Floresta: Após novo prefeito questionar sobre saldo positivo da prefeitura deixado pela gestão passada, ex-prefeita Rorró Maniçoba rebate informação

No Sertão de Itaparica, a ex-prefeita de Floresta (PE), Rorró Maniçoba (PSB), rebateu a informação divulgada pelo novo gestor, Ricardo Ferraz (PSD), de que ela teria deixado a prefeitura com saldo negativo. Num nota publicada em sua página no Facebook, Rorró nega tudo, diz que o povo florestano reconhece o trabalho dela e mostra os recursos deixados em caixa.

Acompanhem:

Sempre fiz política tendo a verdade como princípio e a melhoria da vida do povo como objetivo. Jamais precisei utilizar de expedientes como a mentira ou a dissimulação. Foi assim, falando a verdade, olhando no olho, que a população florestana me concedeu a honra de ser a primeira prefeita eleita e reeleita de nossa história. Nosso povo sabe que a minha palavra tem valor, pois vem acompanhada de ações. Se eu digo algo, cumpro. E o povo reconhece. Esta foi a tônica dos meus oito anos de gestão.

Em meu discurso de despedida fiz um balanço geral do trabalho desenvolvido e publicamente prestei contas à sociedade. Entreguei a Prefeitura de Floresta com a folha salarial rigorosamente em dia, 13° e salários pagos. Esse cenário é muito diferente de boa parte dos municípios Brasil afora. Basta olhar ao redor que vocês encontrarão cidades vizinhas com graves problemas financeiros e pais e mães de família angustiados pelo não pagamento dos salários.

Posso me orgulhar, entreguei a prefeitura totalmente saneada e ainda com saldo positivo em caixa, tanto na conta das receitas correntes quanto nos saldos de diversos programas mantidos pela municipalidade. Deixamos mais de R$ 7 milhões nas contas da Previdência/FlorestaPrev. Não há ninguém que possa provar o contrário. 

Apesar disso, fui além, no meu discurso informei a população que graças a força do nosso grupo político, ao meu trabalho de captação e a sensibilidade do deputado federal Kaio Maniçoba, Floresta terá a oportunidade de executar mais de 9 milhões em obras em 2017. Ou seja, foi o nosso trabalho e o espírito público do deputado Kaio em favor de nossa terra que irão permitir que a gestão que acaba de se iniciar possa dispor de um volume de recursos em emendas parlamentares jamais visto na história desta cidade. O dinheiro é relativo a diversas obras, algumas em fase inicial, outras prontas para o início e algumas na fase final de preparação para o início, dependendo apenas de documentos que devem ser entregues pela atual gestão para assim serem iniciadas. Todas as obras já estão com os recursos assegurados no Orçamento da União e só não se transformarão em obras se a nova administração não quiser.

Por uma questão de transparência e para provar a existência dos recursos, disponibilizo aqui a relação das obras, seus respectivos contratos, valores e ainda um panorama do estágio em que cada uma delas se encontra. Disponibilizo ainda alguns extratos do banco, pelo menos quatro exemplos, onde mostram que entreguei a Prefeitura com dinheiro, muito além do que andam publicando por aí, na tentativa de enganar o nosso povo. Tenho compromisso com a verdade, e com cada florestano.

Cabe a nova administração colocar a mão na massa para sua boa execução e para que as obras virem realidade em breve, melhorando a vida dos florestanos. São quase R$ 10 milhões. 

As inúmeras obras que realizamos nos dois mandatos, a transmissão da prefeitura equilibrada e especialmente a disponibilização de mais de R$ 9 milhões para melhorias na educação, saúde e infraestrutura são a verdadeira herança que deixo de minha gestão. É hora de quem assumiu empregar esforços para a continuidade do nosso ritmo de trabalho e obras para que Floresta não retroceda. (veja aqui os detalhes da folha da prefeitura divulgados por Rorró).

Rorró Maniçoba/Ex-prefeita

Comentários

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Enquanto isso…

26/07/2017 às 22:12 por Carlos Britto

Oficina do Artesão Mestre Quincas deve ser revitalizada

26/07/2017 às 21:02 por Carlos Britto

Giro de notícias: Os principais fatos do dia

26/07/2017 às 20:05 por Carlos Britto

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por agencialaguz.com.br