Mãe reclama de atendimento no HU e diz que não há vagas para fazer uma simples revisão da cirurgia de sua filha

1

mãe com filha

Mais uma denúncia contra o Hospital Universitário (HU) de Petrolina expõe os problemas na saúde pública da cidade. Desta vez, a reclamação é da comunitária Daniela Ferreira, que diz não conseguir vaga na unidade para fazer a revisão da cirurgia da filha.

Segundo Daniela, o médico recomendou que a revisão fosse feita quinze dias após a cirurgia, mas a unidade informou que só há vagas para o procedimento no anos de vem.

Minha filha tem apenas 4 anos de idade, passou por uma cirurgia no tendão e o médico disse que ela tinha que fazer a revisão nesta terça-feira (8), quando completou 15 dias, mas me disseram que só tem vaga ano que vem. Aí eu voltei para casa com ela no gesso”, disse Daniela.

Ainda segundo a mãe, os profissionais da unidade não deram nem mesmo uma previsão de quando a revisão será feita. “Condições de levar em outro médico eu não tenho. E se acontecer alguma coisa pior com minha menina, eu faço o quê?”questiona.

Sobre a denúncia, a secretaria de superintendência informou apenas que a unidade está sem condições para atender à demanda devido ao grande número de pacientes e quadro reduzido de ortopedistas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome