Professores da Bahia têm até dia 9 para aderir a acordo que revisa valores da aposentadoria

0
(Foto: Reprodução)

Professores do sistema estadual da Bahia que se aposentaram até dezembro de 2002 estão sendo estimulados por sua entidade classista a aderir a um acordo realizado com o governo. Aposentados, pensionistas e herdeiros que fizeram a adesão vão ter seus pagamentos revisados. A oportunidade vai até a próxima segunda-feira (9).

O acordo foi realizado a partir de processo judicial da Associação dos Professores Licenciados do Brasil (APLB) contra o governo baiano. No acordo, o estado deve incorporar valores relativos a progressões funcionais concedidos a professores em atividade, também aos aposentados e pensionistas.  A APLB também diz que os professores e pensionistas listados pela entidade não precisam realizar qualquer adesão, tendo os valores revisados automaticamente.

De acordo com estimativas da própria APLB, cerca de 20 mil pessoas podem ser beneficiadas pelo acordo. A lista contida no processo, no entanto, traz apenas 4,1 mil nomes. Os demais possíveis beneficiados devem manifestar expressamente o interesse na adesão ao acordo.

Quem aderir a partir do dia 10 de dezembro só terá direito à incorporação das diferenças ao salário a partir de janeiro de 2021. Os valores atrasados dos professores que ainda não estão inseridos no acordo até o momento podem alcançar mais de R$ 1 bilhão. Toda a categoria baiana tem direito a revisão salarial, independente de filiação à APLB. Mais informações pelo Whatsapp (71) 99637-7141 ou pelo telefone (71) 3342-1916.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome