Primeiro Centro Comunitário da Paz do interior de PE pode ser implantado em Petrolina

6

Petrolina poderá ser a primeira cidade do Interior de Pernambuco a abrigar um Centro Comunitário da Paz (Compaz), além da capital Recife. Essa é a ideia do deputado estadual Lucas Ramos (PSB/foto), que concedeu uma entrevista exclusiva ao Blog sobre o assunto. Lucas disse ainda que pretende aprimorar a legislação estadual para punir o transporte ilegal de explosivos e continuar lutando pela valorização das Polícias Civil e Militar.

O parlamentar foi provocado a apresentar ações e propostas para a área de Segurança Pública, principalmente no Sertão, e defendeu que o tema é prioritário no seu mandato.

“Desde 2015, quando tomamos posse, elegemos como fundamental a batalha, sem tréguas, contra a violência. Empreendemos ações de promoção da cidadania, educação e dos esportes para afastar jovens e crianças da criminalidade, por meio do Compaz. E uma atuação na Assembleia Legislativa em prol do fortalecimento de nossas Polícias, aprovando melhores salários, mais infraestrutura e maior presença no Estado”, destacou. Confira os trechos da entrevista:

Compaz em Petrolina

Antes de falarmos sobre combate à violência, é preciso discutir prevenção. Só é possível afastar as crianças e jovens das drogas, do tráfico e do roubo, ou seja, evitar que eles sejam os tristes protagonistas do crime amanhã, se oferecermos oportunidades de vida. Abrir janelas para o mundo, especialmente para quem só encontra elas fechadas. O Compaz, com agora duas unidades no Recife, é o equipamento ideal para alcançar esses objetivos. E precisamos que a primeira unidade fora da capital seja levada para Petrolina, polo socioeconômico do São Francisco, mas que vem dividindo o amargo título de cidade mais violenta fora do Grande Recife com Caruaru. Recentemente aprovamos na Alepe a Indicação ao governador Paulo Câmara, ao secretário de Desenvolvimento Social, Roberto Franca, e ao ministro Raul Jungmann para que o processo de interiorização do Compaz comece por Petrolina. Essa é a nossa luta.

Educação e esportes contra o crime

A receita não é mirabolante: oferecer mais educação de qualidade e esportes para crianças, jovens e adultos ampliarem seus conhecimentos, formarem consciência crítica e descobrirem e aprimorarem seus talentos. Um bom exemplo foi a conquista do Anexo I do Colégio da Polícia Militar, em Petrolina, luta travada pelo meu pai quando ainda era secretário de estado na gestão do ex-governador Eduardo Campos. Outro foi nossa articulação no resgate de um pleito antigo do ex-deputado Geraldo Coelho: conseguimos trazer duas novas escolas estaduais para a cidade, nos bairros de São Gonçalo e João de Deus, ambas em obras, que já são realidade na vida dos petrolinenses.

Cultura da paz

Acredito verdadeiramente que é preciso disseminar uma cultura de paz, e isso precisa partir das escolas, tanto no Ensino Fundamental quanto no Médio, em todas as instituições, privadas e públicas. Ajudar a construir uma sociedade onde, em vez de filmar com o celular os amigos brigando, as crianças e jovens estimulem a reconciliação. Que em vez de tratar quem é diferente com desrespeito – e pior, preconceito -, aceitem e abracem cada um do seu jeito, com suas opções, ideologias e orientações. Professores, coordenadores, pedagogos e alunos devem dar esse exemplo. Se engajarem na construção de um modelo educacional onde a promoção da Paz seja um pilar fundamental.

Mais rigor contra crimes

Apresentaremos nas próximas semanas um Projeto de Lei que prevê maior rigor nas punições a transportadores que forem flagrados, sem a devida autorização, com explosivos e armas de fogo. Defendemos a suspensão do registro das empresas na Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe) e o impedimento para participar de licitações ou firmar contratos com as administrações públicas. O objetivo é agir de maneira forte na repressão ao contrabando de explosivos e armas de grosso calibre, braço operacional fundamental para a ação das quadrilhas de assaltos a bancos.

Mais policiais e mais infraestrutura

É preciso ampliar o efetivo do 5º Batalhão da Polícia Militar. Para isso, apresentamos ao governador a sugestão para que sejam aproveitados os novos policiais, que estão concluindo a Academia, para reforçar o efetivo que protege os cidadãos de Petrolina, Afrânio e Dormentes. Participamos ainda da articulação para entrega de 12 novas viaturas para o Batalhão. Os veículos zero quilômetro substituíram antigos e proporcionam hoje mais agilidade na ação policial e maior alcance das rondas, garantindo uma Polícia mais presente. E defendemos a criação da Companhia Independente de Afrânio, como uma polícia de barreira, reforçando a vigilância nas fronteiras com outros Estados e reprimindo a entrada de drogas e armas de fogo. É um ganho tático substancial para investigações de quadrilhas que atuam em vários Estados.

Valorização dos policiais

Não é possível alcançar novos resultados positivos na repressão à violência sem investimentos em segurança e sem o devido reconhecimento e valorização das Polícias Militar e Civil. Atuamos diretamente na aprovação dos orçamentos de 2016 e 2017 do Estado, garantindo na Assembleia Legislativa aumento nos investimentos em ações de Segurança Pública. Estamos falando de R$ 600 milhões a mais apenas para este ano. Participamos também da articulação para aprovar a lei que aumentou o salário dos policiais civis no final de 2016. E este ano, já como presidente da Comissão de Administração Pública, pude coordenar a análise e apoiar a aprovação da lei que concedeu reajustes de 27% a 40% para toda a Polícia Militar. Além de Pernambuco, só o Ceará aumentou o salário da PM e em percentuais bem menores – de 1,1% a 9,6%. Ainda como parte de nossos esforços, atuamos para aprovação do aumento em 70% dos valores pagos no Programa de Jornada Extra da PM. Para finalizar, também debatemos e aprovamos na Alepe a contratação de 3.600 novos policiais nos últimos dois anos. Foram 1.100 policiais militares que já estão nas ruas, 1.500 que estão terminando a Academia este ano e mais 1.000 policiais civis.

6 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns Deputado Lucas Ramos!!! Há muito tempo não via alguém tratar a questão da Segurança de forma tão completa. Prevenção, Cidadania e fortalecimento da carreira policial e da infraestrutura das Polícias. Você é diferenciado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome