Rodrigo Maia diz se sentir “apunhalado” por PMDB

6

Pelo visto, o polêmico embarque do senador pernambucano Fernando Bezerra Coelho no PMDB ainda promete render muita celeuma. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, mal esperou o presidente Michel Temer retornar dos Estados Unidos para ir reclamar junto ao aliado.

Maia, que comanda a Executiva Nacional do DEM, sentiu-se “apunhalado pelas costas” porque se articulava para levar o senador e o ministro Fernando Filho (Minas e Energia) para sua legenda. Mas foi ‘atravessado’ pelo também senador e presidente nacional do PMDB, Romero Jucá.

Há quem veja a insatisfação de Maia como um ponto extremamente negativo dentro dessa aliança. O líder Democrata já anunciou, por exemplo, que a segunda denúncia contra Temer, enviada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) à Câmara, será votada em outubro.

6 COMENTÁRIOS

  1. cada parlamentar procurando um lugar que lhe permita – levar vantagem em 2018;é uma briga de foice ;o medo é ficar de fora; enquanto isso o eleitor espera o desenrolar dos acontecimentos ; para dá se voto; ao meu vê haverá grandes surpresas em 2018; vamos esperar para vê como fica

  2. TUDO FARINHA DO MESMO SACO AI, TUDO MOVIDO A INTERESSES PROPRIOS, NADA DE REUNIOES COM ESSAS MESAS RECHEADAS DE POLITICOS PENSANDO NO BEM DA POPULAÇÃO. TA AI AGRANDE DIFERENCA DA POLITICA DE ANTIGAMENTE PRA DE HOJE, MAIORIA AI SENDO INVESTIGADO PELA OPERACAO LAVA JATO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome