Enquanto isso…

Prefeitura de Petrolina e Caixa Econômica formalizam contrato de patrocínio para São João 2017

Prefeitura de Petrolina e Caixa Econômica Federal (CEF) formalizaram nesta quinta-feira (25) o contrato de patrocínio para o São João 2017. A instituição bancária irá investir R$ 200 mil no evento, que acontecerá entre os dias 16 e 24 de junho no Pátio Ana das Carrancas. O documento foi assinado pelo prefeito Miguel Coelho e pela superintendente regional da CEF, Simone Nunes.

Esse é o primeiro patrocínio formalizado para o circuito junino sertanejo. Mas, segundo o prefeito, outras duas empresas e uma instituição pública estão em fase final de negociação para investir no São João.

“A Caixa está investindo na cultura e potencial turístico que o circuito junino proporcionam para nossa região. Esse engajamento tanto da iniciativa privada quanto de órgãos públicos é fundamental para fazer um evento tão grande e estamos muito animados porque nossa projeção pode superar R$ 1,5 milhão em patrocínios, fazendo nosso São João um evento cultural sustentável economicamente“, reforçou o prefeito.

A programação foi iniciada no final de semana passado, com o São João dos Bairros. O circuito junino foi justamente ampliado com a retomada desse projeto. O custo total da festa, no entanto, foi menor que no ano passado. A prefeitura deve economizar, em comparação com 2016, cerca de R$ 1,2 milhão. A estimativa é que a cidade movimente durante este período em torno de R$ 219 milhões e gere 9 mil empregos diretos e indiretos. (Fonte/foto: Ascom PMP)

Petrolina volta a se destacar na doação de órgãos no País

Esta semana o Governo de Pernambuco divulgou dados sobre a doação de órgãos no Brasil, com destaque para Estado como sendo um dos que realiza o maior número de transplantes no país, com 553 já executados este ano. Nesse ranking, Petrolina também se destacou na captação de órgãos, com 47 doados entre janeiro e março.

Nos primeiros dois meses do ano, a principal cidade do Sertão já havia sido mencionada na imprensa da capital, Recife, por ser responsável pela captação de 60% dos corações transplantados no bimestre em Pernambuco. Nessa mesma reportagem, Petrolina aparece como a cidade que captou 44% dos fígados (8, de um total de 18) e 39% dos rins (18, de um total de 46).

O sucesso nas doações é fruto de um trabalho de parceria da Organização de Procura de Órgãos (OPO) do Hospital Dom Malan (HDM/Imip) com a Força Aérea Brasileira (FAB) e Central de Transplantes de Pernambuco, que conta com a solidariedade e sensibilização das famílias.

“Ficamos felizes com esses resultados, pois ele é fruto de um trabalho muito sério e que envolve muita gente. Mas tudo isso não funcionaria sem o apoio das famílias. Para isso, nós temos muito cuidado ao tratar com eles, principalmente na hora de dar a notícia do falecimento do paciente que está por vir. Explicamos detalhadamente todo o processo de doação e a importância desse ato de solidariedade para as pessoas que estão na fila de espera de transplante. Tiramos todas as dúvidas e deixamos a família muito à vontade para que tenha a autonomia necessária para decidir favorável à doação”, explica o coordenador médico, Pedro Carvalho.

OPO

Apesar de ter sua sede administrativa na unidade materno/infantil, a OPO do HDM faz a procura por potenciais doadores em diversas unidades de saúde de Petrolina, tendo o Hospital Universitário (HU) da Univasf como principal centro de doação, por conta do seu perfil de atendimento. Todos os órgãos captados são encaminhados para o Recife e ofertados para quem está na vez na fila de espera.

Durante todo o ano de 2016, a OPO de Petrolina diagnosticou 113 potenciais doadores de órgãos. Desses, 55 efetivaram a doação (48,6%). O percentual é maior do que a média do Estado que, no mesmo período, tinha 508 potenciais doadores e, desses, 140 realmente fizeram a doação (27%). Os 55 doadores foram responsáveis pela doação de 162 órgãos e tecidos, sendo 96 rins, 42 fígados, 22 corações e dois pâncreas. Em 2015, foram 45 doadores (ampliação de 22%) e 139 órgãos e tecidos (crescimento de 16%). As informações são da assessoria do HDM/Imip.

 

O que eles disseram…

Funcionários demitidos da Rabelo procuram assistência jurídica no Sintcope

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Petrolina (Sintcope) acompanha o processo de encerramento das atividades das duas unidades das Lojas Rabelo em Petrolina. Mais de 30 trabalhadores foram demitidos. Na manhã desta quinta-feira (25), parte deles esteve na sede do Sindicato, após serem informados no dia anterior que a empresa havia entrado com um pedido de recuperação judicial.

O receio é que a empresa não cumpra os procedimentos legais exigidos na rescisão do contrato de trabalho. O grupo foi recebido pelo vice-presidente do Sintcope, Sérgio Lacerda, que acionou a assessoria jurídica. “Orientamos os trabalhadores sobre a assistência que o sindicato dará. Fizemos uma ata para registrar a preocupação dos trabalhadores e nossa assessoria jurídica ingressará com uma ação”, disse.

A expectativa é que outros trabalhadores da mesma empresa procurem a entidade sindical. “Hoje veio uma parte dos demitidos. Todos que aqui chegarem serão atendidos e orientados. Numa situação grave como essa não podemos fazer diferença entre sindicalizados e não sindicalizados”, disse.

Os trabalhadores podem entrar em contato como Sintcope através do telefone (87) 3861-5876 ou do WhatsApp (98838-0172/98838-0176).

 

Especulações sobre eventual renúncia de Temer apontam senador Jereissati eleito presidente interino

Espalham-se pelas redes sociais, feito rastilho de pólvora, as especulações em torno de uma eventual renúncia do presidente Michel Temer (PMDB). A mais recente dá conta de que o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) seria eleito presidente da República no próximo dia 7 de junho, em eleição indireta, pelo Congresso Nacional, após a cassação da chapa Dilma-Temer pelo Superior Tribunal Eleitoral (TSE), no dia anterior.

Esta teria sido a saída negociada e definida pelas lideranças nacionais e o Poder Judiciário para tentar aplacar a mais nova crise política que desmonta o atual governo e ‘emperra’ os projetos de interesse do País. A ideia é que Tasso fique na Presidência até o dia 1º de janeiro de 2019, proceda com mais tranquilidade e equilíbrio as reformas trabalhista, previdenciária e política em curso, e seja sucedido pelo candidato eleito em pleito direto, no dia 3 de outubro de 2018, conforme o calendário eleitoral.

Para que isso aconteça, o Congresso deverá aprovar uma mudança na Constituição, que já faz parte do acordão selado. Tasso é um dos poucos políticos com experiência, maturidade e projeção nacional não atingidos pela Operação Lava Jato. Mas, ao menos por enquanto, tudo ainda está no campo dos boatos. Quem viver, verá. (Foto/arquivo reprodução)

Sem oposição no plenário, Gratificação de Difícil Acesso para secretário escolar é aprovada na Casa Plínio Amorim

 

Colocado de última hora na pauta da sessão da Casa Plínio Amorim desta quinta, 25, o projeto de lei que cria a Gratificação de Difícil Acesso (GDA) para a função de secretário escolar na rede municipal de ensino foi aprovado sem a presença de cinco vereadores da oposição no plenário. O placar foi de 15 votos favoráveis.

A oposição resolveu se retirar por não concordar com o percentual apresentado pelo governo municipal, que reduziu o valor que já é pago a professores e diretores. “Nós tínhamos proposto avaliar melhor e na próxima terça, ouvindo o Sindsemp, por achar que a matéria não atenderia a categoria como deveria. Mas a bancada da situação tem pensado apenas em atender os encaminhamentos do governo”, declarou o líder da oposição, Paulo Valgueiro (PMDB).

A vereadora Cristina Costa (PT) explicou a saída da oposição do plenário durante a votação. “Não iriamos votar numa gratificação que vai de encontro à lei das gratificações já existentes, beneficiando de forma desigual os servidores”, frisou.

Já o vereador Ruy Wanderley (PSC), líder da situação na Casa, disse que o governo precisava regulamentar a gratificação para a função de secretário escolar, que foi criada e estava sem o benefício. “O prefeito Miguel Coelho nos mandou esse projeto porque precisava dessa regulamentação. Somente os secretários escolares ainda não tinham esse benefício dentro da rede municipal de ensino”, comentou Ruy.

Inconstitucionalidade

Walber Lins, presidente do Sindsemp (Sindicato dos Servidores Públicos de Petrolina), indicou que poderá questionar a lei aprovada, alegando inconstitucionalidade. Ele frisou que os valores propostos no projeto de lei aprovado estão irregulares.

Ele frisa que na discussão da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA), no ano passado, foram previstos os valores da GDA para secretário escolar, igual ao que já é pago ao quadro, mas o que o governo conseguiu aprovar foi totalmente diferente. “Não vamos antecipar a nossa posição, mas adiantamos que são valores que não condizem com a valorização proposta em nossas discussões. Do jeito que está, o servidor que tem que de deslocar para servir ao município terá que pagar para trabalhar. Ele colocou a inclusão da categoria na lei, mas fora de todas as perspectivas acordadas com a categoria”, destacou Walber.

Prefeitura de Petrolina quer parceria com Sest/Senat para viabilizar programa ambiental

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, foi apresentado na última terça (23) a uma iniciativa do Sest/Senat voltada à preservação ambiental. Trata-se do Programa ‘Despoluir’. A proposta é que o município tenha visitas de vistoria na frota de carros e dos veículos que fazem o transporte escolar, com a finalidade de diminuir a emissão de poluentes. O programa foi detalhado ao prefeito pelo diretor da unidade local do Sest/Senat, Simão Durando Filho, e pelo técnico do Despoluir, Laudemir Moreira. A ideia é firmar parceria com a administração municipal com vistas a viabilizar a iniciativa.

O pedido oficial será feito ao presidente da instituição, Nilson Gibson, solicitando a presença da equipe do Despoluir em Petrolina.

O programa tem o objetivo de promover o engajamento de transportadores, caminhoneiros autônomos, taxistas e sociedade em ações de conservação do meio ambiente, como forma de colaborar para a construção de um modelo sustentável de desenvolvimento.

 

‘Ganhe o Mundo’ vai levar estudantes do Sertão para o Canadá e Chile

Um grupo com 61 estudantes do ensino médio de escolas públicas estaduais do Sertão do Médio São Francisco está preparando as malas para uma temporada de intercâmbio (na modalidade High School) em escolas do Canadá e Chile. Reunidos na manhã desta quinta-feira (25), em Petrolina, os alunos selecionados pelo Programa ‘Ganhe o Mundo’ (PGM) acertaram os detalhes principais da viagem que deverá ocorrer entre os meses de julho e setembro, com as despesas todas pagas pelo Governo de Pernambuco.

Bastante empolgada com a temporada de um semestre letivo (em torno de 5 meses) no Canadá, a aluna Eumara Mayra da Silva, 16 anos, não economizava nos planos. “Esta é a minha primeira viagem ao exterior e vou aproveitar bem cada minuto desta experiência. Pretendo adquirir novos conhecimentos, conhecer uma língua nova e aprender muito da cultura canadense”, completou a estudante, que faz o 2º Ano na Escola de Referência Clementino Coelho, em Petrolina.

Jessycka Nunes, 15, que também embarcará, adiantou que conhece muito pouco sobre a cultura do Chile, mas está lendo bastante a respeito do país. “Espero viver uma experiência rica em todos os aspectos e voltar com a mente mais aberta e mais preparada para ir adiante na minha vida pessoal e profissional”.

Na volta do intercâmbio, os estudantes apresentam um projeto interdisciplinar participando de aulas onde expõem suas experiências. Os intercambistas do PGM Esportivo também apresentam os resultados em competições esportivas. Na edição 2017, o programa teve 25 mil inscritos em todo Estado; destes, mil foram selecionados. No Sertão do Médio São Francisco farão a viagem 57 estudantes na modalidade tradicional e quatro no PGM Esportivo. De acordo com a titular da Gerência Regional de Educação (GRE), Anete Ferraz, o programa, além de abrir horizontes culturais, anima os alunos a se dedicarem mais aos estudos.

“O Ganhe o Mundo é um programa exitoso em todos os aspectos, principalmente na transformação dos estudantes em protagonistas dos seus próprios destinos. Nossos estudantes viajam sonhando e voltam determinados em realizar cada um dos seus objetivos”, concluiu a gestora. (Foto: Ascom)

Rua na Cohab Massangano sofre com esgoto estourado há mais de um mês

Os comunitários da Rua 83, na Cohab Massangano, zona oeste de Petrolina, não sabem mais a quem reclamar. Eles clamam para que a Compesa compareça e resolva o problema de esgoto estourado. Segundo informam, eles estão aguardando o conserto há mais de um mês. A Compesa teria se comprometido de fazer a recuperação do esgoto em três oportunidades, mas nunca apareceu.

A comunidade acrescenta ainda que o esgoto já escorre por outras partes da rua, que é próxima a uma igreja. Dizem que o esgoto se espalhou tanto que já está quase invadindo as residências dos moradores, sem falar no mau cheiro que incomoda bastante. Os moradores solicitam, mais uma vez, providências da Compesa.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br