Queda acentuada no preço da acerola em Pernambuco é motivo de preocupação para agricultores de Petrolina

0
Foto: Ascom Sintraf/divulgação

Dados do governo apontam que um dos três grandes setores da economia, a agropecuária, cresceu em Pernambuco 10% no primeiro semestre. Mas o produtor de acerola de Petrolina não tem muito o que comemorar. Vendida atualmente a R$ 22,00, a caixa com 20 kg da fruta vem registrando queda no preço desde o ano passado, quando custava R$ 30,00.

Os agricultores do município acreditam que um dos motivos da retração acentuada no preço está na grande oferta da fruta, que o mercado não está demandando. Além disso, a mão-de-obra de R$ 9,00 por cada colheita, o custo da irrigação e os tratos culturais (adubação, capinação e fertilização) têm diminuído a rentabilidade da caixa, gerando um lucro de apenas 4,00 por hectare.

Petrolina é um dos principais responsáveis pelo cultivo de acerola em Pernambuco, que é o quarto maior produtor da fruta no país. Persistindo essa queda, é possível que a agropecuária logo sinta o impacto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome