‘Democratização do acesso ao cinema no Brasil’ é o tema de Redação do Enem 2019

0
(Foto: Reprodução)

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 terão de dissertar sobre a ‘Democratização do acesso ao cinema no Brasil’. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) A redação deve ser do tipo dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, desenvolvida a partir da situação-problema proposta e de subsídios oferecidos pelos textos motivadores. Redações com menos de sete linhas recebem nota zero, assim como as que reproduzem integralmente trechos dos textos motivadores e de itens do Caderno de Questões.

Um texto dissertativo-argumentativo deve ser opinativo e organizado para a defesa de um ponto de vista. A opinião do autor deve estar fundamentada com explicações e argumentos. Os critérios de correção da redação, com cinco competências, estão detalhados na Redação do Enem 2019/Cartilha do Participante.

Neste primeiro domingo, são aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias, com 90 questões, além da redação. O Enem 2019 tem 5,1 milhões de participantes inscritos. Os participantes têm cinco horas e 30 minutos para fazer as provas. Aqueles com direito a tempo adicional e que solicitaram o recurso durante a inscrição terão uma hora a mais. Deficientes auditivos e surdos que optaram – e tiveram o pedido homologado – por fazer a videoprova traduzida em Libras (Língua Brasileira de Sinais) terão duas horas a mais de prova.

No próximo domingo (10), serão aplicadas as provas de matemática e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias. Os participantes terão cinco horas para entregar o Cartão-Resposta. Mais informações podem ser obtidas no portal do Inep.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome