Trânsito em conhecida rua no Centro de Juazeiro passa a ter sentido único

A Rua Quinze de Novembro, uma das mais movimentadas no Centro de Juazeiro (BA), já foi completamente sinalizada e o trânsito já está funcionando em sentido único. A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) pede que os motoristas fiquem atentos às novas sinalizações, inclusive no que se refere a estacionamento.

Numa parte da via, o estacionamento está sinalizado em ângulo, portanto os condutores devem estacionar dessa forma. Onde não há sinalização, o estacionamento deve ser paralelo ao meio-fio.  Fiscais de trânsito estão orientando os condutores que trafegam pelo local. De acordo com a CSTT, após o período de adaptação, quem for flagrado infringindo a Lei será multado. (foto/divulgação)

Comércio de produtos tradicionais da culinária junina segue aquecido no Mercado do Produtor de Juazeiro

A um dia do São João, o comércio de produtos tradicionais da culinária junina segue aquecido no Mercado do Produtor de Juazeiro (BA). A saca com 100 espigas de milho pode ser encontrada entre R$ 30 e R$ 35. Outro destaque de vendas neste período é o coco seco e o amendoim, também usados nas receitas juninas. A expectativa dos permissionários é de que até o final do São João as vendas cresçam em relação ao ano passado, fechando o período com bom lucro.

Segundo dados do Setor de Estatísticas do Mercado do Produtor, em 2016 foram comercializados cerca de R$ 360 mil em milho; já o amendoim teve uma venda de R$ 732 mil ao ano. A previsão da Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA) é de que o entreposto venda nesse período mais de 70% desses produtos típicos. Os alimentos mais consumidos neste período do ano também são encontrados nos mercados centrais e feiras livres de Juazeiro. A direção da AMA destaca que os produtos podem ser encontrados com preço abaixo dos mercados tradicionais.

O Mercado do Produtor comercializa anualmente cerca de R$ 800 milhões e é considerado o primeiro entreposto da agricultura irrigada e familiar do Norte/Nordeste, e o quinto maior em volume de vendas do Brasil. (Foto/divulgação)

Candidatos podem apresentar recurso para gratuidade no Enem até domingo

Termina neste domingo (25) o prazo para que os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que tiveram a isenção do pagamento negada apresentem recurso. A documentação que comprova o atendimento dos critérios de gratuidade deve ser encaminhada até o meio-dia para o e-mail isencaoenem@inep.gov.br .

Pelas regras do exame, podem solicitar isenção do pagamento da taxa de R$ 82 os alunos que concluíram o ensino médio em escola pública ou em escola privada com bolsa de estudos integral e os que tenham renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio por integrante da família.

Segundo o Ministério da Educação, a possibilidade de recurso é exclusiva dos candidatos que se equivocaram na escolha do ato legal que embasa a sua situação socioeconômica e, consequentemente, tiveram a Guia de Recolhimento da União (GRU) gerada. O participante deve decidir entre a Lei 12.799/2013, que dispõe sobre a desobrigação das taxas em processos seletivos de ingresso nos cursos das instituições federais de educação superior, e o Decreto 6.135/2007, que trata do Cadastro Único para Programas Sociais.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que não foi registrado erro no sistema de inscrição do Enem em relação à concessão de isenções e que não houve alterações nas regras. Segundo o Inep, todos os participantes que se enquadram nos critérios de gratuidade das inscrições foram atendidos.

Pedidos negados

As isenções, segundo o Inep, foram concedidas ou negadas automaticamente pelo sistema de inscrição no Enem. Vários candidatos reclamaram nas redes sociais que preenchiam os requisitos, mas, mesmo assim, tiveram o pedido negado. Ao final, o sistema gerava a GRU para o pagamento da taxa de R$ 82 para fazer a prova. (fonte: Agência Brasil)

O que abre e fecha em Petrolina no Feriado de São João

O feriado de São João, neste sábado (24), mexerá apenas com o comércio de Petrolina, já que não é dia útil. No Centro da cidade, as lojas serão fechadas.

Já no River Shopping, as lojas funcionarão das 12h às 20h, enquanto a praça de alimentação e lazer, das 12h às 22h. O Hiper Bompreço ficará das 8h às 22h, e o Expresso Cidadão será fechado.

Vale frisar que o funcionamento será normal, no Centro e no shopping, nesta sexta (23). Em relação à administração pública, serviços essenciais como saúde e coleta de lixo também seguem a rotina diária.

 

Gestão Ambiental da BR-235/BA alerta sobre riscos de acidentes entre Juazeiro e o Estado de Sergipe

A Gestão Ambiental da BR-235/BA emitiu um alerta aos motoristas que forem trafegar entre Juazeiro e o estado de Sergipe durante o período junino. Os condutores devem ficar atentos às sinalizações, animais na pista e excesso de velocidade. Entre Carira, em Sergipe, e Juazeiro, no norte da Bahia, a estrada dá acesso às cidades baianas de Uauá, Canudos, Jeremoabo e Coronel João Sá, e totaliza quase 360 quilômetros (km), dos quais, aproximadamente 310 encontram-se asfaltados. (mais…)

Secretário José Batista e representante da Valexport discutem parcerias para agricultura irrigada

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Agrário, José Batista da Gama, reuniu-se em seu gabinete, no dia de ontem (21), com o gerente executivo da Associação dos Produtores e Exportadores de Hortigranjeiros e Derivados do Vale do São Francisco (Valexport), Tássio Lustosa Silva Gomes. Na pauta, a atualização de dados sobre a fruticultura irrigada e questões referentes ao agronegócio da região.

O encontro também teve o objetivo de trocar experiências e firmar parcerias em projetos, a exemplo da ativação de leilões eletrônicos de frutas para permitir o escoamento e a comercialização da produção interna dos agricultores, como também a realização da Fenagri em Petrolina. “Primeiramente agradeço o convite do secretário José Batista e quero dizer que a Valexport está à disposição para contribuir no que for preciso”, adiantou Tássio.

Vamos começar a nos articular junto aos produtores e atacadistas para que tudo se torne realidade, pois essa é uma forma de aquecer o mercado interno dando oportunidade principalmente, ao pequeno produtor“, comentou José Batista. Na ocasião, também estiveram presentes o diretor-presidente da Agência do Empreendedor (AGE), Sebastião Amorim, e o secretário executivo de Indústria e Comércio de Petrolina, Luca Ballalai. (Fonte/foto: Ascom PMP)

Polícia Civil investiga caso de feto encontrado em banheiro químico no Pátio de Eventos do São João de Petrolina

Um feto foi encontrado na manhã de hoje (23) num banheiro químico do Pátio de Eventos Ana das Carrancas, onde é realizado o São João de Petrolina, na zona oeste da cidade. O feto foi achado por funcionários que realizavam a limpeza dos banheiros.

De acordo com informações da Polícia Civil (PC), as providências iniciais já foram tomadas. O feto foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), para exames periciais. O Blog entrou em contato com o IML e foi informado que ainda não se sabe o sexo, nem de quantos meses é o feto. Exames de necrópsia devem ser realizados ainda hoje.

Já a PC informou que vai ser instaurado um inquérito para apurar o fato e descobrir quem é a mãe. Depois, vai saber se configura ou não crime de aborto. A PC disse que câmeras de segurança instaladas no Pátio de Eventos podem ajudar nas investigações.

Tuparetama: Acidente deixa quatro mortos e dois feridos

Um grave acidente automobilístico deixou quatro jovens mortos e dois feridos no município de Tuparetama (PE), Sertão do Pajeú, na madrugada desta sexta-feira (23). Segundo informações, a tragédia aconteceu na Vila Bom Jesus, área central da cidade. Um veículo Fiat Uno colidiu contra um ônibus que estava parado no acostamento da Avenida Carlos Caribé.

O carro transportava seis ocupantes. Quatro delas morreram e os outros dois foram socorridos para o hospital local.

Os bombeiros fizeram a retirada dos corpos das ferragens. Dos quatro jovens mortos, três eram de Tuparetama e uma de São José do Egito, também Pajeú. Não há informações sobre o estado de saúde dos passageiros feridos. As vítimas têm entre 16 e 23 anos. (foto: Rádio Pajeú/reprodução)

Ronaldo Cancão rebate críticas sobre São João de Petrolina e garante: “Prefeito zelou pelo dinheiro público”

O vereador Ronaldo Cancão (PTB) viu com naturalidade algumas críticas apontadas ontem (22) pelo integrante da bancada de oposição, Gabriel Menezes (PSL), ao São João de Petrolina, durante sessão da Casa Plínio Amorim. O governista justificou que Gabriel está executando o mesmo papel que ele cumpriu na gestão municipal passada, quando também foi líder de oposição ao então prefeito Julio Lossio (PMDB).

Mas Cancão não deixou barato as declarações de Gabriel. Ele inclusive chegou a se utilizar de uma expressão dura para rebater o colega, ao afirmar que o governo anterior “não teria moral” para criticar o São João realizado pelo atual administração.

Deixando claro que, pelo fato de atualmente ser situação não quer dizer que vá ser conivente com coisas erradas, Cancão defendeu a lisura  e transparência como ocorreu toda a organização dos festejos juninos deste ano. “O que eu quero afirmar é que o prefeito teve todos os cuidados jurídicos, o zelo pelo dinheiro público, para realizar o São João”, assegurou.

Por outro lado, o governista fez questão de ressaltar que a economia anunciada por Miguel Coelho, em mais de R$ 1 milhão dos cofres públicos, para realizar os festejos este, deve-se também porque o prefeito contou com o apoio da Caixa Econômica, a qual destinou R$ 200 mil, mais R$ 420 mil do Ministério do Turismo. Além disso, a distribuidora de bebidas que abastece o evento (Itaipava) participou e ganhou a licitação, injetando mais recursos para os festejos – sem contar o aporte financeiro do Governo de Pernambuco. “No ano passado, a prefeitura gastou pouco mais de R$ 5,7 milhões utilizando a Fonte 1 (recursos próprios)”, analisou.

O vereador destacou ainda que a empresa Abdon, a qual atua no ramo há 30 anos, também ganhou o processo licitatório para cuidar da estrutura da festa – envolvendo palco, camarote, estacionamento, barracas e banheiros químicos, entre outros itens. “O custo da festa é R$ 1 milhão. A Lei 8.666 (licitações) permite à empresa para pagar a estrutura que o município não pagou. Além disso a empresa tem a obrigação de fazer uma custódia no valor de R$ 180 mil para garantir que vai assegurar o serviço, fora os R$ 40 mil pagos pela licitação”, explicou.

Polícia Federal

Sobre os artistas contratados este ano, Cancão primeiro evitou polêmicas ao argumentar que não votou no projeto de lei da vereadora licenciada e atual secretária de Cultura, propondo que 50% da programação do São João deveriam ser formados por artistas locais. Para Cancão, essa “é prerrogativa” da administração. Depois, o governista saiu em defesa do atual prefeito quanto ao valor pago às atrações nacionais, justificando que os cachês foram compatíveis ao atual momento que cada um deles vive em suas carreiras artísticas. Perguntado sobre a presença de artistas que não se encaixam no estilo junino, o vereador rebateu argumentando que Miguel trouxe para Petrolina as atrações “que a maioria da população gostaria de ver”.

Cancão aproveitou para lembrar que os festejos da gestão passada não tiveram a mesma transparência (em especial os de 2012 e 2013), tanto é que foram alvo de uma investigação realizada pela Polícia Federal (PF). “Como ainda é segredo de justiça, em breve a população de Petrolina vai saber o que ocorreu no São João de 2012 e 2013”, finalizou.

Em plena luz do dia, menor é visto consumindo crack no Centro de Petrolina

O consumo de crack salta aos olhos em Petrolina, e pior: começa a se tornar uma rotina tão comum que ninguém se choca mais. É o caso do flagrante acima, registrado por um leitor do Blog.

Na Avenida Souza Filho, ‘coração’ do Centro da cidade, um menor fuma a droga em plena luz do dia, sem a menor preocupação com quem passa por ele. Sobre o assunto, a reportagem entrou em contato com a secretária municipal Kátia Carvalho (Desenvolvimento Social e Direitos Humanos).

Ela informou ao Blog que irá se articular com o Conselho, mas pediu que qualquer situação semelhante pode ser denunciada pelos cidadãos para o número (87) 98861-0421.

Salgueiro: Após impasse, Prefeitura anuncia retomada das obras de residencial do ‘Minha Casa, Minha Vida’

Em Salgueiro (PE), no Sertão Central, as obras do Residencial Santo Antônio, do ‘Minha Casa, Minha Vida’, serão retomadas na próxima segunda-feira (26) após um impasse que travou o programa. O anúncio foi feito ontem (22) pelo prefeito Clebel Cordeiro, que esteve reunido com uma comissão formada, entre outras pessoas, por beneficiários do residencial e representantes da Caixa Econômica Federal. Clebel, inclusive, esteve recentemente em Petrolina pedido o apoio do senador Fernando Bezerra Coelho para tentar resolver o impasse.

O residencial, que deveria ter sido entregue em agosto de 2016, situa-se à margem esquerda da BR-116, sentido Ceará, nas imediações do Sítio Barriguda. O atraso na entrega já gerou protestos, a exemplo do fechamento da rodovia de acesso. Ao todo, 878 famílias são beneficiadas pelo empreendimento. (foto/divulgação)

Zona Azul de Juazeiro não funcionará neste sábado

O estacionamento rotativo conhecido como Zona Azul não estará em funcionamento neste sábado (24) em Juazeiro (BA). A informação é da Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT).

Dessa forma, os motoristas que buscarem estacionamento no Centro da cidade, onde o sistema opera, estão isentos de pagar a taxa amanhã.

Com ‘sofrência’ e Safadão, São João de Petrolina quebra novo recorde de público

O que já era esperado para a sétima noite do São João de Petrolina, aconteceu. Atração mais esperada de ontem (22) no Pátio Ana das Carrancas, o cantor Wesley Safadão arrastou mais de 100 mil pessoas, que também caíram na animação ao som de atrações como Mano Walter e Pablo. Do forró autêntico, passando pelo sertanejo e a sofrência, o evento junino registrou recorde de público, que até então estava com a cantora Marília Mendonça, na terça (20). (mais…)

Justiça determina fornecimento de remédio para presos com sarna em Paulo Afonso

A Justiça acolheu pedido formulado pelo Ministério Público estadual (MPBA) e determinou ao Estado da Bahia e ao Município de Paulo Afonso (norte baiano) que forneçam, no prazo de dez dias, o medicamento adequado ao tratamento de 15 presos acometidos por escabiose, doença popularmente conhecida como sarna, no Complexo Prisional de Paulo Afonso. A liminar, requerida em uma ação civil pública proposta pelo promotor de Justiça Marco Aurélio Amado, foi deferida na última terça-feira (20), pelo juiz da 1ª Vara Crime e de Execuções Penais da comarca, Euclides dos Santos Ribeiro Arruda.

Em sua decisão, o juiz informa ter detectado em visita à unidade prisional que pelo menos 15 internos encontravam-se com a doença, mas sem tratamento por falta de medicação adequada. “Apesar da infestação por sarna, o Município de Paulo Afonso ainda não tinha repassado os medicamentos ao presídio, sob o fundamento de que ainda estava em processo licitatório para a aquisição”, afirmou o magistrado na decisão. O MPBA ingressou, então, com a ação civil público de obrigação de fazer com pedido de liminar contra o Estado e o município para que forneçam o medicamento Benzoato de Benzila para os detentos que se encontrarem com a doença. A assistência à saúde dos presos está prevista na Lei de Execuções Penais. (fonte:MPBA)

Deputado sertanejo se levanta contra PPP para obras da transposição e pede debate na Alepe

O deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD) fez um apelo, nesta quinta-feira (22), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), contra a possibilidade do Governo Federal criar uma Parceria Público-Privada (PPP) nas obras da transposição do Rio São Francisco. Descontente, o parlamentar deseja a realização de um debate na Casa Joaquim Nabuco com todos os agentes envolvidos no assunto. Durante o pronunciamento, ele pediu o apoio de outros parlamentares, em especial, ao deputado Odacy Amorim (PT) que é coordenador da Frente Parlamentar em Defesa do Rio São Francisco e outros rios pernambucanos.

“Não é possível que uma decisão com um impacto social tão forte seja discutida nos gabinetes de Brasília com o executivo, o mercado financeiro, os empresários e o BNDES. Não aceitamos isso. É necessário ouvir os pequenos produtores rurais que passaram a vida toda sofrendo. Com a conclusão da obra, não podemos frustrar o sonho desse povo – de poder irrigar, plantar e dar sustento a criação – de viver com dignidade“, ressaltou.

“Se a PPP foi instalada, os grandes empresários vão comprar todas as terras, vão fazer grandes plantios e o povo da gente vai virar empregado. Se hoje existe pobreza, amanhã vai existir miséria. E vamos ter frustrada nossa expectativa de desenvolvimento social e econômico com equilíbrio”, destacou Novaes.

O deputado frisou ainda que o dinheiro das obras veio do dinheiro público, e não do BNDES. “Portanto é o povo que tem que ser beneficiado”, concluiu. (fonte: assessoria parlamentar/foto reprodução)

 

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br