Filha de Osvaldo Coelho lembra altruísmo do pai: “Ele pensava em quem mais precisava dele”

1

patrícia coelho

Bastante emocionados pela morte do ex-deputado Osvaldo Coelho, enterrado ontem (2) em Petrolina, a maioria dos familiares preferiu o silêncio. No entanto, coube a uma das filhas de Osvaldo, Patrícia Coelho Medeiros, ressaltar as virtudes do seu pai que o fizeram se tornar o grande líder sertanejo que se tornou.

“Ele foi um homem muito altruísta. Ele não pensava apenas nele, e dizia que a família dele não era apenas nós, filhos e esposa. Eram todos os sertanejos, sobretudo os que mais estivessem precisando dele”, afirmou a diretora da TV Grande Rio.

Lembrando da luta de Osvaldo por questões como a qualificação profissional e a irrigação, Patrícia diz que seu pai era desprovido de qualquer vaidade. “A única vaidade dele era atender quanto mais pessoas ele pudesse ajudar. E eu sei que isso é uma virtude muito nobre, muito rara”, afirmou.

Patrícia disse ainda que, além dessa qualidade, Osvaldo deixa o exemplo de amor à terra dele (Petrolina e o Sertão) e às suas raízes. Sem querer criticar a nova geração de políticos, Patrícia destacou que outro exemplo do seu pai que deveria ser quase obrigatoriamente seguido é a preocupação que Osvaldo tinha com as comunidades. “Acho que os políticos à moda antiga pensavam mais na comunidade. Os de hoje estão mais preocupados com outras coisas. O foco mudou bastante”, declarou a filha de Osvaldo, acrescentando que a população não pode nem dever esperar pela classe política atual. (foto/reprodução)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome