Obras já vão começar: Miguel anuncia duplicação da Estrada da Banana que terá ciclovia e iluminação em LED

12

Uma reivindicação antiga e um problema urbano crônico pode estar com os dias contados.  A Estrada da Banana passará por um amplo processo de modernização urbana. Quem garante é o prefeito de Petrolina Miguel Coelho, que assinou nesta sexta-feira (12) ordem de serviço para a duplicação do corredor estratégico para várias áreas da cidade. E as obras já começam esta semana.

Com investimento de R$ 5,6 milhões e prazo de conclusão de seis a oito meses, a Estrada da Banana será duplicada e vai ganhar mais uma pista em cada sentido.

A via atual ainda será totalmente recapeada com asfalto, contará com uma rotatória próxima ao condomínio Vinhedos e receberá postes de iluminação mais potentes, em LED. A outra novidade é a ciclovia que será construída na pista esquerda (sentido Pedra Linda).

“Empregos serão gerados por uma intervenção tão grande, e quando estiver pronta, a nova Estrada da Banana vai melhorar o escoamento de veículos como também da produção dos perímetros irrigados. Essa é mais uma obra que simboliza o novo momento de prosperidade que Petrolina tem vivido nesses anos”, informou Miguel.

12 COMENTÁRIOS

  1. Os Coelhos das grandes Obras estão aí pra quem quiser ver, então oposição manchada pelo ódio, chorem menos é trabalhem mais, cadê o Lucas Ramos que não coloca uma emendazinha se quer pra Petrolina? Cadê a esposa do senhor Odacy Amorim? E essa galera ainda quer a prefeitura, Vão cassar oque fazer.

  2. O Prefeito que Petrolina precisava está ai…parabens Miguel Coelho com esse seu DNA dessa família (Petrolina precisava de sangue puro nas veias pra esse desenvolvimento.)

  3. Com IPTU dobrado, aumento na contribuição de iluminação, e 60 milhões de empréstimo (cadê a força política?), tem mais é que fazer grandes obras. Só não pode fazer é elefante branco e moedor de carne como a Sete de Setembro, que serve hoje para cachorro passear e pessoas serem atropeladas, com a desculpa de que “BR que corta cidade não tem acostamento e ciclovia”, e que “passarelas no meio de 4 bairros populosos não seriam utilizadas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome