Ruy Wanderley critica Cancão, que rebate: “Retrógrado”

A sessão desta terça, 9, vivenciou mais um capítulo da celeuma da entrega do relatório das audiências públicas sobre segurança, de autoria do vereador Ronaldo Cancão (PTB). Ao se defender da nota da oposição que atribuiu a ele a prática de um ‘parlamentarismo individualista’ na Câmara Municipal de Petrolina, Cancão aproveitou também para responder ao líder de sua bancada, Ruy Wanderley (PSC), o qual tinha registrado que não foi correta a atitude do petebista, mesmo por uma boa causa, num típico comportamento de ‘fogo amigo’.

Cancão disse que tinha ido sozinho entregar o documento ao governador Paulo Câmara (PSB), na última sexta-feira, 5, em Ouricuri, sertão do Araripe, e que não cometeu nenhum erro. Ressaltou que chamou vários colegas, mas todos tinham compromisso e não podiam ir. Aproveitou e alfinetou Ruy.

Fui, em nome da Casa. Não preciso da autorização da Mesa Diretora para isso. Sou funcionário do povo de Petrolina, recebo R$ 15 mil e tenho que dar satisfação a quem me paga. Agora, o senhor está equivocado e retrógrado”, disparou o petebista.

Para Ruy, Cancão se equivocou e que seria bom não repetir mais situações como a da polêmica entrega do documento ao governador sobre as demandas de segurança pública para Petrolina, tiradas das audiências nos Bairros Santa Luzia e São Gonçalo.

Serve de lição. Todo documento tem que sair em nome da Câmara. Parabenizo sua iniciativa, mas lembro que não recebi nenhum convite para participar desse momento”, rebateu o líder do governo.

Comentários

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Enquanto isso…

24/07/2017 às 22:17 por Carlos Britto

Trindade já conta as horas para 3ª Festa do Gesso

24/07/2017 às 21:36 por Carlos Britto

Ilha do Rodeadouro: Será o fim?

24/07/2017 às 19:30 por Carlos Britto

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por agencialaguz.com.br