Sobre constantes assaltos a caminhoneiros entre Santa Maria da Boa Vista e Orocó, PMPE diz ter plano de ação em andamento, mas afirma que responsabilidade é da PRF

1
(Foot: Ilustração)

Por meio de nota, a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) respondeu sobre os constates assaltos a caminhões na BR-428, entre os municípios de Santa Maria da Boa Vista e Orocó, no Sertão do São Francisco. A situação está piorando, segundo os caminhoneiros, e tem profissional que foi assaltado três vezes no intervalo de uma semana, conforme este Blog mostrou ontem (26).

A Polícia Militar esclarece que a 7ª CIPM está com um Plano de Ação em andamento, com a realização de operações, como Madrugada Segura e Blitz Bloqueio, visando reduzir ao máximo esse tipo de ocorrência na BR-428“, informou a nota.

No entanto, como a rodovia é federal, a PMPE disse que esse serviço seria de responsabilidade da Polícia Rodoviária. “É importante destacar que se trata de uma rodovia federal, de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF), onde o posto da PRF que existia nesse trecho foi desativado. Mesmo assim, a Companhia tem intensificado rondas, blitz e bloqueios na rodovia para freiar a ação dos criminosos na BR“, finaliza a nota.

O Blog vai pedir um esclarecimento à PRF, para saber por qual motivo o posto citado na nota pela PMPE foi desativado e como está sendo feita a fiscalização na rodovia.

1 COMENTÁRIO

  1. É simples, um helicóptero circulando e drones de plantão pegou um marginal armado ou gangue armados e ameaçando, vai matando, só assim acaba e reprime, eles sabem que vão presos logo estão soltos.A tendência é aumentar esse tipo de gangue como no trevo de Ibó que já é rotineiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome