Kaio Maniçoba defende renúncia de Temer e garante: “Postura da bancada será de independência na Câmara”

O deputado federal Kaio Maniçoba já tomou seu posicionamento final em relação ao presidente da República Michel Temer, após a delação premiada do empresário Joesley Batista, do Grupo JBS, que acusou Temer de dar o aval para que ele ‘comprasse o silêncio’ do ex-deputado Eduardo Cunha. Em entrevista à imprensa regional, Kaio defendeu a renúncia do presidente.

O detalhe é que o parlamentar sertanejo é do mesmo partido de Temer: o PMDB. Kaio disse não ter receio de ser retaliado pelo governo federal por ter tomado essa decisão. “A gente tem de defender o que a gente acredita. Eu não voto no que não acredito”, justificou.

O parlamentar ressaltou que, assim como foi oposição ao Governo Dilma – o qual, segundo ele, é culpado pelos vários problemas atuais do País –, ele veio para a base aliada de Temer. Mas Kaio acredita que a situação do presidente tornou-se praticamente insustentável diante dos últimos acontecimentos. Ele afirmou ainda que sua decisão, na verdade, respalda a Executiva do PMDB de Pernambuco, presidida pelo vice-governador Raul Henry. De acordo com o deputado, a postura da bancada na Câmara Federal “será de independência” em relação ao governo federal e deve votar contra os projetos oriundos do Executivo. “Acho que o grande serviço que ele (Temer) poderia dar ao País era se afastando do governo”, completou o peemedebista.

Deputados pernambucanos irão destinar R$ 50 mil para reforçar recompensa do disque denúncia do Caso Beatriz

Os parlamentares pernambucanos deverão ampliar o valor da recompensa do disque denúncia que já oferece no caso Beatriz Angélica Mota, passando dos atuais R$ 10 mil para mais R$ 50 mil. Esse foi um dos encaminhamentos da audiência conjunta das Comissões de Direitos Humanos e de Cidadania da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), com a presença de Sandro Romilton e Lucinha Mota, pais da menina Beatriz Angélica Mota, 7 anos, assassinada em dezembro de 2015 com mais de 40 facadas, dentro das instalações do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, centro de Petrolina. O crime ocorreu durante uma festa de encerramento do ano letivo.  (mais…)

Protestos pedindo saída de Temer causam destruição em Brasília

Tentativa de invasão de ministérios, esvaziamento de órgãos e embate com a polícia marcam o dia de atos batizados por movimentos populares, sociais, integrantes e simpatizantes de partidos de esquerda como ‘Ocupa Brasília’, que acontece na capital federal nesta quarta, 24. Os manifestantes querem a renúncia do presidente Michel Temer (PMDB) e que sejam feitas novas eleições para a escolha do presidente da República. Lutam também para que sejam paralisadas todas as tramitações das reformas trabalhista e previdenciária.

A confusão começou quando manifestantes que estavam próximos à Alameda das Bandeiras, em frente ao gramado do Congresso Nacional, derrubaram grades que isolavam o local. A polícia então respondeu lançando bombas de efeito moral e gás de pimenta no grupo. Em seguida, os participantes do protesto passaram a lançar pedaços de madeira, pedras, garrafas e outros objetos contra a polícia. Eles também gritam palavras de ordem contra a PM.

Houve uma tentiva de invasão à sede do Ministério da Fazenda. Alguns vidros foram quebrados e o prédio precisou ser esvaziado. Contudo, a Força Nacional agiu antes que os manifestantes conseguissem entrar no local. O deputado Givaldo Carimbão (PHS-AL), que participa do ato, definiu a confusão como “lamentável” e pediu que os manifestantes reagissem dizendo ‘Fora, Temer’. “Estou aqui solidário aos trabalhadores que vieram dizer que o presidente da República não tem mais condições de governar o Brasil“, afirmou.

Outro deputado, Vicente Paulo da Silva, conhecido como Vicentinho (PT-SP), afirmou que já participou de outras marchas e que os trabalhadores “nunca foram tratados assim”. “A sociedade está acompanhando, está vendo e vamos estar juntos até o fim“, disse. (Com informações do Diário de Pernambuco/foto reprodução).

Prefeitos baianos formalizam consórcio para manutenção de estradas

Oitenta e quatro prefeitos de seis regiões baianas assinaram contrato com o governo baiano para formação de Consórcios Públicos de Infraestrutura da Bahia – Consórcio Multifinalitário – nesta quarta-feira (24). O ato aconteceu às 9h, no auditório da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), no Centro Administrativo da Bahia, na capital do estado.

O governador Rui Costa (PT)  participou da assinatura dos consórcios, que tem por finalidade executar serviços de manutenção de estradas em mais de 3 mil km de extensão, abrangendo mais de 110 municípios baianos, por meio de parcerias entre o Estado e os municípios.

Ao todo são 10 consórcios, dos quais dois já tiveram os contratos assinados – Portal do Sertão e Vale do Jiquiriça. Os oito que assinaram contratos nesta quarta-feira foram: Mata Atlântica, Chapada Forte, Território do Sisal, Território do São Francisco, Municípios do Oeste da Bahia, Alto Sertão, Bacia do Jacuípe e Território de Irecê.

Comissão de Ética da Câmara de Petrolina começa a atuar com representações dos vereadores Cristina Costa e Ronaldo Silva

O presidente da Câmara de Vereadores de Petrolina, vereador Osório Siqueira (PSB), revelou que avançam os entendimentos para que passe a funcionar de fato e de direito, a Comissão de Ética da Casa. Ele ressaltou que já encaminhou o processo para a assessoria jurídica do Legislativo Municipal, inclusive com as duas representações dos vereadores Cristina Costa (PT) e Ronaldo Silva (PSDB) que discutiram em plena sessão plenária há cerca de duas semanas e um está processando o outro no colegiado.

“Recebi os documentos e vamos dar os encaminhamentos dentro da legalidade, avaliar com o jurídico e passar para um relator. Depois de analisar o relatório é que vamos tomar uma posição dentro do que for relatado. A Mesa vai se reunir, chamar os dois vereadores. Mas tudo será feito depois da entrega do relatório sobre o caso”, disse Osório.

Os processos de Cristina contra Ronaldo e vice versa, serão os primeiros a serem analisados pela Comissão de Ética e também os primeiros de Osório desde que preside a Câmara Municipal.

“Nunca aconteceu. Nesses quatro anos que tive à frente do poder legislativo, será o primeiro processo e vamos dar os encaminhamentos”, acrescentou o presidente.

Parte do PSB quer expulsão de Fernando Filho, mas legenda vem evitando posicionamento definitivo sobre questão

Após peitar o PSB e decidir ficar no cargo de ministro das Minas e Energia, o deputado federal licenciado Fernando Filho criou definitivamente um clima de mal-estar dentro do seu partido.

Pela nota divulgada ontem (23), Fernando Filho tentou mostrar coerência ao decidir permanecer no Governo Temer. Até porque o socialista foi uma escolha pessoal do presidente, e não uma indicação do partido.

Mas a Executiva Nacional do PSB parece não pensar assim. Uma parte, inclusive, defende a expulsão de Fernando Filho da legenda, e não somente pelo fato dele estar ao lado de um chefe de Executivo denunciado em delação do empresário Joesley Batista, da JBS. Ele também foi liberado por Temer para votar a favor da reforma trabalhista.

Mas, ao menos por enquanto, o PSB ainda não bateu de frente publicamente com Fernando Filho nem o pai dele, o senador Fernando Bezerra Coelho, o qual também apoia o governo federal. Resta esperar pelos próximos capítulos desse impasse.

Vereadores de Juazeiro aprovam incentivo a servidores que combatem Chikungunya, Zika e Dengue

Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) e Agentes de Combate a Endemias (ACEs) de Juazeiro (BA) terão incentivo financeiro de forma complementar para qualificação das ações de prevenção e controle da Chikungunya, Zika e Dengue. O Projeto de Lei (PL) de autoria do Executivo Municipal foi aprovado pelos vereadores da Casa Aprígio Duarte Filho, na sessão ordinária de ontem (23).

Foram também aprovados do Executivo o PL nº 3.310, que altera anexos da Lei Municipal nº 2.605, de 31 de março de 2016, referente à nomenclatura de cargos da Prefeitura de Juazeiro; o PL nº 3.311/2017, criando a Comissão Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil (CMETI); e o PL nº 3.312/2017, que autoriza a prefeitura a efetuar transferência de imóvel ao Instituto de Previdência de Juazeiro (IPJ). (foto/divulgação)

Câmara de Juazeiro aprova reajuste de servidores

Os funcionários públicos de Juazeiro (BA) terão reajuste nos seus vencimentos. Os vereadores da Casa Aprígio Duarte Filho aprovaram na última segunda-feira (22) um projeto de lei (3.305/2017), de autoria do Executivo Municipal, que tratou do tema.

A proposta altera o artigo 4º da Lei nº 2.675, de 30 de março deste ano, e passou por unanimidade. O projeto autoriza reajuste no salário-base e proventos no quadro dos servidores municipais estatutários efetivos e/ou estabilizados e temporários da cidade baiana.(Foto: Ascom)

Enquanto isso…

Governo da Bahia nomeia peritos aprovados em concurso público

O Governo da Bahia vai nomear mais 35 peritos (25 médicos-legais e 10 odonto-legais) aprovados em concurso público. A informação foi divulgada pelo governador Rui Costa por meio do Twitter (@costa_rui), na tarde de segunda-feira (22). “Com isso, fechamos as nomeações de todos candidatos aprovados no curso de formação. Esforço feito para atender ao interior do Estado”, comentou Rui.

O decreto com a relação dos candidatos foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça (23). O impacto financeiro com estas nomeações será de R$ 6,2 milhões anuais. Os 35 peritos vão atuar no interior baiano e se somar a outros 86 já nomeados pelo mesmo edital de 2014 para compor o quadro de servidores da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Com esta nomeação, o governo alcança o número de 121 peritos nomeados (38 criminalísticos, 56 médicos-legais, 10 odonto-legais e 17 técnicos de polícia). (Foto: Mateus Pereira/GOVBA)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br