Orocó: MPPE recomenda prefeito a não contratar servidores temporários enquanto concursados não forem chamados

0

Em Orocó, no Sertão do São Francisco, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao atual prefeito, George Gueber, que se abstenha em realizar contratações temporárias de servidores, enquanto os candidatos aprovados em concurso público realizado na gestão passada não forem convocados.

Além disso o MPPE pede a Gueber que, diante da iminência do prazo de contratação ser encerrado, a prefeitura substitua todos os contratos temporários pelos concursados, “dentro ou fora do número de vagas ofertadas”. Para o órgão, os candidatos aprovados têm direito legítimo a essas vagas.

A recomendação, publicada no último dia 18/10, é respaldada pela promotora Rosane Moreira Cavalcanti. O gestor tem um prazo de dez dias para responder ao pedido do MPPE. Com a palavra, a prefeitura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome