No Dia Mundial da Terra, Petrolina reforça marcha por mais recursos para a ciência

Neste sábado, 22, Dia Mundial da Terra, Petrolina se integra a todo o planeta e realiza a 1ª Marcha pela Ciência. O ato deve reunir pelo menos 500 participantes – entre professores, pesquisadores, estudantes e toda a sociedade do vale do São Francisco.

O movimento, intitulado ‘A Ciência pede Socorro!’, se concentra logo mais, às 9h, na Praça do Bambuzinho, na Avenida Souza Filho, Centro de Petrolina. Em seguida, os participantes seguem em marcha até a Praça 21 de Setembro, na Avenida Joaquim Nabuco, também no Centro. (mais…)

Começam em Petrolina inscrições para 2º Clisertão

Começaram em Petrolina as inscrições para o 2º Congresso Internacional do Livro, Leitura e Literatura do Sertão (Clisertão), que acontecerá de 9 a 12 de maio. Os professores que atuam nas escolas da rede municipal podem se inscrever apresentando suas ações no desenvolvimento da leitura em sala de aula.

De acordo com o coordenador do Clisertão, Genivaldo do Nascimento, o prêmio vai selecionar cinco professores com propostas inovadoras para o fomento da leitura nas escolas da rede. Os docentes vão concorrer a uma premiação total no valor de R$ 5 mil.

Para participar, os interessados devem enviar, até o dia 28 deste mês, uma proposta de ação através de um relato simplificado de experiência para e-mail: clisertaotres@yahoo.com.br. As convocatórias e os editais já foram enviados para as escolas.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Maéve Melo, a premiação é um reconhecimento e um incentivo para os professores. “Nosso foco, nessa gestão, é priorizar a leitura e a alfabetização logo no segundo ano. Essas práticas aplicadas nas escolas vão colaborar para que Petrolina se torne uma cidade leitora”, comentou. A premiação será entregue no dia 10 de maio, na sede da Secretaria, no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho.

Apoio

O Clisertão é uma realização do Governo do Estado, através da Universidade de Pernambuco (UPE), e tem a Secretaria de Educação de Petrolina como principal parceira. Mais de 30 ações irão movimentar a cidade e as escolas da rede municipal e estadual com recitais, oficina de leituras, cordel, conversa com autores e doação de livros. Ao total, 63 escolas da rede e 3.100 alunos receberão as atividades. (fonte: Ascom PMP/foto arquivo divulgação)

Comunidade de Uruás reclama de falta de professores em escola estadual; GRE garante que questão “está sendo resolvida”

Em Uruás, distrito localizado na zona rural de Petrolina, a comunidade anda insatisfeita pelo fato de a Escola Malaquias Mendes estar sem professores há mais de duas semanas. Em contato com este Blog, uma mãe de aluno (que preferiu não se manifestar publicamente) disse ter tomado conhecimento de que os contratos dos professores teriam vencido

A escola pertence à rede estadual de ensino. Nossa reportagem conseguiu entrar em contato com a Gerência Regional de Educação (GRE)/Sertão do São Francisco, que responde pelo assunto.

De acordo com o órgão estadual, a questão está sendo resolvida. “Os professores já foram chamados. Até a próxima segunda-feira (24), eles devem estar de volta às salas de aula da Escola Malaquias Mendes”, assegurou a GRE.

Alunos da rede municipal de Petrolina serão únicos a representar Pernambuco em competição nacional de xadrez

Os estudantes da rede municipal de Petrolina, João Pedro e Maria Clara Prysthon, de 11 e oito anos, respectivamente, terão a missão de representear Pernambuco no Festival Nacional da Criança de Xadrez. Eles serão os únicos competidores do Estado. O evento acontecerá em Brasília (DF), entre os dias 21 e 23 deste mês, e reúne os mais bem preparados enxadristas do país. (mais…)

Santa Filomena poderá ganhar polo educacional da Univasf

Uma parceria firmada entre a prefeitura de Santa Filomena (PE), Sertão do Araripe, e Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) promete viabilizar a instalação de um polo de Educação a Distancia (EAD) na cidade mais nova da região.

Segundo o prefeito de Santa Filomena, Cleomatson Vasconcelos, a meta da gestão é fazer todas as adaptações necessárias para que, se possível, o início das aulas com as primeiras turmas aconteça até o segundo semestre de 2017. Os últimos reparos estão sendo efetuados no prédio do Ginásio Municipal Laudelino Freire Mororó, no Centro da cidade, que possivelmente comportará os cursos de graduação e pós-graduação da instituição no município.

Os interessados em concorrer às vagas deverão ter concluído o ensino médio e participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As inscrições para o Enem 2017 estarão abertas a partir das 10h do dia 8 de maio até às 23h59, horário de Brasília, do dia 19 de maio. Para se inscrever, basta acessar o endereço eletrônico http://enem.inep.gov.br/participante.

 

 

 

 

 

 

Sem conseguir viabilizar transporte, grupo de estudantes do Sertão ficam ameaçados de não participar de congresso

As dificuldades em viabilizar transporte para um tradicional congresso da União dos Estudantes de Pernambuco (UEP), que este ano acontecerá em Garanhuns, Agreste do Estado, estão colocando em risco a ida de um grupo de 85 estudantes de Petrolina e cidades sertanejas ao evento.

O congresso já começa neste final de semana – de sexta-feira (21) a domingo (23). No entanto, eles ainda não conseguiram dois ônibus que necessitam para a comitiva de estudantes.

O estudante de Artes Visuais da Universidade do Vale do São Francisco (Univasf), Bruno de Melo, contou ao Blog que o grupo já procurou todas as instituições da cidade. A única que ainda chegou a estudar a possibilidade de alguma ajuda foi o IF Sertão-PE. Representantes do Instituto conversaram com os estudantes (foto), mas como a reitora se encontrava viajando o apoio não foi possível.

Não se deixando abater, Bruno e seus colegas procuraram também o prefeito Miguel Coelho, que os atendeu em seu gabinete na tarde de hoje (19). Após a reunião, o estudante informou que o prefeito se comprometeu em conversar com representantes da Univasf e do IF no sentido de alugar um ônibus para o grupo. Mas nenhuma garantia foi dada.

“Experiência acadêmica”

Sem o ‘patrocínio’ do transporte, Bruno diz que os custos inviabilizam a viagem dos estudantes ao congresso. Caso isso ocorra, ele lamenta porque a UPE existe desde 1944 e, desde então, vem realizando os congressos (que acontecem a cada dois anos). “É onde se discute a qualidade do ensino, mais investimentos e acesso ao ensino superior para se produzir pesquisas científicas. Esses eventos fora da comunidade estudantil nos trazem outra experiência acadêmica. Isso é bom para a própria região, que contará no futuro com profissionais qualificados”, desabafou Bruno. “Estamos fazendo um apelo às autoridades para que os estudantes do Sertão não fiquem de fora”, completou.

Kits escolares beneficiarão quase 35 mil estudantes da rede municipal de Petrolina

O prefeito de Petrolina Miguel Coelho iniciou, nesta terça-feira (18), de forma simbólica, a distribuição dos kits escolares para os alunos do ensino fundamental I e turmas da educação infantil. A cerimônia ocorreu na quadra da Escola Nossa Senhora Rainha dos Anjos (antigo Caic), que ficou lotada de estudantes da rede municipal para receber o material. (mais…)

Hospital Veterinário da Univasf abre seleção para estagiários

O Hospital Veterinário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) realizará seleção para estágio com duas vagas para estudantes de Medicina Veterinária. As inscrições para participar do processo seletivo poderão ser realizadas desta quinta-feira (20) até 5 de maio.

