Vereadores discordam de Zé Batista sobre comportamento de colegas em sessões da Câmara

O vereador licenciado José Batista da Gama (PDT), atual secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário de Petrolina, não teve suas críticas bem absorvidas por seus colegas quanto ao comportamento deles nas sessões do Legislativo Municipal. Zé Batista ressaltou essa posição em entrevista à imprensa local. Para o secretário, os vereadores precisam “pensar mais na cidade, e não em debates pessoais” nas reuniões plenárias.

Aero Cruz (PSB), companheiro de bancada de Zé Batista, concordou em parte que houve algumas discussões paralelas que atrapalharam os trabalhos da Casa, levando para o lado partidário e pessoal, o que contribuiu para desgastar a imagem da Câmara, mas já foi posto que esse tipo de comportamento será amenizado pelos atuais vereadores.

“Foram discussões que denegriram a imagem do Legislativo, mas já colocamos que não irão continuar, tanto da parte da oposição quanto da situação. Vamos é trabalhar para fazer o melhor para Petrolina”, comentou. Outro companheiro governista do secretário Zé Batista e já no terceiro mandato, o vereador Ronaldo Cancão (PTB) chamou a atenção para a naturalidade das discussões em plenário.

“Respeito com serenidade a fala do vereador e prefiro não comentar a visão pessoal de cada vereador. Cumpro o meu papel. Tenho uma forma de agir. Cada um tem seu temperamento. Sempre me preparo para o mandato, sou disciplinado, faço o meu papel e cumpro com o meu trabalho”, assinalou.

Oposição

Líder da oposição, o vereador Paulo Valgueiro (PMDB) procurou amenizar a crítica de Zé Batista e “jogar” a responsabilidade no ‘colo’ da situação.“São afirmações à bancada da qual ele faz parte. Nós temos feito uma oposição propositiva, discutindo ações para a melhoria de Petrolina. E os pedidos que temos feito aqui, muito embora não tenham sido atendidos pelo governo municipal, são questões para melhorar Petrolina como um todo, e não a questão individual de qualquer que seja o vereador”, disse o peemedebista.

Presidente da Casa, o vereador Osório Siqueira (PSB) lembrou que o colega Zé Batista também já teve seus momentos mais acalorados na Casa Plínio Amorim. Ele disse que é prática comum dos parlamentos os debates mais acirrados e as discussões calorosas. “A gente sabe que não é bom. O vereador Zé Batista já teve atritos aqui também. Só não é bom atingir a imagem da Casa. Não concordo. A gente espera que os vereadores saibam fazer as colocações, mas sempre vai existir esse momento mais acalorado. A política é assim. A gente reforça é que se tenha mais respeito e que as discussões não atinjam a imagem de cada um. Também não iremos aceitar desqualificar o trabalhos dos vereadores”, registrou Osório.

Buracos na Rodovia Transnordestina e Vila Débora levam vereador a reivindicar melhorias

Quem costuma transitar pela Transnordestina, em Petrolina, não esconde a insatisfação com os problemas da rodovia, sobretudo em relação às condições da pista, dificultadas ainda mais pela iluminação precária. Mas nesta semana o vereador Edilsão do Trânsito (PRTB) apresentou uma indicação à Mesa Diretora da Casa Plínio Amorim, reivindicando ao Executivo municipal a recuperação do asfalto.

De acordo com o vereador, que esteve no local, vários buracos estão dificultando a mobilidade e inclusive já provocaram acidentes. “Pedi a recuperação em toda a Transnordestina porque os buracos estão tomando conta da pista e já ouvi relatos de muitos acidentes“, afirmou.

