Prefeito de Araripina nega prática de nepotismo na sua gestão

0
Foto: Secretaria de Comunicação PMA/divulgação

Em Araripina (PE), no Sertão do Araripe, o prefeito Raimundo Pimentel (PSL) rechaçou com veemência uma suposta prática de nepotismo na sua administração. A resposta foi direcionada a uma recomendação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), emitida no último dia 4/01, para que a prefeitura cumpra a súmula vinculante 13 do Supremo Tribunal Federal (STF), referente ao tema.

Pimentel diz ter enviado, de imediato, o documento à Procuradoria Municipal “para posterior resposta” ao MPPE, dentro do prazo estabelecido. Mas de antemão o gestor enviou nota à imprensa, afastando essa possibilidade.

O prefeito Raimundo Pimentel, antecipadamente, esclarece para todos de forma clara e transparente que não possui nenhum parente nomeado para cargo de direção, chefia ou assessoramento para o exercício de cargo de comissão ou de confiança, que esteja em desacordo com a referida decisão do STF, ao contrário do que acontecia na gestão anterior, onde inúmeros parentes do ex-gestor – irmãos, cunhadas, esposa – estavam alojados em cargos na Prefeitura Municipal de Araripina, recebendo vultuosos salários. Ademais, reafirma o compromisso dessa gestão com a moralidade e o respeito às normas legais e aos órgãos de controle”, diz a nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome