigo falar com o mesmo.

Após o pagamento dos boletos, se eu não fosse premiada eu receberia o prêmio em até 30 dias, e como eu já disse já passa de 90 dias.

E aqui está minha indignação com o descaso que fazem com os clientes, pois não sou a única que reclama. Vi vários clientes atrás de seu prêmio e não encontram solução nenhuma.

Greyce Kelly/Leitora

Consórcio “Pernambuco Universitas” celebra convênio de cooperação interuniversitária

UnivasfAs cinco universidades pernambucanas – UFPE, UFRPE, UPE, Unicap e Univasf – vão lançar na manhã de hoje (25), às 9h, no Salão Receptivo da Unicap, no Recife (PE), o consórcio “Pernambuco Universitas”, um convênio de cooperação interuniversitária entre as principais instituições de Pernambuco.

A iniciativa, pioneira no país, promoverá a cooperação técnica, científica, educacional e cultural entre as cinco universidades, visando o desenvolvimento e a execução conjunta de programas e projetos, e o intercâmbio em assuntos educacionais, culturais, científicos e tecnológicos.

Os recursos materiais, humanos e financeiros necessários à execução, em cada programa ou projeto, das atividades resultantes do convênio, serão fornecidos pelas universidades que formam o consórcio “Pernambuco Universitas”, dentre as suas respectivas disponibilidades, ou mediante captação junto a organismos oficiais, governamentais ou privados, nacionais ou estrangeiros.

A ideia do consórcio começou a surgir a partir da participação conjunta dos reitores das cinco universidades no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Estado, a convite do então governador Eduardo Campos.

A criação de um modelo de atuação consorciada entre as universidades pernambucanas, visando integrar as diferentes competências existentes bem como ampliar as possibilidades de atuação dessas instituições na esfera internacional, foi inspirada no Protocolo de Intenções para fortalecer a cooperação acadêmica entre as universidades de Pernambuco e as principais universidades de Toulouse, na França, assinado no dia 12 de dezembro de 2013, em Brasília, com a presença do presidente francês, François Hollande, e do ministro da Educação, Aloizio Mercadante. As informações são da assessoria da Univasf.

Wagner assina convênios com municípios baianos para participação em consórcios públicos

jaques wagner/Ascom Governo BAO governador Jaques Wagner assinou na última quinta-feira (26) seis convênios com 58 municípios, que passarão a fazer parte dos Consórcios Públicos Municipais. O Estado, através da Secretaria de Planejamento (Seplan), tem firmado convênios, através dos quais são repassados recursos financeiros para dotar o consórcio de infraestrutura física e de equipamentos necessários ao desenvolvimento de suas atividades.

As prefeituras que serão beneficiadas são Sobradinho, Casa Nova, Curaçá, Juazeiro, Pilão Arcado, Remanso, Sento-Sé, Uauá, Caetité, Caculé, Ibiassucê, Lagoa Real,Guanambi, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Malhada, Sebastião, Laranjeiras, Matina, Igaporã, Arataca, Buerarema, Camacan, Canavieiras, Itaju do Colônia, Jussari, Mascote, Pau Brasil, Santa Luzia, São José da Vitória, Una, Andaraí, Boninal, Mucugê, Itaetê, Ibicoara, Iramaia, Iraquara, Lençóis, Palmeiras, Seabra e Marcionílio Souza, Caatiba, Itapetinga, Itarantim, Maiquinique, Firmino Alves, Santa Cruz da Vitoria, Ibicuí, Iguaí, Nova Canaã e mais oito ainda não divulgadas.

Os consórcios públicos são parcerias formadas por dois ou mais entes da Federação, para a realização de objetivos de interesse comum e têm origem nas associações dos municípios, que já eram previstas na Constituição de 1937. (Fonte: Bahia Notícias/foto divulgação).

Prefeito de Lagoa Grande é eleito presidente do Comrio

Prefeitos 1O prefeito de Lagoa Grande (PE), Dhoni Amorim, foi eleito, por maioria absoluta, o presidente do Consórcio Intermunicipal do Submédio São Francisco (Comrio). A entidade congrega  os municípios de Cabrobó, Santa Maria da Boa Vista, Lagoa Grande e Orocó e vai ajudar no desenvolvimento das cidades em vários aspectos.

A eleição aconteceu ontem (22) na Câmara de Vereadores de Santa Maria da Boa Vista, cidade que foi eleita como sede do consórcio. Além de Dhoni, estiveram presentes os prefeitos Dr.Auricélio Torres (Cabrobó) e Eliane Costa (Santa Maria da Boa Vista).

A primeira ação do Comrio será a elaboração do Plano Intermunicipal de Resíduos Sólidos. De acordo com a Lei Federal nº 12.305/2010, os municípios têm até agosto deste ano para erradicarem seus lixões, sob pena de serem bloqueadas verbas federais. A ideia é implantar aterros regionalizados que irão reduzir a quantidade de áreas disponibilizadas para o tratamento do lixo.

Além de meio ambiente, saúde e infraestrutura estão entre as prioridades do consórcio. O prefeito Dhoni Amorim já apresentou vias de captação de recursos nessas áreas para os quatro municípios que integram o Comrio. (Foto: divulgação)

Com o aval das Câmaras de Vereadores, municípios do Sertão pernambucano aprovam Consórcio do Submédio São Francisco

ConrioO Consórcio Intermunicipal do Submédio São Francisco (Comrio) já é realidade. A Câmara de Vereadores de Orocó (PE) aprovou, nesta quinta-feira (13), o projeto de lei que autoriza a implantação da entidade. A proposta também já recebeu o aval das Casas Legislativas de Lagoa Grande, Cabrobó e Santa Maria da Boa Vista – todas também no Sertão pernambucano.

A iniciativa reunirá os quatro municípios do Sertão do São Francisco com o objetivo de ajudar no desenvolvimento das cidades em diversos aspectos.

O próximo passo é a elaboração do estatuto e a eleição do presidente, vice-presidente, secretário geral e tesoureiro do Comrio.

Por último será elaborado o contrato de rateio, descriminando o valor do repasse de cada município para a manutenção do consórcio. (Foto: arquivo)

Municípios do Sertão do São Francisco se unem para formação de consórcio

Reunião consórcio Sertão 2Prefeitos e representantes de quatro cidades do Sertão do São Francisco se reuniram no último sábado (27) para discutir a implantação de um consórcio na região. A iniciativa permitirá que os municípios resolvam com mais facilidade problemas comuns, ligados às áreas de meio ambiente, saúde e educação.

Participaram do encontro os prefeitos de Santa Maria da Boa Vista (Eliane Costa), Lagoa Grande (Dhoni Amorim) e Orocó (Reginaldo Crateú). O prefeito de Cabrobó, Dr. Auricélio Torres, foi representado por secretários do município.

Além de resolver problemas em comum, as cidades envolvidas no consórcio poderão conseguir mais recursos e, consequentemente, contribuir para o crescimento de toda a região. O próximo encontro está marcado para o dia 14 de fevereiro.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br