Governo lança programa de recuperação de estradas rurais em municípios baianos

O Governo da Bahia lançou nesta segunda-feira, 22, o Projeto de Estradas Vicinais que vai atender inicialmente 62 municípios e melhorar a trafegabilidade nas áreas rurais do Estado. A iniciativa poderá chegar, ao todo, a 98 municípios e beneficiar mais de um milhão de habitantes. O programa será realizado pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) com o intuito de executar intervenções de melhorias em vias consideradas “intransitáveis“, complementando com obras como construção de pontes, bueiros e de passagens molhadas – que garantem o trânsito de pessoas e veículos sem interromper o escoamento do fluxo de água.

O projeto está promovendo consultas públicas com sete consórcios, associações de municípios definidos em lei, para escolher os trechos rurais prioritários de cada localidade que vão passar por intervenções. Até o momento, já foram definidos reparos em 11 cidades baianas: Lamarão, Biritinga, Tucano, Araci, Coração de Maria, Irará, Conceição de Feira, Conceição do Coité, Amélia Rodrigues, Conceição do Jacuípe e Capim Grosso, com a participação de mais de 750 moradores. A previsão é de que as melhorias sejam iniciadas no segundo semestre deste ano.

“Esse projeto tem um papel social importante, pois melhora as condições de tráfego nas estradas rurais não pavimentadas, viabilizando o acesso das comunidades à escola e serviços de saúde, além de ampliar o alcance dos produtores no escoamento para o mercado”, explica Creomar Baptista, coordenador de Estradas Vicinais da Seinfra. A previsão é de que as consultas sejam realizadas até 2018.

Entre os critérios adotados para seleção das vias que serão restauradas está a população estimada, os indicadores de área, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), e também a proximidade da estrada vicinal com as rodovias estaduais. Os consórcios baianos são: Portal do Sertão, Baixo Sul, Chapada Diamantina, Bacia do Paramirim, Bacia do Jacuípe, Sisal e Sertão do São Francisco. O Projeto de Estradas Vicinais da Seinfra tem investimento previsto de R$ 65 milhões do Banco Mundial, montante que poderá ser ampliado para R$ 90 milhões se concretizado um futuro empréstimo junto ao Banco Europeu (BEI). (Foto: Reprodução internet)

 

BNB lançará nova linha de crédito para implantação de sistemas de energia solar voltados a agricultores familiares

Agricultores familiares atendidos pelo Banco do Nordeste passarão a contar com uma nova linha de crédito voltada para implantação de sistemas de micro e minigeração de energia solar – o Agroamigo Sol. A nova linha de crédito será lançada nesta quarta-feira (24), às 10h, na sede do Banco do Nordeste em Fortaleza (CE), com a participação do presidente do BNB, Marcos Holanda. Em Pernambuco, o lançamento será no mesmo horário, no auditório da Superintendência Estadual do Banco do Nordeste, localizado à Avenida Conde da Boa Vista, 800, Empresarial Apolônio Sales, 2º andar, Bairro da Boa Vista, no Recife.

Com metodologia do microcrédito orientado, os financiamentos beneficiarão principalmente pequenas propriedades rurais, com operações de até R$ 15 mil, com direito a bônus de adimplência e vantagens especiais para empreendimentos localizados em regiões do semiárido.

Os recursos podem ser aplicados em obras de melhorias nas propriedades, como sistemas de bombeamento, irrigação e dessalinização de água, além de eletrificação de cercas. A micro e minigeração de energia solar também pode beneficiar comércios de pequenas e médias cidades do interior do Nordeste e norte de Minas Gerais e Espírito Santo, contribuindo para a redução dos gastos com energia elétrica em iluminação e utilização de máquinas e eletrodomésticos, a exemplo de freezer para armazenamento de produtos.

“O Agroamigo Sol é uma importante ferramenta na missão do Banco do Nordeste de contribuir para a melhoria de vida das pessoas no campo, celeiro de grande parte dos alimentos que são consumidos no país. Com essa linha de crédito, os produtores rurais passam a ter acesso facilitado à geração de energia solar, garantindo uma produção ainda mais competitiva e ambientalmente mais correta“, afirmou o superintendente de Microfinanças e Agricultura Familiar do BNB, Alex Araújo. As informações são da assessoria.

Secretaria convoca agricultores que ainda não receberam Garantia Safra 2015/2016

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário de Petrolina está convocando os 797 beneficiários do Programa Garantia Safra 2015/2016, que não receberam o pagamento até o presente momento,  a comparecer à sede da Secretaria, até o dia 29 de maio, das 7h às 13h. Os agricultores devem levar o Cartão-Cidadão ou Bolsa-Família, para que sejam atualizados os dados junto à Coordenação Estadual e ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), em Brasília.

Essa atualização é necessária em virtude do conflito de dados no sistema do governo, que necessitam ser atualizados para efetuação dos pagamentos das parcelas aos agricultores. A Secretaria se encontra à disposição dos agricultores para esclarecimento de quaisquer dúvidas.

A sede da Secretaria de Desenvolvimento Agrário fica localizada na Avenida Honorato Viana, 980 “A”, Bairro Gercino Coelho (próximo à UPA), onde mais informações poderão ser obtidas.

Reservatório de Sobradinho poderá chegar ao volume morto em novembro e flutuantes deverão ser acionados

Durante entrevista ao programa Opinião (Rádio Grande Rio AM), na manhã desta segunda-feira, 22, o superintendente da 3ª Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba em Petrolina, Aurivalter Cordeiro, afirmou que pela primeira vez será acionado o sistema flutuante de bombeamento implantado pela Companhia no final de 2015 para manter o envio de água na produção irrigada do Vale do São Francisco.

“Vamos ter que acionar as bombas este ano, pois de acordo com as últimas previsões o reservatório de Sobradinho (BA), chegará ao volume morto no mês de novembro”, revelou o superintendente. A fala de Aurivalter foi reforçada pelo gerente de irrigação da Codevasf em Petrolina, José Costa.

“O nível chegará muito baixo neste período e teremos que acionar o sistema de bombeamento. Será a primeira vez que faremos esse procedimento para que a água continue a chegar no reservatório central do perímetro Nilo Coelho que abastece os sistemas de irrigação na região”, completou Costa.

Conforme os entrevistados, devido à estiagem o reservatório tem soltado em média 600 metros cúbicos (m³) de água, mas recebido apenas 400 m³, fazendo com que o volume útil do reservatório fique cada dia mais dependente de precipitações de chuvas na nascente do Rio São Francisco. “A situação realmente tem sido essa e teremos que usar o volume morto com a continuidade da estiagem, e assim manter os perímetros irrigados operando por meio do sistema flutuante”, concluiu Aurivalter  Cordeiro.

Banco do Brasil dá desconto em dívidas de pequenos produtores rurais da Bahia

Micro, pequenos e médios produtores da Bahia podem ser contemplados pelos descontos de 20% a 95% que o Banco do Brasil (BB) está oferecendo para a liquidação de saldos devedores de operações de crédito rural. O benefício tem base na Lei Federal nº 13.340 e varia conforme 3 fatores: data de contratação, valor originalmente contratado e região.

Em todo o país, cerca de 241 mil produtores poderão ser beneficiados pela medida. A Bahia tem o maior número de produtores com possibilidade de ter acesso aos descontos: mais de 61 mil clientes do BB, com financiamentos a empreendimentos localizados na área de abrangência da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).  O  valor total contratado no Estado é superior a R$ 693 milhões (o maior volume do país – cerca de 26% do total nacional).

Podem ser contempladas operações adimplentes ou não, contratadas até 31/12/2011, sendo que um mesmo mutuário poderá obter o desconto em mais de um financiamento, desde que obedecido o teto de R$ 200 mil em valores contratados.

O secretário estadual de Agricultura, Vitor Bonfim, destacou a importância da lei que oferece descontos tão significativos para produtores. “Os baianos precisam aproveitar essa oportunidade e se dirigir às agências do BB localizadas em todo o estado para fazer essa negociação e quitar seus débitos com o banco, podendo, a partir daí, fazer novas operações de crédito”, disse. (Foto: Ascom)

 

Petrolândia: Agricultores bloqueiam BR-316 e desativam bombas do Eixo Leste da Transposição

Um protesto de agricultores no início da manhã desta quinta-feira (18), entre os municípios de Floresta (PE) e Petrolândia (PE), ambos no Sertão de Itaparica, bloqueou a BR-316. Os manifestantes também desativaram as bombas da Transposição na Estação de Bombeamento (EBV-01) do Eixo-Norte.

Centenas de agricultores do Distrito Icó-Mandantes, zona rural de Petrolândia, estão  inconformados com a falta de manutenção e as constantes ameaças de desativação das bombas d’água dos perímetros irrigados do Sistema Itaparica por parte da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) e da empresa contratada pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) para fazer o serviço. Eles resolveram, de forma pacífica e com ajuda de tratores, bloquear parte da rodovia de acesso à EBV-01, desativando o sistema operacional da mesma.

Segundo o agricultor e ex-vereador de Petrolândia, Rogério Novaes, a 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf de Petrolina já entrou em contato com a comissão dos agricultores e prometeu de imediato enviar um representante do órgão para tentar uma negociação com os manifestantes.

Ainda segundo Novaes, a negociação só poderá ser feita por documento com assinatura do contrato para delegação de competências de manutenção e operação dos perímetros. Os agricultores não deram previsão do horário em que pretendem encerrar o protesto. (Fonte/foto: Petrolândia Notícias)

Parceria quer aumentar produção agrícola em Petrolina

Agricultores dos Perímetros Senador Nilo Coelho e Bebedouro, em Petrolina, têm buscado aumentar a qualidade de produção. Para isso procuraram assistência técnica do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Na sexta-feira (12), uma reunião na Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) entre o coordenador geral de produção do MAPA, Michel Ferraz, e a diretoria do Sindicato dos Agricultores Familiares do município (Sintraf) teve o objetivo de confirmar a visita de técnicos à zona rural da cidade e de apresentar outras demandas.

Uma das ações solicitada à pasta é a capacitação dos produtores da agricultura orgânica, com palestras e disponibilização de profissionais da área para visitar os lotes e fazer acompanhamentos.  Segundo a presidente do Sintraf, Isália Damacena, os agricultores necessitam do apoio para, além de qualificar a produção, tornarem-se mais competitivos no mercado. “Petrolina tem grande potencial econômico para a agricultura familiar. Para tanto, precisamos que nossos agricultores tenham assistência técnica adequada e que os oriente sobre a plantação, a colheita e o combate às pragas”, analisa.

Durante a reunião, Ferraz adiantou que na primeira semana de junho uma equipe de técnicos da Codevasf, que está na Paraíba, deve chegar ao município para atender a demanda dos produtores de orgânicos. “Será um suporte técnico para mitigar os problemas que eles [agricultores] têm identificado na produção”. E continua. “Nosso objetivo inicial é a organização dos pequenos irrigadores, partindo da integração de seus produtos para a sua comercialização”.

Reivindicação

As visitas in loco aos lotes de produção serão realizadas por técnicos ligados à Codevaf, que é a responsável pela orientação, capacitação e acompanhamento dos agricultores. A assistência técnica é uma reivindicação antiga do Sintraf. No final do ano passado, durante visita ministerial, o titular do MAPA, Blairo Maggi, comprometeu-se em atender a demanda da categoria. “Ele [Michel Ferraz] nos ouviu e está levando nossas necessidades à Brasília, esperamos que essa reunião possa trazer melhorias para o agricultor familiar de Petrolina”, afirma o secretário de políticas agrícolas do Sintraf, Natalício Luíz, que também esteve no encontro. (foto/divulgação)

Irrigantes do Norte baiano se reúnem em Juazeiro para debater uso racional da água

Produtores familiares do Baixo Salitre, no Norte da Bahia, estiveram reunidos na quarta-feira (10), em um seminário voltado para discutir as melhores soluções para a produção agrícola racional e o desenvolvimento socioeconômico da região. O evento foi promovido pela Associação Águas do Salitrinho, com apoio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), e aconteceu na sede da 6ª Superintendência Regional (SR), em Juazeiro.

O Projeto Salitrinho é composto por mais de 320 agricultores familiares do Baixo Salitre, distribuídos numa área de aproximadamente 750 hectares, dos quais mais de 400 hectares são considerados produtivos. Atualmente os principais cultivos existentes no local são de culturas anuais como melão, cebola, tomate, melancia e abóbora. Em menor quantidade, são produzidos quiabo, pimentão, pimentinha e repolho. Dentre as fruteiras, a manga e a goiaba têm destaque, seguidas pela produção de banana e acerola.

O superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, Misael Aguilar Silva Neto, explica que a Codevasf, nos últimos meses, fez algumas intervenções para desassoreamento do Rio Salitre, justamente para melhorar a oferta de água para as comunidades e produtores que dependem do rio. “É da essência da Codevasf participar de tudo o que envolva a irrigação no Vale do São Francisco e, com essas ações, a empresa reforça o seu papel de parceira do Salitrinho“, destacou.

Uso da água

A água do Salitrinho é fornecida pela Codevasf por meio de duas adutoras, implantadas pela Companhia a partir do projeto público de irrigação do Salitre, em Juazeiro. Em 2015, o Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou à Codevasf que realizasse a cobrança pelo uso água, mediante tarifação específica. Até então, os agricultores familiares não pagavam por isso, já que o governo federal, por meio da Companhia, custeava todo o sistema de adução e distribuição, numa vazão aproximada de 900 litros por segundo.

Para gerenciar o uso dessa água, foi criada – em parceria com a maioria dos agricultores do projeto – a Associação Águas do Salitrinho, que hoje funciona semelhante a um distrito de irrigação. A entidade possui dois funcionários e é composta por um conselho administrativo, com oito pessoas, e um conselho fiscal, com três integrantes. Nas reuniões realizadas pela associação, com a participação de representantes da Codevasf, são analisadas questões como o descumprimento de pontos do estatuto da associação, como o plantio de áreas de tamanho acima do permitido, inadimplência referente ao pagamento da tarifa de água e até ligações clandestinas de energia elétrica. (foto/divulgação)

Banco do Brasil passa a negociar dívidas de produtores rurais do Nordeste

A partir desta semana, os produtores rurais do Nordeste que possuem dívidas com o Banco do Brasil (BB) já podem negociá-las junto à rede bancária da agência. A novidade foi confirmada pelo deputado federal Guilherme Coelho (PSDB) que esteve diretamente com presidente da instituição, Paulo Rogério Caffarelli, e o vice-presidente de Agronegócios, Tarcísio Hübner.

 “O BB já fornecia informações sobre os descontos que cada produtor terá, mas somente agora os nossos sistemas estão operacionalizando os débitos e liquidando as dívidas”, explicou a diretoria do Banco.

O parlamentar destacou que a notícia é bastante aguardada pelos produtores rurais que têm dívidas com a instituição bancária, inclusive os de Petrolina. “Agora mais produtores vão limpar seu nome junto ao banco, e poder fazer novos investimentos, trazendo mais trabalho e renda para a região”, celebrou o deputado. A negociação é resultado da Lei 13.340/2016, e garante descontos de até 95% nas dúvidas de produtores rurais do Nordeste. (Foto: Ascom)

 

 

1° Encontro em Agroecologia do Nordeste encerra inscrições nesta quinta

Interessados em participar do 1° Encontro dos Cursos e iniciativas em Agroecologia do Nordeste têm até às 16h desta quinta-feira para se inscrever no evento. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site da Pós-graduação em Extensão Rural da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), por meio do link http://www.pgextensaorural.univasf.edu.br/index.php/inscricao-encontro-ab.

Dentro do evento acontecerá também a 1ª Oficina para Construção de Plataforma Colaborativa de Pesquisa/experimentação e Pós-Graduação em Agroecologia do Nordeste. Com o tema “Construindo e fortalecendo plataformas e articulações em Redes”, o encontro acontecerá de 15 a 18 de maio, no auditório Multieventos da Univasf, em Juazeiro (BA), e tem como público-alvo instituições de pesquisa, ensino e extensão, organizações e movimentos sociais, Núcleos de Agroecologia das Universidades e Institutos Federais, estudantes, professores, agricultores, pesquisadores, redes de educação contextualizada, Escolas Técnicas, entre outros.

A proposta do evento é construir uma síntese a partir das experiências apresentadas e contribuir com a definição de caminhos para construção de conhecimentos e propostas acerca da viabilidade de um modelo de desenvolvimento realmente sustentável para o Nordeste e em especial para o Semiárido, tendo em vista o desafio de contrapor-se ao que é imposto pelo agronegócio. O encontro é realizado por um conjunto de instituições públicas ligadas ao Governo da Bahia e ao Governo Federal, juntamente com organizações civis preocupadas em fortalecer esta discussão no Nordeste brasileiro.

 

 

 

 

Operação da Polícia Civil prende em flagrante acusados de furto de água no projeto Pontal Sul em Petrolina

O chefe de Polícia Civil de Pernambuco (PCPE), delegado especial Joselito Kherle do Amaral, esclareceu durante coletiva de imprensa em Petrolina, realizada no começo desta tarde de quarta-feira, 10, as prisões em flagrante de 15 pessoas acusadas de furto qualificado de água. Os desvios ocorreram na região do projeto de irrigação Pontal Sul, zona rural do município, administrado pela 3ª Superintendência Regional (SR) da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

A coletiva foi realizada na sede da Delegacia Seccional, localizada no 5º Batalhão da Polícia Militar, Bairro Vila Eduardo, zona leste de Petrolina. O flagrante ocorreu durante ação da Operação ‘Força no Foco’, desencadeada em Petrolina nesta quarta e que segue até esta quinta, 11, cumprindo mandados de prisão. O objetivo é acelerar os inquéritos de homicídios na cidade. Segundo o delegado, a água furtada seria para atender pequenos agricultores da região do Pontal, mas se tornou crime por informações de que estava sendo comercializada.

O fato se deu no canal do projeto irrigado Pontal Sul. As equipes constataram furto de água e de energia. Diante do boletim da Apac (Agência de Climas de Pernambuco), que registra uma das maiores secas este ano, é constatado crime o desvio de água, pois por causa do roubo, a água não chega para quem realmente precisa”, detalhou o delegado. Ele frisou existirem informações  de que a água furtada era colocada em carros pipas, tratada e vendida como se fosse água mineral.

Conforme Kherle, o crime é parecido com o que foi descoberto em Caruaru, no Agreste. Na semana passada, a força tarefa da PCPE flagrou desvios de água da Adutora do Prata que abastece a região. “O volume de desvios nessa ação em Caruaru dava para abastecer uma cidade de 1oo mil habitantes, como Santa Cruz do Capibaribe”, externou o delegado-chefe. “Estamos tratando de furto qualificado que dá uma pena de 2 a 8 anos, diante da gravidade do crime”, complementou o chefe da PCPE.

 

 

 

 

Representante do Dieese vem à região debater reformas trabalhista e da Previdência

O coordenador de relações sindicais do Diesse (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), José Silvestre Prado de Oliveira, participará de encontros em Petrolina(PE) e Juazeiro (BA) nesta quinta-feira, 11, sobre as reformas trabalhista e da Previdência, propostas pelo Governo Temer. Silvestre participa, às 9h, na Câmara de Juazeiro, de um debate sobre o tema.

Também na quinta, à 14h30, o coordenador se reúne com o movimento sindical da região no auditório do Sindicato das Trabalhadores Rurais (STR) e da Agricultura Familiar de (STTAR) de Petrolina.

A programação integra a 13ª Jornada Nacional de Debates promovida promovida pelo Dieese com apoio das centrais sindicais em todo o País, e as reformas do Governo Temer são o tema principal. “Será um momento importante para que em números a tese do governo federal seja desmontada para justificar mudanças tão prejudiciais para nós, trabalhadores”, disse o presidente do STR de Petrolina, Francisco Pascoal (Chicou).

