Lucas Ramos comemora licitação para construção de escola técnica estadual em Cabrobó

 

O Sertão do São Francisco ganhará em breve sua primeira Escola Técnica Estadual. O Governo de Pernambuco publicou no Diário Oficial desta sexta-feira (24) a abertura do edital de licitação para contratação da empresa que ficará responsável pela construção da unidade em Cabrobó. A articulação para que a escola fosse instalada no município partiu do deputado estadual Lucas Ramos (PSB) junto às secretarias de Educação e de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Lutamos muito por essa conquista por entendermos que a educação é o caminho para a verdadeira mudança na vida das pessoas e condição fundamental para gerar desenvolvimento na cidade e na região”, comemorou o parlamentar.

Para Lucas Ramos, a construção da nova escola técnica oferecerá à população da região a oportunidade de conquistar a qualificação profissional sem precisar se deslocar por longas distâncias. O investimento estimado é de aproximadamente R$ 11,7 milhões. A empresa vencedora da disputa será conhecida no dia 28 de abril, com a abertura das propostas.

“A unidade prestará um ensino de excelência, com infraestrutura completa e adequada para atender também à comunidade escolar dos municípios circunvizinhos”, arrematou. As escolas técnicas oferecem cursos específicos e direcionados ao mercado de trabalho local, atendendo às demandas profissionais e econômicas da região.

“Estamos muito próximos de realizar um desejo de todos os cabroboenses, oferecendo a oportunidade de qualificação profissional perto de casa, sem precisar se afastar da família”, comentou Lucas. O socialista antecipou que acompanhará o passo a passo da construção. “Permaneceremos vigilantes para que a escola saia do jeito que Cabrobó sonhou”, finalizou.

Atualmente, Pernambuco conta com 34 unidades que oferecem qualificação profissional aliada ao Ensino Médio, garantindo formação direcionada ao mercado de trabalho.

Oposição vem no rastro de Paulo Câmara em vistoria de obras do estado no sertão

 

Uma semana após a passagem de Paulo Câmara, a oposição vem à mesma região para vistoriar obras atrasadas ou paralisadas e cobrar in loco promessas de campanha do governador que ainda não foram cumpridas. A primeira etapa do que está sendo chamado de “Pernambuco Sem Ação” começará nos próximos dias 30 e 31 em Serra Talhada, Afogados da Ingazeira e Arcoverde.

Na noite do primeiro dia, o grupo deve realizar uma plenária para ouvir lideranças políticas, sindicais e de entidades civis sobre os principais problemas da região. Com base no que for informado, a oposição pode incluir novas obras nas vistorias realizadas no dia seguinte.

Paulo Câmara cumpre agenda administrativa no Sertão de Itaparica nesta sexta

Depois de cumprir agenda administrativa no Sertão do Pajeú, ontem (23), o governado Paulo Câmara (PSB) seguiu para o Sertão de Itaparica. O gestor estadual iniciou sua agenda desta sexta-feira (24) participando da plenária do programa Pernambuco em Ação, no município de Petrolândia.

Já na cidade de Floresta, nesta tarde, Câmara vai inaugurar a quadra da escola Deputado Afonso Ferraz, onde ele irá fazer a assinatura de programa de leite e alimentos para a cidade e dar por inauguradas praças e avenidas. No município, o governador também fará articulações políticas, visitando as lideranças aliadas. (foto/divulgação)

Projeto do poder executivo tem tramitação ágil e é aprovado na Câmara; já o dos quebradores de pedra artesanal ainda não foi concluído

Um projeto de lei, do Poder Executivo, chegou à Câmara de Petrolina e em menos de dois dias foi para a pauta da sessão plenária e aprovado. Já o outro que inclusive já está aprovado em primeira discussão, que retornaria para conclusão da votação, não chegou à Mesa Diretora na quinta-feira (23). O texto, dos vereadores Ronaldo Souza IPTB) e Gabriel Menezes (PSL), regulamenta a profissão de quebrador de pedra artesanal, atividade principal para a sobrevivência de famílias da comunidade de Serrote Pelado, zona rural de Petrolina.

Recebemos com surpresa a pauta da sessão sem esse projeto, já que os colegas da situação tinham deixado claro que o texto seria votado nesta sessão. Está faltando respeito com as famílias que precisam dessa regulamentação. Para nós da oposição, não há interesse do poder executivo para que esse projeto seja aprovado, por isso estão se fazendo essas manobras para que seja deixado de lado”, enfatizou Paulo Valgueiro (PMDB), líder da oposição.

Presidente da Casa, o vereador Osório Siqueira (PSB), frisou que não teria ficado acordado que o PL dos quebradores de pedra entraria nesta quinta na pauta da Casa. Ele no entanto tranquilizou os interessados em ver a conclusão da votação que pode ocorrer na próxima terça (28).

O líder da situação pediu para retirar. Não se obrigava voltar à pauta na sessão de hoje, mas conversamos com os autores e terça concluiremos a votação. Se será aprovado ou não aí só com colegas, mas vou botar sim na pauta”, prometeu Osório.

Paulo Bomfim apresenta demandas de Juazeiro no Ministério da Integração

O prefeito Paulo Bomfim esteve em audiência no Ministério da Integração com o secretário de Infraestrutura Hídrica, Antônio Pádua, para tratar de demandas dos produtores dos perímetros irrigados, bem como dos trabalhadores da agricultura familiar.  O deputado federal Daniel Almeida e o Assessor de Planejamento e Parcerias Estratégicas, Isaac Carvalho, acompanharam o prefeito na reunião.

Na pauta com o representante do Ministério da Integração estava a pavimentação da a estrada que vai da Estação de Bombeamento 100 (EB100) até o povoado de Capim de Raiz, na região do salitre;  transferência das áreas urbanas dos perímetros para o município; inclusão na Portaria 056 de 13/03/2017 dos produtores que não possuem escritura, mas têm autorização de ocupação dos lotes, para que os mesmos recebam os benefícios da Lei de Renegociação das dívidas dos produtores;  modernização dos sistemas de irrigação dos perímetros irrigados Projeto Curaçá, Tourão e Maniçoba, além da ampliação dos sistemas de abastecimento no interior, que vai auxiliar ainda mais na criação de animais. O secretário Antônio Pádua expôs os projetos para esta área e assegurou que vai levar a demanda ao Ministro e à presidência da Codevasf.

Rio São Francisco 

Outro ponto tratado no encontro foram os projetos para o Rio São Francisco. O prefeito Paulo demonstrou preocupação com o estado da principal fonte de água do Nordeste e cobrou projetos para a revitalização do Velho Chico. “Estou disposto a colaborar”, coloca o prefeito. (foto/divulgação)

Petrolina terá novo centro de atendimento para beneficiários do Bolsa Família

O prefeito Miguel Coelho inaugura, nesta sexta-feira (24), a Casa Bolsa. O equipamento será o novo centro para atender todas as demandas dos mais de 30 mil beneficiários do programa Bolsa Família em Petrolina. O evento ocorre, às 10h, na Avenida Tancredo Neves, Centro.

Atualmente, o atendimento do Bolsa-Família é feito na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social. Toda a estrutura e funcionários do antigo equipamento destinados a este serviço social serão realocados para a Casa Bolsa.

No novo espaço, os beneficiários terão mais conforto e acessibilidade. Além de estar situado próximo a bancos, fórum, cartórios, cinema e lojas, a Casa Bolsa contará com um ambiente climatizado, brinquedoteca, mobília e equipamentos para assegurar o bem estar das pessoas durante o  tempo de espera.

O horário de funcionamento aos beneficiários do Bolsa Família no novo equipamento continuará  das 8h às 13h. Contudo, a Prefeitura já planeja estender o serviço na Casa Bolsa para o horário da tarde. (Foto: Ilustração/Ascom)

Gonzaga Patriota diz ser contra terceirização em todas as atividades do mercado de trabalho

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) justifica por que não participou da votação do projeto de lei que permite terceirizar todas as atividades trabalhistas. Conforme o parlamentar, ele viajou por volta das 19h desta quarta-feira (22) para o estado, no intuito de acompanhar a comitiva do governador Paulo Câmara (PSB-PE) no seminário Pernambuco em Ação. Por este motivo, o parlamentar se ausentou das votações do Projeto de Lei 4302/98, que permite o uso da terceirização em todas as áreas (atividade-fim e atividade-meio) das empresas.

Apesar da ausência, o socialista destaca que é contrário à proposta aprovada pelos demais legisladores. “Não é verdade que me omiti ou sou favorável à PEC 4302/98. Só não pude ficar em Brasília até às 22h para votar contra esse projeto da Terceirização. Em 2015, aprovamos um projeto que regulamenta a terceirização para atividades-meio. Este texto, inclusive, já está no Senado e é totalmente diferente da que contém todas as atividades”, argumentou o deputado.

Segundo Patriota, nunca houve uma lei específica para a terceirização. O tema vem sendo regulado pelo Tribunal Superior do Trabalho, através da súmula 331, de 2003. Segundo o dispositivo, a terceirização é possível apenas se não se tratar de uma atividade-fim. Em outras palavras, o objetivo principal da empresa.

“A proposta que está nas mãos do Senado desde 2015, vai regulamentar a terceirização, trazendo benefícios aos trabalhadores e garantindo-lhes segurança jurídica”, defendeu.

Dos 25 deputados pernambucanos, além de Gonzaga, também se ausentaram da votação os deputados Adalberto Cavalcanti (PTB), Tadeu Alencar e João Fernando Coutinho, ambos PSB e Kaio Maniçoba (PMDB). (Foto: Ascom).

Miguel desmistifica polêmica sobre o São João 2017: “Serão 13 dias de festa, quatro nos bairros e nove no pátio oficial”

A matemática entra em campo para pôr fim à polêmica de quantos dias serão de festa no São João 2017 em Petrolina. E quem resolveu fazer a conta direitinho para que todos vejam que matemática é ciência exata, foi o prefeito Miguel Coelho (PSB), durante sua entrevista na transmissão ao vivo pela página do Blog no Facebook, ocorrida na tarde desta quarta-feira, 22.

Conforme o prefeito houve uma confusão nas cabeças das pessoas depois que ele disse que o São João este ano seria iniciado dia 16 de maio com o retorno dos festejos nos bairros, e que de 16 a 24 de junho, a festa vai acontecer no pátio oficial Ana das Carrancas.

“Quem critica que são 34, 35, 39 dias de festa, simplesmente não esta sabendo fazer a conta, porque o que anunciamos e que iriamos iniciar o período junino mais ou menos em 16 de maio nos bairros, indo até  16 de junho que é quando começaremos a festa no pátio oficial que vai de 16 a 24 de junho. Mas esses quatro finais de semana não quer dizer que serão todos os dias de festa, ninguém aguenta, a Prefeitura iria quebrar”, assinalou o gestor.

 A proposta, conforme Miguel Coelho é a retomada do São João dos Bairros quando serão escolhidos quatros bairros nas quatro regiões da cidade, para que um dia em cada final de semana, haja os festejos juninos nesses locais.

“É fazer o São João em cada bairro, para movimentar a economia para que a gente possa valorizar o artista local, enfim, para poder resgatar os desafios da rua mais ornamentada, quem fazia a melhor quadrilha, a dança mais bonita, valorizar o artista do bairro. Então, se for juntar todos os dias de festa e somar, são quatro dias nos bairros e mais nove no pátio de evento. Então são 13 dias de festa”, ressaltou o prefeito petrolinense.

Miguel comentou que fará a festa junina em Petrolina, ampliando os festejos e tudo dentro do controle, e ainda assim, economizando se comparar com o que se investiu na festa no ano passado.

“Não estamos fazendo nada fora do controle e, outra, mesmo com a volta do São João dos bairros, conseguiremos reduzir em R$ 1 milhão o que foi investido na festa no ano passado. Portanto, é fazendo mais, gastando menos e fazendo melhor, e ainda por cima, valorizando a cultura dos bairros e a cultura local”, concluiu o prefeito.

Governador anuncia construção do Hospital Geral do Sertão em Serra Talhada

Em visita ao sertão do Pajeú nesta quinta-feira (23), o governador Paulo Câmara ( PSB) visitou o terreno onde será construído, em Serra Talhada, sertão do Pajeú, o Hospital Geral do Sertão (HGS). A área fica às margens da BR-232. Na ocasião, Câmara autorizou o lançamento do edital para a elaboração do projeto do novo equipamento, que contará com um investimento de R$ 35 milhões e terá capacidade para realizar 462 internamentos por mês. A previsão é de que as obras tenham início em janeiro de 2018 e sua finalização aconteça em dezembro do mesmo ano.

“Vamos buscar ampliar o serviço e, ao mesmo tempo, ter na região uma unidade de referência, diminuindo a distância entre os serviços médicos ofertados no Estado, principalmente nos atendimentos de urgência e emergência. O intuito de construir aqui, em Serra Talhada, foi estratégico pela sua posição geográfica, pela consolidação de um polo médico que já existe. Ele será fundamental para melhorar a qualidade do serviço público de saúde e atender uma demanda que hoje existe”, pontou o governador.

Paulo destacou a importância das parcerias na construção de uma gestão de sucesso e que chegue a todos. “A gente espera entregar essa obra até o final de 2018, e a gente espera ter condições de melhorar os serviços ofertados e de saber que os desafios da saúde não se restringem apenas à construção de hospitais, mas à eficácia do atendimento, das boas parcerias do Estado com o município”, registrou.

Quando concluída, a unidade irá atender uma demanda média de 462 internamentos por mês. A estrutura vai contemplar cinco salas de cirurgia, 60 leitos de internamento e dez leitos de UTI, com possibilidade de expansão para um total de 120 leitos de internamento e 20 leitos de UTI. Ao todo, serão 8 mil m² de área construída, com possibilidade de expansão para 12 mil. O atendimento ambulatorial contará com as especialidades de traumato-ortopedia, clínicas geral, cardiológica, neurológica e cirurgia geral.

Além de Serra Talhada, o HGS abrange os municípios de Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, e Triunfo. O que representa uma população de mais de  236 mil habitantes, que serão beneficiados com o funcionamento do novo hospital.

“Essa obra será um divisor de águas para a saúde do Pajeú, que sente a falta de um equipamento como esse, bem estruturado e moderno. Serra terá uma nova perspectiva a partir de agora”, afirmou o prefeito Luciano Duque (PT). (Foto: SEI/Imprensa/GovPE)

 

Conselho de Turismo de Petrolina é reativado e já tem novo presidente

Após quase quatro anos desativado, o Conselho Municipal de Turismo (Comtur) de Petrolina voltou a exercer suas atividades. O primeiro passo ocorreu com a eleição da nova diretoria do colegiado. O diretor de Turismo de Petrolina, Marcus Pamponet, foi eleito presidente, ficando como vice-presidente, Glaucineide Ferreira, empresária do setor hoteleiro na região.

A secretária de Turismo, Esporte e Cultura, Maria Elena Alencar, informou que a posse acontecerá o mais rápido possível para que também, através do Conselho, se possa potencializar o turismo em Petrolina. “A expectativa é que o Comtur nos ajude a orientar, planejar e promover o turismo na nossa região. Já estamos definindo estratégias para desenvolver o potencial turístico no Vale do São Francisco”, argumentou.

O conselho, que é deliberativo e consultivo, é formado por entidades públicas e privadas e discute as diretrizes do turismo em Petrolina. É composto por membros de vários segmentos da sociedade e visa consolidar parcerias e proporcionar, por meio de suas ações, o envolvimento e o comprometimento dos mais variados setores sócio-econômicos do município no fomento da atividade turística.

Na reunião estiveram presentes os representantes e suplentes do Conselho, dirigentes de associações da cidade e pessoas ligadas aos setores que envolvem o turismo como: hotelaria, bares e restaurantes e agências de viagens. (Foto: Ascom)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br