Obras do Eixo Norte da transposição devem voltar na próxima semana

O Ministério da Integração Nacional assinou contrato esta semana com o Consórcio Emsa-Siton, para a retomada dos trabalhos nos trechos que antes eram de responsabilidade da empresa Mendes Junior. Com isso, as obras restantes da primeira etapa (1N) do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, transposição –  já podem retomar na próxima semana.

Segundo o Ministério da Integração, a previsão é que as águas do rio corram pela estrutura física de todo o Eixo Norte e cheguem ao Ceará até o fim deste ano. Esse trecho beneficiará mais de 7 milhões de pessoas no Ceará, em Pernambuco, no Rio Grande do Norte e na Paraíba.

O próximo passo será a publicação do Extrato de Contrato entre o ministério e o consórcio no Diário Oficial da União e, após essa formalização, assinatura da Ordem de Serviço para as obras voltarem já na próxima semana. O valor pactuado é de R$ 516,84 milhões. (De Agência/foto arquivo)

Mutirão no Juá Garden Shopping ajudará a esclarecer dúvidas sobre declaração do Imposto de Renda

Um mutirão no Juá Garden Shopping, em Juazeiro (BA), pretende esclarecer as principais dúvidas sobre como fazer a declaração de Imposto de Renda (IR). A ação acontece nesta quinta-feira (20), das 14h às 17h, por meio da parceria com a Faculdade Maurício de Nassau, e é totalmente gratuita.

Estudantes do curso de Ciências Contábeis, com a supervisão de docentes da área, estão à frente da atividade.  A equipe de atendimento vai contar com quase 13 pessoas. Uma das professoras que vai coordenar a ação, Juliana Reis, destaca que o projeto é uma boa oportunidade tanto para os contribuintes que vão fazer a declaração, quanto para os estudantes, que vão poder colocar em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula.

Os alunos vão tirar as dúvidas das pessoas. Eles vão dar esclarecimentos sobre quem precisa declarar, a faixa etária de filhos, a partir de quantos anos precisa apresentar  o Cadastro da Pessoa Física (CPF) e outras dúvidas. Nós realizamos treinamento sobre o Imposto de Renda com os alunos e eles estão aptos para participarem deste mutirão que é tão importante para o futuro deles e também presta um serviço social muito relevante”, afirma Juliana.

De acordo com a Receita Federal, a declaração do IR  deve ser realizada até o dia 28 de abril. Precisam realizar o procedimento pessoas físicas que tiveram rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70, em 2016; cidadãos que possuem propriedades com valor acima de R$ 300 mil e, ainda, aqueles que tiveram receita maior que R$ 142.798,50 em atividade rural.

 

Confiram as vagas disponíveis nesta quinta-feira na Agência do Trabalho

A Agência do Trabalho em Petrolina já divulgou sua lista com as vagas de empregos disponíveis nesta quinta-feira (20). As vagas são, entre outras, para Farmacêutico em análises clínicas, Secretária(o) executiva(o) e Técnico de laboratório/exclusivo de análises clínicas.

O atendimento ao público é feito das 7h às 13h. A Agência do Trabalho fica localizada no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, na área central da cidade. Vale lembrar que a lista está sujeita a alterações no decorrer do dia. Outras informações podem ser obtidas através do número (87) 3866-6540. A lista completa pode ser conferida no seguinte link: vagas 20042017.

Sebrae Bahia ultrapassa os 47 mil atendimentos nos primeiros três meses do ano

O Sebrae Bahia realizou um total de 47,5 mil atendimentos nos primeiros três meses de 2017. O dado revela um número crescente de pessoas que estão empreendendo ou que pretendem abrir um negócio. Paralelo aos atendimentos, nesse mesmo período, foram realizadas 423 capacitações, entre cursos, palestras e oficinas, levando conteúdos ligados a gestão e empreendedorismo.

Para o superintendente do Sebrae Bahia, Adhvan Furtado, esses números evidenciam que o empreendedorismo está em alta no estado, seja como uma alternativa para superar momentos de adversidade, seja pela concretização de planos e sonhos. “Sendo por necessidade ou por oportunidade, o fato é que o baiano vem se mostrando cada vez mais empreendedor, e o Sebrae procura acompanhar as tendências e as demandas desse público, atualizando soluções e oferecendo novas ferramentas”, afirma.

Além de sua agenda de cursos e atendimentos presenciais e a distância, o Sebrae acompanha as necessidades dos empreendedores baianos. Exemplo disso foi a grande novidade da instituição para esses primeiros meses do ano: o Radar Sebrae. Lançado em março, o Radar Sebrae é uma ferramenta gratuita inovadora que oferece, em uma busca simples, diversas informações para auxiliar o empreendedor a decidir pelo melhor local para abrir um negócio. A solução foi desenvolvida a partir de uma pesquisa do Sebrae, que revelou que 46% dos empresários não sabiam o número de clientes e o hábito de consumo de seu público ao empreender. Além disso, 38% não sabiam o número de concorrentes que teriam, 37% não tinham conhecimento da melhor localização e 61% não procuraram ajuda de pessoas ou instituições para dar início a essa jornada.

O Radar tem uma base de dados de 14 cidades da Bahia: Barreiras, Camaçari, Feira de Santana, Ilhéus, Irecê, Itabuna, Jacobina, Juazeiro, Lauro de Freitas, Porto Seguro, Salvador, Santo Antônio de Jesus, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista. De acordo com o interesse do empreendedor e o perfil do negócio que está pensando em iniciar, a solução ajuda com informações sobre locais com maiores potenciais para implantação do negócio, considerando perfil de clientes, concorrência, entre outras. Disponível no site www.radarsebrae.com.br ou em aplicativo para Android e IOS (adquirido via Google Play ou Apple Store), desde o lançamento, em 9 de março, 15.905 pessoas já acessaram a ferramenta – sendo que 71% desses acessos foram feitos via celular.

 

Aeroporto de Petrolina registra recorde nas exportações no primeiro trimestre

O Terminal de Logística de Carga (Teca) do Aeroporto de Petrolina/Senador Nilo Coelho registrou, no primeiro trimestre de 2017, 555,4 toneladas de mercadorias exportadas – um crescimento de 215% em relação ao mesmo período de 2016, quando foram contabilizadas 176,2 toneladas. A informação é da assessoria da Empresa Brasileira de Infraestrutura Portuária (Infraero).

Atualmente, o aeroporto conta com uma frequência semanal da empresa Cargolux, que opera com um Boeing 747-400 e, diferentemente de anos anteriores, não teve interrupção do cargueiro, que normalmente ocorre no início do ano. Em 2016, para se ter uma ideia, a temporada da empresa foi iniciada em 2 de março.

Para Moyses Barbosa, superintendente do aeroporto, o expressivo crescimento na movimentação de cargas se deve não somente à regularidade do cargueiro desde o início do ano, mas também ao esforço de fidelização de clientes estratégicos para o setor de carga aérea.

O terminal petrolinense tem 3 mil metros quadrados (m²) de área e conta com seis câmaras de armazenamento, três antecâmaras de resfriamento e dois túneis de resfriamento – toda uma infraestrutura para atender os clientes do setor de Exportação do Vale do Rio São Francisco. Os principais itens exportados a partir do Teca são frutas, como manga, mamão, uva e limão, sendo as duas últimas com menor representatividade.

Passageiros

Além disso, o aeroporto também registrou aumento na movimentação de passageiros. Na comparação com o primeiro trimestre de 2016, o crescimento foi de 14,7%. Entre janeiro e março de 2017, foram 127.877 embarques e desembarques, ante 111.467 contabilizados no mesmo período do ano passado em Petrolina.

As salas de embarque e desembarque do terminal de passageiros passaram por modernização em 2013. No caso do embarque, o espaço mais do que dobrou de tamanho, passando de 307 m² para 788 m². Já o desembarque, mais do que triplicou, saindo de 235 m² para 777 m², ampliando assim a capacidade de atendimento, que passou para 1, 5 milhão de passageiros por ano. A movimentação média diária é de seis pousos e decolagens comerciais regulares, de três companhias aéreas (Avianca, Azul e GOL). Os destinos dos voos que partem de Petrolina são: São Paulo – Campinas e Guarulhos, Recife (PE) e Salvador (BA). (foto/divulgação)

Em carta aberta, Câmara de Petrolina afirma que reforma da Previdência baseia-se “em premissas equivocadas”

Numa carta aberta à população petrolinense, a Câmara Municipal de Vereadores manifestou-se contrária à reforma da Previdência proposta (PEC 287/16) pelo Governo Temer. O projeto havia sido tema de um debate em audiência pública do último dia 10 de março, solicitada pelo vereador Osinaldo Souza.

Entre outras justificativas, a Casa Plínio Amorim considera que a PEC “está fundamentada em premissas equivocadas” e contém inúmeros abusos contra os direitos sociais.

Uma moção de protesto e repúdio contra o projeto foi assinada por todos os 23 atuais representantes do Legislativo de Petrolina. A carta e a moção podem ser conferidas nos links a seguir: Carta Aberta e 0146 Todos os Vereadores 19.04.17.

Confiram as vagas disponíveis na Agência do Trabalho nesta quarta-feira

A Agência do Trabalho em Petrolina divulgou sua lista com as vagas de empregos disponíveis nesta quarta-feira (19). Há vagas, entre outras, para Farmacêutico em análises clínicas, Recepcionista de consultório médico, Secretária(o) executiva(o), Técnico de laboratório/exclusivo de análises clínicas e Trabalhador da cultura da manga (este exclusivo para pessoas com deficiência).

O atendimento ao público é feito das 7h às 13h. A Agência do Trabalho fica localizada no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, na área central da cidade. Vale lembrar que a lista está sujeita a alterações no decorrer do dia. Outras informações podem ser obtidas através do número (87) 3866-6540. A lista completa pode ser conferida no seguinte link: vagas 19042017.

Salgueiro: Governo deve apresentar percentual de reajuste dos servidores nesta quarta

Os servidores de Salgueiro (PE), no Sertão Central, se reuniram em assembleia nesta tarde de terça-feira (18) para discutir o andamento das negociações da pauta salarial junto ao governo municipal. Mais cedo a comissão, formada por servidores de diversas áreas, reuniu-se com representantes das Secretarias de Finanças, Educação e Previdência – além do setor jurídico.

Segundo a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sisemsal),  Edvani Alves, a entidade busca o reajuste concedido em janeiro deste ano para os servidores que recebem o salário diferente do mínimo nacional. “Professor, pessoal de nível superior, agentes comunitários de saúde, todo servidor que recebe diferente do seu vencimento básico, diferente do mínimo. Buscamos um reajuste de 7,64% para professor e de 7,63% para as demais categorias”, antecipou a dirigente sindical.

O diálogo com o governo municipal foi produtivo, avaliou Edvani. Segundo ela, o Executivo deve apresentar nesta quarta (19) a proposta discutida na reunião de hoje, incluindo como se dará também os parcelamentos dos retroativos não pagos, referentes aos primeiros meses deste ano.

Edvani lembra que no dia 28 deste mês haverá uma paralisação nacional e que, tanto os servidores municipais quanto as demais categorias de trabalhadores, irão às ruas de Salgueiro contra a reforma da Previdência, o projeto de terceirização aprovado na Câmara dos Deputados e as mudanças propostas para a legislação trabalhista. (Foto: Ascom)

Prefeitura de Petrolina convoca servidores faltosos para recadastramento

Os servidores ativos da Prefeitura de Petrolina que não compareceram no prazo regulamentar do recadastramento obrigatório têm até esta quarta-feira (19) para realizar o procedimento, a fim de assegurar o pagamento dos salários até o quinto dia útil do mês de maio.

De um total de 3.758 servidores efetivos esperados nos postos, 3.477 compareceram até o prazo final encerrado na última quarta-feira (12) – cerca de 93% dos servidores. Como último recurso para chamar os 281 que não compareceram, a prefeitura convoca os ausentes para atualização do cadastro.

Quem não responder à convocação terá os vencimentos suspensos até que a situação seja regularizada. Caso chegue a esse ponto, o servidor deverá comparecer ao seu local de lotação.

Codevasf cria comissão para acelerar atendimento a irrigantes do norte baiano

 

Com a meta de atender mensalmente pelo menos 100 irrigantes familiares que desejam liquidar suas dívidas com tarifa de água (K1) e titulação de lotes agrícolas, a 6ª Superintendência Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Paranaíba (Codevasf), sediada em Juazeiro (BA), criou uma comissão específica que vai acelerar o ritmo dos trabalhos. O objetivo é atingir um universo de 700 produtores do Norte baiano até novembro podendo beneficiar mais de 10 mil produtores de projetos públicos de irrigação da Codevasf situados em todo o Vale do São Francisco, região afetada pela estiagem prolongada.

De acordo com o setor de cobrança da Superintendência, mais de 65 liquidações de débitos foram registradas até agora, e a média de desconto para pagamento integral das dívidas é de 80%. Na região de Juazeiro, a medida está beneficiando agricultores dos projetos irrigados Maniçoba, Curaçá I e II, Mandacaru, Tourão e Salitre.

“Este é o momento que o produtor sempre esperou para liquidar suas dívidas junto ao governo federal. Os descontos concedidos são muito expressivos. Fechamos parceria com todos os distritos para facilitar o acesso à informação àqueles que possuem débitos em aberto. O irrigante não pode desperdiçar essa oportunidade”, afirma o superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, Misael Neto.

Manoel Mercês dos Santos, produtor em um lote de sete hectares no projeto Curaçá I, procurou a Codevasf para regularizar sua situação financeira e ficou satisfeito com o valor do desconto. “Paguei as dívidas todas com mais de 70% de desconto à vista. Se nós perdermos esta oportunidade, vai ficar muito difícil quitar tudo, porque as dívidas estão muito altas”, aponta.

Já o irrigante Severino Joaquim da Silva, que possui um lote no projeto Maniçoba, procurou a Codevasf para regularizar sua situação e ratificou que “quem perder essa oportunidade vai ter dificuldade para pagar depois”.

Pagamento total

A medida do governo federal beneficia irrigantes pessoa física que optarem pela liquidação dos débitos ainda neste ano. Sem os descontos, o valor atualizado das dívidas acumuladas por produtores irrigantes de todo o Vale do São Francisco, até dezembro de 2016, na abrangência dos sete estados onde a Codevasf atua, era de R$ 172 milhões. As variáveis que determinam o percentual de desconto aplicável à dívida de cada agricultor são: valores originais das dívidas, datas de contratação dos débitos e localização dos empreendimentos de irrigação (dentro ou fora da região semiárida). Os descontos são válidos apenas para pagamento total do saldo atualizado das dívidas de titulação e de tarifa d’água. Mesmo os agricultores que participaram de processos de renegociação de suas dívidas no passado poderão obter o desconto para liquidação dos débitos.

O agricultor interessado deve solicitar formalmente à Codevasf extrato demonstrativo de débitos e informações sobre o percentual de desconto a que tem direito. De posse desses dados e da documentação necessária, o agricultor deve assinar o termo de acordo e pagar em até 30 dias a guia de recolhimento da dívida.

A data de vencimento da guia não poderá ser alterada, nem poderão ser emitidos boletos atualizados, e os pagamentos devem ocorrer exclusivamente no Banco do Brasil. Caso o pagamento não seja realizado até a data de vencimento da guia, o desconto é cancelado e a dívida retorna à situação anterior.

A Codevasf deve receber os pedidos de liquidação de dívidas com desconto até 29 de novembro, para que haja tempo hábil para análise e resposta das demandas e posterior pagamento dos débitos pelo agricultor em até 29 de dezembro – data em que todo o processo de concessão de descontos será encerrado. A área técnica da Codevasf recomenda que os irrigantes se antecipem aos prazos e procurem a Companhia no máximo até outubro. O agricultor que não quitar suas dívidas perderá a oportunidade de obter o desconto de até 95% e ainda poderá ser alvo de sanções previstas em lei: suspensão do fornecimento de água, retomada do lote, cobrança judicial e inscrição no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin). (Foto: Ascom)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br