Miguel Coelho assinará ordens de serviço para construção de nova ciclovia e de centro distribuidor para agricultura familiar

O prefeito Miguel Coelho (PSB) assinará ordem de serviço, nesta quarta-feira (10), para a construção de uma nova ciclovia na orla de Petrolina. Além disso, será autorizada a instalação de uma unidade de apoio à distribuição de alimentos da agricultura familiar. O ato de assinatura ocorre às 10h30, no gabinete do prefeito.

A nova ciclovia vai estimular o já crescente uso de bicicletas na cidade. O equipamento será implantado na Avenida Cardoso de Sá, entre o Petrolina Palace e o campus local da Universidade de Pernambuco (UPE), totalizando 1.113 metros de extensão. Ainda vai assegurar a melhoria da infraestrutura da orla, pois também está prevista a recuperação do passeio e pista de corrida neste trecho. A obra tem investimento de R$ 1,5 milhão e previsão de entrega de oito meses.

A outra ordem de serviço será para a construção de um equipamento, no bairro Quati II, voltado para os produtores rurais ligados ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A unidade de distribuição servirá de ponto de apoio e logística aos agricultores. Ao invés de entregar os alimentos nos vários prédios municipais, como escolas e restaurante popular, os produtores deixarão todo o material no galpão da prefeitura, garantindo mais praticidade e redução de custos. A obra receberá investimento de R$ 531 mil e será inaugurada num prazo de cinco meses. As duas ações serão conduzidas pela Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade.

Vereador Elismar pede a FBC e Fernando Filho pavimentação para Bebedouro e Nova Descoberta

Com fortes bases na zona rural de Petrolina, o vereador Elismar Gonçalves (PMDB) apelou ao senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) e ao ministro Fernando Filho (Minas e Energia) por melhorias para o Perímetro Bebedouro e Nova Descoberta.

Por meio de requerimentos enviados aos socialistas, Elismar solicitou serviços de pavimentação asfáltica nas duas comunidades. No caso do Bebedouro, o vereador pediu asfaltamento nas sete vilas, uma vez que apenas a via de acesso ao perímetro irrigado tem pavimentação. “Vale lembrar que o Bebedouro é o pioneiro na irrigação do Vale do São Francisco. É uma forma de proporcionarmos uma melhor qualidade de vida a esse povo, que tanto contribuiu com a irrigação”, destacou.

Já quanto a Nova Descoberta, a preocupação de Elismar se deve ao fato de que o povoado tem crescido bastante e já merece estradas pavimentadas para facilitar o deslocamento da comunidade.

Jovem cordelista de Uauá lançará livro nesta quarta-feira

Será lançado nesta quarta-feira (10), às 16h, na comunidade de Testa Branca em Uauá, no norte da Bahia, o livro “Meus cordéis: de Uauá para o mundo”, de Teones Almeida, filho de agricultores familiares do município contemplados pelo Pró-Semiárido – projeto da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) por meio de uma parceria entre o Governo do Estado e o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (Fida).

Teones atua como Agente Comunitário Rural (ACR), pelo Pró-Semiárido, na articulação de quatro comunidades, das 16 atendidas pelo projeto no município. Foi nos encontros realizados nas comunidades que ele apresentou o cordel em homenagem ao Pró-Semiárido, despertando a atenção de Elizabeth Siqueira, que é assessora de Gênero, Raça e Geração do projeto. Ela ficou sabendo do sonho do jovem em ver os cordéis publicados e deu uma força ao rapaz.

Para o ACR, que apresentou o livro em público pela primeira vez no 9º Festival do Umbu, realizado no último final de semana, em Uauá, “esse momento é único pra mim. Estou realizando um sonho. Posso dizer que foi o melhor dia da minha vida, até hoje”, disse, emocionado.

O projeto foi viabilizado com o intuito de incentivar as atividades artísticas e os talentos locais da juventude, e chamar a atenção dos jovens para as possibilidades de apoio do Pró-Semiárido, que não se resumem somente às atividades de produção agrícola. O lançamento do livro contará com a presença de cordelistas, poetas e músicos locais, numa grande celebração do talento e da cultura do semiárido baiano. (foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br