Detentos da Cadeia Pública de Ouricuri recebem atendimento médico e odontológico

Detentos que cumprem pena na Cadeia Pública de Ouricuri (PE), no Sertão do Araripe, receberam atendimento médico e odontológico nesta quarta-feira (28). A ação faz parte de uma parceria entre o Núcleo Salgueiro e a prefeitura.

Os presidiários foram atendidos na própria unidade de reclusão. A ação possibilitou à comunidade carcerária serviços como prevenção em doenças infectocontagiosas e restaurações e extrações dentárias. (foto/divulgação)

Jovem grávida de gêmeos aguarda há 5 dias para dar à luz e HDM/Imip descarta cesariana

Uma jovem grávida, de 19 anos, aguarda há cinco dias para dar à luz a filhos gêmeos no Hospital Dom Malan (HDM)/Imip, em Petrolina. Segundo familiares de Francilene de Souza Coelho, ela chegou ao hospital na última quinta-feira (22), após começar a perder líquido e estourar a bolsa.

Franciene está com oito meses de gravidez e seus familiares alegam que o parto ainda não foi feito por falta de vaga nas incubadoras. A jovem sente fortes dores e  teme perder os bebês. Em nota, o HDM/Imip disse que “a paciente encontra-se na sala de parto, sendo acompanhada, avaliada e seus bebês auscultados de uma em uma hora.

O hospital nega que a paciente esteja desassistida. “Desde que deu entrada na unidade materno-infantil, a paciente vem sendo assistida e toda a conduta médica realizada de acordo com os protocolos indicados para o caso de prematuridade, já que a paciente encontra-se com apenas 33 semanas de gestação”, garantiu a direção.

A jovem não deverá realizar cesária, conforme a nota do HDM, pois deve aguardar que o parto aconteça “no momento certo”.

Vale ressaltar que um dia a mais na barriga da mãe representa 4 dias a menos de internamento no berçário para os bebês. Portanto, não há indicação nenhuma para realização de cesárea e a conduta médica adotada no momento é a expectante, ou seja, de aguardar que o parto aconteça de forma normal e no momento certo”, finaliza a nota do HDM/Imip.

Inscrições de trabalhos no 18º Congresso de Odontologia do Vale do São Francisco terminam dia primeiro de julho

O prazo de inscrições para apresentar trabalhos científicos no 18º Congresso de Odontologia do Vale do São Francisco e 3º Congresso Internacional termina no dia 1º de julho. Interessados devem enviar seus trabalhos à Associação Brasileira de Odontologia (ABO) que vai destacar os três melhores painéis com uma premiação em dinheiro. Os prêmios variam de R$ 1.000 no primeiro lugar a R$ 200 na terceira posição. Já os pacotes promocionais para inscrições nos cursos do evento terminam nesta sexta-feira (30), com descontos especiais para sócios da ABO, não sócios e estudantes.

Com o tema ‘Odontologia de Alta Performance: Tecnologia e Estética Integradas’, o congresso trará à Petrolina,  de 26 a 29 de julho, no Hotel Nobile Del Rio (antigo Quality Hotel) professores de renome nacional e internacional, como Renato Vasconcelos, Mário Zuolo, Ronaldo Fonseca, Ricardo Amore, Juliana Ramacciato, Daniel Cassano e o professor peruano Rony Hidalgo.

Com uma programação científica que inclui a oferta de 11 cursos, o encontro vai debater temas a exemplo de Integração em Estética; Emergências Médicas na Prática Odontológica; Manejo Tecidual em Áreas Estéticas e Desenhos Personalizado do Sorriso e Laminados Diretos. Segundo a presidente do congresso, Catarina Brasil, serão oferecidos ainda cursos para protéticos, recepcionistas ASBs e TSBs. “Vamos reunir nesse encontro profissionais, acadêmicos e auxiliares de saúde bucal de seis estados brasileiros. Certamente uma grande oportunidade para reciclar conhecimentos e ampliar os horizontes profissionais visando um melhor atendimento aos nossos pacientes”, pontuou Catarina Brasil.

De acordo com o presidente da ABO Petrolina, César Durando, o evento também vai contar com uma feira de equipamentos e produtos odontológicos. “A cada edição nossa entidade vem realizando congressos com maior rigor técnico e profissional. E o resultado vem sempre com avaliações positivas, seja pelo público participante e no retorno de professores convidados”, concluiu César Durando. (fonte/foto: CLAS Comunicação)

Artigo do leitor: “Fim das Farmácias Populares é mais um duro golpe”

Neste artigo, o médico Aristóteles Cardona Júnior lamenta a decisão do presidente Michel Temer de fechar as Farmácias Populares em todo o País, e não poupa críticas.

Confiram:

Hoje o Brasil vive uma grande farsa: Michel Temer, o homem que ocupa o cargo de Presidente sem ter sido eleito, finge governar o Brasil. E enquanto ele ainda consegue fingir, temos visto a classe exploradora atacar os direitos do povo de uma forma muito rápida. De uma forma nunca antes vista por estas bandas de cá. Nem mesmo Fernando Henrique Cardoso foi tão agressivo e odiava tanto o Brasil como Temer, e seus comparsas, têm demonstrado desde que deram um golpe e tomaram o governo.

E o ataque aos direitos estão sendo tocados em várias frentes: tentativa de pôr fim à aposentadoria e às garantias trabalhistas, fim do financiamento de habitação para a população mais pobre em nosso país, entre outras. Na saúde, infelizmente, não é diferente. Desde que Temer assumiu, nosso SUS não tem tido um dia de descanso.

A bomba do momento é o anúncio de que as unidades próprias da Farmácia Popular serão todas fechadas até o mês de agosto! Este é mais um duro ataque à nossa saúde. O Programa Farmácia Popular, criado ainda no início do primeiro mandato do Presidente Lula, é responsável por fornecer uma série de medicamentos de forma gratuita ou com até 90% de desconto para milhões de brasileiros e brasileiras que precisam ter acesso a estes medicamentos para ter uma vida melhor.

O Ministério da Saúde argumenta que serão fechadas as unidades da rede própria, mas será mantida a parceria com as farmácias privadas. O que esperar de um falso governo? Fingem, desta maneira, não saber que o leque de medicamentos fornecidos pela rede própria é muito maior que os vendidos pela rede privada. Fingem também não saber que a distribuição geográfica das mais de 500 unidades da rede própria da Farmácia Popular atendeu também a critério de menor renda média familiar, levando apoio a quem mais precisava.

Se é correto dizer que não se faz saúde apenas com remédios, é igualmente correto afirmar também que fornecer medicamentos a quem precisa é contribuir mais ainda para uma boa saúde da população. Ao anunciar o fim da rede própria da Farmácia Popular, serão milhões de pessoas gastando mais dinheiro com medicamentos e, consequentemente, deixando de gastar com alimentos, alimentação e com outros itens de necessidade básica. Como já foi dito, mais um duro golpe. Quais serão os próximos? Até quando?

Aristóteles Cardona Júnior/Médico

  

Trindade: Campanha consegue agendar mais de 2,2 mil exames oftalmológicos

Em Trindade (PE), Sertão do Araripe, uma campanha batizada de ‘Saúde Visual’ conseguiu atingir a marca de 2.256 exames oftalmológicos agendados entre os dias 19 e 24 de junho. Essa foi apenas a primeira etapa da iniciativa, que acontece em parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a ONG ‘Olhar Pelo Próximo’.

A campanha consiste em mobilizar o público-alvo por meio de palestras e conscientização sobre a importância do exame preventivo. (Foto: Ascom PMT/divulgação)

 

Secretaria entrega mais de três mil medicamentos durante mutirão de glaucoma em Juazeiro

A Secretaria de Saúde de Juazeiro (Sesau) realizou um balanço de atendimentos efetuados aos pacientes com glaucoma, durante o mutirão que aconteceu na última semana. Na ocasião, 800 usuários foram consultados e mais de 3.000 medicamentos foram entregues.

Esse foi o segundo mutirão da atual gestão. De acordo com a secretária de Saúde, Fabíola Ribeiro, outros mutirões já estão previstos para acontecer este ano. O glaucoma é uma doença que pode levar à cegueira, quando não é bem acompanhada.

O mutirão de atendimentos ao paciente com glaucoma é realizado em parceria com a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) e também recebe os usuários da microrregião  já cadastrados, abrangendo usuários dos municípios de Campo Alegre de Lourdes, Sobradinho, Remanso, Canudos, Casa Nova, Santo Sé, Uauá, Curaçá e Pilão Arcado. (foto/divulgação)

Carretas de rastreamento do câncer de mama chegarão a Remanso e Sobradinho nesta segunda-feira

Mulheres na faixa etária dos 50 a 69 anos e que residam em Remanso e Sobradinho (norte da Bahia) começarão a ser atendidas a partir desta segunda-feira (26), pelo programa itinerante ‘Saúde sem Fronteiras – Rastreamento do Câncer de Mama’. Com o compromisso de ampliar e descentralizar o acesso a serviços de saúde em toda a Bahia, o programa vai atender a uma parte das mulheres que ainda não teve a oportunidade de realizar uma mamografia, exame que diagnostica precocemente casos da doença.

O atendimento é feito em unidades móveis, totalmente equipadas para dar todo o conforto necessário para as mulheres. Idealizado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), o programa tem como diferencial o acompanhamento das mulheres com mamografias inconclusivas, com a oferta de exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, visando à integralidade do atendimento.

Em Remanso, o atendimento do Saúde sem Fronteiras vai  do dia 26 de junho, até 12 de julho, para 2.100 mulheres. A unidade móvel estará estacionada na Rua José do Carmo. Em Sobradinho, serão 1.364 mulheres para realizar o exame de mamografia. A unidade móvel estará estacionada na Avenida José Balbino de Souza, Vila São Joaquim, em frente à Prefeitura Municipal. O atendimento começa também nodia 26, prosseguindo até o dia 6 de julho.

Atendimento

Para receberem atendimento, as mulheres que fazem parte do público-alvo devem comparecer ao local, a partir das 7h, levando um documento de identidade, o Cartão do SUS e um comprovante de endereço. Os exames serão realizados diariamente até as 18h. Aquelas com diagnóstico positivo terão o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico realizado em unidades de alta complexidade em oncologia na região de residência das pacientes. Este programa é uma ferramenta de acesso da mulher às ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama. (foto/arquivo divulgação)

Implantação de política de prevenção ao diabetes será discutida em audiência na Câmara dos Deputados

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados realizará na próxima terça-feira (27) debate sobre a implantação de política nacional de prevenção do diabetes, previsto no Projeto de Lei 6754/13. A proposta já foi aprovada pela Comissão de Seguridade e aguarda análise na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

A audiência pública foi solicitada pela deputada Carmen Zanotto (PPS-SC). Segundo ela, é necessário o debate para que se avalie a viabilidade de o Brasil implantar, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), novas medidas específicas relacionadas à doença.

Ela citou como exemplo a Lei de Proteção aos Diabéticos implementada na Itália. “Trata-se de uma lei dedicada especificamente às medidas para a prevenção e tratamento da diabetes mellitus, representando uma experiência original na Europa”, explicou.

A deputada também citou recente portaria do Ministério da Saúde que inclui outros tipos de insulina necessários ao tratamento das pessoas com diabetes. Ela afirmou ainda que, depois da aprovação do projeto na comissão, os deputados receberam mais demandas relacionadas ao assunto, em especial de associações e entidades que cuidam de pacientes com diabetes.

OMS

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2014 estimam que 8,5% da população vivam com diabetes, um total de 422 milhões de adultos. Segundo a organização, as principais complicações que podem estar relacionadas à diabetes são cegueira, insuficiência renal e amputação de membros inferiores. A audiência será dividida em duas mesas. A primeira, que terá início às 9h30, discutirá “O Cenário do Cuidado do Diabetes e os Desafios do Tratamento”. Em seguida, a discussão se dará em torno de políticas públicas e da experiência italiana. (Fonte: Portal Câmara)

Banco de Leite do HDM/Imip ajuda mães pernambucanas e da Bahia, Piauí e Ceará a amamentar filhos recém-nascidos

Desenvolvendo um belo serviço junto às mães que têm dificuldades de amamentar seus filhos recém-nascidos, o Banco de Leite Materno do Hospital Dom Malan (HDM)/Imip vem recebendo uma demanda cada vez maior. Além de atender Petrolina e mais 11 municípios de Pernambuco localizados no Agreste, Zona da Mata e Região Metropolitana do Recife, o banco de leite dá assistência a bebês vindos da Bahia, Piauí e Ceará.

“É uma ação muito importante, que deve sempre contar com o apoio das pessoas, porque o leite que doamos é recebido de mulheres que produzem mais do que seus filhos precisam”, explica Flávia Guimarães, coordenadora da unidade, acrescentando que também são atendidos bebês que, por qualquer razão, não conseguem mamar adequadamente.

Atualmente está sendo um esforço para aumentar o número de doações na cidade. Até maio deste ano, foram doados 147 litros de leite ao HDM/Imip, mas segundo a coordenadoria do banco, o volume ideal seria de 294 litros. De acordo com o hospital, os requisitos para ser uma doadora é estar saudável e amamentando. Segundo a coordenadora do Banco de Leite, Flávia Guimarães, a unidade recebe por mês uma média de 30 litros, realizando 2.500 atendimentos nesse período.  “A demanda é praticamente o dobro do que recebemos, mas o Banco de Leite do Estado busca oferecer todo o suporte para as mães que desejam doar seu leite excedente”, diz ela.

Para se tornar doadora a mulher só precisa ter excesso de leite, nos contatar ou procurar o banco. Será realizada uma entrevista e alguns exames simples, e, em seguida, será agendada uma visita da técnica que vai orientar como ordenhar e estocar o leite materno. Entregaremos os vidros, além de marcar o dia da coleta do produto”, explica a médica. “Vale ressaltar que o Estado disponibiliza o carro para a coleta na própria residência da mãe doadora”, completa Flávia. O banco de leite é uma ação da Secretaria Estadual de Saúde. As mães interessadas em doar podem entrar em contato com o HDM/Imip pelos números (87) 3202-7001/3202-7007. (Foto: CLAS Comunicação)

 

 

Justiça determina fornecimento de remédio para presos com sarna em Paulo Afonso

A Justiça acolheu pedido formulado pelo Ministério Público estadual (MPBA) e determinou ao Estado da Bahia e ao Município de Paulo Afonso (norte baiano) que forneçam, no prazo de dez dias, o medicamento adequado ao tratamento de 15 presos acometidos por escabiose, doença popularmente conhecida como sarna, no Complexo Prisional de Paulo Afonso. A liminar, requerida em uma ação civil pública proposta pelo promotor de Justiça Marco Aurélio Amado, foi deferida na última terça-feira (20), pelo juiz da 1ª Vara Crime e de Execuções Penais da comarca, Euclides dos Santos Ribeiro Arruda.

Em sua decisão, o juiz informa ter detectado em visita à unidade prisional que pelo menos 15 internos encontravam-se com a doença, mas sem tratamento por falta de medicação adequada. “Apesar da infestação por sarna, o Município de Paulo Afonso ainda não tinha repassado os medicamentos ao presídio, sob o fundamento de que ainda estava em processo licitatório para a aquisição”, afirmou o magistrado na decisão. O MPBA ingressou, então, com a ação civil público de obrigação de fazer com pedido de liminar contra o Estado e o município para que forneçam o medicamento Benzoato de Benzila para os detentos que se encontrarem com a doença. A assistência à saúde dos presos está prevista na Lei de Execuções Penais. (fonte:MPBA)

Univasf abre inscrições para Grupo de Treinamento em Habilidades Sociais

O Centro de Estudos e Práticas em Psicologia (CEPPSI) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está com inscrições abertas para grupo de treinamento em habilidades sociais. Os encontros têm previsão para começar em 10 de julho e serão realizados no CEPPSI, localizado no Campus Sede, em Petrolina, às segundas-feiras, das 17h às 20h. As inscrições devem ser feitas presencialmente na recepção do Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, até o dia 3 de julho.

Para participar, é necessário ter entre 18 e 40 anos e assumir o compromisso com a assiduidade aos encontros e com o registro semanal de comportamentos e situações vivenciadas. O treinamento será realizado por estagiárias do último ano do curso de Psicologia, sob a supervisão da professora do Colegiado, Júnnia Moreira.

Segundo Júnnia, as habilidades sociais são requeridas em diferentes situações, como fazer e responder a cumprimentos, elogios e pedidos; expressar opiniões, sentimentos positivos e negativos; iniciar, manter e encerrar conversações; fazer e responder a críticas; e solicitar mudança de comportamento. Outras informações podem ser obtidas no CEPPSI pelo telefone (87) 2101-6871.

Proximidade das festas de São João leva UPAE e HDM/Imip a alertar sobre riscos de queimaduras

As tradicionais fogueiras e queimas de fogos de artifício, uma das tradições mais marcantes do período junino, se intensificam nos dias 23 e 24 – respectivamente véspera e comemorações de São João, e no dia 29 (São Pedro) -, o que aumenta o risco de acidentes envolvendo crianças e adultos. A explosão de uma barraca que comercializava artefatos juninos no Centro de Petrolina, na última terça (20), serviu para reforçar essa preocupação.

Por isso, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE) e o Hospital Dom Malan (HDM) fazem um alerta, já que prevenção nunca é demais. Para curtir as festas populares mais tradicionais do Nordeste sem riscos é preciso tomar alguns cuidados, pois o manuseio errado dos fogos de artifício e fogueiras podem causar ferimentos graves. Saber utilizar esses materiais com segurança pode fazer toda a diferença.

É preciso ter atenção redobrada com as crianças, não permitindo o uso de fogos de grande efeito explosivo e mantendo sempre a supervisão de um adulto. Também não é recomendado o uso de bebidas alcoólicas durante essas atividades.

Com relação às fogueiras é preciso saber que elas não devem ter mais de um metro de altura e que não se pode jogar combustível direto nas brasas. Para apagar a fogueira também é preciso ter atenção. O recomendável é que ela seja apagada ainda à noite, jogando-se um balde de água por cima das chamas. As brasas ainda acesas no outro dia podem provocar queimadura de até 3º grau.

Caso ocorra o acidente é preciso estar ciente de que não se deve colocar manteiga, pasta de dente, clara de ovos café, ou qualquer outra substância sobre o ferimento. A única coisa que deve ser feita em casa é resfriar o local atingido em água corrente e procurar o serviço de saúde de referência – no caso da Rede PEBA, o Hospital Regional de Juazeiro (HRJ).

“Recomenda-se após lavar em água corrente envolver em um pano limpo, mas devemos ter cuidado, pois o pano pode aderir à pele. As queimaduras de 1º grau costumam cicatrizar normalmente, sem precisar de maiores cuidados. Já as de 2º e 3º grau são mais preocupantes, pois podem atingir camadas mais profundas, alcançando nervos e vasos. Por isso, é sempre interessante procurar atendimento médico”, orienta a pediatra do HDM/Imip, Michelle Tavera.

Bolhas

O dermatologista da UPAE, Elson Marques, ainda acrescenta que se houver formação de bolhas elas não devem ser estouradas, pois servem de curativo biológico. “Geralmente, é necessário o uso de um medicamento específico para que a lesão não infeccione, piorando o quadro. Durante a cicatrização é preciso usar o filtro solar para evitar o surgimento de manchas. No mais, é aproveitar as festas juninas e curtir com responsabilidade e moderação”, recomenda. (Com informações da Assessoria)

Abertas inscrições para 2º Simpósio de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Vale do São Francisco

Estão abertas as inscrições para o 2º Simpósio de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Vale do São Francisco (Sicape). O evento tem o objetivo de reunir estudantes e profissionais da área de saúde para abordar assuntos sobre a fisiopatologia, tratamento e o seguimento clínico dos pacientes com hiperparatireoidismo, e acontecerá no dia 11 de agosto, no Nobile Suítes Del Rio (antigo hotel Quality).

No evento teremos profissionais renomados do Estado de São Paulo e da nossa região, agregando três especialidades médicas: nefrologia, endocrinologia e cirurgia de cabeça e pescoço. Nesse segundo ano o evento vem se consolidar como um dos grandes eventos científicos da região na área médica“, afirmou o coordenador do Sicape, Aglaiton Menezes, médico cirurgião de cabeça e pescoço.

O simpósio tem como público-alvo estudantes e profissionais da área de saúde. As inscrições, que terão limite de vagas, são feitas exclusivamente através do site www.sicape.com.br. A taxa é de R$ 50,00 para profissionais, enquanto estudantes não pagam.

Divulgada quinta lista de convocados no processo seletivo da saúde em Juazeiro

A Secretaria de Saúde de Juazeiro (Sesau) divulgou o 5º edital de convocação do Processo Seletivo Público Simplificado nº 001/2016.  O edital já está disponível no Diário Oficial do Município (veja aqui). Os 96 profissionais chamados devem comparecer ao Auditório da Escola de Gestão Pública de Juazeiro (Egesp), localizado na Orla 2 do município (prédio do antigo IFBA), entre os dias 27 e 28 de junho, seguindo o cronograma de horários previstos no Edital nº 005/2017.

Foram convocados profissionais para os cargos de motorista de viaturas leves, condutor de maca, auxiliar de almoxarifado, recepcionista, digitador, técnico em enfermagem, técnico em laboratório, auxiliar em Saúde Bucal, técnico em enfermagem do PSF, médico emergencista, enfermeiro, enfermeiro do PSF, cardiologista, clínico geral, médico do PSF, psicólogo e odontólogo. Os salários variam entre R$ 888,00 e R$ 8.3014,00.

De acordo com o edital, os convocados devem apresentar a seguinte documentação: comprovante de quitação com o Serviço Militar (para homens); documento emitido por órgão competente, comprovando que o candidato é brasileiro nato ou naturalizado e que possui, no mínimo, 18 anos; comprovante de que está em dia com as obrigações eleitorais; atestado de aptidão física e mental, emitida por um médico do trabalho, declaração do INSS atestando que o candidato não é aposentado; certidão de antecedentes criminais; declaração de não acumulação de cargos públicos, conforme os modelos dos Anexos III e IV; e declaração de bens, conforme o Anexo V. Ainda segundo o edital, o candidato que não apresentar a documentação no prazo estipulado para admissão será automaticamente excluído do Processo Seletivo.

Após ação do MP-BA, Postos de Saúde de Juazeiro voltarão a funcionar em horário normal a partir de julho

Os postos de saúde de Juazeiro (BA) voltarão a funcionar em horário normal a partir do dia 3 de julho, com regime de 40 horas semanais. A mudança ocorrerá após o Ministério Público estadual (MP-BA) ajuizar uma ação civil pública contra o município e conseguir decisão liminar favorável aos pedidos apresentados à Justiça.

As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Juazeiro passaram a atender em horário diferenciado (das 7h às 14h) no mês de novembro de 2016, quando a prefeitura alegou que a medida era para conter gastos, além de ser um pedido dos próprios servidores do setor.

A partir do dia 3 de julho, o funcionamento dos postos será novamente das 7h30 às 12h, pela manhã e das 13h30 às 17h no turno da tarde. A Secretaria de Saúde ainda reforçou que a orientação é a mesma para todos os profissionais que compõem as equipes de saúde da família.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br