Ronaldo Cancão diz que percentual do remanejamento orçamentário não deveria constar em votação da LDO; Cristina evita polemizar

0

O vereador governista Ronaldo Cancão (PTB) pode não ter feito de propósito, mas acabou colocando o Governo Miguel Coelho numa ‘sinuca de bico’ durante a sessão de ontem (12) na Casa Plínio Amorim, que analisou e aprovou a Lei de Diretrizes e Bases (LDO) para 2018. O ponto crucial foi a emenda da vereadora Cristina (PT), propondo 20% de remanejamento orçamentário ao prefeito, ao contrário dos 40% (este último acabou aprovado).

Depois de uma breve discussão em plenário entre os dois vereadores, Cancão disse que não era nem para constar na LDO a proposta dos 40%, sugerindo ter havido um equívoco da administração. Autora da emenda que caiu, Cristina Costa, preferiu evitar se o pessoal do Executivo “fez confusão” por ter mandado, agora, esse percentual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome