Parceria estimula educação ambiental em estudantes do CAIC de Juazeiro

0
Foto: Ascom PMJ/divulgação

Alunos da Escola Municipal CAIC, em Juazeiro (BA), tiveram na manhã de ontem (17) uma aula diferente. Acompanhados dos seus professores, eles foram para as ruas dos Bairros Malhada da Areia e Argemiro coletar o lixo espalhado e jogado indevidamente nos terrenos baldios.

A ação de educação ambiental foi uma iniciativa da Empresa de Pesquisa Técnica EIRELI, em parceria com o Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Juazeiro (COOPERFITZ).

O coordenador social do projeto, Eduardo Fragoso, explicou que o objetivo da ação é conscientizar os estudantes a serem agentes multiplicadores dessas informações sobre a limpeza urbana. “É um trabalho gratificante, pois ao tempo em que ensinamos também aprendemos com eles. Sabemos que é na prática que se aprende e, a partir do momento que levamos estes garotos e garotas para vivenciarem essa experiência, estamos exercendo a cidadania e passando essa consciência de educação ambiental“, disse Fragoso.

A assistente social do SAAE, Marineide Macedo, falou do trabalho ambiental realizado pela autarquia,  destacando as palestras nas escolas e comunidades que abordam, além das informações sobre esgotamento sanitário, a coleta seletiva e o destino final dos resíduos sólidos. “Esperamos que a partir dessa aula em campo eles possam estar mais conscientes da importância de colocar lixo no lixo, para termos uma comunidade e, consequentemente uma cidade mais limpa. Desde que o SAAE assumiu essa parte ambiental, manteve o trabalho de orientação junto às escolas e comunidades“, frisou.

Aprendizado

Para a professora Lidiane Gomes, são ações como estas que fortalecem o aprendizado na sala de aula. É muito bom ver os alunos vivenciarem na prática as lições que passamos na escola. Um trabalho de cidadania  que certamente trará resultados positivos”, pontuou. Estudante  do 3º ano fundamental, Ana Clara era uma das mais ativas.  De luvas e muita disposição, ela catou todo lixo que via pelas ruas. “Agora sei como fazer em casa. Vou começar a juntar o lixo e colocar na rua só nos dias da coleta“. Outro aluno, Moisés Santos pensa igual. “Se cada um fizer o que nós estamos fazendo hoje, a cidade ficará mais limpa”, completou.

Já o presidente da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis, Raimundo Francisco da Silva, lembrou que a seleção do lixo reaproveitado deve começar em casa para facilitar o trabalho dos catadores. “Cada peça de lixo que os alunos tiraram hoje das ruas foi uma contribuição para um ambiente cada vez mais limpo. Vamos trabalhar em conjunto para que todos possam sonhar com um planeta melhor“, resumiu.

No final da ação, que coletou mais de uma tonelada de lixo, houve dinâmica com os alunos e informações sobre coleta seletiva, lugar do lixo e decomposição dos diversos produtos. As informações são da assessoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome