Tomate volta a ser o vilão da cesta básica em Petrolina e Juazeiro, aponta pesquisa

Tomate e margarina foram considerados os vilões da cesta básica no mês de abril em Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). É o que diz uma pesquisa realizada pelo Colegiado de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). Esses alimentos tiveram alta de 12,8%  (Petrolina) e 8,45% (Juazeiro).

O aumento do preço do tomate se deu em virtude do fim da colheita da safra de verão, havendo uma redução da oferta. Mesmo com o preço elevado, a pesquisa constatou que o percentual em abril foi menor do que o obtido em março. Além da margarina e do tomate, o café continua com tendência de alta no varejo, apesar de apresentar preços menores ao produtor. Arroz, feijão, carne e açúcar apresentam reduções menores, reflexo de aumento de oferta e baixa demanda por parte dos consumidores. Em Juazeiro, o custo no mês de abril foi de R$ 315,80 e em Petrolina, de R$ 327,55.

Assim, um trabalhador do Vale do São Francisco que recebeu um salário mínimo de R$ 937,00, gastou 34,3% da renda com a compra de produtos da cesta básica. Isto significa que após a aquisição da cesta básica de alimentos, restaram R$615,32 para gastar com as demais despesas (moradia, transporte, vestuário, saúde e higiene e serviços pessoais).

Confiram as vagas disponíveis nesta sexta-feira na Agência do Trabalho

A Agência do Trabalho divulgou sua lista com as vagas de empregos disponíveis para esta sexta-feira (19) em Petrolina. A lista de hoje traz, entre outras oportunidades, vagas para Farmacêutico, Serralheiro, Motorista de ônibus urbano, Trabalhador da cultura da uva, Vidraceiro de quadros e molduras e Auxiliar de linha de produção (vaga para pessoa com deficiência).

O atendimento ao público é feito das 7h às 13h. A Agência do Trabalho fica localizada no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, na área central da cidade. Vale lembrar que a lista está sujeita a alterações no decorrer do dia. Outras informações podem ser obtidas através do número (87) 3866-6540. A lista completa pode ser conferida acessando aqui.

Depois da renegociação de dívidas dos produtores, Guilherme Coelho encampa luta por Novo Refis

Depois de se articular para garantir as renegociações das dívidas dos produtores rurais do Nordeste, agora o deputado federal Guilherme Coelho (PSDB-PE) está na discussão por outra pauta: o Novo Refis. Este foi o tema principal de uma reunião do parlamentar, esta semana, com o representante da Confederação Nacional dos Dirigente Lojistas, Éverton Correia.

O Novo Refis é um programa que permite o parcelamento de dívidas tributárias de pessoas físicas e jurídicas com a União, e está em tramitação no Congresso Nacional. Pela proposta, em troca do recebimento em espécie de 20% do montante devido, os 80% restantes poderão ser pagos em até 240 parcelas. Sobre as prestações incidirá um “bônus de adimplência”. Também poderão ser parcelados os valores de juros, multas e encargos que estejam pendentes.

Empresas que estejam com dívidas poderão repactuá-las, fazendo com que retomem o crédito, o crescimento, e assim gerar mais oportunidades de trabalho e renda. Essa é a grande conquista almejada com o Refis”, destaca o deputado. Para Correia, no momento econômico do país é preciso elaborar medidas eficazes. “Não adianta propor algo que não possa ser cumprido”, defende.

MP

O texto da MP 766/2017, que cria o programa, ainda está em discussão no Congresso. Depois de aprovado por deputados e senadores, o texto será remetido ao Presidente Temer para sanção ou veto e, por fim, vai à promulgação. As informações são da assessoria do deputado. (Foto/divulgação)

River Shopping inaugura estação para tratar esgoto do empreendimento

O River Shopping inaugura nesta quinta-feira, 18, sua Estação de Tratamento de Esgotos (ETE). O projeto é pioneiro em toda a região do Vale do São Francisco. A estação vai absorver, para tratamento, 100% do esgoto lançado pelo shopping (lojas, banheiros, praça de alimentação e outras localidades do mall), eliminando o impacto da emissão de dejetos no meio ambiente.

Toda água utilizada no shopping passa pelo sistema, onde são tratados quase 133,44 metros cúbicos (m³) de esgoto por dia. O volume total desse processo é reutilizado no próprio empreendimento nas descargas sanitárias e irrigação dos jardins, gerando uma redução de custos e significativa economia de água. O excedente, após o tratamento, retorna às águas do Rio São Francisco.

“O tratamento de esgoto é uma medida urgente e necessária, visto a preocupação ambiental, o Rio São Francisco está com o nível muito baixo, cerca de 16% da sua capacidade”, ressalta o Superintendente do River Shopping, Welton Carvalho.

O superintendente do centro de compras já adianta novas ações que estão previstas, como a reutilização dos resíduos produzidos no processo de tratamento da água, rico em nutrientes, os quais serão aproveitados na manutenção de hortas com produtos orgânicos. E para projetos futuros, o River Shopping pretende buscar o Selo Verde – Certificado para as empresas comprometidas com a questão ambiental.

Sustentabilidade

Com esse foco, o River Shopping, desde 2012, realiza o ‘Colaborando’ – Programa de Sustentabilidade – que implantou uma série de ações socioambientais envolvendo clientes, lojistas e prestadores de serviço do shopping. E assim criou novos hábitos e despertou a conscientização para a preservação do meio ambiente.  O Colaborando vem sempre estimulando atitudes sustentáveis através de práticas simples. Foram instalados coletores específicos para o descarte de pilhas, baterias e celulares e outro para jornais e revistas; a Praça de Alimentação, por exemplo, possui amassadores de latinhas, onde o próprio cliente pode fazer a separação, o que facilita a coleta e reciclagem. O material é destinado a instituições parceiras que fazem a reciclagem, reaproveitamento ou reprocessamento do material. (Foto: Reprodução internet)

Apicultores do Roçado apresentam a secretário proposta para construção de Casa do Mel

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Agrário, José Batista da Gama, esteve reunido com representantes da Associação dos Apicultores do Roçado, comunidade da área ribeirinha de Petrolina. Ele foi convidado pela entidade para discutir uma pauta com as necessidades mais urgentes dos criadores do povoado – entre elas a aquisição de colmeias e a construção da Casa do Mel para viabilizar e baratear as despesas na produção.

O mel produzido no Roçado faz parte da merenda escolar de escolas da rede municipal. “Quero dizer que vou levar às demandas que aqui foram apresentadas no intuito de solucionar as questões“, informou. Zé Batista ainda convidou todos os participantes da reunião a conhecer o trabalho da Agência do Empreendedor (AGE), que estimula os micros empresários da cidade e proporciona o desenvolvimento dos seus empreendimentos.

Atualmente a AGE oferece três linhas de crédito com juros de 1% ao mês, e com até 10 meses para quitar o financiamento – de acordo com a linha de crédito escolhida: Popular, Plus e Megaplus. Cada uma tem suas características e exigências específicas. (Fonte/foto: Ascom divulgação)

Sindicato dos Radialistas de Pernambuco debate reformas de Temer em Ouricuri

Segue até as 22h desta quarta, 17, em Ouricuri (PE), no sertão do Araripe, um seminário promovido pelo Sindicato dos Radialistas de Pernambuco sobre as reformas trabalhista e previdenciária, que tramitam no Congresso Nacional e foram propostas pelo presidente da República Michel Temer (PMDB). Como são mudanças que atingem diretamente os trabalhadores assalariados, a entidade resolveu viajar pelo Estado para esclarecer como ficará a situação dos profissionais da área, caso as reformas sejam aprovadas.

Temas como a conjuntura política atual também integram a discussão. Advogados especialistas nas duas áreas principais em debate estarão tirando dúvidas dos profissionais. O evento acontece na sede do Sindserp de Ouricuri. Radialistas de toda a região estão presentes, conforme os organizadores do evento. (Foto: Divulgação)

Bandeira vermelha continua nas contas de luz até novembro

A bandeira tarifária vermelha de patamar 1 deve continuar a elevar o preço das contas de luz até o fim do período seco, em novembro, quando o volume de chuvas deve aumentar e elevar o nível dos reservatórios de hidrelétricas brasileiras. A previsão é do diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Barata.

As nossas avaliações são de que, ao longo do período seco, o preço vai subir, porque cada vez mais vamos precisar das usinas térmicas. Se o lado benéfico delas é o fato de serem presumíveis e gerenciáveis e termos o controle dos combustíveis, o outro lado é serem mais caras”, disse Barata.

Segundo o diretor do ONS, em novembro, os reservatórios do Sudeste estarão com 20% da capacidade, e os do Nordeste, possivelmente abaixo dos 10%. Quando a bandeira vermelha patamar 1 está em vigor, os consumidores pagam R$ 3 a mais para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Em 2017, a bandeira patamar 1 está em vigor desde abril.

Campanha 

Barata informou que o governo pretende fazer uma campanha para estimular o uso de energia elétrica sem desperdícios. No entanto, segundo ele, não há previsão de racionamento.

“Não há risco de desabastecimento, mas existe quase uma certeza de encarecimento de energia, que às vezes só aparece no ano que vem, quando houver o reajuste tarifário.

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, disse que a proposta da campanha já foi discutida em reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico e que a medida deve ser lançada no segundo semestre. (Com informações da Agência Brasil)

Abertas inscrições para cursos gratuitos na área de alimentos em Petrolina

Estão abertas em Petrolina as inscrições para 100 vagas em cursos gratuitos de panificação e naked cake, ou ‘bolo pelado’, que virou tendência nas mais variadas celebrações. Os cursos fazem parte do Programa ‘Qualifica Petrolina’ e serão oferecidos através de uma parceria entre a Secretaria Executiva de Direitos Humanos e o Senai. As aulas acontecerão no turno vespertino e noturno.

Podem participar destes cursos pessoas a partir de 15 anos que sejam beneficiários de programas sociais. As inscrições seguem abertas e podem ser feitas até esta próxima sexta-feira (19), das 8h às 13h, na Secretaria Executiva de Direitos Humanos localizada no Parque Municipal Josepha Coelho, área central da cidade.

Para realizar a matrícula é preciso apresentar RG (documento de identidade), CPF e Número de Inscrição Social (NIS). As aulas acontecerão na Escola de Alimentos, localizada na Avenida Ulisses Guimarães, bairro Cohab Massangano.

Confiram as vagas disponíveis nesta quarta-feira na Agência do Trabalho

A Agência do Trabalho divulgou sua lista com as vagas de empregos disponíveis para esta quarta-feira(17) em Petrolina. A lista de hoje traz, entre outras oportunidades, Instrutor de cursos livres, Padeiro, Vendedor pracista e Trabalhador da cultura da uva.

O atendimento ao público é feito das 7h às 13h. A Agência do Trabalho fica localizada no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, na área central da cidade. Vale lembrar que a lista está sujeita a alterações no decorrer do dia. Outras informações podem ser obtidas através do número (87) 3866-6540. A lista completa pode ser conferida acessando aqui.

Durante evento no RJ, Fernando Filho mostra-se otimista com futuro do país

“Acima de tudo vejo um país melhor, com um presente e uma expectativa otimista. Vejo avanços e muito trabalho”. A frase é do ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, o sexto convidado do encontro “E agora, Brasil?”, promovido pelo Jornal o Globo, na manhã de ontem (16), ocorrido na Maison de France, consulado francês no Rio de Janeiro. O encontro contou com a participação das maiores autoridades do setor energético do país, editores e colunistas do Jornal o Globo, demais setores da imprensa entre outros convidados.

O ministro tratou das pautas do Ministério de Minas e Energia, o diagnóstico encontrado e dos progressos durante o primeiro ano do seu trabalho à frente de um dos mais importantes e mais bem avaliados ministérios do governo.

Este projeto se propõe a reunir sempre um convidado para conversar sobre o cenário atual do país junto com 10 colunistas do Jornal o Globo (Ancelmo Góis, Miriam Leitão, Merval Pereira, Lauro Jardim, Jorge Moreno, Ricardo Noblat, entre outros).

Antes de Fernando Filho já tinham sido convidados o ex-ministro Pedro Malan, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o juiz Sergio Moro e na última edição, em março, a Presidente do STF Carmem Lucia.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br