EFEJ de Juazeiro abrirá inscrições para minicursos destinados a professores e comunidade

Nesta segunda-feira (22) a Escola de Formação de Professores de Juazeiro (EFEJ) abrirá inscrições para minicursos destinados a professores do município e região. A nova proposta da instituição é estender esses cursos para os educadores das redes estadual e particular, e também para a comunidade.

Serão oferecidas 180 vagas para os minicursos de ‘Alfabetização e Letramento’, ‘Contação de Histórias’ e ‘Jogos Matemáticos’ para professores da Educação Infantil e do 1º ao 9º ano. Com jornada de 8 horas, as formações serão realizadas nos dias 1º e 6 de junho, na EFEJ (localizada no Bairro São Geraldo).

As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de maio, pelo e-mail efejparlim@hotmail.com ou na EFEJ. Mais informações pelo telefone (74) 3611-1139. A ficha de inscrição pode ser conferida no link: Ficha de inscrição.

Mais uma cascavel é encontrada em calçada de residência no Loteamento Recife; moradores reclamam de mato em canal

Depois de uma cobra cascavel encontrada dentro da residência de um morador do Loteamento Recife, zona norte de Petrolina, o qual informou ao Blog que foi obrigado a matar o animal, outra denúncia semelhante foi feita por uma comunitária do bairro.

Segundo ela, a cascavel foi encontrada na calçada se descolando para o interior da residência. No Loteamento Recife, os moradores estão reclamando do mato que está invadindo o canal – fator pelo qual estaria colaborando para a presença de repteis e outros bichos peçonhentos que estão tirando o sossego da comunidade. Haja bronca.

Escuridão no Serrote do Urubu, em Petrolina, tira sossego da comunidade

A comunidade do Serrote do Urubu, na área ribeirinha de Petrolina, anda às voltas com a falta de iluminação no local. O problema, segundo relatos repassados ao Blog, tem tirado o sossego dos moradores.

“Aqui está muito perigoso, e sem iluminação não dá para viver”, desabafam. A comunidade do Serrote está fazendo um apelo às autoridades competentes no sentido de providenciar o mais rápido possível uma solução.

Comunidade continua a criticar cenário de descaso na Praça do Galo

Um dos pontos mais antigos e tradicionais do Centro de Petrolina, a Praça Pio XII (ou Praça do Galo), infelizmente está passando a ser conhecida por um apelido que vai de encontro a sua história. Diante do descaso e da falta de educação de muitas pessoas, o equipamento público se tornou a ‘praça do lixo’ para muita gente.

Não é de hoje que este Blog tem recebido reclamações de comunitários da Rua do Cajueiro, onde fica a Praça do Galo. E pelo visto, o cenário só piorou.

Além de um lava-jato ao ar livre, de uma feira e de um restaurante na área, todos os dias restos de comida, podas de árvores e até fraldas de bebês são despejados na praça. E isso justamente depois que o carro da coleta passa. A reclamação dos comunitários diz respeito, sobretudo, à falta de educação de certos moradores, mas também recai sobre a prefeitura, uma vez que vários gestores cumpriram seus mandatos e não tiveram uma olhar mais cuidadoso com esse equipamento. Enquanto isso, a Praça do Galo espera por dias melhores.

Comunidade do Bairro Cosme e Damião ‘detona’ lixo despejado em terreno baldio

Um terreno localizado localizado por trás da Rua Pompeu Rodrigues de Lima, esquina com a Rua 7 do Bairro Cosme e Damião, zona norte de Petrolina, virou cenário de críticas por parte da comunidade. (mais…)

Prefeitura mapeia bairros de Petrolina para ampliar atuação junto a comunidades

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade de Petrolina (Sedurbs) iniciou um ‘diagnóstico’ das principais demandas dos bairros na cidade. Uma comitiva responsável pelo gerenciamento dos serviços públicos, encabeçada pelo secretário Eduardo Carvalho, visitou algumas comunidades esta semana com esse objetivo, para ampliar as ações da administração municipal.

No Henrique Leite, zona leste da cidade, as lideranças comunitárias, acompanhadas do vereador Gaturiano Cigano, apontaram a necessidade de uma atenção ao canal que passa perto da quadra do bairro, que está recebendo os serviços de limpeza e que será palco dos festejos de São João da localidade.

Já no João de Deus, zona oeste, os gestores da Sedurbs acompanharam o andamento do trabalho da operação tapa buracos, que chegou ontem ao bairro e vai atender o corredor de ônibus localizado na rua Maria Luzia de Araujo Gomes Cabral (Rua 61).

A comitiva da secretaria ainda avaliou a necessidade de intervenções nos Bairros Jardim Amazonas e São Gonçalo. Também acompanharam Eduardo Carvalho os diretores Lenielcio Andrade (Manutenção Urbana) e Alisson Oliveira (Limpeza Urbana), além do secretário-executivo de Serviços Públicos, Fred Machado. (Foto: Ascom)

Acidentes acabam monumentos e logradouros públicos de Petrolina; e a conta, quem paga?

Os monumentos de Petrolina precisam ter um olhar mais cuidadoso do Poder Público de Petrolina e um maior zelo da comunidade. O monumento, na foto acima, foi doado pela Rede Globo de Televisão para a cidade, em comemoração aos 500 anos do descobrimento do Brasil. Foram pouquíssimas cidades que o receberam.

Acontece que um acidente automobilístico simplesmente acabou com o monumento, como se percebe na foto acima. Continua lá, agora um ‘monstrengo’ detonado.

Vem a pergunta que não quer calar: quem vai recuperar a peça? A prefeitura? A TV Grande Rio, que representa a Globo local? O condutor do veículo? Sim, alguém precisa assumir o dano. O que não dá é para assistir à cidade se deteriorando e ninguém tomar nenhuma providência.

Descaso: Barragens sangram em Pau Ferro, enquanto comunidade passa sede

O leitor Dácio Quirino denunciou ao Blog o que chama de “descaso” da Compesa com a população de Petrolina, especialmente no interior. Segundo o leitor, o povoado de Pau Ferro, na região de sequeiro, encontra-se há muitos dias com problemas de abastecimento d’água. O que mais deixa a população inconformada são duas barragens que estão sangrando, por causa de problemas da adutora que abastece o lugar, enquanto os moradores  passam sede. Ele frisa que já não tem mais a quem apelar.

Segundo o leitor, são famílias, crianças, pessoas idosas – todas clamando para que a Compesa resolva o problema que vem afetando a comunidade desde o começo do ano.

Tem duas barragens sangrando na comunidade, porque a adutora está quebrada e caminhamos para 17 dias sem água nas torneiras. Sem falar nos outros meses. Em janeiro foram 9 dias sem água, fevereiro mais 19 dias, 23 dias em março e agora caminhando para 17 dias. Já apelei ao gerente regional da Compesa, João Raphael (foto), e meios de comunicação. Todos estão sendo informados. Gostaria que a Compesa tomasse um posicionamento, pois a situação é de desespero na região”, afirmou Dácio Quirino.

Comunidade da Areia Branca fica sem água nas torneiras em pleno feriado

Parte dos moradores do bairro Areia Branca, zona leste de Petrolina, está desde cedo sem água nas torneiras. Num feriado como o de hoje (21), Dia de Tiradentes, a falta d’água costuma tirar a paciência de muita gente, até porque nem todos são obrigados a dispor de caixas ou reservatórios em casa.

A Compesa não deu ainda nenhuma explicação pela falta d’água na Areia Branca. Moradores já ligaram, mas não obtiveram explicações.

Comunidade de Uruás reclama de falta de professores em escola estadual; GRE garante que questão “está sendo resolvida”

Em Uruás, distrito localizado na zona rural de Petrolina, a comunidade anda insatisfeita pelo fato de a Escola Malaquias Mendes estar sem professores há mais de duas semanas. Em contato com este Blog, uma mãe de aluno (que preferiu não se manifestar publicamente) disse ter tomado conhecimento de que os contratos dos professores teriam vencido

A escola pertence à rede estadual de ensino. Nossa reportagem conseguiu entrar em contato com a Gerência Regional de Educação (GRE)/Sertão do São Francisco, que responde pelo assunto.

De acordo com o órgão estadual, a questão está sendo resolvida. “Os professores já foram chamados. Até a próxima segunda-feira (24), eles devem estar de volta às salas de aula da Escola Malaquias Mendes”, assegurou a GRE.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br