Presidente do parlamento da Venezuela nega morte de Hugo Chávez

O presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Diosdado Cabello, negou nesta quarta-feira boatos sobre a morte do líder venezuelano, Hugo Chávez, que, assegurou, surgiram na Colômbia.

“Já hoje, de fora, boatos vindos da Colômbia, e replicados em vários lugares, anunciam o falecimento do presidente, coisa que não é verdade”, afirmou Cabello, ressaltando que as versões surgiram apesar do vice-presidente venezuelano, Nicolás Maduro, estar informando “o desenvolvimento e a evolução do tratamento” do presidente.

Chávez foi submetido ontem em Cuba a uma ‘bem-sucedida’ intervenção cirúrgica e hoje entrou em um “complexo e duro” processo pós-operatório, segundo Maduro.

Após comentar que “Chávez é um vencedor, um invencível”, Cabello insistiu que depois da operação “muito complicada e longa”, o chefe de Estado “está lutando, lutando, lutando” e se declarou seguro “que vai vencer”. (Fonte: EFE/foto reprodução)

Presidente da República ‘mais pobre do mundo’ anda de fusca e doa 90% do salário

Aos 77 anos, o uruguaio José Mujica, presidente do Uruguai, é um ex-guerrilheiro tupamaro que passou 14 anos preso, a maioria durante a ditadura uruguaia (1973-1985). Ele vive em uma pequena chácara nos arredores de Montevidéu junto com sua esposa, a senadora Lucía Topolansky. Ali cultiva flores e hortaliças que vende nos mercados locais.

Quando não está realizando trabalhos oficiais, o chefe de Estado faz questão de dirigir o seu próprio carro, um fusca azul, de 1987, avaliado em pouco mais de mil dólares. Mujica dispensa empregados. Faz suas próprias compras no bairro onde vive e frequentemente é visto em restaurantes populares com seus colaboradores no entorno da sede do Governo, no centro de da capital uruguaia.

Seu salário, de 12,5 mil dólares mensais, não fica todo com ele. O presidente uruguaio fica com 1.250 dólares e doa 90% para a construção de casas populares. Segundo sua última declaração de renda, de abril passado, seu patrimônio e o de sua esposa somam cerca de 212 mil dólares. Eles possuem três terrenos, três tratores e dois carros de 1987.”Se tenho poucas coisas, preciso de pouco para sustentá-las”, disse recentemente em uma à BBC.

Por conta dessa vida frugal, Mujica é considerado ‘o presidente mais pobre do mundo’. E agora é inspiração para um novo perfume. Martín Sastre pretende criar uma fragrância com as flores que Mujica cultiva em sua chácara. Segundo o artista, as flores do presidente uruguaio guardam “a essência do autêntico luxo”.

Ícone global’

A ideia ainda não recebeu o sinal verde do presidente. Mas já tem até nome, “U from Uruguay”, e anúncio publicitário. Sastre, artista audiovisual e diretor de cinema nascido em Montevidéu em 1976 e que mora em Madri, disse reconhecer Mujica como “ícone global por causa de sua filosofia de vida”, por isso a intenção de criar o perfume.

Se o projeto for concretizado, a fragrância de “Pepe” (como o presidente é popularmente conhecido) seria vendida através de fundações públicas para arrecadar dinheiro e criar um fundo de fomento da produção artística. (De Agência c/foto)

Reeleito presidente dos EUA, Obama promete que “o melhor ainda está por vir”

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Barack Obama, que hoje foi reeleito, sustentou que o melhor para o seu país “ainda está por vir”, durante seu discurso em Chicago após a confirmação da sua vitória.

“A tarefa de aumentar nossa união prossegue”, ressaltou o líder perante milhares de seguidores no centro de convenções McCormick Place, em Chicago.

Obama agradeceu a todos os eleitores, tanto aos que o apoiaram em 2008 como aos que fizeram isso pela primeira vez agora, por terem acreditado nele.

Escutei vocês, aprendi com vocês, e vocês me transformaram em um presidente melhor”, destacou Obama, que prometeu voltar à Casa Branca “mais determinado e inspirado do que nunca”.

Entre as tarefas pendentes, após uma década de Guerra do Iraque que chegou ao fim, o presidente citou a reforma do sistema migratório, a redução do déficit e a reforma tributária.

Também afirmou que deseja sentar-se com o perdedor destas eleições, o republicano Mitt Romney, para analisar como podem trabalhar juntos para “levar o país para frente”, após felicitá-lo por sua campanha.

“Nunca estive mais esperançoso sobre nosso futuro, sobre os Estados Unidos. Peço a vocês que mantenham essa esperança”, declarou.

Maioria

No início do discurso, Obama dedicou palavras de carinho a sua família, também presente no palco. “Michelle, nunca te amei mais do que agora”, disse a sua esposa.

Sobre suas filhas, Sasha e Malia, ressaltou: “estão crescendo para se transformarem em duas mulheres fortes, inteligentes e bonitas, como sua mãe”.

Obama conquistou a reeleição com pelo menos 303 votos no Colégio Eleitoral, um número mais folgado do que apontavam as previsões, e após se impor a Romney em quase todos os estados-chave. (Fonte/foto: Agência EFE)

Eleições nos EUA: Obama leva pequena vantagem em relação a Romney

Os candidatos Barack Obama e Mitt Romney estão bastante equilibrados em quatro estados cruciais para a eleição presidencial desta terça-feira (6) nos EUA, segundo pesquisa Reuters/Ipsos divulgada na segunda (5).

De acordo com a sondagem, Obama tem 50% das preferências dos possíveis eleitores, contra 46% de Romney no estado-chave de Ohio, que pode ser decisivo para os resultados desta terça, em uma votação que promete ser bastante disputada.

Obama também está ligeiramente à frente na Virgínia (48% a 46%) e no Colorado (48% a 47%).

Já Romney está à frente na Flórida, com 48% a 47%.

Todos os resultados mostram, segundo a margem de erro da pesquisa, empates técnicos

No voto popular, Obama também tem ligeira dianteira sobre o opositor, de 48% a 46%, segundo a pesquisa.

Correndo atrás

Já a pesquisa ABC/Washington Post dá resultado parecido, com Obama à frente de Romney por 50% a 47%.

Os candidatos aproveitaram a véspera da eleição para tentar garantir votos nos estados-chave.

Romney deve visitar Ohio e Pensilvânia nesta terça, antes de ir acompanhar a apuração em Boston, Massachusetts, e Obama deve acompanhar o processo em sua base eleitoral, Chicago, no estado de Illinois. (Do G1 c/foto)

Furacão devastador: Sandy deixa saldo de mais de 100 mortos, só nos Estados Unidos

Pelo menos 101 pessoas morreram após a passagem da supertempestade Sandy pela Costa Leste dos Estados Unidos (EUA), segundo balanço das autoridades divulgado na sexta-feira (2). O estado de Nova Iorque contabiliza o maior número de mortes, 49 – 41 delas apenas na cidade. O bairro de Staten Island é o que mais sofreu com as enchentes.

O prefeito Michael Bloomberg que advertiu que “ainda pode haver mais vítimas”. Em Nova Jersey, onde Sandy provocou enormes estragos, a falta de eletricidade ainda atinge 1,5 milhão de pessoas, com um saldo de 14 pessoas mortas.

As autoridades locais advertem o perigo do uso de geradores: cinco pessoas morreram desde segunda-feira (29/10), envenenadas por monóxido de carbono.

A energia elétrica começava a voltar ontem às áreas de Nova Iorque mais atingidas, mas boa parte dos nova-iorquinos não esconde sua revolta com a demora do restabelecimento da eletricidade e as filas intermináveis nos postos de gasolina.

O prefeito Michael Bloomberg anunciou que cerca de 70 mil lares de Nova York recuperaram a eletricidade desde quinta-feira (01), mas que 460 mil ainda continuam sem luz.

Posteriormente, a Con Edison, principal distribuidora de eletricidade de Nova York, informou o restabelecimento da energia para 65 mil clientes do sul de Manhattan.

Segundo a companhia, a luz voltou aos bairros de East Village e Lower East Side, mas o apagão persiste em 400 mil residências, sendo 160 mil no sul de Manhattan.

A Con Edison admite que a volta da energia elétrica a certas áreas da cidade, como Queens e Staten Island, pode tardar até 11 de novembro.

Maratona cancelada

Diante deste quadro, a realização da maratona de Nova York era alvo de severas críticas e o jornal New York Post publicou a manchete “Abuse of power” (trocadilho com “abuso de poder” e “desvio de energia”), com uma foto de geradores colocados pelos organizadores da prova. A pressão fez Bloomberg cancelar a prova, de última hora, após defendê-la até a tarde de sexta-feira.

Apesar da mobilização de emergência e o anuncio da distribuição de um milhão de refeições aos atingidos, a frustração é intensa nas áreas mais afetadas, como Staten Island.

Críticas

As críticas também atingem os fornecedores de eletricidade, que lutam para restabelecer milhares de linhas derrubadas pelos ventos ou varridas pelas inundações. Sem eletricidade, a água não chega aos arranha-céus, o aquecimento falta e as linhas do metrô continuam sem funcionar nos bairros afetados.

Quanto ao transporte, os ônibus circulam normalmente e o metrô e trens suburbanos retomam os serviços de forma gradual, com a reabertura nesta sexta-feira das linhas para Long Island (leste) e para os subúrbios do norte.

Mas o metrô, que normalmente transporta 5,5 milhões de passageiros por dia, não passa da 34th Street, e o sul de Manhattan continua sem eletricidade.

Segurança

Nova York está conseguindo manter sob controle a segurança e até agora a polícia local evitou roubos ou saques motivados pela falta de alimentos e gasolina, impedindo uma repetição dos fatos ocorridos na tragédia do furacão Katrina em Nova Orleans, em agosto de 2005, quando a cidade que ficou sob as águas sofreu uma onda de vandalismo e violência.

A polícia de Nova York – uma das mais equipadas do país – está presente em diferentes partes da cidade e patrulha as ruas 24 horas por dia. (Fonte/foto: G1)

Mulher tem 500 orgasmos por dia com vibração de celular, catracas, carrinhos de compras e até entrevistas de emprego

Enquanto para algumas ter orgasmo é algo de alto nível de dificuldade, para a inglesa Zara Richardson isso é tão fácil que virou um problema. Ela sofre de Síndrome de Excitação Sexual Persistente (PSAS), o que torna tarefas rotineiras, como fazer compras e aspirar a casa, atividades altamente excitantes, o que significa que ela pode ter até 500 orgasmos por dia.

Zara Richardson, de 30 anos, afirma que ter diversos orgasmos todos os dias não é o paraíso:

“As pessoas acham que eu devo estar em êxtase a cada dia, mas ter orgasmos constantemente está arruinando a minha vida”, disse a inglesa ao jornal The Sun.

 Ela não tem controle sobre o modo como o seu corpo se sente, o que afeta todos os aspectos da vida: “Uma simples ação pode me induzir a ter um episódio (orgasmo) é um modo exaustivo para viver. Muitas vezes acontece quando eu subo as escadas, passo por redutores de velocidade e sempre quando meu telefone vibra no meu bolso.

Zara fica muito excitada no supermercado.”Eu também tenho orgasmo pegando um alimento no supermercado, passando por portas giratórias e empurrando um carrinho de compras. Acontece até mesmo quando alguém se senta ao meu lado no sofá”.

E assim é o dia inteiro para a inglesa .”Eu acordo me sentindo excitada e volto para a cama me sentindo da mesma forma.

 Ações comuns podem se tornar um pesadelo para Zara. “Eu posso estar de pé numa fila do supermercado e sentir a PSAS começar. E não há nada que eu possa fazer para impedi-lo”, contou a britânica.

Viajar é outra situação que pode acabar desconfortável para Zara. “Viagens de trem são um pesadelo, pois o movimento pode desencadear um ataque”.

Ela concluiu que a síndrome lhe trouxe tristeza. “A PSAS me afastou do sexo e me trouxe depressão “, diz Zara.

A doença também atrapalhou seu lado profissional. “Restaurantes são um pesadelo quando fico um longo período sentada e as ‘dores’ do orgasmo se acumulam. Eu estava numa entrevista de emprego e a sindrome veio”.

A Síndrome de Excitação Sexual Persistente (PSAS) foi documentada pela primeira vez como um transtorno médico em 2001. Zara foi diagnosticada em 2010, depois de sentir-se constantemente excitada.

Ela conta que começou a se sentir excitada o tempo todo por conta da mudança de hormônios e, mesmo depois de ter tido relações sexuais com o seu namorado na época, Rob, ela nunca se sentia satisfeita. “O sentimento nunca vai embora. Tentei me distrair fazendo exercício, tomando banhos quentes ou assistindo a um filme deprimente, mas a sensação continuou. Depois de dois meses de sofrimento em silêncio, eu sabia que o que estava sentindo não era normal”.

 Foi então que ela procurou um médico. “Estava tendo até 500 orgasmos por dia. Isto estava arruinando a minha vida”.

O médico receitou leves antidepressivos, analgésicos e anti-inflamatórios para os dias de crise de Zara. Ela também utiliza compressas quentes e frias para parar os orgasmos. “Eu, às vezes, coloco um pacote de cenouras ou ervilhas congeladas envolto numa toalha sobre minhas partes, porque a frio me faz parar de querer orgasmos”. (Do G1)

Recife sediará na próxima semana 3° Encontro de Jornalismo Estrangeiro no Nordeste

Recife (PE) sediará, no próximo dia 19, o 3° Encontro de Jornalismo Estrangeiro no Nordeste. O evento será realizado no Mar Hotel, e vai colocar em pauta as competições esportivas de 2013 e 2014, no Brasil – respectivamente a Copa das Confederações e a Copa do Mundo. Nomes de peso da cobertura jornalística, publicidade, tecnologia e do direito estarão reunidos para discutir o trabalho da imprensa, as oportunidades e regras para divulgação de serviços e produtos e a oferta de estrutura para transmissão de informações.

O encontro é uma promoção da Duxi Comunicação, com o patrocínio da Secretaria Extraordinária para a Copa de 2014 (Secopa) do Governo de Pernambuco. Já confirmaram presença correspondentes de importantes veículos, como Andrew Downie (revista Time/EUA) e Tim Vickery (rádio BBC / Inglaterra) e Massato Takakuwa (diretor de Negócios para Governos da NEC Latin America, responsável pela tecnologia que será implantada na Arena Pernambuco e na Cidade da Copa).

As inscrições estão abertas e custam R$ 30 (profissionais) e R$ 15 (estudantes) e podem ser feitas por meio de depósito no Banco do Brasil (agência 0007-8, conta corrente 15.350-8), em nome da R&A Editora, ou diretamente na Duxi Comunicação.

O participante deve entrar no hot site do evento ejene.com.br, preencher e imprimir a ficha de inscrição, que deve ser apresentada, junto com o comprovante do depósito, no dia do evento, para finalizar a inscrição e retirar material. Mais informações pelo telefone (81) 3424-2598 ou pelo e-mail ouduxi@duxi.com.br. (Fonte/fotos: CLAS Comunicação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br