Podem participar da seleção alunos que estejam cursando ou já tenham cursado as disciplinas de Fisiologia, Farmacologia, Semiologia Veterinária, Diagnóstico por Imagem, Patologia Especial e Patologia Clínica. (foto/reprodução)

Estudantes da educação infantil de Ouricuri são contemplados com reforma de creches

 

O prefeito de Ouricuri (PE), sertão do Araripe, Ricardo Ramos (PSDB), juntamente com a secretária Municipal de Educação, Eliana Guedes, fizeram a reabertura  nesta segunda, 17, das creches dos bairros Nossa Senhora de Fátima e Capela de São Braz. Ricardo felicitou todas às mães e pediu que a população zelasse pelo patrimônio. “Encontramos esses equipamentos em inconformidade com o seu funcionamento, por isso tivemos que atrasar o período letivo”, assinalou o prefeito.

A creche do Nossa Senhora de Fátima foi a que mais estava deteriorada e com diversos equipamentos quebrados e outros imprestáveis às atividades infantis por falta de cuidados. A secretária Eliana Guedes e equipe aproveitaram para iniciar as comemorações às mães das crianças que já estão matriculadas nas unidades de acolhimento infantil. Também participaram da reabertura da creche do Nossa Senhora de Fátima o vereador Airan Severo e o secretário de Administração Ramildo Ramos.

Segundo a secretária, a unidade escolar do Nossa Senhora de Fátima hoje conta com quase 500 alunos inscritos, e a do bairro Capela de São Braz com 50. (Foto/Ascom)

 

 

 

Estudantes da Univasf realizam 4ª Jornada Universitária da Reforma Agrária

O dia 17 de abril ficou marcado internacionalmente como Dia de Luta Camponesa, em homenagem a todos que tombaram na luta pela terra e democracia no Brasil, como os 19 assassinatos no Massacre de Eldorado de Carajás, no Pará, em 1996. Segundo Bismarque Augusto, estudante do curso de Farmácia da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), os conflitos por terra no Brasil não são novidade, remontado às Capitanias Hereditárias com o massacre de povos originários desde o início da colonização. O assunto será tema, logo  mais às 18h, da 4ª Jornada Universitária da Reforma Agrária, que acontecerá no Campus Petrolina Centro (em volta da barraca de lona montada nas proximidades, ao lado do centro de convivência).

“Apesar de ser um país continental, com imensa quantidade de terras agricultáveis, ainda existe um enorme contingente de trabalhadores rurais e povos tradicionais que estão alijados de um pedaço de terra para produzir. Esta é a principal característica da Questão Agrária brasileira, que se fundamenta na enorme concentração de terras e riqueza nas mãos de poucas famílias, deixando milhares de outras famílias à míngua, vivendo na condição da extrema pobreza no campo, ou migrando para se somar ao contingente substancial da superpopulação supérflua nas periferias urbanas”, conta o estudante, que é diretor de pesquisa e extensão do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Univasf.

Para Bismarque, a necessidade de uma Reforma Agrária ampla e massiva continua em pauta na atualidade da questão, e a universidade não pode continuar fechando os olhos para esta situação. Neste sentido, a Universidade pode e deve ser parte do processo de transformação da sociedade brasileira, instrumentalizando o povo para que tenha condições de luta e de vida digna. Portanto, a comunidade estudantil se desafia a construir a Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária.“Compreendemos que a Universidade tem o papel de promover avanços com a sociedade na garantia de direitos, sobretudo para aquelas/es que tiveram por séculos o acesso a direitos básicos negado. E por isso, estamos convidando a comunidade acadêmica das Univasf para a IV Jornada Universitária da Reforma Agrária, iniciada desta segunda-feira”, assinalou o estudante.

Na programação haverá a instalação e exposição da barraca (ao lado do centro de convivência do Campus Centro); Exposição de fotografias; Roda de Conversa sobre a Estrutura fundiária; criminalização dos movimentos sociais; e a reforma agrária popular . A realização é do Diretório Central dos Estudantes – Gestão Resistência com o Grupo de Estudos de Agroecologia do Semiárido (Geasa); Grupo de Estudos e Projetos em Geoinformação Agrária (GPGEO); Geografia, Educação e Movimentos Sociais; Levante Popular da Juventude; Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e apoio da Diretoria de Arte, cultura e ações comunitárias da Univasf. (Foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br