Em sua oitava gestão, Manoel da Acosap diz que foco será PCC dos agentes de saúde e Reforma da Previdência

5
Foto: Blog do Carlos Britto

Recém-empossado pela oitava vez para presidir a Associação dos Agentes Comunitários de Saúde de Petrolina (Acosap), o vereador Manoel Antonio Coelho Neto – ou simplesmente Manoel da Acosap – deverá focar sua gestão (de 2019 a 21) em dois pontos cruciais pelos próximos. Um deles é a consolidação do Plano de Cargos e Carreiras (PCC) da categoria; o outro é a Reforma da Previdência.

Em entrevista ao Programa Carlos Britto na Rural FM, Manoel da Acosap explicou que, quanto ao primeiro item, a entidade e a prefeitura já tiveram várias conversas no intuito de implantar o plano. “Está bastante avançada. A gente quer fechar essa negociação no próximo ano”, destacou.

Quanto à Reforma da Previdência, o presidente da Acosap argumentou que a categoria dos agentes já existe há duas décadas e precisa ter um olhar diferenciado, devido ao fato de a aposentadoria dos profissionais ser especial, já que existe a questão da insalubridade. Manoel, no entanto, enalteceu a sintonia do governo federal com o município, o que deverá ajudar nessa luta, já que uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) paralela vai chegar a Estados e municipios.

Ele frisou ainda ter aceito o convite da ex-diretoria da Acosap pelo fato “do compromisso e confiança” que sempre passou aos profissionais, lembrando dos avanços que aconteceram em todas as suas gestões. “Quando assumi a Acosap os agentes eram terceirizados, ganhavam salário mínimo”, afirmou.

Concurso

Atualmente o quadro de agentes em Petrolina é de 444 profissionais, mas há um déficit de 160 vagas. Isso porque alguns deles já se aposentaram, outros faleceram, e a categoria é a única que só se ingressa exclusivamente por meio de concurso. Sobre esse detalhe, Manoel  citou o certame realizado pelo Governo Miguel Coelho no final de 2018, que já resultou na convocação de 24 aprovados. “A previsão é de que, até março do próximo ano, a prefeitura chame de 50 a 60 agentes”, informou. Segundo Manoel, como o concurso tem duração de quatro anos (válido por dois e prorrogável por mais dois), a meta é de chegar ao total de 200 convocados.

5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome