Presidente eleito Jair Bolsonaro será diplomado pelo TSE nesta segunda-feira

16
Jair Bolsonaro. (Foto: Adriano Machado/Reuters)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) enviou cerca de 700 convites para a cerimônia de diplomação do presidente eleito, Jair Bolsonaro, e de seu vice Hamilton Mourão, nesta segunda-feira (10), a partir das 16h. Os diplomas são assinados pela presidente do TSE, ministra Rosa Weber, que abre a sessão solene e indica dois ministros para conduzirem os eleitos ao plenário.

Segundo a programação elaborada pelo tribunal, na cerimônia, vão discursar o presidente eleito e a ministra Rosa Weber. Os convidados poderão acompanhar o evento no plenário e em dois auditórios do tribunal, onde serão instalados de telões para transmissão ao vivo da cerimônia. A diplomação também será transmitida pela TV Justiça e pelo portal do TSE.

A diplomação é uma etapa essencial para a pose dos candidatos eleitos e ocorre após a aprovação da prestação de contas da campanha pela Justiça Eleitoral. A movimentação financeira da campanha de Bolsonaro foi aprovada, com ressalvas, no último dia 4 de dezembro. Segundo o TSE, a diplomação confirma que o político escolhido pelos eleitores cumpriu todas as formalidades previstas na legislação eleitoral e está apto a exercer o mandato.

História

Esta será a 11ª diplomação conduzida pelo TSE. Conforme o tribunal, a cerimônia é realizada desde 1951, quando Getúlio Vargas retornou à Presidência da República por meio do voto popular, mas foi suspensa durante o regime militar (1964 a 1985).

Porém o primeiro diploma expedido pela Justiça Eleitoral, nos moldes atuais, foi em 1946, para Eurico Gaspar Dutra. Nos registros do TSE não consta ter havido solenidade de entrega dos diplomas ao presidente eleito naquele ano. Após o processo de redemocratização do país, Fernando Collor foi o primeiro a ser diplomado pelo TSE.

O documento é confeccionado e emitido pela Justiça Eleitoral, com código de autenticidade gerado pelo sistema de candidaturas. Devem constar no diploma o nome do candidato, o partido ou a coligação pela qual concorreu e o cargo para o qual foi eleito ou a sua condição de suplente.

De acordo com o calendário eleitoral de 2018, o prazo para diplomação vai até o dia 19 de dezembro. A responsabilidade de diplomar os eleitos para os demais cargos – governadores dos 26 estados e do Distrito Federal, senadores, deputados federais, estaduais e distritais – é dos tribunais regionais eleitorais de cada unidade da federação. (Fonte: Folha de PE)

16 COMENTÁRIOS

  1. Vai lá Bozo, mostra como se capina mato e pinta meio fio em quartel! Kkkkkkk eu quero é ver esse governo, com um monte de ministros que não se bicam, um partido que faz jus ao nome “partido”, e o chefe não sabe nem o que significa liderar alguma coisa…

    • Chama Bolsonaro de Bozo, mas ele humilhou os grandes caciques nas urnas sem dinheiro, sem partido e sem alianças políticas. Além de ter sobrevivido a uma tentativa de homicídio durante a campanha. Mito é pouco pra ele kkkkkkkk
      (Articulação política quem sabe fazer é o Lula né, que inventou a Dilma, e hoje está preso em Curitiba rsrsrs)
      O choro é livre kkkk

        • Tá. Agora me aponte um partido de direita que tenha descriminalizado todos os tipos de drogas, como você quer. Não existe.

          Todo individuo que luta pela legalização das drogas é de esquerda.
          Mas nem todo governo que combate as drogas é de direita.

          • O partido libertário dos EUA é direita e luta pelo fim da proibição e guerra estatal às drogas. Mais um “0” para você. Desiste “quinzinho”, vai ter que comer muito feijão para um dia discutir política, economia, história, filosofia ou qualquer outra coisa comigo…

    • Mais hilário do que ver a cara dos petistas quando Lula foi preso, impossível!
      Obs: a direita não tem político de estimação; ao contrário de vocês militontos esquerdistas

        • Vivi pra ver esquerdista dizendo que é de direita… kkkkkkkkkkk
          Só pra constar: quem é de direita não defende a legalização das drogas, tá? Isso é o mínimo que você deveria saber!

          • Me explique o fato de um partido de esquerda ter proibido as drogas nos EUA, e o presidente das Filipinas, que implantou um eficiente programa de erradicação de drogas (que consiste em matar usuários de drogas), pertence à um partido socialista (PDP-Laban); e o DFS, agência do governo mexicano responsável por caçar comunistas na guerra fria, depois virou milícia privada dos cartéis de drogas mexicanos….

            Não sei pq eu ainda perco meu tempo com você, você não sabe nada do que é esquerda ou direita, achar que ser de direita é votar no Bolsonaro e odiar o PT, Karl Marx e Gramsci é uma imbecilidade cavalar…. Leia mais livros e talvez um dia eu desperdice meu tempo com você….

        • Não pode pegar um exemplo qualquer e generalizar. Os libertários não são direita raiz! São até mais esquerdistas que os próprios! Eles já viraram piada faz tempo nos EUA… kkkkkkkkkkkk

  2. Quando se coloca codinome é por que não tem identidade e não merece credibilidade.
    Portanto aceita que doe menos!!!
    Bolsonaro presidente da República do Brasil, e vai governar pra todos, inclusive os de esquerda que são os mais preconceituosos.
    2019 ano para mudar de direção: Rumo a direita. Pra frente Brasil

    • Tantos autores e artistas utilizam pseudônimo, eles também não devem ter credibilidade… Se você olha para o locutor e não para o argumento, só demonstra seu nível de ignorância. Inteligência é para poucos meu caro Evandro, se esforce mais e um dia a gente conversa…

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome