River Shopping lança campanha promocional para Dia das Mães e dos Namorados

O River Shopping está lançando uma nova campanha para o Dia das Mães e dos Namorados – as duas datas mais importantes para o varejo. O “Passaporte dos Sonhos”, como é chamada a promoção, repetirá a mesma estratégia do ano. A Criação Original, agência de Petrolina que assina as peças publicitárias, usa como mote a infinidade de destinos turísticos pelo mundo.

Para concorrer aos prêmios, o cliente deve apresentar as notas fiscais no valor de R$ 200 em compras nas lojas do mall que fazem parte da promoção. As notas de compras podem ser trocadas pelo cupom eletrônico no estande montado em frente à loja Geani. “A campanha foi pensada para que os clientes possam realizar seus sonhos de viagem e viver lindas histórias”, conta Eliária Reis, gerente de marketing do River.

Este ano, os prêmios principais serão dois vales-compras no valor de R$ 7 mil cada. O sorteio correspondente ao Dia das Mães será realizado no dia 10 de maio. Já para o Dia dos Namorados, o sorteio será no dia 13 de junho.  Além dos prêmios principais, toda semana haverá sorteios onde o cliente do River Shopping concorrerá a dois  vales-compras no valor de R$ 1 mil cada, um smartphone, um conjunto de mala para viagens, um tablet Galaxy 7.0 e um câmera fotográfica.

Grupo de jovens católicos de Petrolina promove campanha oposta ao jogo da Baleia Azul

A comunidade de jovens católicos que formam o grupo Filhos da Misericórdia Jovem Missão Vale do São Francisco (FMJ), ligado à igreja católica em Petrolina, criaram e colocaram em prática os 50 desafios que contrapõem o jogo virtual ‘Baleia Azul’ que tem levado adolescentes a cumprirem tarefas que vão desde a auto mutilação até o suicídio.

“Diante desse jogo assustador e que tem o propósito de destruir a vida dos participantes, essa campanha surgiu em nosso grupo a partir dessa preocupação com a proporção que a tal ‘brincadeira’ tem tomado. E sentimos a necessidade de gerar um panfleto que será distribuído pelos próprios jovens em  locais onde possam atingir tantos outros jovens e família em geral”, disse Adriana Fernandes, da coordenação do grupo.

O grupo frisa que “inspirados no Espírito Santo“, decidiu arregaçar as mangas contra o jogo, em prol da vida. “Vida esta que não nos pertence, e sim ao Senhor nosso Deus e criador. Por isso convidamos toda a sociedade do Vale do São Francisco a se juntar nesta luta contra o mal. Não podemos permitir que mais vidas sejam destruídas. Devemos sim, todos os dias,  afirmar e reafirmar que Deus é o Senhor da vida e que nós pertencemos a Ele. O mal nunca vencerá o bem e precisamos estar sempre unidos para combatê-lo, independente de cor, classe social ou religião, nos tornemos um só na luta pela amor à vida”, finaliza a coordenação.

Juiz considera “improcedente” suposto abuso de poder na campanha de Miguel e determina que processo seja extinto

O processo movido contra o atual prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), em relação a um suposto abuso de poder econômico e político em relação à campanha municipal do ano passado, foi julgado ontem (27) “improcedente” pelo juiz eleitoral Sydnei Alves Daniel. A ação partiu do então candidato a prefeito, Odacy Amorim (PT), que concorreu ao cargo contra o socialista.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) chegou a encaminhar na semana passada um parecer que afirmava haver “elementos que desequilibraram o pleito eleitoral”. Além de não acatar a sugestão do MPPE, o juiz determinou que o processo seja extinto.

Vacinação contra Influenza já está disponível para pernambucanos beneficiados pela campanha

A partir desta segunda-feira (24), todos os grupos contemplados na Campanha de Vacinação contra a influenza já podem procurar os postos de saúde em Pernambuco para serem imunizados. O objetivo é vacinar, no mínimo, 90% dos mais de 2,3 milhões de pernambucanos. O Dia D está marcado para 13 de maio. A campanha será encerrada no dia 26 do mesmo mês.

A vacina protege contra três tipos de influenza – A (H3N2) Sazonal, A (H1N1) e B – e tem um ano de validade, ou seja, quem tomou no ano passado e continua dentro dos grupos prioritários também deve ser imunizado.

Poderão se vacinar contra a influenza idosos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, professores dos ensinos básico e superior de escolas públicas e privadas e profissionais de saúde. A vacinação é feita em uma dose, exceto para menores de 9 anos, que devem tomar uma segunda 30 dias após a primeira.

Em doenças agudas febris moderadas ou graves, recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro. As pessoas com história de alergia a ovo, que apresentem apenas urticária após a exposição, podem receber a vacina da influenza mediante adoção de medidas de segurança. A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores bem como a qualquer componente da vacina ou alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

Dados  

A gripe caracteriza-se pelo aparecimento súbito de febre, dor de cabeça, dores musculares (mialgia), tosse, dor de garganta e fadiga. Nos casos mais graves, geralmente, existe dificuldade respiratória e há necessidade de hospitalização. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, estima-se que a influenza acomete 5% a 10% dos adultos e 20% a 30% das crianças, causando 3 a 5 milhões de casos graves e 250.000 a 500.000 mortes todos os anos, no mundo.

De acordo com o Ministério da Saúde, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias, de 39% a 75% a mortalidade global e em, aproximadamente, 50% nas doenças relacionadas à influenza. Estima-se que uma pessoa infectada seja capaz de transmitir o vírus para até dois contatos não imunes. As crianças com idade entre um e cinco anos são as principais fontes de transmissão dos vírus na família e na comunidade, sendo que podem eliminar os vírus por até três semanas. Indivíduos imunocomprometidos podem excretar os vírus influenza. por períodos mais prolongados, até meses. Recentemente, comprovou-se que os vírus sobrevivem em diversas superfícies (madeira, aço e tecidos) por 8 a 48 horas.

Influenza

Em 2017, até 25 de março, foram 280 pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em Pernambuco. Desses, 29 positivaram para influenza A(H3N2) Sazonal, vírus responsável por 90% das amostras positivas. Não há óbitos para essa enfermidade. Já em 2016, no mesmo período, dos 217 pacientes, 41 deram positivo para influenza A(H1N1), com 13 óbitos para esse vírus.  Em 2016, no mesmo período, não foram registrados casos de influenza A(H3N2) Sazonal.

Para evitar a propagação de casos, algumas medidas de prevenção devem ser adotadas por toda a população:

– Cobrir o nariz e a boca com lenço, ao tossir ou espirrar, e descartar o lenço no lixo após uso.

– Lavar as mãos com água e sabão após tossir ou espirrar.

– No caso de não haver disponibilidade de água e sabão, usar álcool gel.

– Evitar tocar olhos, nariz ou boca.

As informações são da Secretaria Estadual de Saúde.

Deputado baiano Adolfo Viana é suspeito de ter recebido recursos de Caixa 2 para campanha de 2010

O deputado estadual baiano Adolfo Viana Neto (PSDB) é suspeito de ter recebido R$ 50 mil, em recursos não contabilizados, para campanha que o elegeu em 2010 à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). A informação partiu das delações dos colaboradores da Odebrecht, José de Carvalho Filho e Cláudio Melo Filho. Ainda em delação, José de Carvalho afirmou que o deputado tinha conhecimento da ilicitude dos recursos destinados a ele.

Como o alvo da suspeita não possui foro privilegiado, o conteúdo da delação foi encaminhada para a Procuradoria Regional da República/1ª Região. Adolfo Viana Neto foi eleito deputado estadual da Bahia, em 2010, pelo PSDB, e reeleito em 2014. O G1 tentou contato com o deputado estadual na tarde de sábado, mas até a publicação desta reportagem, não conseguiu localizá-lo. (Fonte: G1-BA)

Lideranças comunitárias prometem campanha para faculdade de Medicina de Juazeiro permanecer em área

Representantes dos moradores de bairros como Parque Residencial, Antônio Guilhermino, Brisa da Serra, João Paulo II e adjacências, em Juazeiro (BA), prometem ir às ruas da cidade para evitar que a faculdade de Medicina, que deverá se instalar na cidade, não troque o terreno próximo a essas comunidades por outro localizado na área do Juá Garden Shopping.

Lideranças como Jackson Reis, do Parque Residencial; Antônio Castro, presidente da Associação de Moradores do Antônio Guilhermino; e Cláudio Rodrigues, líder comunitário do Residencial Brisa da Serra afirmaram que estão atentos aos desdobramentos desse impasse e antes de qualquer campanha na rua, pretendem conversar com o prefeito Paulo Bomfim e o ex-prefeito e atual secretário de Planejamento Estratégico do município, Isaac Carvalho.

“Inicialmente nós queremos conversar com o prefeito e o ex-prefeito para se buscar meios de manter a faculdade na nossa área. Queremos entendimento. Caso contrário, vamos às ruas de Juazeiro com todo poder de mobilização que a gente tem”, antecipou Jackson Reis.

Para Antônio Castro, se a unidade for para um terreno autorizado e licitado, localizado no João Paulo II, a população irá ter muito benefícios. “Um novo campus, hospital-escola, policlínica, geração de emprego e renda e mais dinheiro para a saúde. Além disso, a faculdade ocupará uma área de apenas 3 mil metros quadrados no shopping, quando poderia ocupar 13 mil metros quadrados em nossa comunidade”, revelou Castro. (Foto/reprodução internet)

Diocese de Petrolina realiza seminário dentro da programação da Campanha da Fraternidade 2017

Dentro da programação da Campanha da Fraternidade 2017, que tem como tema a preservação e proteção dos biomas brasileiros, a exemplo do bioma caatinga, no semiárido nordestino, a Diocese de Petrolina programou para a próxima sexta-feira, 31, a realização do seminário- Fraternidade: A Caatinga e o Rio. O evento acontece a partir das 9h, no Centro Cultural Dom Bosco, localizado no Centro da cidade.

A programação contará com expositores, como o professor e ambientalista, Vitório Rodrigues que também é radialista e escritor; o Padre Antônio Moreno, professor, doutor em Ciências da Educação pela Universidade Pontifica Salesiana de Roma, na Itália e diretor do Colégio Dom Bosco; e a terceira palestrante será a pesquisadora da Embrapa Semiárido, Lúcia Kill.

Diocese de Juazeiro abre neste domingo eventos voltados à Campanha da Fraternidade 2017

A Diocese de Juazeiro-BA programou quatro grandes eventos mobilizadores na cidade para envolver os fileis católicos e a população de uma maneira geral, no tema da Campanha da Fraternidade 2017 que vem em defesa dos biomas brasileiros, no caso particular da região , do Bioma Caatinga. Neste domingo, 26, a partira das 8h, acontece o primeiro que é a Caminhada Ecológica saindo da Matriz Nossa Senhora de Fátima, bairro Alto da Aliança.

Já no próximo final de semana, dia 1 de abril, a programação é a Caminhada da Penitência que se inicia 22h, do bairro Malhada da Areia e prossegue pela madrugada até às 5h com encerramento na Catedral de Nossa Senhora das Grotas, centro da cidade. Em coletiva com a imprensa, os organizadores da programação juntamente com o Padre Josemar Mota, pároco da Diocese e Dom Beto, bispo de Juazeiro, falaram da importância do tema para quem vive e conhece bem o semiárido.

Neste tempo quaresmal, a igreja chama-nos à conversão e por ocasião da quaresma, a Campanha da Fraternidade trata de temas gritantes que ferem a dignidade humana. Este ano, mais uma vez, como fez no ano passado com o saneamento, fala sobre os biomas, porque uma coisa está interligada a outra. A igreja nos chama a atenção sobre a maneira como a gente vem tratando a natureza e no nosso caso especifico aqui, a caatinga. Primeiro porque o que temos a aprender é convivermos com o semiárido”, explicou o pároco da Diocese de Juazeiro, Josemar Mota.

O padre lembrou que a Diocese da cidade baiana sempre foi pioneira nesse cuidado da convivência com o semiárido.”Ela que iniciou a questão das cisternas de placas e ajudou a criar o IRPPA. Dom José Rodrigues (ex-bispo) foi o primeiro presidente. Tem conseguido avançar, então a Diocese sempre deve apoiar e incentivar as iniciativas para que todos tenham vida como Jesus nos ensinou”, completou o pároco.

Recaatigamento

Dom Beto, bispo da cidade, também frisou o pioneirismo da Diocese de Juazeiro, na questão de defesa e convivência com o semiárido. Ele frisou que a proteção ao Bioma Caatinga e a própria existência do semiárido, são marcas da igreja juazeirense.

“A Diocese de Juazeiro tem essa característica desde sua existência que é a luta dos que vivem. E essa convivência com o semiárido é parte dessa existência. O papa Francisco escreveu a encíclica para termos o cuidado com a vida humana e a Campanha está nessa linha como a do ano passado. No nosso caso, é nos trazer essa responsabilidade, de conviver. Uma palavra nova que aprendi é recaatigamento. Já existem pessoas trabalhando há anos para que aconteça essa convivência com o semiárido”, pontuou o bispo.

Justiça tira do ar campanha publicitária do governo defendendo a reforma da previdência

A campanha publicitária do governo federal em defesa da reforma da Previdência foi suspensa após uma determinação da Justiça do Rio Grande do Sul. A ação foi protocolada por nove sindicatos e argumenta que “as peças publicitárias não se revestem de caráter educativo, informativo ou de orientação social, como determina na Constituição”. Todos os programas devem ser retiradas do ar nas próximas 72 horas.

Com a decisão de suspender a veiculação da campanha, prejudica a estratégia do Governo Michel Temer (PMDB) em ganhar o apoio da sociedade às reformas. De acordo com a juíza que assinou a decisão, Marciane Bonzanini, “há a intenção do partido que detém o poder no Executivo federal de reformar o sistema previdenciário e que, para angariar apoio às medidas propostas, desenvolve campanha publicitária financiada por recursos públicos”.

Além da suspensão da divulgação, a juíza também determinou uma multa de R$ 100 mil caso de descumprimento da medida. A campanha seria veiculadas em televisão, rádios, publicações impressas (jornais e revistas), rede mundial de computadores, painéis de mídia exterior (outdoors) e de mídia interior (indoors instalados em aeroportos, estações rodoviárias e em quaisquer outros locais públicos). O Palácio do Planalto não falou sobre o caso ainda. A decisão foi dada em caráter liminar. (Com informações do Blog de Jamildo)

Campanha alerta para a exploração indevida de árvores nativas na BR-235/BA

A Gestão Ambiental da BR-235/BA, executada pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), e o Consórcio EMPA/CCM/CCL, responsável pela obra no Lote 1 – que fica entre a divisa dos Estados Sergipe e Bahia até Jeremoabo – da rodovia, trabalham juntos para evitar o corte indevido da flora local. Estão sendo realizadas orientações aos moradores e proprietários de terra para que não cortem árvores nativas que ficam na faixa de domínio.

O que acontece é que, após a construtora demarcar a área da rodovia com cerca de arrame, alguns moradores, sem nenhum consentimento, começam a cortar as árvores que ficam na faixa de domínio, no pensamento de que toda aquela flora será suprimida. Porém, na verdade, não é isso que é feito. Com o compromisso de conservação da natureza, a Implantação e Pavimentação da BR-235/BA mantem algumas plantas nativas que não comprometam o traçado da estrada.

Equipes já presenciaram alguns proprietários realizando o corte de árvores que estão dentro da faixa de domínio da rodovia. Além das atividades da Gestão Ambiental da BR-235/BA e do respeito ambiental do Consórcio EMPA/CCM/CCL, é preciso a colaboração da comunidade para manter vivas árvores locais, como Aroeira, Baraúna, Barriguda, Juazeiro, Mandacaru, Mulungu e Umbuzeiro.

A Gestão Ambiental da BR-235/BA, por meio do Subprograma de Supressão de Vegetação (SSV), já realiza a marcação de árvores com grande importância na região com o intuito da construtora avaliar a real necessidade de cortá-las. Os serviços em execução obedecem aos preceitos do desenvolvimento sustentável estabelecidos na Política Ambiental do Ministério dos Transportes, bem como à legislação e às normas ambientais vigentes. (foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br