Internamentos de obstetrícia e pediatria no HDM são suspensos temporariamente por falta de recursos

hdm-suspensao-de-servicos

A falta de recursos financeiros está levando o Imip a suspender temporariamente os internamentos de obstetrícia e pediatria, assim como os atendimentos ambulatoriais no Hospital Dom Malan (HDM).

Durante esse período, a unidade hospitalar só atenderá casos de urgência. Recentemente este Blog havia postado o desabafo de uma médica do HDM, que já havia chamado a atenção da comunidade para os sérios problemas que atravessava o hospital.

Por melhorias na estrutura, AME da Vila Eduardo não terá atendimentos nesta quinta e sexta

ame-vila-eduardo2A unidade de Atendimento Multiprofissional Especializada (AME) Bernardino Campos Coelho, localizada no Bairro Vila Eduardo, zona leste de Petrolina, não receberá usuários nesta quinta (1/12) e sexta-feira (2/12). O motivo é que a AME passará por alguns reparos no forro da recepção central, segundo informou a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde.

A Secretaria Informa ainda que as pessoas que precisarem de atendimento de urgência, podem buscar a unidade de saúde da Areia Branca, também na zona leste. “Na próxima segunda (5/12) todos os agendamentos serão normalizados”, garante a Pasta. No último sábado (26), algumas pessoas entraram em contato com o Blog para criticar a estrutura física da AME da Vila Eduardo.

Serviços de prevenção à saúde do homem serão oferecidos em evento nesta sexta em Petrolina

atendimento-homem-saudeServiços de prevenção à saúde beneficiarão nesta sexta-feira (25) o público masculino de Petrolina. A 1ª Feira de Saúde do Homem, realizada pela Secretaria Municipal, em parceria com a Universidade de Pernambuco (UPE), realizará atendimentos preventivos e educativos e acontecerá na Rua Tobias Barreto, na praça em frente ao Centro Auditivo, no Centro da cidade.

Durante toda a manhã serão oferecidos serviços de aferição de pressão arterial, medição de glicemia capilar (HGT), avaliação nutricional, atendimentos de ergonomia, além de palestras e orientações sobre os cuidados que o homem deve ter com manutenção do bem estar e da qualidade de vida, abordando questões como  cânceres de próstata e pênis, DST, hipertensão arterial e diabetes.

Os homens serão atendidos por enfermeiros, fisioterapeutas e nutricionistas, com o apoio de estudantes e professores da UPE. Para o atendimento é necessário apresentar somente um documento de identificação ou Cartão SUS. O evento acontecerá das 8h às 11h.

Programa ‘Consultórios Itinerantes’ do HU/Univasf colhe bons resultados no Vale do São Francisco

programa-hu-univasf

Fruto de uma parceria entre o Hospital Universitário (HU)/Univasf e os Ministérios da Educação e da Saúde, o Programa Consultórios Itinerantes (PCI) vem conseguindo bons resultados na região. Criado em 2013, o projeto garante atendimento oftalmológico e odontológico a estudantes da rede pública no Vale do São Francisco. Para colocar a iniciativa em prática, o HU/Univasf recebeu um dos 71 contêineres destinados pelo governo federal a universidades federais do país. O equipamento funciona como consultório, onde são realizados os atendimentos.

O PCI beneficia estudantes dos programas de educação ‘Brasil Alfabetizado’ e ‘Mais Educação’. O objetivo é identificar precocemente problemas na visão e garantir a saúde bucal de crianças e adolescentes. O HU-Univasf recebeu oito consultórios e possui uma equipe formada por odontólogo, médico oftalmologista, técnico em saúde bucal, técnico de ótica e assistente administrativo. Além das consultas, o projeto ainda distribui óculos gratuitamente.

No mês de setembro os profissionais do PCI foram até o município de Lagoa Grande (PE), Sertão do São Francisco, em conjunto com estudantes do curso de Medicina da Univasf, e atenderam 81 alunos na escola Municipal Nossa Senhora Auxiliadora. Em Petrolina, a equipe visitou a Escola Eliete Araújo, onde foram atendidas 175 estudantes. As escolas municipais Ana Leopoldina, Paulo Freire e Luíza de Castro brevemente também receberão o projeto.

Já em Juazeiro (BA), desde o mês de junho último a equipe vem colaborando com as ações do ‘Caravanas da Saúde’ – projeto da Secretaria Municipal de Saúde que leva vários serviços aos bairros e distritos. Até o mês de outubro, foram realizadas 1.076 consultas. No dia 11 do mesmo mês foi realizada uma cerimônia para a entrega de 166 óculos a crianças e adolescentes atendidas pelo projeto. O evento aconteceu na Prefeitura de Juazeiro e contou com a participação do prefeito Isaac Carvalho, do vice-reitor da Univasf, Télio Leite, do gerente de Ensino e Pesquisa e do chefe da Unidade de Planejamento do HU, respectivamente Ricardo Santana e Thiago Amaral. Ainda estão em fase de elaboração mais 326 óculos, que estão sendo fabricados pela equipe do PCI, junto com o colegiado de Engenharia de Produção da Univasf.

Mutirão de atendimentos gratuitos a diabéticos será realizado neste sábado em Petrolina

diabetes‘De Olho no Diabetes’. Esse é um projeto idealizado pelo Hospital de Olhos em Petrolina, feito em parceria com a Associação de Diabéticos do Vale do São Francisco (Adisf), que será colocado em prática neste final de semana.

O mutirão de atendimentos acontecerá no sábado (5), a partir das 8h, na Rua Dr.Júlio de Melo, Centro de Petrolina (por trás da agência do Itaú). Serão atendidos, gratuitamente, 250 pacientes diabéticos. As senhas serão distribuídas no dia e local do evento.

Os pacientes realizarão exame do fundo de olho, teste de glicemia capilar, aferição de pressão arterial, medidas de peso, altura, IMC e orientações sobre os cuidados com o diabetes. Em todo o mundo, são mais de 415 milhões de diabéticos, o que corresponde a 12% dos gastos em saúde pública.

Doença cada vez mais comum e de consequências devastadoras a diabetes é a principal causa da cegueira, da falência renal e da amputação de membros, além de ser responsável por complicações como maior chance de infecções, derrame cerebral, infarto agudo do miocárdio e diminuição da expectativa de vida.

UPAE Petrolina realiza 300 atendimentos diários, em média, no setor de urgência e emergência, diz coordenação

atenidmento upae recepçãoPrestes a completar três anos de implantada em Petrolina, nesta sexta-feira (29), a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada (UPAE), gerida pelo Imip, já realizou mais de 260 mil atendimentos. Segundo a assessoria da UPAE, a média de pacientes atendidos no setor de urgência e emergência, nas 24 horas de funcionamento, é de 300 por dia.

Tida como Unidade é porte I, a UPAE Petrolina possui quatro leitos para atendimento de emergência, 14 leitos para urgência e um leito de isolamento. Também dispõe de recepção; salas de espera; duas salas de classificação de risco; sala para pequenos procedimentos, medicação e nebulização; três consultórios de clínica médica; um consultório de urgências odontológicas; sala de raio X; posto de coleta do laboratório; farmácia e posto de enfermagem. Como apoio diagnóstico e terapêutico os pacientes contam com laboratório de patologia clínica de urgência, radiologia e eletrocardiograma.

“Essa estrutura faz com que tenhamos uma resolutividade de 97,57% dentro da própria Unidade. No período de julho de 2013 a dezembro de 2015, dos 55.707 pacientes classificados como vermelho e amarelo, que são passíveis de atendimento em instituições de maior complexidade, aconteceram apenas 1.355 remoções [2,43%]”, ressalta a coordenadora geral, Magnilde Alves.

Ainda segundo dados estatísticos, mais de 90% dos pacientes que chegam à UPAE residem em Petrolina e mais de 70% são classificados como verde. Os vermelhos correspondem a menos de 2% do total e os amarelos a cerca de 20%. Em média 6% das classificações são azuis (não urgentes). Nesse último caso o paciente é encaminhado ao serviço social e contra referenciado de forma responsável para atenção básica.

Outras especialidades

Além do pronto atendimento, a Unidade também dispõe do ambulatório com 17 especialidades médicas, bloco cirúrgico e serviço de exames diagnósticos (Bioimagem), já abordados agora em julho. (foto/divulgação)

Devido a reforma, posto de saúde do Santa Luzia transfere atendimento

postoO atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Santa Luzia, zona norte de Petrolina, será transferido temporariamente. Em nota, a Secretaria de Saúde informa que a Unidade passará por reforma a partir da próxima segunda-feira (30). Nesse período a equipe atenderá em um novo espaço localizado na Rua 07, 71 B do Santa Luzia.

A unidade também estará fechada na quarta-feira (25), para mudança e organização dos equipamentos. Ainda de acordo com a Secretaria, os serviços de vacinação, curativos e pequenos procedimentos estarão disponíveis na AME do José e Maria e UBS do Terras do Sul.  Os demais serviços, como consultas médicas, de enfermagem e dispensação de medicamentos funcionarão normalmente no espaço temporário. (foto/divulgação)

Médicos prestadores de serviço do Hospital Memorial ameaçam suspender atendimentos do SUS se pagamento não for repassado

médicos paralisaçãoIndignados com a falta de repasse oriundo do pagamento do Sistema Único de Saúde (SUS) em Petrolina, os médicos que prestam serviço ao Hospital Memorial ameaçam suspender o atendimento pelo SUS, caso a situação não seja normalizada num prazo de 30 dias.

Em nota enviada ao Blog, eles fazem questão de ressaltar que a decisão não tem nenhuma interferência do hospital. Confiram:

Petrolina/PE, 08 de abril de 2016.

Ao Hospital Memorial Petrolina, Ministério Público do Estado de Pernambuco, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Estadual de Saúde, SIMEPE – Sindicato dos Médicos de Pernambuco, CREMEPE – Conselho Regional de Medicina de Pernambuco, 8ª GERES e CRIL – Central de Regulação Interestadual de Leitos.

Nesta:

Nós, terceirizados/prestadores de serviço do quadro médico do Hospital Memorial Petrolina, em expressão de livre manifestação de vontade, por meio desta, informamos à decisão de suspensão do nosso atendimento médico aos pacientes do SUS – Sistema único de Saúde.

Para tanto, informamos que, estamos sem receber nenhum pagamento oriundo de repasse do SUS desde o mês de Outubro do ano de dois mil e quinze. Dessa forma, o prosseguimento do nosso atendimento médico restará inviabilizado.

Nesse instante afirmamos que a decisão acima discriminada não tem absolutamente nenhuma responsabilidade e/ou influência direta ou indireta do Hospital Memorial Petrolina, sendo a presente decisão de inteira, irrestrita e exclusiva responsabilidade dos médicos assinados em lauda anexa.

Assim estipularemos, nesse instante, o prazo de 30 (trinta) dias improrrogáveis, contados a partir do recebimento desta, para a regularização do nosso pagamento, sob pena de, depois de findado o prazo, imediata suspensão dos serviços, o que infelizmente acarretará prejuízos deveras a 4ª macrorregião e Rede PEBA (Pernambuco/Bahia), o que seria lamentável.

Comunicamos ao Hospital Memorial Petrolina, aos Órgãos Oficiais, Ministério Público do Estado de Pernambuco, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Estadual de Saúde, SIMEPE – Sindicato dos Médicos de Pernambuco, CREMEPE – Conselho Regional de Medicina de Pernambuco, 8ª GERES, CRIL – Central de Regulação Interestadual de Leitos e a quem mais seja interessada, por meio de cópia autenticada.

Reiteramos votos de apreço, consideração e respeito a todos os Órgãos Oficiais supracitados, à Instituição de Saúde Hospital Memorial Petrolina, assim como, a população atingida.

UPAE de Petrolina realizou mais de 100 mil atendimentos em 2015

A Unidade de pronto Atendimento Especializada (UPAE) de Petrolina registrou mais de 100.000 atendimentos em 2015, com uma média de 8.500 mensais. Este número divide-se em 87 mil consultas clínicas, mais de 7 mil atendimentos odontológicos e 8 mil entradas na assistência social, aproximadamente. O balanço foi divulgado na tarde de hoje (14), pela assessoria da unidade.

Em termos de procedimentos – que envolve radiologia, exames laboratoriais, nebulização, eletrocardiograma, medicação e sutura/curativo – foram contabilizados 557.350; consultas não médicas e sessões de fisioterapia fecharam um total de 11 mil; além de mais de 6 mil cirurgias, divididas entre as especialidades: Geral, Vascular, Dermatológica, Oftalmológica, Otorrino, Urológica, Gastro, Ginecológica e Proctológica.

A UPAE, que é administrada pelo Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), tem como missão atender às necessidades terapêuticas dos pacientes, primando pela melhoria na qualidade da assistência; assim como prestar assistência à saúde dos usuários do SUS da VIII Geres (que abrange os municípios de Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista), nas áreas de urgência e emergência, ambulatório de especialidades e Serviço de Apoio à Diagnose e Terapia (SADT), com ética e humanização.

Funcionamento

O serviço de Pronto Atendimento da UPAE Petrolina funciona 24 horas e adota o protocolo de Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR – Imip), em conformidade com as Diretrizes da Política Nacional de Atenção às Urgências. Já o setor de Atenção Especializada oferece um serviço de saúde de alta resolubilidade em diagnóstico e orientação terapêutica para as seguintes especialidades médicas: Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia Vascular, Cirurgia Geral, Dermatologia, Endocrinologia, Gastroenterologia, Hematologia, Infectologia, Nefrologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Pneumologia, Proctologia, Reumatologia e Urologia. As vagas disponibilizadas mensalmente são informadas à Central de Regulação até o dia 19 de cada mês. Os pacientes são encaminhados pelas Unidades de Saúde da Família através das Secretarias Municipais, com agendamento eletrônico (SISREG) para atendimento na UPAE, com dia e hora marcada, dentro do horário de funcionamento do serviço de Atenção Especializada, que é de segunda à sexta, das 7 às 19h.

A UPAE disponibiliza exames diagnósticos, laboratoriais e de imagem, além de consultas com especialistas não médicos (Enfermeiro, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Sociólogo, Assistente Social e Terapeuta Ocupacional). O agendamento destas especialidades é feito internamente, através de solicitação de especialistas da unidade. O estabelecimento de saúde também possui Bloco Cirúrgico para realização de procedimentos cirúrgicos ambulatoriais e de Hospital Dia. (foto/divulgação)

Primeira edição da ‘Caravana da Saúde’ atende cerca de 500 pessoas no Tabuleiro, em Juazeiro

A 1ª edição do programa ‘Caravana da Saúde’, realizada hoje (6) no bairro Tabuleiro, em Juazeiro (BA), prestou atendimento a cerca de 500 pessoas nas especialidades de ortopedia, oftalmologia, cardiologia, ginecologia, agendamento de cirurgia, eletrocardiograma e coleta de exames laboratoriais.  Também houve orientação sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), dengue e hanseníase. O evento teve o objetivo de reduzir a fila de espera por consultas especializadas na Rede Municipal de Saúde.

Contando com parcerias da Univasf, Hospital Regional de Juazeiro (HRJ), Instituto Ivete Sangalo, Clinefro, Multimagem e Promatre, além do envolvimento de toda a estrutura de governo, o evento ainda teve  o serviço da Unidade Móvel/Estação Cidadania, da Secretaria de Desenvolvimento e Igualdade Social (Sedis), que esteve presente com o recadastramento do Número de Informação Social (NIS), assim como o ônibus do programa ‘Crack, é Possível Vencer’ com atividades educativas sobre drogas ilícitas e educação no trânsito.

A Caravana da Saúde acontecerá toda quarta-feira, das 8h às 14h. Na próxima semana os atendimentos acontecerão no distrito de Maniçoba, zona rural da cidade. Neste mês também serão atendidas as comunidades de Itamotinga e Jardim Vitória/ Penha. (foto: Ascom PMJ/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br