Trabalho preventivo reduz número de animais nas ruas de Juazeiro

O trabalho preventivo diário realizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano de Juazeiro (BA) vem reduzindo o número de animais apreendidos nas vias públicas da cidade. Do dia 10 até esta quinta-feira, 13, um quantitativo de apenas seis animas foram apreendidos.

De acordo com dados da secretaria, em janeiro foram 42 animais; em fevereiro, 49; em março 50; e nessa primeira quinzena de abril, 35, totalizando nesses meses 210 animais recolhidos das vias públicas da cidade. Os bairros com maior incidência continuam sendo Alto da Aliança e Santo Antônio, e na BR-407.

O secretário Agenor Souza esclarece que o trabalho da secretaria está focado nas ações educativas e preventivas. “Estamos sempre orientando a população sobre os riscos de deixarem esses animais de médio e grande porte soltos nas ruas, e estamos vendo que está surtindo efeito. Quanto menor for o número de apreensão, melhor para nossa cidade, e isso fortalece nossa perspectiva, que é de ter uma cidade ordeira com uma população que respeita as leis”, expressa Agenor Souza.

Ele alerta ainda que a população, ao verificar animais como bodes, porcos, cavalos, jumentos, mulas e vacas soltos nas vias públicas, deve realizar a denúncia pelo telefone (74) 3612-3574 ou pessoalmente na sede da Secretaria, que fica na Rua Oscar Ribeiro, s/nº, Centro. (foto: Ascom)

Fiscalização municipal apreende animais soltos em ruas de Juazeiro

A equipe de apreensão da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb) de Juazeiro/BA, realizou nesta quarta-feira, 15, a apreensão de mais oito animais que estavam circulando em ruas dos bairros Santo Antônio, Alto do Alencar e próximo à Rodoviária. O trabalho de retirada dos animais das vias públicas acontece diariamente através de rondas e por meio de denúncias.

De acordo com o Art 74 do Código de Polícia Administrativo, os animais encontrados nas vias e logradouros públicos, ainda que devidamente identificados, serão apreendidos e recolhidos ao curral municipal. A retirada do animal pode ser realizada mediante pagamento de multa contabilizado por Valor de Referencia Fiscal (VRF) com os seguintes valores: primeira apreensão um VRF no valor de R$ 120,65 se o animal apreendido for reincidente o valor dobra e as multas podem chegar até R$ 603,25. Os animais apreendidos ficam no curral municipal por até 72 horas, caso os proprietários não busquem, os mesmos são doados.

De janeiro até agora, mais de 120 animais já foram apreendidos sendo todos de médio e grande porte. “A apreensão diária se faz necessária porque, infelizmente, a população ainda insiste em criar animais como bovinos, equinos, assininos, caprinos e suínos nas vias públicas. Estamos trabalhando em cumprimento à Lei”, explicou Jaílson Silva, Diretor Operacional.

A população ao identificar animais soltos nas vias públicas pode registrar a denúncia através do telefone 074 – 3612 3574. Com isso a fiscalização pode fazer a apreensão de forma mais ágil. (Foto: Ascom)

‘CãoCurso’ de Carnaval no Shopping de Juazeiro elegerá animais com as melhores fantasias

Já estão abertas as inscrições para o ‘1º CãoCurso’ do Juá Garden Shopping, em Juazeiro (BA). O evento dedicado especialmente aos animais de estimação, promete agitar o centro de compras com a premiação da melhor fantasia de carnaval. Os interessados devem inscrever seu animal, através do site www.nettoadestrador.com.br ou pelo e-mail atendimento.jua@grupotenco.com.br.

As inscrições são gratuitas e prosseguem até às 16h do dia 25, data do evento. No concurso serão avaliadas a originalidade, criatividade de animação, interação com o dono e beleza.  Cada categoria tem uma pontuação que, ao ser somada, vai consagrar o vencedor ou a vencedora. O campeão ganhará uma sessão de fotos com seu dono, além de banho e tosa e um kit de petisco e brinquedo.

O vice-campeão receberá como prêmio um banho, tosa, um kit de higiene e também um kit de petisco e brinquedo. Já o terceiro colocado, em relação ao vice, só não ganhará o kit de higiene.

A pontuação de cada categoria é a seguinte:

Originalidade – 3 pontos ;

Criatividade de animação – 3 pontos;

Interação com o dono – 2 pontos;

Beleza – 2 pontos.

Prefeitura esclarece métodos e critérios para recolhimento de animais das vias públicas de Petrolina

O problema de cães e gatos soltos nas ruas de Petrolina é antigo e muita gente reclama da atuação do órgão municipal para sanar esse tipo de problema. De acordo com Centro de Controle e Zoonoses (CCZ), vinculado à Secretaria Municipal de Saúde e responsável pela vigilância, prevenção e controle de animais, existem métodos e critérios para o recolhimento de animais das vias públicas do município.

O médico veterinário e coordenador do CCZ, Alan Greison Macêdo, ressalta que, por lei, é de responsabilidade do CCZ recolher apenas os animais de interesse à saúde pública, ou seja, animais com doenças que podem ser transmitidas para o homem ou animais agressivos.

O recolhimento de animais saudáveis seria de responsabilidade de um órgão ambiental que, além do recolhimento, deveria fazer o controle populacional através de castrações e destinação desses animais para possíveis doações. Devido a não existência do órgão, o município acaba fazendo essa atividade complementar, porém de forma parcial. A gente recolhe o animal, faz a castração e os exames. porém, se for contatado que está saudável a gente tem que liberar ele”, ressaltou.

O veterinário adiantou que a equipe já está trabalhando junto à prefeitura para a implantação desse órgão ambiental. “Não é uma coisa simples que pode ser feita em curto prazo, mas já estamos trabalhando. Vai ser importantíssimo para separar as atribuições e melhorar o controle populacional dos animais de Petrolina”, destacou.

O veterinário ainda fala sobre a responsabilidade dos donos em cuidar do seu animal. “As pessoas têm que ter um pouco mais de responsabilidade. Saber que quando pega um animal para criar tem que prestar toda a assistência, como alimentação, vermifugação e vacinação. Antes de se pensar em criar um animal, deve-se ter a consciência que a preservação da saúde deste animal é de total e inteira responsabilidade do criador”, frisou.

Denúncias

Para fazer denúncias, a população pode ir até o CCZ e fazer o boletim com todas as informações. “Após a denúncia, a equipe da carrocinha vai até o local para apurar o fato e faz o recolhimento, se for constatada a necessidade”, explicou. É possível também fazer a denúncia por telefone através do número: (87) 3867-4774. (foto/arquivo Blog)

Mesmo iluminada, Estrada da Banana ainda requer atenção devido à presença de animais

cavalos-estrada-da-banana

A iluminação pública implantada ao longo da Estrada da Banana, em Petrolina, mimimizou os problemas de visibilidade, mas ainda não é garantia de segurança para os condutores que transitam no local. Isso porque vários animais são vistos na via, podendo causar acidentes a qualquer momento.

Neste flagrante enviado ao Blog, por exemplo, dois cavalos aparecem bem próximo à pista. Um perigo.

ONG Proteger prepara-se para realizar mais uma Feirinha de Adoção de Animais neste sábado

feirinha-adocaoOrganização Não Governamental (ONG) que atua em defesa dos animais de rua, A Associação Proteger prepara-se para realizar mais uma Feirinha de Adoção. O evento acontecerá neste sábado (3/12), na praça da Academia das Cidades (antiga Praça da Sementeira), a partir das 9h30, quando começarão a ser entregues as fichas aos interessados em adotar um animalzinho.

Segundo os organizadores, estarão disponíveis para adoção cães e gatos castrados e vacinados contra raiva (com exceção dos filhotes) e vermifugados. Para adotar um mascote desses, é necessário apresentar CPF, Carteira de Identidade (RG) e comprovante de residência. É obrigatório ser maior de idade ou estar acompanhado de um responsável. No ato da adoção, o candidato passa por uma entrevista para confirmar se está apto a ter um animal de estimação.

No local, os voluntários também estarão vendendo lanches diversos. Além disso, serão comercializados produtos pet, como roupinhas, coleiras, lacinhos e gravatas. Como sempre, a ONG vai receber doações de ração, material de limpeza, medicamentos veterinários, produtos pet, lençóis e toalhas velhas, entre outros.

As adoções pela ONG também acontecem além da feirinha. Para se candidatar, basta entrar em contato com a associação através de sua fanpage no Facebook “Associação Proteger”, na qual também é possível ficar por dentro de todas as notícias relacionadas à mesma.

Histórico

Em quatro anos de atuação, A Associação Proteger já contabilizou mais de mil vidas animais salvas nas cidades de Petrolina e Juazeiro (BA). Hoje, a ONG não realiza mais resgates devido à falta de espaço e de condições financeiras, já que, atualmente, a mesma está com cerca de 150 cães e gatos sob cuidados. A maioria é castrada, vacinada contra raiva e está à espera de adoção responsável.

Estudante cria ‘zoológico’ em casa e cuida de cobra de 5 metros em Juazeiro

estudante-cobra-juazeiro

O estudante de ciências biológicas, Jonathan Soares, faz de sua casa em Juazeiro (BA) uma espécie de ‘zoológico’, com mais de 30 animais. Ele precisou adaptar o espaço para receber e cuidar dos bichos. Pássaros de vários tamanhos e cores, além de répteis, incluindo cobras, como a da espécie píton – com 75 kg e quase 5 metros de comprimento -, dividem o mesmo espaço. Todos os animais silvestres que o estudante cria foram comprados com autorização do Ibama.

Além de curtir os animais, é a questão de preservação, de fazer educação ambiental. A gente tem parceria com algumas creches e instituições que a gente leva os animais para conhecerem. Você não defende o que você não conhece. É importante tornar esses animais conhecidos para a pessoa poder preservar“, explica ele.

Gaiolas estão espalhadas por toda a casa. Na área externa há galhos de árvores e até uma pequena ‘farmácia’ na gaveta do guarda-roupas. Apesar do trabalho para limpar e alimentar todos os bichos, ele tem a recompensa de receber o carinho dos animais. Uma das espécies que ele abriga em casa é uma ‘arara juba, encontrada na região do Pará. A ave cresceu em cativeiro e é ameaçada de extinção.

Além dos animais que vivem na própria casa, o estudante também cuida das 50 cobras que ficam em um serpentário do tio dele. O espaço foi criado há 30 anos. Jonathan vai ao local todos os dias para cuidar dos bichos. Os animais estavam em situação de risco, como tráfico, e foram resgatados por órgãos de proteção animal. “Se tiver condição de ser solto, a gente vai soltar, se não tiver condições, a gente destina para outro órgão que tem licença“, explica.

Cobras

Entre os bichos estão a jiboia amazônica, um animal raro, e jararaca, uma cobra venenosa, bem conhecida de quem vive na caatinga. A píton é a maior do serpentário, com 75 kg e quase 5 metros de comprimento, que costuma ser encontrada na Índia e Indonésia. Em seu habitat natural a píton pode atacar e ferir o homem, mas como foi criada em cativeiro, é tranquila. O espaço também abriga aves de rapina como um falcão e um gavião, além de centenas de ratos que servem para alimentar as serpentes e as aves, que chegam a consumir 500 ratos por mês. (Com informações do G1-BA/foto: reprodução TV São Francisco)

Projeto de Transposição do São Francisco devolve à natureza 116 mil animais resgatados

Ontem (23), 50 papagaios foram devolvidos à natureza no Sertão pernambucano. As aves foram resgatadas ao longo das obras da Transposição do Rio São Francisco pelo Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna) e vão se juntar a outros 116 mil animais já reabilitados e reintegrados à vida selvagem – entre eles veados, cobras, aves, tatus e calangos.

Essas ações são possíveis graças a uma parceria do Ministério da Integração Nacional, executor da maior obra de infraestrutura hídrica do país, e a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), responsável pelo Centro de Conservação.

O trabalho realizado pelo Cemafauna já resgatou mais de 133 mil animais de várias espécies, sendo três em extinção: um gato do mato, um mocó da caatinga e um gato mourisco – os três animais em reabilitação no Centro. O processo inclui tratamento, alimentação e preparação, por meio da utilização de várias estruturas como viveiros, jaulas, salas, laboratórios e clínicas veterinárias. (foto/arquivo divulgação)

Primeira sessão plenária após recesso parlamentar da Casa Plínio Amorim tem Edinaldo no centro da polêmica

ednaldo

O clima político-eleitoral não poderia ser mais quente após o recesso parlamentar da Casa Plínio Amorim. Na primeira sessão plenária do segundo semestre, realizada na manhã de ontem (2), o alvo foi o vereador Edinaldo Lima (PMDB), candidato a prefeito pela chapa governista. A celeuma foi provocada por um suposto projeto de lei, de autoria de Edinaldo, tornando crime alimentar animais em vias públicas de Petrolina. O fato, que já vinha causando a indignação de ONGs fora da cidade, após ganhar repercussão até na mídia nacional, virou também polêmica na Casa. (mais…)

Centro de Zoonoses de Petrolina realizará 2ª edição da Feira de Adoção de Animais

110552a3913cd941ab288da46bbc5e2bCerca de 40 animais, entre cães e gatos, estarão disponíveis para adoção durante a 2ª Feira de Adoção promovida pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Petrolina. A iniciativa acontecerá neste sábado (9).

Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, para adotar é preciso levar um documento de identificação (RG ou CPF) e um comprovante de residência. O evento acontecerá a partir das 13h na sede do CCZ, localizado na Rua Pedra do Bode, s/n°, Jatobá (próximo ao Clube Sindsemp).

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br