Confiram as vagas disponíveis nesta terça-feira na Agência do Trabalho

A Agência do Trabalho divulgou sua lista com as vagas de emprego disponíveis nesta terça-feira (18).

Há oportunidades, entre outras, avaliador físico (precisa ter formação em Educação Física e registro no CREF), secretária(o) executiva(o) (curso básico de inglês) e trabalhador da cultura da manga (para pessoas com deficiência)

Vale destacar que a lista está sujeita a alterações no decorrer do dia. O atendimento ao público é das 7h às 13h. A agência fica localizada no 1°andar do Centro de Convenções Senador Nilo Coelho. A lista completa pode ser conferida no seguinte link: vagas 18042017.

TCE-PE interioriza Escola Pública de Contas e ministrará cursos em Petrolina

Uma iniciativa inédita do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), por meio da Escola Pública de Contas, vai preparar melhor os servidores de prefeituras e repartições, sejam do Executivo ou do Legislativo, nas próprias cidades, sem a necessidade de ter que se deslocar à sede do órgão, no Recife. A iniciativa do diretor da escola, o conselheiro João Campos, começou pela cidade de Bezerros, no Agreste, no começo deste mês. Nos próximos dias 26 e 27 será a vez de Petrolina, no Sertão.

Para divulgar o novo formato da qualificação dos servidores públicos por meios de capacitações do TCE-PE a auditores da Escola Pública de Contas, o auditor Dárcio Rossiter Filho e o chefe da inspetoria regional do órgão em Petrolina – que abrange 24 municípios – André Zaidan estão visitando oito cidades entre os Sertões do São Francisco e do Araripe, divulgando o novo formato de capacitação e conversando com os gestores acerca da melhor qualificação que seus servidores necessitam. (mais…)

Prefeitura de Petrolina prorroga prazo para pagamento com desconto em parcela única do IPTU

Os contribuintes de Petrolina ganharam um novo prazo para efetuar o pagamento do IPTU 2017 referente à parcela única com desconto de até 10%. Isso porque o prazo que venceu no último dia 10 de abril foi prorrogado para o próximo dia 10 de maio.

Não haverá alteração com relação ao pagamento parcelado do tributo, que pode ser divido em até oito vezes. Com isso, quem optou pelo pagamento parcelado em 10/04 continuará pagando sem modificação. O contribuinte poderá pagar o imposto nos Bancos do Brasil e Caixa Econômica, além das lotéricas.

A orientação para os contribuintes que não receberam os carnês do IPTU em casa é para que acessem o site oficial da Prefeitura (http://www.petrolina.pe.gov. br), imprimam o boleto online ou procurem a Secretaria de Fazenda, localizada na Prefeitura, para retirar o documento. Outra opção é procurar o guichê do órgão no Expresso Cidadão.

A Prefeitura de Petrolina fica na Avenida Guararapes, 2114, Centro. O atendimento da Secretaria da Fazenda é de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

Trabalhadores rurais lotam Alepe em audiência pública sobre reforma da Previdência

Dentro do 6º Grito da Terra PE, a audiência pública sobre a reforma da Previdência e as consequências para o homem e a mulher do campo debateu a questão no plenário principal da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), nesta segunda-feira, 17. O evento foi proposto pela Comissão Especial da Reforma da Previdência no poder legislativo estadual.

Presente ao debate, o presidente da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura de Pernambuco (Fetape), Doriel Barros, disse que a pauta da audiência integrou esse ato do Grito da Terra PE, tanto na discussão no plenário da Casa Joaquim Nabuco como no evento de rua que levou grande número de participantes até o Palácio do Campos das Princesas, sede do governo estadual. (mais…)

Feiras livres de Petrolina passam a contar com reforço na segurança

Desde o último final de semana as feiras livres de Petrolina passaram a contar com um novo esquema de segurança, o que deve garantir a tranquilidade de quem gosta de comprar nesses locais. A solicitação foi feita pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Agrário ao 5° Batalhão de Polícia Militar (BPM), que reforçou o patrulhamento ostensivo nas feiras da cidade.

A operação ‘Feira Segura’ teve início nas festividades de Páscoa, onde o fluxo de consumidores aumentou, mas segue até o final do mês. De acordo com Tony César, coordenador das feiras livres, a ação tem o objetivo de prevenir danos e aumentar a segurança dos comerciantes e dos consumidores para realizar suas compras.

A ação será realizada nas feiras dos bairros Areia Branca, José e Maria, Cohab Massangano, São Gonçalo, Ouro Preto e João de Deus. O reforço policial nesses locais ainda conta com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM). As informações são da assessoria da PMP. (Foto/divulgação)

 

Governo quer privatizar casas lotéricas

O governo federal conta com a privatização das loterias para dobrar a arrecadação de tributos sobre as apostas dos brasileiros. Com empresas experientes no ramo operando os jogos eletrônicos em todo o mundo, a equipe econômica quer trazer os investidores para o mercado brasileiro e acredita que o volume de receitas de impostos sobre as loterias pode saltar rapidamente de R$ 6 bilhões para pelo menos R$ 12 bilhões – arrecadação que pode ajudar a reforçar o caixa do Tesouro Nacional nos próximos anos enquanto as contas públicas ainda deverão ficar no vermelho.

Antes de privatizar o setor – que é um monopólio da Caixa Econômica Federal -, o governo dividiu o conjunto de loterias em duas empresas que serão leiloadas: a Lotex (a loteria instantânea, como a raspadinha), que já existe no Brasil, e a chamada “SportBeting” (loteria de apostas, por exemplo, no time que vai ganhar, placar do jogo, prognósticos feitos por meio da internet). Esta última ainda não foi criada no País, mas os brasileiros participam desse tipo de aposta usando sites do exterior.

O jornal O Estado de S.Paulo apurou que a Casa Civil deve enviar em breve ao Congresso projeto de lei que permitirá a operação da loteria esportiva e autorizará apostas online. “Isso mais do que duplicará a arrecadação federal com as loterias, quando os sistemas das duas empresas estiverem funcionando plenamente”, projetou fonte do governo. A ideia de editar uma Medida Provisória foi abandonada depois de parecer da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

A privatização da Lotex, que já tem legislação aprovada, está no Plano Nacional de Desestatização (PND) dentro da estrutura da Caixa. A equipe econômica espera lançar o edital para a venda em agosto, com cerca de cem dias de prazo até o leilão, em novembro. Mas a ideia é antecipar em um mês esse prazo, já que não se trata de leilão complexo. Com isso, a nova empresa já estaria operando até o fim do primeiro semestre de 2018.

A modelagem de venda das duas empresas está sendo feita pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A loteria de “SportBeting” deve ser criada na estrutura da Caixa e passada para a iniciativa privada no início de 2018. O ganho tributário com a operação de venda da Lotex entrou na conta do governo de receitas extraordinárias para fechar o Orçamento deste ano. Já a venda da “SportBeting” ficou para o Orçamento de 2018.

A Caixa continuará administrando as loterias que opera, como a Mega Sena. Nas duas empresas que serão leiloadas, deve ficar como parceira, com participação minoritária, em porcentual a ser definido.

Os preços dos leilões dependerão do quanto a Caixa manterá no serviço. A principal vantagem para os cofres públicos não está no valor da venda, mas no acréscimo de arrecadação que se manterá ao longo do tempo.

“O mercado internacional de apostas é concentrado em poucas empresas e muitas delas procuraram o governo com interesse nas loterias. Após o leilão, em cerca de seis meses a nova operação já estaria no ar porque, basicamente, demandaria investimentos apenas de software”, disse um integrante do governo, destacando que o apetite dos investidores é grande.

Compensação

Os donos de lotéricas estão preocupados com a perda de clientes. Hoje, os jogos só podem ser feitos na rede física de correspondentes espalhados pelo País. No novo modelo, poderão ser realizados até por smartphones.“É provável que uma parcela grande dos apostadores migre para a plataforma online e isso colocará em risco a rede de 13 mil lotéricas do País, que emprega cerca de 200 mil pessoas”, disse a diretora de comunicação da Associação dos Lotéricos de São Paulo e Interior (Alspi), Adriana Domingues.

Como a evolução do sistema parece inevitável, os lotéricos pleiteiam que a perda de receita com jogos seja compensada pela alta da tarifa em outros serviços prestados pelas lojas, que também atuam como correspondentes bancários da Caixa.

Segundo dados da Alspi, para arrecadar o equivalente ao salário de um funcionário, cada lotérica precisa receber o pagamento de 4.400 contas de luz ou 3.167 boletos da Caixa.

As tarifas que recebemos nos serviços prestados à Caixa estão defasadas e essa balança precisa ser reequilibrada. O ajuste de taxas a cada 20 meses não repõe nem a inflação do período. Além disso, a rede de lotéricas quer ser mais competitiva na oferta de financiamentos e consórcios do banco”, disse Adriana.

Agência reguladora

Procurada, a Caixa respondeu, por meio de sua assessoria, que efetua reajustes periódicos nas tarifas das operações realizadas nas lotéricas. “O último reajuste foi feito pelo banco em junho de 2016, quando as tarifas foram atualizadas em 13,17% e os adicionais remuneratórios, que incluem os adicionais de segurança, foram reajustados em 10,43%”, relatou o banco.

Como a relação com a Caixa é ruim, a Alspi defende que a privatização do mercado de loterias seja acompanhada da criação de uma agência reguladora dos jogos para colocar regras claras na relação entre as lotéricas e os novos administradores dos jogos de apostas. “O melhor cenário seria que o Congresso aprovasse também a liberação de outros jogos de apostas, como o jogo do bicho, porque poderíamos ampliar a oferta de produtos em um mesmo local mantendo assim mais apostadores na nossa base de clientes”, disse Adriana. (Com informações do Diário de Pernambuco/Agência Estado)

Amupe reunirá municípios para debater fundo de previdência

A Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), que tem como presidente o prefeito de Afogados da Ingazeira (Sertão do Pajeú), José Patriota (PSB), promoverá na próxima terça-feira (18) um seminário para debater o desequilíbrio atual dos Fundos Próprios de Previdência. Hoje, cerca de 140 dos 184 municípios pernambucanos têm previdência própria, mas 95% deles são deficitários – ou seja, a receita é inferior à despesa (pagamento de aposentadorias e pensões).

O evento acontece na sede da entidade, localizada à Avenida Recife, 6.205, bairro de Jardim São Paulo, no Recife. Para falar sobre o tema foram convidados Édson Jacinto, assessor da Associação Matogrossense de Municípios, e Sérgio Aureliano, consultor da CNM (Confederação Nacional dos Municípios).

“Este é um momento importante para discutirmos os rumos da Previdência própria e buscarmos novos horizontes”, diz o presidente da Amupe. (Foto/reprodução )

Uauá: 9º Festival do Umbu já começa a mobilizar pequenos produtores da região

Com sede no município de Uauá, norte da Bahia, a Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc) já vive as expectativas para a 9ª edição do Festival do Umbu, que vai acontecer nos dias 28 e 29 deste mês.

Com o tema “Integração dos sistemas produtivos no semiárido”, o festival tem o objetivo este ano de dar visibilidade às demais potencialidades da região que se somam ao umbu e promovem qualidade de vida e geração de receita. A programação está sendo pensada para despertar a necessidade de integrar as atividades desenvolvidas pelos agricultores familiares, no sentido de garantir a segurança alimentar e hídrica, renda, permanência das famílias no campo – além de estimular o protagonismo das mulheres, homens e da juventude do Semiárido.

A integração dos sistemas produtivos envolve a diversificação da produção, considerando a criação de animais como caprinos, ovinos e aves, produção agrícola apropriada ao clima, beneficiamento de produtos oriundos do extrativismo sustentável da Caatinga e outras práticas de Convivência com o Semiárido que serão apresentadas no evento.

De acordo com Denise Cardoso, presidente da Coopercuc, o festival é mais do que um momento de celebração. Pretende também dar visibilidade ao desenvolvimento da agricultura familiar no Sertão. Para ela, esse ano o tema chama atenção para a compreensão de que “um único sistema produtivo para a agricultura familiar não tem viabilidade. A ideia é essa integração, essa diversificação, para que as pessoas consigam ter produção e alimento saudável o ano inteiro”. Como exemplo Denise a carne de bode, a mandioca, a horta, além do umbu e outras potencialidades que fortalecem a agroecologia no semiárido.

Programação

Durante o festival, o público poderá visitar os estandes de exposição e comercialização de produtos de diversos grupos do semiárido, participar de palestras, oficinas, rodadas de negócios, além de degustar a culinária regional e prestigiar uma gama de apresentações culturais durante toda a programação. A 9ª edição do evento é organizada pela Coopercuc, com o apoio do Governo da Bahia, das prefeituras de Uauá, Canudos e Curaçá e de organizações sociais parceiras. As informações são da assessoria.

Fique com a gente

Setranvasf amplia em Petrolina postos de emissão de cartão pré-pago

Em Petrolina, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Vale do São Francisco (Setranvasf) ampliou o número de postos de recarga e emissão de cartões pré-pagos (primeira via). São 50 postos de recarga espalhados pelos bairros da cidade. Destes, 20 vão poder comercializar os cartões pré-pagos, sem burocracia e com entrega imediata aos usuários gratuitamente.

O usuário poderá confeccionar o cartão nos mesmos pontos em que são feitas as recargas, tornando assim o processo mais cômodo e ágil. É só comparecer à uma das lojas BIP portando os originais de Carteira de Identidade (RG), CPF e comprovante de residência.

Ao receber a primeira via do BIP Pré-pago, o cliente deve efetuar uma recarga mínima correspondente ao valor de duas tarifas vigentes no transporte público coletivo de Petrolina. Vale lembrar que os portadores do cartão têm descontos na tarifa e a comodidade da integração nas linhas dentro da cidade. O dispositivo torna-se mais seguro ainda, já que em casos de perda ou roubo, o usuário pode fazer o bloqueio dos créditos e recuperá-los posteriormente.

 A lista completa dos postos pode ser conferida clicando aqui.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br