Moradores de Serrote Pelado protestam na Casa Plínio Amorim por permanência de pedreira na comunidade

Após interditarem a BR-428 na última semana, moradores da comunidade de Serrote Pelado, zona rural de Petrolina, protestam, neste momento, na Casa Plínio Amorim.  O motivo da reivindicação é a permanência de uma pedreira na comunidade, segundo eles, única fonte de renda para os moradores.

Extrair pedra é o nosso único meio de sobrevivência”, diz frase escrita num cartaz segurado por uma moradora. “Nossos filhos só terão um futuro se tivermos um lugar para trabalhar”, ressalta outro cartaz. Eles querem um posicionamento dos vereadores da Casa.

Comentários

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Chuva volta ao Pajeú e assusta moradores

30/04/2017 às 13:34 por Carlos Britto

Bagagens voltarão a ser cobradas por empresas aéreas

30/04/2017 às 10:27 por Carlos Britto

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br