Megaoperação nacional combate pedofilia em Pernambuco, Bahia e outros 22 estados

1

O Ministério da Justiça e Segurança Pública deflagrou nesta sexta-feira (20) uma megaoperação de combate à pedofilia. A Operação Luz na Infância mobilizou 1,1 mil policiais para cumprir mandados de busca e apreensão em Pernambuco, Bahia e outros 22 Estados e no Distrito Federal (DF).

O chefe da Polícia Civil (PC), Joselito Kehrle do Amaral, informou que já foram cumpridos dois mandados de prisão e que 125 policiais civis fazem parte da operação em Pernambuco. “Além de explorar sexualmente, compartilhavam com outras pessoas as imagens pornográficas”, contou. “Por enquanto, sabemos de Recife e Região Metropolitana, mas já temos informações de atuação no interior do Estado”, completou.

Segundo a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do ministério, esta é uma das maiores ações mundiais contra a pedofilia. Foram expedidos 178 mandados de busca e apreensão, que resultaram em 97 prisões em flagrante. A operação segue em andamento, por isso o número deve aumentar até o fim do dia. São Paulo teve o maior número de mandados expedidos, 40, dos quais 25 já foram cumpridos. Foram identificados mais de 151 mil arquivos com conteúdo de pedofilia – cenas de sexo explícito com a participação de crianças – que eram compartilhados entre os suspeitos.

Os alvos da operação foram identificados após seis meses de investigações conjuntas da Senasp com agências de inteligência das secretarias estaduais de segurança pública e polícias civis, com a colaboração da embaixada dos Estados Unidos. Os suspeitos tanto armazenavam quanto compartilhavam esse material. Em alguns casos, também o produziam. “O próximo passo da investigação é ver qual era a relação entre eles, que tipo de conexão e colaboração havia“, disse o ministro Torquato Jardim em coletiva de imprensa.

Mapeamento

Os investigadores mapearam a ação dos pedófilos na internet – ambiente que, segundo a Senasp, facilita a conduta criminosa de adultos que buscam atrair crianças e adolescentes. “O complexo ambiente da internet e a ausência de fronteiras no mundo virtual são elementos que propiciam terreno fértil à atuação desses criminosos”, informa a Senasp, em nota. (fonte: Folha de PE/foto divulgação)

1 COMENTÁRIO

  1. Pra mim não passa de um CHARLATÃO, DEBOCHADO, DEMAGOGO E HIPÓCRITA a serviço da ESQUERDA RADICAL COMUNISTA, DO PT E DO LULALADRÃO haja vista, o seu comportamento na QUINTA FEIRA passada, em uma entrevista na JORNAL DO COMERCIO. Seu comportamento político partidário e debochado foi de DAR NOJO, REPULSA!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome