‘Dezembro Laranja’ quer alertar para combate e prevenção ao câncer de pele

exame cancer de pelePelo terceiro ano consecutivo, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) promove a campanha ‘Dezembro Laranja’. Diante da chegada do verão, a proposta é conscientizar a população sobre a necessidade do combate e prevenção do câncer de pele.

Para participar, basta acessar o site da campanha e compartilhar o conteúdo nas redes sociais, utilizando as hashtags #dezembrolaranja e #controleosol. Também é possível alterar a foto de perfil no Facebook e no Twitter usando o aplicativo da campanha.

De acordo com a Sociedade de Dermatologia, o diagnóstico precoce do câncer de pele é fundamental para o sucesso do tratamento. A campanha reforça, portanto, a necessidade das chamadas atitudes fotoprotetoras de fácil execução no dia a dia do brasileiro.

Diversos pontos turísticos e monumentos em todo o país ganharam iluminação especial com a cor da campanha em pontos centrais das cidades no intuito de reforçar que o câncer da pele pode ser prevenido.

No Rio de Janeiro, o Bondinho Pão de Açúcar foi o primeiro monumento a abraçar a causa. No último dia 1º, além de se “vestir” de laranja, o local recebeu artistas, médicos e outros convidados para o lançamento da campanha, que contou com a presença da bateria da Escola de Samba Portela.

O Museu de Arte Contemporânea, em Niterói, a Pinacoteca Benedicto Calixto, em São Paulo, a Ponte Newton Navarro, no Rio Grande do Norte e o estádio Beira Rio, no Rio Grande do Sul também se uniram no combate ao câncer da pele durante o Dezembro Laranja.

Super Protetor

O mascote Super Protetor é a estrela de um desenho animado lançado pela SBD para disseminar o Dezembro Laranja de forma descontraída e consciente a adultos e crianças. Ele tem como armas de proteção capa, óculos escuros e protetor solar, além de um relógio para avisá-lo qual o melhor horário para tomar banho de sol.

O desenho aborda situações do cotidiano e reforça a necessidade de fotoproteção no dia a dia, principalmente entre crianças e adolescentes. A entidade alerta que os efeitos nocivos do sol estão diretamente relacionados a intensidade da exposição solar desde a infância, sendo cumulativos e irreversíveis.

Cenário

Dados do Instituto Nacional de Câncer estimam que, em 2016, foram contabilizados cerca de 176 mil novos casos de câncer da pele não melanoma no Brasil. Os principais tipos de câncer registrados no país são os de pele não melanoma (para ambos os sexos), o de próstata e o de mama. Já a Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê que, no ano 2030, haverá no mundo 27 milhões de casos novos de câncer, com 17 milhões de mortes pela doença e 75 milhões de pessoas vivendo com câncer. O maior efeito desse aumento incidirá em países em desenvolvimento. No Brasil, o câncer já é a segunda causa de morte por doenças, atrás apenas das do aparelho circulatório. (fonte: Agência Brasil/foto: Fernando Brazão)

Mutirão de combate ao câncer de pele acontecerá em Petrolina

cancerde-peeleO Dia ‘C’ de Combate ao Câncer de Pele é uma ação realizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), que oferece consultas ambulatoriais gratuitas para pacientes com suspeita da doença. O mutirão acontecerá no dia 26 de novembro (sábado), das 9h às 15h, no Hospital Universitário (HU) de Petrolina.

A SBD estabeleceu o Dia ‘C’ no ano de 2012. Anualmente, o projeto atende uma média de 30 mil pessoas por todo o país. Em Petrolina, o evento vem sendo organizado pela médica dermatologista do HU, Paulyane Ramos, e contará com a colaboração de outros dermatologistas e de residentes e estudantes de medicina da Univasf. Todos trabalharão de forma voluntária.

Quem teve algum tipo de lesão ou mancha suspeita na pele deverá procurar o ambulatório do HU/Univasf no dia do mutirão para passar pela avaliação dos profissionais. Não é necessário marcar antecipadamente a consulta. “O melanoma costuma se manifestar através de manchas ou pintas, com bordas irregulares, que mudam de cor ou tamanho e que podem sangrar. Já em relação aos outros tipos câncer de pele, são sempre lesões que não cicatrizam, muito mais comuns na face. De repente, surge aquela lesão que começa a sangrar espontaneamente. Quem apresentar sinais com essas características deve procurar um médico”, explicou a dermatologista Paulyane Ramos.

Segundo ela, na maioria dos casos o procedimento cirúrgico é o tratamento mais indicado. Durante o mutirão, serão identificados pacientes que precisam passar por cirurgias as quais devem ocorrer posteriormente, no próprio HU. Os demais casos serão encaminhados para as unidades de saúde referência em oncologia.

Dermatologista alerta que luz emitida pelo computador pode ser inimiga da pele

9a7581859aaee7265901048d38b602f6Diante do sol forte de Petrolina, muita gente já está atenta aos cuidados fundamentais para manter a pele bonita e protegida. O que a maioria provavelmente não sabe é que, mesmo dentro de casa, há iluminações que podem ser verdadeiras inimigas da pele.

A dermatologista  Fabrícia Marques explica que a luz emanada do computador, por exemplo, pode danificar a pele e até provocar câncer. Segundo a especialista, o aparelho emite uma espécie de luz fria, que apesar de parecer inofensiva, pode ser prejudicial à saúde da pele.

Luz fria envelhece, causa câncer de pele e as pessoas precisam se proteger. Apesar de não parecer, esta luz do computador, que parece tão inofensiva, pode ser um risco. Temos relatos de um paciente que acabou desenvolvendo um câncer de pele devido ao uso excessivo de computador sobre as pernas. Isso é sério”, disse.

Ainda de acordo com a profissional, quando houver grande exposição ao sol, os cuidados devem ser redobrados, mas o uso do protetor solar deve ser mantido com aplicações pelo menos três vezes ao dia. “O uso do protetor deve fazer parte da nossa rotina e sempre recomendo que as aplicações sejam feitas pelo menos três vezes ao dia. Tem pacientes que, inclusive, colocam o celular para despertar na hora de reaplicar o produto. Estes cuidados podem evitar doenças e claro manter a pele mais bonita prevenindo o envelhecimento”, finalizou Fabrícia.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br