Câmara aprova projeto que ordena atividade de ambulantes em eventos públicos de Petrolina

Por 19 votos, vereadores de Petrolina aprovaram na sessão desta quinta-feira, 18, projeto de lei de autoria do vereador Aero Cruz (PSB) que ordena a atividade de ambulantes, barraqueiros e garçons em festa patrocinadas pela Prefeitura. A matéria cria uma melhor organização para a categoria que tem sofrido com a concorrência de comerciantes de outras cidades que ocupam espaços nesses eventos públicos e quem é da cidade tem ficado prejudicado. A lei garante 80% dos espaços nas festas com recursos públicos da Prefeitura destinados aos ambulantes do maior município do Sertão.

“O projeto disciplina a participação dos ambulantes nesses eventos realizados aqui em nossa cidade, entretanto reclamações como a dos ambulantes que queiram atuar na volta do São João dos Bairros no José e Maria, sobre a comercialização dos espaços na estrutura da festa, o processo é de licitação e que deve ser seguido da forma que der prioridade aos ambulantes, mas também que eles trabalhem de maneira digna”, explicou Aero.

Aero frisou que vai conversar com a secretária de Cultura, Esportes e Turismo, Maria Elena Alencar, para que no São João do Parque de Eventos, os ambulantes fiquem protegidos para que pessoas que pagam a área para exploração no evento, não prejudique os demais ambulantes.

“Não vamos aceitar que a pessoa adquira os espaços, passe a querer comercializar para terceiros. Não vamos aceitar. Quem adquirir é que tem que trabalhar durante a festa”, assegurou Aero frisando que a secretaria de Cultura será responsável pela fiscalização da exploração nos espaços durante os festejos juninos de Petrolina e demais festejos municipais.

 

 

Projeto de ordenamento de ambulantes pode entrar na pauta da Câmara nesta quinta

Na sessão desta quinta, 18, na Câmara de Vereadores de Petrolina, poderá entrar na pauta de votação o projeto de lei de autoria do vereador Aero Cruz (PSB), sobre disciplinamento de ambulantes, barraqueiros e garçons em eventos patrocinados pelo poder público municipal.

A finalidade do socialista com essa matéria é que em festas que contenham recursos públicos municipais, haja um ordenamento para que os ambulantes petrolinenses tenham prioridade para trabalhar nos espaços desses eventos.

Ambulantes cobram da prefeitura atuação da categoria no São João dos Bairros de Petrolina; Secretaria esclarece

Um grupo de ambulantes esteve nesta terça-feira, 16, na Câmara de Vereadores de Petrolina. Eles estão apreensivos, pois querem trabalhar nos festejos juninos da cidade que o prefeito Miguel Coelho (PSB) inicia já neste final de semana, com a volta do São João dos Bairros. A abertura será no José e Maria.

Os ambulantes alegam que mesmo diante de estar ‘em cima da hora’  para iniciar a festa nos bairros, nenhuma informação foi passada. “Só queremos uma resposta. Ninguém diz nada e queremos ganhar nosso dinheiro com a festa, coisa que esperamos o ano todo”, frisou Marcos José, um dos ambulantes presentes na Câmara.

Em nota, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes de Petrolina disse que foi firmado um termo de cooperação técnica entre a Prefeitura e a Central Única dos Bairros (Cubape) para que as atrações musicais do São João dos Bairros ficassem à cargo da administração municipal, cabendo à Cubape ser a responsável pela estrutura da festa – que corresponde a palco, iluminação e também à comercialização de alimentos e bebidas.

A nota afirma também que o termo de cooperação técnica garante autonomia à entidade para apontar qual o melhor formato para a exploração do espaço destinado a essa comercialização durante o evento, e assim reaver o investimento na estrutura da festa. Vale ressaltar que a escolha pela Cubape deve-se ao fato de a mesma ter apresentado toda a documentação exigida para firmar o termo de cooperação técnica.

De acordo com a nota, a Secretaria informou também que este modelo foi adotado para assegurar que cada bairro fosse contemplado com dois dias de festa, garantindo a democratização dos festejos em todas as regiões da cidade. (Foto arquivo/reprodução)

Vigilância Sanitária de Petrolina vai qualificar ambulantes que pretendem trabalhar nos festejos juninos

A Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS) está com inscrições abertas para um curso de boas práticas de manipulação de alimentos. A capacitação, que será realizada na próxima segunda-feira (15), no auditório do Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev), tem como objetivo capacitar todos os ambulantes que atuam em Petrolina e que pretendem trabalhar durante os festejos juninos.

Estão sendo disponibilizadas 200 vagas, divididas em duas turmas: a primeira será das 9h às 12h, e a segunda das 13h às 16h.  De acordo com o diretor da AMVS, Anderson Miranda, o curso tem o intuito de garantir maior segurança alimentar para todo cidadão que estará se divertindo no São João.

Estamos realizando mais uma capacitação para educar esses comerciantes com relação às boas condições higiênicos-sanitárias. É importante ressaltar que o curso não dá garantia que o ambulante participará do São João de Petrolina, porém, será uma das exigências durante a seleção“, frisou. As inscrições serão realizadas no dia do curso. O participante deverá apresentar CPF e Carteira de Identidade (RG) e comprovante de residência. As informações são da assessoria.

Ambulantes e barraqueiros de Petrolina querem apoio de vereadores para terem prioridade em eventos públicos do município

Representantes de vendedores ambulantes e barraqueiros que atuam nos eventos em Petrolina, estiveram na Câmara Municipal nesta quinta-feira, 4, para discutir com os vereadores, a criação de uma medida legal que projeta a participação da categoria nas festas oficiais das Prefeitura. Segundo a presidente da associação dos ambulantes de Petrolina, Maria Salomé da Silva,  são 204 ambulantes cadastrados na associação e que costumam ser prejudicados por não existir um disciplinamento para o trabalho no segmento.

“Solicitamos que 80% dos eventos da Prefeitura, sejam destinados para que a gente que possa atuar. A gente gera emprego aqui, renda e faz a economia do município melhorar”, frisou a presidente. O grupo deixou um abaixo assinado como reforço na reivindicação.

Segundos os ambulantes, eles têm sido constantemente prejudicados, porque quando vão trabalhar em cidades vizinhas, em festas e eventos, não conseguem, então eles querem ter a mesmo proteção em Petrolina. “São cidades como Ouricuri, Bodocó, Casa Nova, Sobradinho e Senhor do Bonfim, cidades que promovem eventos e onde a gente não tem espaço para trabalhar, então pelo menos que em nossa cidade, tenhamos essa proteção”, acrescentou Salomé.

Conforme o vereador Aerolande Cruz (PSB), da bancada do governo na Casa Plínio Amorim, ele vai apresentar um projeto de lei para disciplinar a presença de ambulantes e barraqueiros, para que quem vem de fora não prejudique os ambulantes locais. A matéria deve beneficiar cerca de 250 profissionais, entre ambulantes e barraqueiros que costumam atuar nas festas públicas.

“Iremos montar um projeto. Já conversamos com os colegas Ibamar Fernandes, Paulo Valgueiro e Gabriel Menezes, para que possamos juntos elaborar esse projeto para haja esse disciplinamento. Com isso, daremos oportunidades de emprego e para que o dinheiro circule em nossa cidade. No texto, haverá um saldo de 20% para ambulantes que vierem de fora”, adiantou o parlamentar que revela ser inédita essa iniciativa em forma de uma legislação municipal

Vereador quer priorizar trabalho de ambulantes de Petrolina em eventos festivos da cidade

Uma indicação apresentada pelo vereador governista Aero Cruz (PSB) à Mesa Diretora da Casa Plínio Amorim pretende solicitar da prefeitura um levantamento sobre o número de ambulantes que trabalham em Petrolina. A intenção é evitar prejuízos financeiros a esses profissionais em épocas de eventos festivos na cidade, por conta dos ambulantes de fora que vêm para Petrolina.

Segundo Aero, tem sido comum a presença excessiva de ambulantes de outros lugares – a exemplo de Feira de Santana (BA) – para o São João, Carnaval ou Moto Chico.

“Não tenho nada contra Feira de Santana, mas esses ambulantes chegam aqui em grande número, trabalham no final de semana tirando o emprego dos nossos ambulantes e barraqueiros, e na segunda-feira vão embora levando o dinheiro que poderia circular em Petrolina”, justificou.

Aero ressaltou que após ter esse levantamento em mãos, pretende dar entrada na Casa a um projeto de lei para valorizar o trabalho dos ambulantes e barraqueiros locais. O vereador disse já ter o apoio colega de bancada, Ibamar Fernandes (PRTB), e do oposicionista Gabriel Menezes (PSL). “Vamos sensibilizar os demais vereadores a apoiar o projeto, para que possamos dar uma melhor estrutura aos nossos ambulantes, priorizando seu trabalho, e assim o dinheiro ficar girando dentro da nossa cidade”, complementou.

Demanda

Um dos idealizadores do Moto Chico e admirador confessor dos eventos realizados em Petrolina, o vereador frisou que sua preocupação veio da demanda dos ambulantes locais, que o procuraram para lhe informar que em cidades próximas, como Ouricuri (PE), no Sertão do Araripe, o município já garante essa ‘proteção’ aos profissionais. O vereador disse que a medida é necessária, até para fortalecer a associação dos ambulantes em Petrolina. Ele informou que, após o mapeamento, a prefeitura deverá reservar uma cota para quem é da cidade. A comprovação será feita mediante cadastramento, pelo qual o ambulante terá de comprovar residência. “Somente em caso de desistência desse ambulante em eventos festivos de Petrolina, o que vem de fora poderá ocupar essa vaga”, finalizou Aero.

Foliões e comerciantes avaliam e aprovam carnaval de Petrolina

A representante comercial Amanda Leôncio foi uma dos milhares de foliões que passaram pelos polos oficial nos quatro dias de realização do carnaval de Petrolina, encerrado nesta terça, 28, a querer que a festa ainda durasse mais alguns dias. Ele se disse impressionada com tanta gente brincando a folia na maior cidade do sertão. “Aqui no Polo da 21 de Setembro tem gente demais. Estou impressionada porque já vim aqui em outros anos e neste carnaval o número de pessoas aumentou e muito”, disse a foliã. (mais…)

Ambulantes que trabalharão no Carnaval de Petrolina recebem orientações

Os cerca de 120 ambulantes cadastrados para comercialização de comidas e bebidas no Carnaval de Petrolina 2017 participaram de uma capacitação, realizada no dia de ontem (23) no auditório do Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev). O objetivo foi passar informações sobre a festa momesca e as normas que os profissionais terão que seguir.

Durante o evento, foram realizadas minipalestras por cada órgão presente. A Vigilância Sanitária do Município abordou todas as normas na manipulação de alimentos que serão vendidos durante a festa. A ideia é oferecer um produto de qualidade e seguro para os foliões. Além da palestra, foi entregue um documento a cada ambulante com todas as regras a serem seguidas.

Foram repassadas também, através da Guarda Municipal e do 4° Grupamento do Corpo de Bombeiros, informações sobre a segurança do evento e a garantia de acesso dos ambulantes cadastrados ao circuito.

Vigilância Sanitária

Durante os Festejos de Momo, uma equipe da Vigilância Sanitária do município fiscalizará todo o circuito, a fim de garantir a segurança alimentar dos foliões. “Vamos realizar essa fiscalização e caso seja encontrada alguma irregularidade sanitária o profissional será notificado, em casos extremos pode ter a mercadoria recolhida. Nós já passamos todas as orientações, foi realizado o cadastramento e se tiver algum ambulante não cadastrado ele será orientado a sair do local oficial“, destacou o diretor presidente da Agência Municipal de Vigilância Sanitária, Anderson Miranda.

Também compareceram à reunião o comandante da Guarda Municipal, Inspetor Luiz Diniz; Capitão Cruz, do Corpo de Bombeiros; e o diretor-presidente da Agência Municipal do Empreendedor (AGE), Sebastião Amorim. (foto: Ascom PMP/divulgação)

Secretaria promoverá reunião com representantes de blocos carnavalescos de Petrolina e iniciará cadastramento de ambulantes nesta quinta

A Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes de Petrolina promoverá uma reunião nesta quinta-feira (16) com representantes dos blocos de rua que desfilarão este ano no Carnaval da cidade, entre os dias 24 e 28 de fevereiro. O objetivo é discutir detalhes sobre a organização das apresentações dos blocos.

A reunião está marcada para começar a partir das 17h, na sala da Philarmonica 21 de Setembro, no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho.

Também nesta quinta a Secretaria iniciará o cadastramento dos ambulantes que desejam trabalhar durante a Folia de Momo em Petrolina. O serviço será feito na sede do órgão municipal, a partir das 9h, no Centro de Convenções.

A Prefeitura está disponibilizando 100 vagas para os vendedores. Para participar da comercialização de comidas e bebidas durante a folia carnavalesca os interessados devem comparecer à secretaria, pegar a senha e preencher um formulário de cadastro.

Demandas

A titular da pasta, Maria Elena Alencar, realizou um outro encontro, no dia de ontem (13), cuja pauta foi a de alinhar as atividades que cada órgão irá desempenhar durante a realização do Carnaval (foto). Ela fez uma breve apresentação sobre o formato da festa e as demandas que precisam ser atendidas para garantir a segurança dos foliões. A reunião contou com a presença de representantes da Polícia Civil, Guarda Municipal, Vigilância Sanitária, Conselho Tutelar, Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA), Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) – além de secretarias municipais e representantes de outras instituições. (foto/arquivo Blog)

Adiadas pré-inscrições de ambulantes que trabalharão no Carnaval de Juazeiro 2017

Devido a problemas técnicos detectados no sistema de cadastros para ambulantes que irão trabalhar no Carnaval de Juazeiro 2017, a Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAO), as pré-inscrições que começariam nesta segunda-feira (16) foram adiadas. Desta forma, a capacitação, que ficará a cargo da Vigilância Sanitária, também foi adiada.

A medida se fez necessária, de acordo com a assessoria, para evitar transtornos aos profissionais que oferecem serviços de alimentação e bebidas durante a folia. A SEMAO divulgará em breve as novas datas.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br