Petrolândia: Inconformado com “descaso” na orla, leitor cobra providência de autoridades

0

Inconformado com a situação pela qual se encontra a Orla de Petrolândia (PE), no Sertão de Itaparica, o leitor Aluízio Gomes de Carvalho solta o verbo e cobra das autoridades competentes do município ações para reverter essa realidade.

Confiram:

A alguns anos atrás foi apresentado, através de um plano de governo, o projeto da Orla Fluvial de Petrolândia, pelo qual seria feita em três etapas. Só foi concluída a primeira. Daí pra cá até as manutenções e limpezas estão precárias, pois mais parece abandonada. Só em 16 e 17/07/2011 tivemos um evento chamado ‘Jet Ski – Aventuras em Petrolândia-PE’. Depois disso só resta um bar móvel, que todos os finais de semana encontra-se na orla, pra alegria de alguns banhistas.

Hoje se encontra assim: as palmeiras quase todas já estão mortas por falta de água, onde temos caminhões-pipas que poderiam molhar periodicamente não só neles. Por toda área denominada orla, temos jogados garrafas pet, copos descartáveis, litros de vidros quebrados e sacolas plásticas, onde se colocasse dois garis para uma catada uma vez por semana já ajudaria muito, pois nem os responsáveis dos quiosques, que deveriam catar ao menos nos seus arredores, não fazem isso.

Nas pistas destinadas a caminhadas e então proibida ao acesso de carros, motos e bicicletas, isso não está sendo respeitado. Os caras vêm por cima das pistas e ainda buzinam para que os pedestres saiam e liberem a sua passagem. As autoridades deveriam alinhar com a guarda municipal pra estarem sempre fazendo uma ronda e estar corrigindo essas imprudências. E também deveriam fechar o acesso no início e liberar lá, vizinho ao pontal do lago.

Aluízio Gomes de Carvalho/Leitor

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome