Artigo do leitor: “Juazeiro tem o ‘útero’ generoso com nossos filhos”

Neste artigo, o ex-secretário do Governo Isaac Carvalho, Carlos Neiva, dedica um singelo espaço para se derramar em homenagens à sua querida cidade de Juazeiro (BA), que neste sábado (15) completou 139 anos de emancipação política.

Confiram:

Apropriadamente o hino de nossa Juazeiro começa com a frase: “Juazeiro terra Amada…”

Hoje, completando 139 anos da sua emancipação política, quero começar essa pequena homenagem dizendo: Juazeiro, terra amada, você merece o melhor de cada um de nós, dos aqui nascidos e adotados. Juazeiro tem o ‘útero’ generoso com seus filhos. Terra de um povo trabalhador, alegre e vibrante.

Juazeiro tem vocação para ser grande e, ao longo de sua história, muitos já contribuíram com esta aptidão. Sou feliz por ser juazeirense e dar diariamente minha modesta contribuição.

Juazeiro merece o melhor da cada um de nós. Temos que reforçar cotidianamente esse sentimento de amor e gratidão, fazendo sempre o melhor por ela. Outro trecho exemplar do hino diz que “nossa fé não deve se consumir”.

Viva juazeiro! Viva nós, juazeirenses, que amamos nossa terra e que a dispensamos o respeito e gratidão que ela merece!

Carlos Neiva/Cidadão juazeirense

(Foto: Harrisson Souza)

Lançamentos do cinema e pista de patinação no gelo fazem diversão da garotada neste fim de semana no River Shopping

Aproveitando a época das férias escolares, o River Shopping em Petrolina semana tem lançamentos no Orient Cinemas. Além de ‘Carros 3’, tem a pré-estreia de ‘Transformers: O Último Cavaleiro’ e ‘DPA: Detetives do Prédio Azul’. No site do Shopping estão disponíveis o trailer de cada filme e a programação semanal. (mais…)

Serra Talhada: Tributo a Lampião marcará os 120 anos do ‘Rei do Cangaço’

No dia 7 de julho de 1987, nascia no Sítio Passagem das Pedras, zona rural de Serra Talhada (PE), no Sertão do Pajeú, Virgolino Ferreira da Silva, que se tornou popularmente conhecido como Lampião. Para celebrar os 120 anos do ‘Rei do Cangaço’ (umas das figuras históricas mais importantes do Nordeste e do Brasil), a Fundação Cultural Cabras de Lampião não deixará a data passar batida.

Entre os dias 26 e 30 de julho a entidade realizará o ‘Tributo a Virgolino: A Celebração do Cangaço – 120 Anos de Lampião’. Com uma extensa programação gratuita (confiram aqui) – serão 47 atividades culturais, entre filmes, espetáculos teatrais, exposições fotográficas, shows, quadrilhas juninas, poetas, contadores de causos e capoeiristas, entre outras.

Segundo a presidente da Fundação Cultural Cabras de Lampião, Cleonice Maria dos Santos a ideia é ir além do aniversário do célebre cangaceiro. “Esse é o mote para celebrarmos nossa cultura, valorizando o potencial de Serra Talhada, unificando diferentes linguagens artísticas“, afirma.

A movimentação cultural acontecerá na Escola de Referência em Ensino Médio Professor Adauto Carvalho (EREMPAC), no Colégio Municipal Cônego Torres, na área de alimentação da Feira Livre, no Museu do Cangaço e na Estação do Forró (antiga Estação Ferroviária),

Na agenda estão os grupos Sertão Frevo, As Belas da Vila, Resistência das Ruas e Gilvan Santos, além de Zé de Oliveira e Francinaldo Oliveira, Adênio Mourato no Forró de Todo Mundo, Damião Enésio e Zé Carlos do Pajeú, Rinaldo Aleixo e Zé Bartolomeu, Banda de Pífanos Santo Antonio, Grupo de Xaxado Cabras de Lampião, Bacamarteiros do Pajeú e Marquinhos do Acordeom e o Forró Danado de Bom.

Expectativa

Será exibido também, durante todos os dias do evento, o espetáculo “O Massacre de Angico – A Morte de Lampião”, sempre às 20h, na Estação do Forró, sob o lema “O Maior Espetáculo ao Ar Livre do Sertão Nordestino”. A expectativa é reunir mais de 50 mil pessoas nos cinco dias da temporada. À frente da encenação, que conta com 50 atores e 70 figurantes, além de 40 profissionais na equipe técnica e administrativa, está o diretor, ator e dramaturgo José Pimentel, que também integra o elenco no papel do cangaceiro Corisco. Antes da peça, será exibido o curta-metragem “Lampião e o Fogo da Serra Grande”, produzido pela Fundação Cultural Cabras de Lampião, que assina o festejo. Haverá ainda a Exposição “Fotografias do Cangaço”, de Paulo Rodrigues, no Museu do Cangaço. (Foto/divulgação)

Movimento Armorial é a mais nova inspiração do artistas plástico e jornalista Rinaldo Lima

O artista plástico e jornalista pernambucano Rinaldo Lima está com um novo projeto. E não é qualquer projeto. Ele lançou nesta terça-feira (11) a exposição “Armorial em Movimento”, que traz nove telas, na sua maioria, inéditas, fazendo referência ao movimento Armorial liderado por Ariano Suassuna (1927-2014) na década de 70. Foi uma iniciativa artística com o objetivo de criar uma arte erudita a partir de elementos da cultura popular do nordeste brasileiro.

O movimento teve influência em várias expressões artísticas como música, dança, literatura, artes plásticas, teatro, cinema, arquitetura – entre outras expressões. O próprio Suassuna é retratado por Rinaldo bem ao seu estilo pop multicolorido. Mesmo com a temática, há um espaço reservado para Juazeiro, com obras sobre a ponte Presidente Dutra, e o pai da Bossa Nova, João Gilberto.

A exposição foi lançada durante a inauguração da expansão do Juá Garden Shopping, em Juazeiro (BA), quando 17 novos empreendimentos e serviços foram entregues aos frequentadores do centro de compras. Esta é a primeira vez que Rinaldo Lima expõe num espaço com tamanho fluxo de pessoas.

“Eu comecei a sentir a resposta do público já na montagem. Já fiz muitos contatos, recebi muitos elogios e isso é muito gratificante”, revelou. Algumas escolas já entraram em contato com o artista para agendar visitas guiadas com os alunos. “essa é uma parte, particularmente prazerosa das exposições para mim. Esse contato com crianças e jovens, conversando com eles, tirando suas dúvidas e às vezes inspirando-os, é inexplicável a sensação”, comemorou.

A exposição “Armorial em movimento” já foi realizada em 2015 em um festival Cultural de Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte em Minas Gerais. No Juá Garden Shopping o evento fica em cartaz durante um mês.

Sociedade 21 de Setembro é agraciada com Medalha Comemorativa do Bicentenário da Revolução Pernambucana

A Sociedade 21 de Setembro, em Petrolina, foi agraciada pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) com a Medalha Comemorativa do Bicentenário da Revolução Pernambucana de 1817. O Projeto de Resolução n°1.464/2017, de 27 de junho último, é de autoria do deputado estadual Lucas Ramos.

A honraria será entregue no próximo dia 11 de dezembro. Toda a diretoria da 21 de Setembro fez questão de enaltecer Lucas Ramos pela iniciativa, além de agradecer aos demais parlamentares pela aprovação do projeto.

Porque hoje é domingo…Red Hot Chili Peppers – “Californication”

Comunidade católica de Sobradinho já vivencia preparativos de Novenário em homenagem a seus padroeiros

A comunidade católica de Sobradinho, no norte da Bahia, já começa a contar os dias para as celebrações em homenagem aos padroeiros da cidade, São Joaquim e Sant’ana. A programação terá início a partir do próximo dia 17 de julho. (mais…)

Artesãos sertanejos mostram mais uma vez seu potencial durante Fenearte

O Sertão mais uma vez mostrou o potencial de seus artesões na 18ª Feira Nacional de Negócios do Artesanato, aberta na última sexta-feira (7) no Centro de Convenções de Pernambuco, localizado no Complexo de Salgadinho, em Olinda. Quem passou por lá no primeiro dia do evento foram o governador Paulo Câmara e o senador Fernando Bezerra Coelho, com suas respectivas esposas, Ana Luíza e Adriana Coelho. (mais…)

São João aqueceu a economia do interior de Pernambuco

Diante de um período difícil que soma crise econômica e seca, o São João teve uma importância ainda maior do que manda a tradição do Agreste e Sertão de Pernambuco. Na maioria dos polos de festejos, a programação foi desde o início de junho até o fim de semana passado. Referência nacional da festa, Caruaru, no Agreste, investiu em uma pesquisa de satisfação que revelou que 93% dos turistas pretendiam retornar à celebração. Já Petrolina, no Sertão, afirma ter gerado mais de oito mil empregos diretos e indiretos no período.

Sozinha, Petrolina movimentou R$ 200 milhões com a realização do evento, que este ano atraiu 820 mil pessoas ao Pátio de Eventos durante 40 dias de festa, sendo que 26% delas vieram de outras 70 cidades. Pernambuco foi o destino emissor principal. “Precisamos aumentar ainda mais os serviços e a estrutura para atender com qualidade nossos moradores e os turistas que virão conhecer não apenas a festa, mas todos os atrativos que Petrolina oferece” , afirmou o prefeito Miguel Coelho (PSB), destacando que pretende aumentar a visibilidade nacional do São João em 2018.

Nos três principais destinos juninos do Estado, Caruaru, Petrolina e Arcoverde, o período de festas rendeu uma ocupação hoteleira próxima aos 100%. “Recebemos muitas pessoas de cidades próximas, que vieram para passar o dia e aproveitar a festa, e outras famílias de lugares mais distantes. A cidade recebeu muita gente”, garante o secretário de Turismo de Arcoverde, Alberico Pacheco. O balanço realizado pela prefeitura municipal aponta um aumento de 20% no volume de público que compareceu aos shows em comparação ao ano passado e uma movimentação de R$ 30 milhões no período.

Já Caruaru, considerada a Capital do Forró e um dos festejos mais tradicionais do Brasil, divulgou os resultados de uma pesquisa qualitativa realizada na temporada. “Além da satisfação dos turistas, os dados mostram a aprovação da população da cidade (82%). Valorizamos os cachês, que aumentaram cerca de 25%, e cuidamos de melhorar o palco e som onde os artistas se apresentaram” , afirma a prefeita Raquel Lyra (PSDB).

A Prefeitura de Caruaru afirma que das 409 contratações artísticas realizadas para a festa deste ano, 73% foram profissionais de Caruaru e, ainda referente ao total, 68% dos contratos foram fechados através de editais. A Associação dos Forrozeiros e Trios Pé de Serra da cidade, que reúne dezenas de artistas locais, por exemplo, foi o principal contratado, pelo valor de R$ 180 milhões. (fonte: NE10)

Peculiaridades do povo ribeirinho serão tema de exposição fotográfica no Interior de São Paulo

A vida ribeirinha ganhou novos registros através das lentes fotográficas do publicitário Jonas Santos, que imortalizou por meio do Projeto ‘Memória Ribeirinha’, as comunidades quilombolas e ribeirinhas dos Estados da Paraíba, Pernambuco e Bahia. A exposição, que será aberta ao público na próxima terça-feira (11), acontecerá no período de julho a setembro, no Sesc Ribeirão Preto (SP), e contará com fotografias, culinária e músicas características dessas comunidades. A entrada é gratuita.

O projeto nasceu da vivência do fotógrafo enquanto educador ambiental, já que percebeu a real necessidade em manter registros dos costumes, cultura e do cotidiano desse povo, mantendo viva a sua história e a memória da construção social de diversas localidades. Os registros foram além de uma simples documentação histórica e irromperam também os panoramas da arte.

“Estar no meio dessa gente, desse povo batalhador, nos faz valorizar ainda mais a nossa história. Tenho muito orgulho em dizer que minhas raízes são ribeirinhas, são nordestinas, e mais orgulho ainda de poder, humildemente, contribuir para que mais pessoas conheçam a magia desses lugares. Vai muito além do olhar fotográfico, é principalmente a história do povo em si“, afirma, com emoção, o fotógrafo, que hoje reside em Petrolina.

O projeto

Memória Ribeirinha conta, além da exposição fotográfica aberta ao público nos meses de julho a setembro, com um bate-papo com Jonas Santos na noite de abertura do projeto – além de uma roda de conversas com o trio pé-de-serra Forró Chamego do Nordeste, na quarta (12), e um bate-papo com o pescador pernambucano Carlos Henrique (o Carlinhos), acompanhado da degustação de doces caseiros dos paraibanos Aline Muniz e Álbano Córlet, na noite da quinta (13). A programação completa pode ser conferida aqui. (Com informações da assessoria)

Banda formada por professores da Univasf promete muito rock n’roll no 18º Moto Chico

Um dos mais tradicionais encontros de motociclistas do país, o Moto Chico – que chega à sua 18ª edição este ano – deve ser “invadido” nesta sexta (7) por um Objeto Musical  Não  Identificado (O.M.N.I). Isso mesmo: a banda formada por cinco professores universitários que atuam na região promete “aterrissar” no palco principal do evento e levar o público participante a uma verdadeira viagem no cenário do pop rock nacional e internacional. A apresentação está marcada para às 21h e terá um repertório composto por sucessos de bandas como Legião Urbana, Barão Vermelho, Capital Inicial, Pink Floyd, Pearl Jam, Rolling Stones, Ramones, dentre outras.

Estamos felizes em participarmos do Moto Chico, que é um evento consolidado nacionalmente. Basta verificar a quantidade de participantes que vem das mais diversas regiões. O repertório está muito bacana, foi pensado especialmente para a ocasião e a gente convida as pessoas a visitarem o espaço e, de quebra, curtirem a apresentação”, destaca o vocalista da Banda O.M.N.I, Marcelo Faria.

Esta será a segunda vez que o grupo se apresenta no encontro dos motociclistas. “Nossa primeira experiência no Motochico foi no estande do Moto Clube Rastejantes, no ano passado. Desta vez, subiremos no palco principal e isso amplia o leque de pessoas que poderão contemplar a apresentação roteirizada em cima de grandes nomes do pop rock”, pontua Faria.

Vale salientar que o Moto Chico, que acontece na área de estacionamento do Parque Josepha Coelho, na área central de Petrolina. O evento acontece até o próximo domingo (09) e integra apresentações culturais e musicais; bem como exposição de produtos e acessórios. O Moto Chico tem ampliado o público participante e é um dos principais eventos de fomento ao turismo regional.

 A banda

Apaixonados pela docência e pela música, cinco professores lotados na Universidade Federal do Vale do São Francisco resolveram se unir pelo gosto musical e, entre um acorde e outro, montaram, há quatro anos, a Banda Objeto Musical Não Identificado (O.M.N.I). Com um repertório eclético, Marcelo Faria (vocal); Leonardo Sampaio (guitarra); Luiz Cesar Machado (guitarra); Marco Aurélio Franca (baixo) e Alan Christie Dantas (bateria) mandam ver no pop rock nacional e internacional.

A banda se apresenta em barzinhos da região, festivais de música, além de eventos privados. Os ensaios acontecem, no mínimo, uma vez por semana. “Somos criteriosos com a playlist que apresentamos ao público. Escolhemos músicas que marcaram toda uma geração e que são sucesso até hoje”, enfatiza Marcelo Faria. As informações são da assessoria. (Foto/divulgação)

 

Grupo juazeirense P1 Rappers comemorará cinco anos com muitas histórias e fusão de ritmos

O P1 Rappers vai comemorar, no mês de julho, cinco anos de história. O grupo, que leva no nome uma homenagem ao Bairro Piranga 1, um dos mais antigos da periferia de Juazeiro (BA), se tornou expoente do movimento hip hop no Vale do São Francisco, abrindo caminhos para a arte de rua na região.

A festa que marca os primeiros cinco anos do grupo será no Naend’a, Bairro Kidé, no próximo dia 29/07, a partir das 20h. Além do P1 Rappers, o evento contará com apresentações de atrações locais como DJ Werson, a banda Soda Solta e dos grupos Rua 16, Novo Ciclo Rap e 3 da Matina.

Vindos da capital baiana e do Ceará, Cintia Savoli e MC Rapadura Xique Chico também marcarão presença.

Os ingressos serão comercializados antecipadamente e podem ser adquiridos nos valores de R$ 20,00 (estudante com carteirinha), R$ 30,00 (inteira mais 1kg de alimento não perecível) e R$ 40,00 (inteira). Menores de 18 anos somente poderão entrar no evento com documento de autorização assinado pelos pais ou responsáveis.

A 4Ms Produções, produtora da festa doarão os alimentos arrecadados para uma instituição a ser definida ainda nesse mês. Os ingressos para o show do PI Rappers começaram a ser vendidos a partir dessa semana, nos seguintes pontos: Galeria 4Ms (Rua Lafaiete Coutinho, 628, Piranga, Juazeiro), na Loja da Arca Sport ou com os integrantes do P1 Rappers.

Serviço

Show: 5 Anos do P1 Rappers;

Local: Naend’a, Bairro Kidé – Juazeiro (BA);

Data: 29/07/2017;

Hora: 20h.

Miguel Coelho apresentará, em coletiva de imprensa, balanço completo do São João de Petrolina

O prefeito Miguel Coelho concederá nesta quinta-feira (6) uma coletiva de imprensa para avaliar os resultados do São João de Petrolina 2017. A coletiva está marcada para as 10h30, no auditório do Sebrae, Centro de Convenções Senador Nilo Coelho.

Na ocasião o gestor trará mais detalhes de uma pesquisa de satisfação, divulgada semana passada, pela qual apontou que 95% da população aprovaram os festejos, que começaram com o retorno do São João dos Bairros e tiveram seu ápice com os shows no Pátio Ana das Carrancas (de 16 a 24 de junho), encerrando-se no último final de semana, com a 46ª Jecana do Capim.

Miguel também apresentará dados referentes a itens como segurança, turismo e economia – entre outros.

Preparativos para 28ª Festa do Interior de Casa Nova estão em ritmo acelerado

Os preparativos para a 28ª edição da Festa do Interior da cidade de Casa Nova, no norte da Bahia, estão em ritmo acelerado. A festa acontecerá neste final de semana, entre os dias 7,8 e 9. O amplo espaço terá dois palcos, duas dezenas de toldos que abrigarão as localidades e distritos com barracas. Haverá estandes de diversos órgãos como Sebrae, Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Secretarias de Agricultura do Estado e Municipal. Segundo a assessoria da Prefeitura, a montagem da estrutura estará concluída na manhã desta sexta.

O prefeito Wilker Torres destaca um aspecto desta 28ª Festa do Interior: “Teremos representações das associações comunitárias das localidades e a presença do Banco do Nordeste e Banco do Brasil para incentivar negociações e créditos no período da festa. O principal é a festa, mas vamos aproveitar o tempo e aproximar nossas associações de pequenos produtores e os bancos que oferecem crédito rural”.

Município com mais de 9.500 quilômetros quadrados, com comunidades e distritos distantes 200 quilômetros da sede, a ideia de juntar em três dias de festa todas as localidades de Casa Nova para que apresentassem suas atividades econômicas, o folclore, tradições e, principalmente, a culinária, cresceu a ponto de a cada ano entre 30 mil e 40 mil pessoas passarem pelo espaço de eventos da cidade.

Programação

Na sexta-feira, às 14h, o governador da Bahia, Rui Costa, acompanhado dos prefeitos do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território do Sertão do São Francisco (Constesf) visitará o espaço da feira, barracas das comunidades e estandes. À noite, a abertura da festa terá os shows de Ana Costa, Ciel Rodrigues, Dorgival Dantas e  Flávio Leandro.

No sábado, haverá apresentações culturais, comidas típicas durante o dia nas barracas e à noite shows de Chicana, Zefa de Zeca, Solange Almeida e Targino Gondim. No domingo, o dia inteiro será de apresentações, mostra de produtos regionais, apresentações folclóricas. À noite, shows com a Banda Forrozão das Antigas, Léo Santana, Tayrone, Lenno e Ney Alves.

Espetáculo ‘Sobre a Pele’ será apresentado no Centro de Cultura João Gilberto neste final de semana

O Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro (BA), receberá, nesta sexta-feira (7) e sábado (8), o espetáculo teatral ‘Sobre a Pele’. O drama, protagonizado por quatro atrizes, traça a história das memórias de Sofia, mulher idosa que perdeu a visão após presenciar o afogamento da mãe. Presa em um manicômio, ela revive fragmentos de sua trajetória repleta de opressões psicológicas, perda de esperança e dos seus próprios sonhos. (mais…)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por agencialaguz.com.br