Estudantes da rede estadual de Sobradinho são premiados por projeto relacionado ao Rio São Francisco

0

Os estudantes Lucas da Rocha Santos, de 15 anos, e Cícero Leandro da Silva, de 13, do 8º ano, além da professora e orientadora Cida Nunes, do Colégio Estadual Maria José Lima Silveira, localizado em Sobradinho (no norte da Bahia), foram premiados, no último sábado (21), durante a 2ª Mostra de Iniciação Científica do Sertão do São Francisco (MICSESF), em Juazeiro. O evento, realizado no campus da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), contou com uma mesa temática sobre Educação Científica e Educação Contextualizada, espaço de diálogo sobre Ciência e Território Semiárido, além da exposição de 50 trabalhos de iniciação científica desenvolvidos por estudantes.

Com o projeto “Barco sustentável: análise de conservação”, Lucas e Cícero conquistaram o 2º lugar na categoria Júnior Menor. O projeto, voltado para a sustentabilidade, propõe o monitoramento da vida aquática do Rio São Francisco e também visa a conscientizar a população sobre os riscos da poluição do rio.

Para os estudantes, esta foi uma boa oportunidade para trocar experiências fora da sala de aula. “Estamos muito contentes com o resultado, pois mostra que estamos no caminho certo. A gente tenta sempre conquistar o primeiro lugar, mas atingirmos o segundo lugar também é muito compensador. Agora, estamos na expectativa para a  Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (Feciba)”, diisse, empolgado, Lucas.

A professora Cida Nunes levou o 1º lugar na categoria Experiência Pedagógica e não escondeu sua emoção. “Fiquei sem palavras. A premiação é algo que vem selar o compromisso com a Educação, com o dia a dia dos nossos alunos, de validar que uma atividade focada na teoria e na prática, com envolvimento da comunidade escolar, é garantia de êxito na aprendizagem e estímulo para sempre trilharmos no campo da iniciação científica“, ponderou a educadora. (fotos/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome