Chapa 01 promete gestão “ética e transparente” na UPE/campus Petrolina

A disputa para os cargos de diretor e vice-diretor da Universidade de Pernambuco (UPE), campus Petrolina, terá mais dois candidatos. Os professores Carlos Eduardo Romeiro Pinho (do curso de História) e Edivaldo Xavier da Silva Júnior (do curso de Fisioterapia) colocam-se à frente da chapa 01, intitulada “O Futuro é Agora”.

Carlos Eduardo, que pleiteia o cargo de diretor, e Edivaldo Xavier o de vice, garantem contribuir de maneira ética e transparente, como sempre têm feito em seu exercício profissional, para que o processo eleitoral, bem como a gestão (caso vençam) ocorram em conformidade com o Estatuto, Regimento e Código de Convivência da UPE.

Colocando-se como uma “chapa independente”, os dois prometem trabalhar pelo fortalecimento da UPE perante a população de Petrolina e região, tendo por base seis propostas fundamentais:

1- Gestão Democrática;

2-Transparência Administrativa;

3-Compromisso Social;

4-Expansão de infraestrutura necessária para os cursos;

5-Capacitação profissional de técnicos e docentes;

6-Postura ética e moral.

O processo eleitoral no campus está marcado para o próximo dia 22 de novembro.

Professores da Uneb paralisam as atividades nesta quarta-feira

Os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) estão de braços cruzados nesta quarta-feira (24). O movimento faz parte da agenda de mobilização para reivindicar, junto ao Governo do Estado, a negociação salarial 2012. De acordo com o sindicato da categoria, as atividades acadêmicas estão paralisadas em todos os campi e em outras três universidades estaduais.

Além do reajuste salarial de 28%, os docentes também pedem melhorias nas condições de trabalho. A categoria já teria solicitado inúmeras reuniões para discutir a pauta de reivindicações, mas até o momento não houve resposta por parte do governo.

Segundo a Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb), os salários dos professores das estaduais baianas estão entre os piores do Nordeste. Eles também sugerem o repasse orçamentário de, no mínimo, 7% da Receita Líquida de Impostos (RLI) para as universidades, com revisão desse valor a cada dois anos.

IF Sertão-PE em Petrolina inicia processo eleitoral para escolher reitor e diretor

A exemplo do campus da UPE em Petrolina, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) na cidade já se mobiliza para o processo de escolha dos seus novos integrantes.

No último dia 08/10 foi formada a comissão responsável para eleição das Comissões Eleitorais dos campi e da Reitoria.

No mesmo dia, o Conselho Superior publicou resolução resolvendo deflagrar o início do processo eleitoral para escolha do diretor geral dos campi e reitor.

Entre outras coisas, seria definido o calendário eleitoral. Semana passada (dia 17) aconteceu a eleição dos membros das comissões eleitorais dos campi e da reitoria. A próxima etapa acontecerá em novembro (dias 07 e 08), com a inscrição das candidaturas. A eleição e apuração de resultados serão realizadas no dia 03/12 . (Foto/reprodução)

Estudantes poderão fazer exame internacional de inglês em Petrolina

Os estudantes de Petrolina não terão mais que se deslocar para capitais como Fortaleza, Recife ou Salvador para fazer o exame da língua inglesa TOEFL (Test of English as a Foreign Language). Agora, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) será centro de aplicação do teste.

O exame internacional é um dos mais procurados por aqueles que pretendem ingressar em universidades de países de língua inglesa. Também é direcionado aos estudantes que desejam participar de intercâmbio ou tentar seleções para mestrados e doutorados. O teste é aberto a pessoas com diferentes níveis de inglês e o resultado indica o nível de domínio do idioma do candidato.

De acordo com a Assessoria de Relações Internacionais do IF Sertão-PE, Petrolina será a primeira cidade do interior do Nordeste a aplicar o exame. O primeiro teste já está marcado para sábado (27) no campus da insitituição localizado no bairro João de Deus.

Van do projeto “Revelando Pernambuco” chega ao Sertão do estado

A partir de amanhã (23), a van do projeto “Revelando Pernambuco” irá percorrer os municípios do Sertão do estado. A viagem começou na semana passada na Região Metropolitana do Recife (RMR) e, ao todo, 14 regiões turísticas estão sendo visitadas. Durante o percurso, que será realizado até sexta-feira (26), serão distribuídos informativos sobre o trabalho desenvolvido ao longo de meses para contribuir com o crescimento do turismo local.

Nesta terça-feira, a van estará nos municípios de Arcoverde e São José do Egito. Na quarta-feira (24), será a vez de Afogados da Ingazeira, Serra Talhada e Triunfo. No dia 25 serão visitadas as cidades de Petrolândia, Salgueiro e Belém do São Francisco. Petrolina e Araripina serão os últimos municípios, com visita marcada para esta sexta-feira.

A iniciativa conta com a ação dos embaixadores do turismo, estudantes do ensino médio da rede pública estadual selecionados no concurso de redação realizado no mês de junho. Agora, eles têm o papel de disseminar o potencial turístico do lugar onde vivem.

O projeto vai visitar locais de grande circulação, como praças, feiras, igrejas, prefeituras e escolas municipais para sensibilizar as comunidades e estimulá-las a perceber a importância de seu envolvimento no turismo local e a possibilidade de geração de renda e inclusão social.

Na ocasião, os embaixadores do turismo vão receber um DVD com o resultado final do vídeo produzido a partir de imagens que eles próprios captaram para o projeto. O filme deve ser exibido nas escolas e divulgado em eventos realizados nos municípios.

O projeto

Iniciado em dezembro de 2010, o Revelando Pernambuco pretende criar um ambiente democrático e participativo entre o poder público, a iniciativa privada, o terceiro setor, o meio educacional e a população, para fortalecer a interiorização e contribuir com o desenvolvimento do turismo no estado.

Entre as ações, o Embaixador do Turismo teve cerca de 4,7 mil estudantes inscritos e 25 textos selecionados. A iniciativa é uma realização do governo estadual, por meio da Secretaria de Turismo de Pernambuco, Empetur e Fundação Assis Chateaubriand, com o apoio da Secretaria da Educação. (Fonte: Ascom/Governo PE)

Segunda fase do vestibular da UFPE será nos dias 13 e 14 de janeiro

As provas da segunda fase do processo seletivo da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) irão acontecer nos dias 13 e 14 de janeiro de 2013. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (22), após a reunião do Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão (CCEPE) da UFPE aprovar modificações na resolução do vestibular para incluir os parâmetros da Lei das Cotas, que institui cotas para alunos da rede pública, negros, pardos e indígenas.

As demais datas do cronograma da UFPE ainda serão definidas em conjunto com a Comissão de Vestibular (Covest). “A reunião de hoje foi para nos adequarmos à Lei. A Covest ainda precisa analisar a resolução para então definir um cronograma viável de inscrições e todas as demais datas”, ressaltou a pró-reitora para Assuntos Acadêmicos, Ana Cabral, em conversa com a imprensa após a reunião.

Entre as decisões do Conselho está a quantidade de vagas destinada aos cotistas. “Estamos revisando os arredondamentos. O mínimo para esse ano era uma reserva de 12,5%. Devemos fazer uma reserva de aproximadamente 15% nas vagas para cotistas. Com as cotas, não vamos mais ter o incentivo social de 10% em cima da nota porque entendemos que não podemos beneficiar duplamente uma classe, nem prejudicar duplamente outra”, detalhou Ana.

Impasse

Uma nova reunião está agendada para a quinta-feira (25) para resolver a questão do Centro de Tecnologia e Geociências (CTG), que unifica as engenharias. “O CTG tem um processo diferenciado de seleção. Tem a primeira, no vestibular, e um ano depois, quando é feito o ranking das engenharias. É preciso discutir como fica a questão das cotas nessa situação”, afirma o professor Antônio Antonino. A discussão é se a reserva de vagas será aplicada logo na seleção ou também após feito o ranking para os cotistas. As informações são do G1-PE.

Nova diretoria do DCE da Facape inicia gestão promovendo evento esportivo

“Quebrar barreiras”. É assim que o novo presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Fernando Silva (ao centro), define suas atividades na Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). Ele tomou posse no último dia 08 e destacou, ao Blog, a importância do diretório como espaço para promover o diálogo entre alunos e professores.

Essa nova gestão vem justamente com o intuito de representar os mais de 4 mil alunos que temos atualmente na Facape. A gente sabe que certos alunos algumas vezes têm problemas com a faculdade ou com algum professor e nosso trabalho é justamente quebrar barreiras, promover o diálogo e buscar a resolução dos problemas” destaca.

De acordo com Fernando, a nova equipe já está trabalhando e conseguiu algumas melhorias para os alunos da instituição. “Em apenas três semanas de trabalho, já conseguimos três estagiários. Também contamos com um advogado voluntário que presta assistência interna e externa a qualquer aluno que precisar. Também estamos lutando pelas carteirinhas dos estudante”, relata Fernando.

Uma das primeiras ações a serem promovidas pela nova equipe será o Torneio de Futsal ‘Facabol’. Segundo a diretoria, o torneio acontecerá de 03 a 10 de novembro e tem como objetivo promover a integração entre os alunos da Instituição. “Esse torneio é mais uma oportunidade de incentivar o esporte e também promover a integração entre os nossos colegas”, informou.

A competição premiará a equipe campeã, a vice a terceira colocada, e também concederá troféu ao melhor jogador e artilheiro. O diretório Central funciona durante todo o dia e está disponível para qualquer aluno da instituição.

MEC acredita que universidades têm estrutura suficiente para adotar nova Lei de Cotas

O Ministério da Educação (MEC) acredita que as universidades federais brasileiras já possuem estrutura suficiente para receber os alunos de escolas públicas que serão beneficiados pela nova Lei de Cotas. Na sexta-feira (19), o reitor da Universidade Federal Fluminense (UFF), Roberto Salles, chamou a lei de “retrocesso” e reclamou da falta de recursos para aulas de reforço e para o Programa Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes), que concede auxílio financeiro a esses alunos.

O Ministério diz que as demandas das universidades nesse ponto estão sendo avaliadas e que os recursos para assistência estudantil já foram ampliados em mais de R$ 600 milhões este ano.

A universidade também afirmou que reservará 12,5% de suas 9.640 vagas em 2013 considerando os critérios raciais e econômicos da nova lei. Além disso, vai destinar outros 10% das vagas a estudantes de escolas estaduais e municipais, mas sem adoção de critérios raciais. Segundo o ministério, a lei permite que a universidade aplique seu próprio sistema de inclusão social, classificado pelo governo como “eficiente”, nas vagas restantes.

No seu próprio processo, a universidade vai excluir alunos dos colégios federais, militares, técnicos e de aplicação, que, no entanto, serão beneficiados pela Lei de Cotas. O argumento é que essas instituições já possuem qualidade de ensino comparável a colégios particulares. O ministério diz que estes estudantes representam pouco mais de 1% do universo estudantil. (Da Agência Estado)

Vale do São Francisco sedia encontro de instituções federais de ensino

A partir de amanhã (22) até sexta-feira (26) o Vale do São Francisco sediará a 36ª Reunião de Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec). O evento, que terá como tema central “A institucionalização dos institutos federais”, será realizado no Complexo Multieventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), campus Juazeiro. Durante o encontro serão debatidas as políticas, desafios e perspectivas para pesquisa, extensão e ensino técnico e tecnológico, por meio de palestras, mesas-redondas e visitas técnicas.

A Reditec congrega todos os anos, desde 1977, os reitores e diretores das instituições que compõem a Rede Federal. O evento é promovido pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e conta com a participação de especialistas que, junto com os gestores, debatem ações e deliberações visando à melhoria da qualidade dos Institutos Federais, Cefets, Universidade Tecnológica, Colégio Pedro II e escolas técnicas vinculadas.

Este ano, a Reditec será organizada pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão de Pernambuco (IF Sertão-PE), primeira instituição a produzir o relatório seguindo os moldes estabelecidos pelo Conif. A programação completa do evento pode ser conferida por meio do site www.ifsertao-pe.edu.br/reditec2012.

Escolas do Sertão de Pernambuco podem ganhar minibibliotecas doadas pela Embrapa

As escolas públicas estaduais localizadas no Sertão do Araripe já podem se inscrever no processo seletivo que contemplará as cidades dessa região com minibibliotecas. Idealizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o edital tem como público-alvo municípios do Nordeste que integram 14 territórios da cidadania priorizados pelo plano “Brasil sem Miséria”. Em Pernambuco, são contempladas as cidades de Araripina, Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Santa Cruz, Santa Filomena e Trindade.

Os candidatos devem enviar para a Embrapa, até o dia 5 de novembro, um projeto de ações educativas que podem ser desenvolvidas no espaço com o uso da minibiblioteca. O gestor da escola deve encaminhar o documento aos cuidados da Coordenação das Minibibliotecas, localizado no Parque Estação Biológica – PQEB – Avenida W3 Norte (Sinal), Brasília-DF. O CEP é o 70770-901 e, no envelope, deve constar a informação “Chamada pública nº 1/2012 – Minibibliotecas”.

O edital com mais informações sobre a documentação necessária e demais exigências pode ser acessado através do link (http://hotsites.sct.embrapa.br/minibibliotecas/documentos/Edital_Chamada_Publica_Minibibliotecas_01_2012.pdf).

Também podem participar do processo órgãos e entidades da administração direta e indireta, estadual ou municipal; institutos federais de educação, ciência e tecnologia; associações de agricultores; sindicatos; cooperativas rurais e demais entidades privadas sem fins lucrativos que atenderem às exigências do edital.

O kit da minibiblioteca da Embrapa é composto por 120 títulos de publicações impressas, sendo dois exemplares de cada, 80 programas de vídeo do “Dia de Campo na TV” e 160 programas em áudio do “Prosa Rural”. As informações são da assessoria. (Foto ilustrativa)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br