Na Vila Débora, zona norte da cidade, a situação também se repete. Na Rua Assum-Preto, ao lado do prédio da Schincariol, os buracos praticamente tomaram a pista. Edilsão também apresentou essa demanda à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs). (Foto/divulgação)

Brasileiros saem às ruas para pedir saída de Temer e ‘Diretas Já’; Em Petrolina, vereador incentiva população a fazer o mesmo

Milhares de brasileiros saíram às ruas no dia de ontem (18) para pedir a saída do presidente da República, Michel Temer (PMDB), após as graves denúncias feitas pelo dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, o qual revelou uma escuta telefônica de Temer. No áudio divulgado pela Polícia Federal (PF), o peemedebista incentiva Batista a ‘comprar o silêncio’ do ex-deputado Eduardo Cunha, por meio de pagamentos mensais. Na Casa Plínio Amorim, o assunto também rendeu.

Integrante da bancada do PT no Legislativo de Petrolina, o vereador Professor Gilmar Santos incentivou a população a se manifestar mais uma vez contra o atual governo, se mobilizando pelas ruas da cidade. (Foto/reprodução)

Vereadores de Petrolina marcam reunião para discutir relação e evitar novos desgastes

Diante de tantos embates, com colegas interferindo no discurso do outro sem pedir aparte ou solicitando e falando mais que o orador da vez, o líder da bancada governista na Casa Plínio Amorim, vereador Ruy Wanderley (PSC), Ruy Wanderley (PSC), quer fazer o papel de ‘bombeiro’ para manter a paz e garantir que o Regimento Interno do Legislativo seja cumprido, a fim de evitar desgastes na Casa.

Ruy tem usado a sua experiência (já presidiu a Câmara) para tentar botar ordem na Casa e resolveu chamar o líder da oposição para discutir a relação entre os colegas parlamentares. Assim ele espera cessar os embates. “Ando muito preocupado com essa clima de embate e decidi chamar o vereador Paulo  Valgueiro (PMDB), líder da oposição na Casa, para saber de que forma podemos ajudar a parar com esse clima pesado no Legislativo Municipal. Temos que discutir melhor essa situação junto às bancadas. Que o tratamento na Casa seja igual para quem for de oposição ou situação”, disse o líder governista.

Ruy frisa que os ataques devem ser combatidos e que a Mesa deve ter o controle ao dar a palavra ao colegas. “Eu quero cumprir o Regimento, mas o colega pede o aparte e toma o tempo todo que tenho. Se não discutir, vamos ter que deixar de dar o espaço ao colega. Se cumprirem o Regimento, não há embate, mas usar toda hora questão de ordem e querer falar na hora que quer, isso não pode continuar”, assinalou o líder do governo.

 O líder frisa que discussões vão existir sempre, mas tem que ter respeito um pelos outro. “Temos que ajudar também o presidente a continuar a sessão sem problemas, nem que tenha que cassar a fala. Vamos cumprir o regimento e o desempenho irá melhorar muito na Casa”, ressaltou Ruy Wanderley.

Comissão de Ética

Perguntado sobre em que pé anda a implantação da Comissão de Ética da Câmara para barrar os exageros nas discussões dos vereadores na Casa, Ruy disse que o presidente, vereador Osório Siqueira (PSB), já comunicou que será instalada e está formalizando a sua composição. “Estamos aguardando a escolha dos nomes, mas os vereadores precisam ter consciência que precisam melhorar também”, concluiu o líder da situação.

Homenagem a enfermeiros na Casa Plínio Amorim reforça cobrança por cumprimento de jornada

 

Na sessão solene ocorrida nesta quinta-feira, 18, na Câmara de Vereadores de Petrolina em homenagem ao Dia do Enfermeiro (ocorrido dia 12), a principal fala dos representantes da categoria e dos próprios profissionais de enfermagem do município foi o cumprimento da jornada de 30 horas da categoria. A lei foi aprovada no ano passado, mas ainda não foi colocada em prática.

Segundo a presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Pernambucano (SEEPE), Berenice Garcês, outra pauta que ela pretende discutir junto com o presidente Edson Freitas, da subsede da entidade em Petrolina, é uma resposta da Secretaria Municipal de Saúde sobre a proposta de reajuste dos enfermeiros do município, que estão sem aumento de salário há quase três anos. (mais…)

Oposicionista Gabriel Menezes vai cumprindo o que prometeu

Antes da atual legislatura da Casa Plínio Amorim começar, em fevereiro deste ano, muita gente apostava nos bastidores políticos de Petrolina que o vereador da bancada de oposição, Gabriel Menezes (PSL), poderia ser um ‘cooptável’. Mas Gabriel, na prática, vai provando que não. E mais: vem cumprindo o que prometeu.

O vereador sempre deixou claro que não faria “oposição raivosa” ao Governo Miguel Coelho, e quando houver momentos em que o Executivo apresente projetos de interesse da população petrolinense, vai dar seu respaldo. Até agora, Gabriel está mantendo essa postura.

Ronaldo Silva vai processar Cristina Costa por acusações de “enriquecimento ilícito”

Depois da confusão protagonizada pelos vereadores Ronaldo Silva (PSDB) e Cristina Costa (PT), na última sessão da Câmara de Petrolina, quinta-feira, 11, o tucano foi à tribuna da Casa na sessão desta terça-feira, 16, se defender do que chamou de “inverdades” da colega. Ele antecipou que deve acionar a colega na justiça.

Na sessão passada, Cristina havia respondido a Ronaldo Silva, que tachou o ex-presidente Lula de “ladrão”. Ela devolveu insinuando que o colega também não explicava como tinha adquirido um posto de gasolina na cidade com apenas um salário de R$ 15 mil como vereador.

Eu não sabia que o nome da vereadora Cristina Costa tinha mudado para Luiz Inácio Lula da Silva, que foi quem chamei de ladrão. A senhora não precisa usar desse tipo de expediente para aparecer mais, só porque está pleiteando uma candidatura a deputada estadual. E mais, quem exige respeito deve respeitar também. Eu sempre tive a todos aqui como amigos, mas agora passo a pensar diferente”, disse Ronaldo. “Agora, quem vai ter de responder é a vereadora na justiça”, completou.

Reajuste salarial de servidores da Facape poderá ser votado nesta terça na Casa Plínio Amorim

Está previsto para entrar na pauta dos vereadores da Casa Plínio Amorim, na sessão plenária desta terça-feira (16), o projeto de lei 014/2017, de autoria do Executivo Municipal, que propõe reajuste nos salários dos servidores da Autarquia Educacional do Vale do São Francisco (AEVSF)/Facape.

O detalhe é que o projeto ainda não tem o parecer da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude. O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), solicitou ainda a apreciação de outro projeto, de nº015/2015, o qual trata de valores para a implantação do Difícil acesso para os secretários escolares do município. Mas esse sequer entrou na pauta.

 

Festa do Colono do Bebedouro passa a integrar calendário de eventos de Petrolina

A partir de agora a tradicional Festa do Colono do Perímetro de Irrigação Bebedouro fará parte do calendário de eventos de Petrolina. A proposta foi do vereador Elismar Gonçalves, que não escondeu a satisfação em ver seu projeto de lei aprovado pelos demais colegas, na última sessão da Casa Plínio Amorim, quinta-feira (11).

A festa acontece sempre no último sábado do mês de julho e tem por objetivo valorizar os produtores da área irrigada, em especial o Bebedouro, que é o projeto pioneiro no Vale do São Francisco. No entanto, o evento tem atraído, a cada ano, muita gente além dos perímetros de irrigação.

‘Errando a mão’

Um vereador de Petrolina disse a este Blog, reservadamente, entender as divergências que vêm acontecendo nas últimas sessões da Casa Plínio Amorim. Afinal, segundo ele, o plenário é para isso mesmo. No entanto, o vereador acredita que alguns de seus colegas estão ‘errando a mão’.

“Acho que está havendo um pouco de exagero. De minha parte, por exemplo, ninguém vai me ver exaltado além da conta. Não sou disso”, afirmou. Recado mais direto, impossível.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br