Mãe de Beatriz faz revelação bombástica: “A polícia e o MPPE sabem de um funcionário da escola apagando imagens das câmeras”

11

Durante a manifestação da manhã de hoje (10) para lembrar os dois anos da morte de Beatriz Angélica Mota, a mãe da menina, Lúcia Mota, fez uma revelação bombástica. Segundo ela, a Polícia Civil e o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) têm conhecimento de um funcionário do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, local onde Beatriz foi morta, apagando as imagens das câmeras de segurança da instituição.

A polícia e o Ministério Público têm a imagem do funcionário apagando as câmeras. No início, quando tudo aconteceu, foi dito que a escola não tinha câmeras. Mentira! Eles planejaram até isso. Mas a verdade sempre vem à tona, as imagens apareceram. Elas vão a nível nacional [no Fantástico, da TV Globo]”, disparou Lúcia, que já tinha feito essa denúncia outras vezes.

E eu tenho fé em Deus que alguém vai reconhecê-lo. Nós vamos chegar até ele, vamos chegar até todos: vamos chegar ao mandante, a quem colaborou, a quem atrapalhou. Tudo tem o seu tempo”, acredita a mãe de Beatriz. Vale lembrar que Lúcia também revelou a este Blog que terá acesso ao inquérito e que sua família vai continuar com a investigação paralela, para contribuir com o caso. Fica o espaço reservado ao colégio, caso queira se pronunciar.

11 COMENTÁRIOS

  1. Seita!
    Falo isso há dois anos!
    Desde o momento em que disseram: “não há vestigios de sangue em qualquer outro local da escola, senão no próprio corpo da menina”.
    Ora ora ora… não precisamos ser peritos em nada para deduzir: SEITA!
    Beberam o sangue da menina!
    Foi um ato de integrantes de Seita!
    Homenagearam algo ou algum Deus!
    É uma prática antiga, é só pesquisarem na internet.
    Ocorre que – provavelmente – tem gente graúda nisso.
    Abalaria os padrões e alguns ditos “poderosos” iriam para a cadeia.
    O problema é saber quem são esses “poderosos”.
    Integrantes da própria igreja?
    Vai saber!
    Contra fatos não há argumentos: UMA PESSOA SÓ JAMAIS FARIA AQUILO.
    E o sujeito que estão caçando pode ser apenas uma peça jogada para tirar a atenção.
    Digo e repito: não é preciso ser Sherlock Holmes!
    Vão atrás das movimentações bancárias, no período em que o crime aconteceu, de todos os funcionários da escola e das pessoas que possam ter ligações com o caso. Sobretudo, vejam pessoas que, do nada, conseguiram comprar alguma coisa mais cara. Pode ser que esse pessoal costume “comprar silêncio”.

    • E uma boa teoria,e algo q devesse c olhar,porem como a reportagem diz é um colegio particular aonde claramente existem alunos “ricos” alguns alunos podem ser mimados q quando n conseguem oq quer ficam nervosos consequentemente vingativos ,tenho em mente duas possibilidades 1 o pai da Beatriz e um professor de ingles,hr ou outra um professor precisa reprovar alguem ou chamar a atençao de um aluno q pode ter c sentido humilhado tendo assim um gosto de c vingar do professor ,penso q foi um aluno pq a faca era de cozinha claramente n teve um planejamento de qual arma ele iria usar ,o conhecimento da escola, como uma pessoa q n frequenta a escola saberia td aquilo q o assassino sabia aonde esconder o corpo em um lugar pouco visitado,e claro q pessoas notariam um homem andando com uma menina no colegio procurando aonde esconder o corpo,a brutalidade de alguem q sente raiva q deaferiu as facadas pensando em machucar n so a garota mas como outra pessoa,claro q n temos acesso ao corpo mas c uma faca de cozinha fosse esquentada poderia desferir ferimentos e seriam cauterizados pela faca fazendo assim q n tivesse quase sangue nenhum, 2 a irma mais velha,uma moça bonita ja com uma idade aonde tem relacionamentos ,poderia ter algum aluno q teve alguma coisa ou tentou alguma coisa q n conseguiu e como eu volto a dizer pessoas ricas sao acostumadas a terem td oq querem ,e quando n conseguem ficam extremamente descontrolado, pq seria um aluno na minha opinião um aluno q n passou e por isso estava na formatura porem n nos meios dos formandos pelo o fato de que ele entrou e saiu sem q ngm visse como um fantasma claramente alguem q foi convidado sabia td sobre o colégio porem ele n foi ate o colégio com o intuído de machucar a garotinha mas s o professor porem coberto de raiva e odio viu q seria dificil de matar o professor tendo em vista q ele sempre estava em multidões o aluno assassino pelo odio de ver amigos passando e ele ficando resolve entao ir embora mas ele veh a filha mais nova do professor ele sabe q e a filha do professor pq ja conhece por ser um aluno alguem proximo entao ele vai e a assassina, 2 anos c passaram quanto mais tempo passa mais fica dificil de saber, interrogam tds os alunos q n passaram interrogem a filha mais velha pgt c teve algum aluno interessado nela q ela n quis dar atençao ou um ex namorado.

    • Nunca entenderão coisas sobrenaturais pensando naturalmente. Digo outra esse suspeito que tanto procuram (que nem deve existir mais) é só apenas uma pista pra dispistar os verdadeiros criminosos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome