Hospital Materno Infantil de Juazeiro é avaliado pela Rede Cegonha do Ministério da Saúde

 

Avaliadores da Rede Cegonha, estratégia do Ministério da Saúde, estiveram em Juazeiro/BA para realizar uma avaliação do Hospital Materno Infantil. O levantamento foi acompanhado por representantes da Secretaria de Saúde de Juazeiro e do Núcleo Regional de Saúde Norte.

O roteiro de avaliação é composto por cinco elementos: observação, entrevista com usuário, com o trabalhador e contagem de leitos, entrevista com a gestão da unidade. A coleta de dados tem o objetivo de melhorar a assistência da saúde a mulher no Brasil. O resultado da avaliação deve sair em dois meses.

O avaliador Emerson Garcia adiantou que, apesar de algumas falhas, a equipe ficou satisfeita com o trabalho desenvolvido no município. “Pontuamos algumas observações do que deve ser melhorado, mas percebemos uma equipe comprometida e que supera outros hospitais na qualidade das informações. Além disso, dos 33 pacientes que entrevistamos, todos fizeram uma avaliação positiva com relação à unidade e ao acolhimento”, elogioou.

O superintendente de Atenção Especializada, Mário Machado, destaca a importância da visita técnica para a unidade. “Iremos saber como está à qualidade da nossa maternidade e das dificuldades enfrentadas, para, assim, buscarmos soluções e melhor a qualidade do nosso serviço”, assinalou Machado

Para a diretora administrativa da unidade, Rivaércia Espíndola, os três dias de avaliação foram bastante proveitosos. “Foi importante para nós e eles também gostaram do que viram. Saíram demonstrando estar satisfeitos e impressionados com o avanço da nossa maternidade”, relatou a diretora. (Foto: Ascom)

Vereadora Rosa de Erasmo avalia primeiros dias da gestão Vilmar Cappellaro e diz: “Está deixando a desejar”

A vereadora de oposição em Lagoa Grande, Rosa de Erasmo (PRB), fez sua avaliação dos primeiros dias do governo do prefeito de Lagoa Grande, Vilmar Cappellaro (PMDB). Algumas medidas tomadas pelo gestor, tendo como “desculpa”, dívidas herdadas da gestão anterior, ela frisa que já não mais convencem e o prefeito tem que mostrar a que veio.

“O Executivo Municipal está deixando a desejar e começou ruim tirando o transporte para os estudantes e isso tem nos preocupado. São alunos que não têm condição nenhuma de pagar pela passagem e por conta disso, desistiram de seus cursos. A desculpa que recebeu um “rombo” não justifica, porque todos os ex-prefeitos nunca deixaram de atender a essa parcela da população. Não justifica”, declarou Rosa.

Rosa lembrou que a juventude teve participação importante na eleição de Vilmar e dessa forma, ele vem decepcionando essas pessoas. “Como se fala em se priorizar educação, sem dá o devido apoio. Sabemos que é cedo para criticar, mas as medidas iniciais realmente têm sido negativas”, pontuou a oposicionista.

Apesar de ser estreante na Casa Zefferino Nunes Gomes, Rosa de Erasmo conhece bem os bastidores do poder legislativo lagoagrandense. Sempre acompanhou seu pai, o ex-vereador Erasmo Farias, nos mandatos e sabe como funcionava o trabalho na Câmara.

“Espero atuar de forma que o eleitorado esteja satisfeito com o trabalho. Esse é o legado que herdei”, finalizou a vereadora Rosa de Erasmo. (Foto: Blog Lagoa Grande Notícia)

Itep participa de programa nacional para avaliação de alimentos orgânicos

O Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), através do Laboratório de Análise de Resíduos de Agrotóxicos e de Bebidas Alcoólicas (LabTox), será uma das instituições responsáveis pela realização de análises de resíduos de agrotóxicos em produtos orgânicos oferecidos em diferentes cidades do país. O trabalho será realizado dentro do programa de avaliação e monitoramento da qualidade de produtos orgânicos colocados no mercado brasileiro, cujas amostras serão coletadas por fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em feiras e supermercados.

A ideia do programa é contribuir para o controle dos orgânicos em circulação no mercado nacional. Os alimentos coletados passarão por análises para monitorar a presença de 200 compostos distintos. Coordenado pelo Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (Cetene), o programa foi elaborado pelos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Novação e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em parceria com o Itep. O LabTox – ligado ao Núcleo Alimento Seguro e Sustentável do Itep – receberá, inicialmente, 320 amostras para avaliação.

Com uma legislação recente, regulamentada em 2011, os alimentos orgânicos no Brasil seguem o chamado “controle social para a venda direta sem certificação”, ou seja, se baseiam na confiança do produtor e não exigem a certificação do produto. “Esperamos que o programa tenha sucesso, pois a atuação na área de controle dos alimentos orgânicos ainda é muito tímida. Também é importante a continuidade da ação para assegurar os benefícios alcançados”, aponta Adelia Araújo, gerente do Núcleo de Alimento Seguro e Sustentável do Itep.

As primeiras amostras chegarão ao Itep na próxima semana, provenientes do Estado da Paraíba. Também integram o programa o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz-RJ), o Laboratório de Toxicologia da Universidade de Brasília (UnB), o Laboratório de Análises de Resíduos de Pesticidas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), o Instituto Biológico de São Paulo (IB) e o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

Consumo orgânicos

O consumo de alimentos orgânicos no Brasil vem ganhando cada vez mais adeptos interessados em manter uma alimentação mais saudável e livre de agrotóxicos. Segundo dados da Organics Brasil, ligada à Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), o mercado vem crescendo a uma taxa de 25% ao ano desde 2009.  (Foto: Reprodução Internet)

SAC de Juazeiro vai passar por pesquisa para medir qualidade do atendimento

A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) começou a aplicar uma pesquisa para avaliar o grau de satisfação dos usuários com a qualidade dos serviços prestados pela Rede SAC. Inicialmente, o levantamento engloba 15 unidades situadas na capital e em municípios da região metropolitana. A pesquisa é realizada por amostragem, com aplicação de 5.497 questionários em usuários do SAC.

Mas o Governo da Bahia já confirmou que os postos do SAC do interior (inclusive em Juazeiro) também serão avaliados. A data para que a pesquisa se inicie, no entanto, ainda vai depender de um cronograma elaborado pela Seab. A metodologia utilizada é a de Análise de Incidentes Críticos, que busca identificar a primeira lembrança do usuário sobre um determinado serviço, aplicando o questionário logo após o atendimento. Assim, o SAC acaba tendo nas mãos uma listagem de comportamentos desejáveis ou indesejáveis.

Indiferente às críticas, Paulo Câmara afirma que Pernambuco fecha 2016 “de cabeça erguida”

Criticado em itens como segurança pública e abastecimento d’água por meio de carros-pipas, o governador Paulo Câmara não se deixou abater e considerou 2016, apesar das dificuldades, um ano “ de conquistas”.

“Pernambuco termina de cabeça erguida o ano de 2016, tendo muitos desafios pela frente, mas também com conquistas“. A avaliação foi feita, nesta sexta-feira (30) pelo socialista, após a celebração da Missa de Ação de Graças, em Casa Forte. Acompanhado da primeira-dama Ana Luiza, das filhas Clara e Helena e de auxiliares, o chefe do Executivo estadual assegurou ainda que o trabalho continuará, no próximo ano, com o mesmo afinco e com entregas e anúncios de novos empreendimentos.

“O mês de janeiro é voltado para o planejamento. Mas eu vou aproveitar esse período para viajar, entregando novos empreendimentos no Interior”, adiantou o governador. Paulo afirmou ainda que os resultados positivos alcançados este ano pela sua equipe inspiram novas conquistas. “Só o fato de nós termos hoje a melhor educação pública do Brasil já nos mostra um caminho a seguir para as futuras gerações”, frisou o gestor.

Parcerias

Paulo Câmara também fez questão de ressaltar que seguirá realizando parcerias com gestores municipais. “Eu vou trabalhar muito, em 2017, junto com os novos prefeitos e com o povo do nosso Estado, para que a gente possa ter muita harmonia em busca de soluções“, destacou. Também participaram desta celebração o prefeito do Recife, Geraldo Julio, a primeira-dama da Capital, Cristina Mello; os secretários Antônio Figueira (Casa Civil), Marcos Baptista (Habitação), Sebastião Oliveira (Transportes); Lúcia Melo (Ciência e Tecnologia), o secretário executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto; e gestores estaduais e municipais. (foto/arquivo reprodução)

Sobradinho: Comandante de companhia da PM faz balanço da gestão 2016 e desafios para 2017

jefferson-de-santana-mendonca

O Tenente Coronel Jefferson de Santana Mendonça, comandante da 96ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), em Sobradinho, no norte da Bahia, durante entrevista a um programa de rádio local, fez uma avaliação da sua gestão e discorreu sobre os desafios para o novo ano de 2017.

Entre as varias ações do ano em curso o Coronel avaliou como ações positivas que beneficiaram as cidades de Sobradinho e Sento-Sé, rondas constantes efetuadas na sede e interior dos municípios pelas diversas viaturas e motos que a companhia dispõe e que estão a serviço das comunidades e várias blitz efetuadas com objetivo de coibir ações dos meliantes que buscam tentar contra a vida dos cidadãos.

Sobre as ações operacionais para 2017 o Comandante informou que a Companhia tem planejado aumento do efetivo, além do aumento de viaturas e operações. Quanto aos apoios logísticos, o Coronel Mendonça informou que vem tendo apenas apoio da prefeitura municipal, más que buscara ampliar esse apoio para o ano de 2017.

Ele também destaca uma noticia promissora: o edital que será publicado dia 29/12/2016 na pagina da Policia Militar na internet para o preenchimento das vagas da Escola Militar e que as inscrições serão de 2 a 6 de janeiro de 2017, no qual o sorteio será efetuado com acompanhamento do Ministério Publico da Bahia (MPBA) e que será uma oportunidade para pais e mães que desejam colocar seus filhos em uma das escolas militares espalhadas por toda a Bahia. A 96ª CIPM atende pelos telefones (74) 3538-2386 e 3538-2437. (foto/divulgação)

Conselho empresarial faz avaliação positiva do terceiro ano da Fiepe no Sertão do São Francisco

fiepe

O Conselho Empresarial da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe) fez uma avaliação positiva do terceiro ano de existência da Unidade Regional do Sertão do São Francisco. A avaliação foi apresentada durante reunião na última quarta-feira (14) e marcou o encerramento das atividades deste ano.

(mais…)

DCE da Univasf convoca estudantes nesta segunda-feira para avaliar greve

paralisacao-mobilizacao-estudantes-univasfEm nota enviada a este Blog, representantes do Diretório Central dos Estudantes (DCE) confirmaram para esta segunda-feira (17), às 18h30, uma nova assembleia no auditório da biblioteca da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf)/Campus Petrolina Centro. Desta vez a entidade vai avaliar o resultado da greve estudantil, após a desocupação do prédio da Univasf, na última sexta-feira (14).

Confiram a íntegra da nota:

O DCE/Univasf vem comunicar o fim da ocupação da reitoria da nossa Universidade, encerrada no dia 14 de outubro, após realização de assembleia estudantil, e já aproveita este espaço para parabenizar a todas e todos que construíram, com muita garra e luta, os cinco dias de ocupação.

A união dos estudantes em torno da pauta da Assistência Estudantil, intensificada após um calendário de mobilizações movido pelo DCE, culminou com um dos momentos mais bonitos e de maior mobilização estudantil da história da Univasf. Essa luta é justíssima e não se iniciou agora, mas há anos, quando o Movimento Estudantil passou a exigir da nossa universidade um Plano de Assistência Estudantil que possibilitasse a milhares de estudantes, em situação de vulnerabilidade socioeconômica, o ingresso e a permanência na Univasf.

No entanto, demandas, arduamente conquistadas estiveram ameaçadas nos últimos meses. No dia 08 de outubro, na reunião da Câmara de Assistência Estudantil (CAE), fomos informados que não havia orçamento previsto para o pagamento de bolsas e auxílios no ano de 2017, o que implicaria no aumento da evasão e na destruição do sonho de permanecer na universidade daqueles que não conseguem continuar a trilhar seus caminhos na Univasf sem a Assistência Estudantil.

A partir daí, os estudantes presentes organizaram uma Assembleia que resultou com uma série de atividades de resistência aos cortes sinalizados, culminando com a ocupação da reitoria e com a paralisação das aulas no dia 10 de outubro, iniciando um momento singular da história da Univasf, quando foram promovidos espaços que contavam com a participação de mais de 600 estudantes, que juntos debateram a Assistência Estudantil e outras temáticas relacionadas aos retrocessos que estamos sofrendo atualmente.

Em um desses espaços, os estudantes presentes construíram as suas pautas de reivindicação, que foram apresentadas à Reitoria, sendo elas:

– Manutenção do Transporte Estudantil como está atualmente e acréscimo de 01 micro-ônibus e de 01 ônibus à frota do transporte estudantil intercampi;

– Manifestação da Universidade contra a PEC-241;

– Garantia de abertura dos editais de bolsas e auxílios até novembro de 2016;

– Apresentação de um estudo sobre o modelo de gestão dos Restaurantes Universitários em até 30 dias;

– Colocar a construção de Residências Universitárias para os campi que não as possuem como obras prioritárias para a gestão.

Através de momentos que envolviam o DCE, os diretórios/centros acadêmicos e os estudantes, cada uma dessas pautas foi debatida intensamente, o que deu segurança ao movimento grevista para lutar por avanços junto à reitoria. Dessa forma, foi conquistado:

– A manutenção do Transporte Estudantil da mesma forma até o próximo ano, sendo que será apresentada à CAE a possibilidade de acréscimo do micro-ônibus e do ônibus;

– Será elaborado um ofício contra a PEC-241, que a partir do Conselho Universitário, será enviado para o Ministério da Educação, Ministério da Saúde, presidência da Câmara dos Deputados e Presidência do Senado;

– A abertura dos editais de bolsas e auxílios até novembro de 2016;

– Apresentação de um estudo qualitativo, em 30 dias, sobre a gestão dos Restaurantes Universitários, e a criação de uma comissão formada por estudantes que acompanhará todo o processo de avaliação da gestão desses dispositivos;

– Conclusão dos projetos executivos das Residências Universitárias para os campi que não as possui até o primeiro semestre do primeiro ano.

Sendo assim, o DCE reconhece o avanço em cada uma das pautas defendidas pelos estudantes como grandiosa conquista, principalmente ao levar em consideração o cenário político e econômico do país, que, infelizmente, nos indica que a garantia de direitos está cada vez mais comprometida. Vale ressaltar que o DCE não aceitará que quaisquer destes avanços estejam condicionados a retrocessos para a classe trabalhadora, e é por isso que estaremos buscando uma gestão cada vez mais participativa, para que, se houver cortes, os mesmos não atinjam os terceirizados da nossa instituição.

No que tange ao processo e ocupação, o DCE reconhece as falhas, frutos das dificuldades e tensões que emergiram a todo momento, reafirmando seu compromisso atenuando-as conforme possível. Entretanto, não se pode desmerecer a importância de tudo que foi feito e dos resultados que obtivemos. Em tempo, aproveitamos para nos desculpar pelos incômodos causados a comunidade acadêmica e ansiamos que estudantes, técnicos e servidores reconheçam a necessidade de toda essa mobilização, além de nos colocarmos à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Mais do que nunca é necessário que nós, estudantes, estejamos em luta e travemos batalhas em defesa de uma Educação Pública, gratuita e de qualidade, juntando-nos às outras categorias que estão na busca da garantia de nossos direitos.

Para encerrar, o sentimento que define a luta protagonizada pelos estudantes que se dispuseram a forjar-se nesta construção é “Orgulho”. O despertar da categoria estudantil evidencia o empenho e a força à mudança. Tal processo demarca a identidade dos estudantes univasfianos, diante de toda comunidade acadêmica e externa, referenciando-se diante do compromisso de fazer da Univasf um espaço de mudança social, na medida em que se dispõe a lutar pela garantia do direito de permanecer na Universidade.

Aproveitamos para convocar os estudantes da Univasf para participarem da nossa próxima Assembleia, a ser realizada no dia 17 de outubro, às 18h30, no Auditório da Biblioteca, do campus Centro, que tem como ponto de pauta a avaliação da greve estudantil.

Seguiremos em luta!

Quando o estudante avança, nenhum trabalhador retrocede!!

Só a luta muda a vida!!

DCE-Resistência

(foto/arquivo)

Eleições de primeiro turno em Pernambuco são consideradas tranquilas, segundo SDS

eleições 2016As eleições de primeiro turno em Pernambuco foram consideradas tranquilas, de acordo com avaliação feita pela Secretaria de Defesa Social (SDS). O trabalho das forças de segurança pública durante este domingo de eleições foi monitorado do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR). Em todo o Estado, 192 pessoas foram conduzidas pelas Polícias Civil e Militar perante a presença de um delegado. Boca de urna, transporte irregular e arregimentação de eleitores foram algumas das infrações atendidas durante o pleito.

De acordo com o balanço preliminar, das 192 pessoas conduzidas, foram formalizadas cinco prisões em flagrante, 51 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) e instaurado um inquérito por Portaria, havendo procedimentos envolvendo mais de uma pessoa.  Vale ressaltar que ocorrências eleitorais foram atendidas pela Polícia Federal (PF), Ministério Público (MP) e Justiça Eleitoral e não estão computadas neste balanço.

Petrolina está dentro desse levantamento divulgado pela SDS. O caso mais grave, registrado por este Blog, foi de um ônibus flagrado por policiais rodoviários federais, que estava transportando eleitores para Ouricuri (PE), no Sertão do Araripe.

Fernando Filho, o “menino prodígio” do Planalto

fernando filho ministro

Definitivamente o ministro das Minas e Energia, Fernando Filho, virou o ‘queridinho’ do Palácio do Planalto no governo do presidente interino Michel Temer.

De acordo com o jornal O Globo, na avaliação feita pelo Planalto, Fernando Filho é tido como uma grata surpresa, sendo chamado até de “menino prodígio”, pela eficácia com que tem dado respostas para temas complexos de sua pasta.

Ainda segundo a avaliação do Governo Temer, áreas como Saúde e Desenvolvimento estão devendo.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br