Para atingir metas do Ideb, escolas de Petrolina estariam reduzindo carga horária de algumas disciplinas

Educação_ reprodução internetUma decisão da Secretaria de Educação de Petrolina está gerando revolta em alguns pais de estudantes da rede municipal de ensino: para atingir as metas estabelecidas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), as escolas estariam reduzindo a carga horária de algumas disciplinas e intensificando em outras.

A denúncia chegou ao Blog através do comunitário e pai de uma estudante, Antônio de Araújo. O pai diz que só tomou conhecimento do assunto depois que percebeu a ausência de conteúdo no caderno da filha.

Nos últimos dias comecei a observar que havia pouca coisa ou quase nada escrito nas matérias de ciências, geografia e história. Achei estranho, pensei até que ela estivesse perdendo aulas. Aí ela me disse que estava tendo apenas uma aula por semana de cada uma destas matérias”, revelou. Antônio diz ainda que ao procurar a professora da filha, foi informado que a redução era necessário para que a escola pudesse atingir as metas estabelecidas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Quando procurei a professora, ela me disse que a secretaria de educação tinha reduzido as aulas, que eram de três por semana, para apenas uma aula, e aumentou a carga horária de português e de matemática, isso para aprofundar o conhecimento nessas duas matérias que os alunos são avaliados no Ideb. Acho isso um desrespeito com a educação, com os alunos e com os pais, que sequer foram avisados ou questionados sobre esta decisão”, finalizou. Nossa equipe já entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura e aguarda resposta sobre o fato.

Comentários

4 ideias sobre “Para atingir metas do Ideb, escolas de Petrolina estariam reduzindo carga horária de algumas disciplinas”

  1. polyana disse:

    Isso é normal para um país que prefere números para exibir mundo afora do que educar as crianças.

  2. Anonimo disse:

    Meu Deus, é a treva?!
    Coitados dos alunos do município. E vocês pais, abra o olho.
    O bicho vai pegar…

    1. ana disse:

      Isto é o mínimo! Analisem os livros didáticos usados nas series do 2º ao 5º ansim pelo município de Petrolina, aí é que é absurdo! Livros estes que não foram escolhidos por nenhum professor da rede mas sim pelo prefeito Julio lossio.

  3. anonimo disse:

    EM PETROLINA, A EDUCAÇAÕ VAI DE MAL APIOR, COM ESTE PREFEITO, TEMOS QUE COLOCAR ELE FORA, BEM LONGE DA PREFEITURA E DA EDUCAÇAÕ.

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Enquanto isso…

27/02/2017 às 22:12 por Carlos Britto

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br