Embarcação abandonada na Orla de Juazeiro volta a gerar polêmica e prefeitura emite novo pronunciamento

10
Embarcação abandonada na Orla de Juazeiro-BA. (Foto: Duda Oliveira/Blog do Carlos Britto)

A celeuma envolvendo uma embarcação abandonada na Orla de Juazeiro (BA) ganhou mais um capítulo, após a morte de um motociclista durante um acidente em que a vítima acabou caindo sobre a estrutura da barca, na madrugada de ontem (7). A tragédia ganhou repercussão nas redes sociais e muita gente questionou sobre a permanência do equipamento no local.

Em julho passado, este Blog questionou a Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb) sobre esse caso, e foi informado que o proprietário já havia sido notificado para retirar a barca do local.

A reportagem esteve lá ontem e constatou que a situação é ainda pior. A ‘carcaça’ do barco, inclusive, serve de ‘parede’ para um outdoor de uma empresa particular. Além disso, a barca estaria impedindo a finalização da pista de cooper do Parque Fluvial. Por causa o acidente de ontem, parte da grade de proteção do trecho da Orla foi danificada.

Embarcação abandonada na Orla de Juazeiro-BA. (Foto: Duda Oliveira/Blog do Carlos Britto)

Pessoas que passavam pelo local disseram não acreditar na remoção da barca. “Eu acho que isso aí vai ficar para sempre. Já tem muito tempo e ninguém nunca fez nada“, disse a universitária Flávia Araújo, que pratica atividades físicas na Orla de Juazeiro.

Quem também não acredita na retirada do equipamento é Vinícius Carvalho. Além disso, ele disse que o local está a cada dia mais fétido e teme que a embarcação cause um acidente. “Isso aqui está um horror. Fezes, urina, animais mortos e lixo. Quem passa por aqui sente esse mau cheiro e não fica perto. Fui verificar lá em baixo, e essa barca está suspensa por pedaços de madeira, isso é um perigo, pode cair sobre alguém“.

Há quase seis meses foi repassado pela Semaurb que a administração municipal estava “realizando um processo licitatório para contratação de uma empresa especializada“, para que fosse feita a retirada da embarcação e posterior cobrança dos custos ao proprietário.

Embarcação abandonada na Orla de Juazeiro-BA. (Foto: Duda Oliveira/Blog do Carlos Britto)

Nova resposta

Em nova nota enviada a este Blog, a Semaurb disse que esse processo “está em fase de pós licitação, aguardando os trâmites para que a empresa ganhadora possa expedir a ordem de serviço para retirada da embarcação“.

Acompanhem a nota, na íntegra:

A Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb) informa que inicialmente existiam três embarcações ancoradas na área de Área de Preservação Permanente (APP) do Rio São Francisco e duas foram retiradas.

O proprietário da última embarcação não quis promover a retirada junto à prefeitura e o mesmo foi advertido e, em seguida, autuado com auto de infração de multa por descumprir a lei.

Diante disso a prefeitura, através da Semaurb, está em fase de pós licitação, aguardando os trâmites para que a empresa ganhadora possa expedir a ordem de serviço para retirada da embarcação.

Já a Secretaria de Serviços Públicos de Juazeiro comunica que uma equipe já esteve no local nesta segunda-feira (7), realizando o levantamento de todo material que será necessário para consertar o trecho da Orla. Durante a semana os serviços serão iniciados para que sejam evitados outros acidentes.

Ascom/Semaurb

10 COMENTÁRIOS

    • Concordo Cícero,conheço o Dono dessa embarcação é um grande empresário dono de vários imóveis no centro das duas cidades Juazeiro e petrolina,e perguntei a ele o porque ele não terminar a barca,respondeu que a prefeitura não libera o alvará e nem ligação de energia para que ele possa reforma, e tb fez um projeto lindo em 3d com com plantas,escrituras e ele tem todos os documentos e licenças só que a prefeitura quer bolar para soltar é tanto que ele me mostrou tudo até protocolos e todos com prazo vencidos e sem resposta da prefeitura,esse projeto e de um restaurante lindo todo no vidro sem perder a forma da barca pois ela faz parte da história do nosso rio que nela já viajou vários presidentes e homens de poder na época,e além de ser meu amigo e um grande homem e tá sendo maltratado pois a mesma prefeitura barrou um imóvel dele que ele comprou na orla de juazeiro um prédio abandonado e que ia cair mais niquem comprava pois era muito grande e caro pois ele comprou, e quando foi derrubar a prefeitura veio com um negócio de tombo e no cartório não consta nada de tombo e ele estar com uma fortuna parada e eu já disse a ele saia dessa cidade de merda só tem corrupto e lizo tem que vim investir na minha cidade petrolina meu amigo Ramy Roger

    • Não troco minha amada Juazeiro por Petrolina , Petrolina e uma cidade boa não vou desmerecer como vc fez mas Juazeiro tem crescido bastante e tanto que vcs pernambucanos tem aberto empresas em Juazeiro BA aqui tem as melhores redes de supermercados e aí me responda.

  1. A barca e um patrimônio que conta navegação é parte histórica. Se não acontecese o acidente ninguém falaria nada.Ela tem que estar ali mesmo, pois e mais fácil manter uma fiscalização para manter aquele local limpo do que retirar a barca.Proximo da estátua da nega d’água tem um lugar que parece uma latrina ninguém parece que vê isso.A barca não foi a responsável pelo acidente.Na minha opinião deve se preservar a barca naquele local sou a favor que se limpe aquele lugar mas tira la não.

  2. Retirar a barca daquele local estariam tirando um pedaço da história das embarcações aquilo pode ser um ferro velho mas tem história; é um patrimônio que merece ser preservado .Deveriam limpar aquele lugar onde fica a barca e fiscalizar para ninguém sujar e posiciona lá para não oferecer acidente.Se não tivesse acontecido o acidente com o motociclista ninguém falaria em barca.Proximo da nega d’água tem um lugar que é sujo na verdade uma latrina e isso ninguém vê.A barca para quem mora aqui e está acostumado a ver ali a encara como ferro velho, mas um turista que vê fica admirado e sabemos que aquela barca ali é um importante memorial que registra embora sepultada e sem disser nada a história do que eram as embarcações no Velho Chico.

  3. Por acaso esse governo está preocupado com o bem estar da população juazeirense? Juazeiro está um caos.estao abandonando o navio.Isso ė pra servir de exemplo pra o povo,que continua votando mal.

  4. Eu acho que se remover para o fundo do
    Mar além de fazer um criadouro de peixes, abrange também o turismo de mergulho, estruturas no mar atraem peixes e corais..
    não há muitas despesas e se torna um turismo.
    Minha opinião!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome