Defesa assegura inocência de ex-funcionário terceirizado do colégio onde Beatriz foi morta e atribui erros à Polícia Civil

por Carlos Britto // 24 de julho de 2019 às 16:42

Imagem divulgada pela Polícia Civil de Pernambuco que mostra suspeito no Colégio Auxiliadora. (Foto: Divulgação)

Em nota enviada à imprensa regional nesta quarta-feira (24), a defesa de Allinson Henrique Carvalho Cunha culpou a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) pelos equívocos ocorridos na condução das investigações acerca do brutal assassinato da menina Beatriz Angélica Mota, então com 7 anos, ocorrido na noite de 10 de dezembro de 2015 no Colégio Maria Auxiliadora, em Petrolina, durante uma festa de formatura. Beatriz estudava no colégio.

Allinson, à época um funcionário terceirizado da instituição de ensino, foi acusado pela PCPE de ter apagado imagens das câmaras de monitoramento que poderiam ajudar a elucidar o crime.

A defesa, no entanto, alega que Allinson foi utilizado como “bode expiatório” para ocultar os erros da própria polícia. Confiram a nota na íntegra no link disponibilizado pelo Blog. Também foi enviado à imprensa um parecer técnico do perito aposentado da Polícia Civil do Distrito Federal, Cássio Thyone Almeida de Rosa, sobre uma análise do que poderia ter ocorrido ao equipamento audiovisual (DVR) do colégio – também solicitado pela defesa do suspeito.

A reportagem do Blog tentará em contato com a Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco sobre o assunto.

Defesa assegura inocência de ex-funcionário terceirizado do colégio onde Beatriz foi morta e atribui erros à Polícia Civil

  1. Defensor da liberdade disse:

    Qualquer um com dois neurônios sabe que essa versão da polícia não se sustenta, imagens apagadas 20 dias? Fala sério, um investigador com um QI de uma ameba pediria as imagens um dia após o ocorrido, o juiz teria expedido o mandado no mesmo dia, em uma semana no máximo a polícia já estaria de posse de toda as gravações. Diga assim a polícia perdeu as imagens por pura incompetência, ou na hora da manipulação, ou outra hipótese qualquer.

    O fato é que a polícia brasileira é um LIXO, os MÍSEROS 8% DE TAXA DE SOLUÇÃO DE CRIMES estão aí para mostrar. Agora quero ver os babacas aplaudirem os “guerreiros”.

    1. Zero um disse:

      Perfeito!

  2. Bingo disse:

    Que guerreiros Zé Mané.
    Um bom aperto nesse malaquias, e ele fala o que sabe.
    Como um sujeito sem nenhum recurso, de empresa terceirizada, consegue se manter em fuga por tanto tempo.
    Aí tem coisa.

  3. Deus não existe disse:

    Essa versão parece ser mais factível. Os especialistas em redes sociais até hoje não sabem QUE AS IMAGENS APAGADAS JÁ FORAM RECUPERADAS. O Polícia Civil deveria tornar público a investigação do inquérito, mantendo-se público apenas o que for necessário.

  4. Pitu disse:

    Defensor da Liberdade. Quanta asneira em um comentário. Deve ser amiguinho ou parente. Acompanhar investigação por notícia de blog e querer opinar no trabalho da Justiça, no mínimo demonstra sinal de falta de neurônio ou babaquice mesmo. O cara esta foragido, desrespeita uma ordem judicial. Se for inocente, provará se entregando e mostrando junto às autoridades. Enquanto não se entregar será considerado culpado por apagar as imagens e pronto.

    1. Defensor da liberdade disse:

      Se entrega e vai morrer na cadeia por causa de um erro da polícia? Você só pode estar de brincadeira!

  5. Amanda disse:

    Qualquer pessoa em sã consciência se tornaria fugitivo da Polícia numa situação dessas. Primeiro que, uma vez preso, estaria sujeito a qualquer tipo de crueldade na cadeia e até perder a própria vida. Segundo, tem que correr atrás p provar a inocência e, nesse caso, pelo que já foi dito pela defesa (basta ele provar), as imagens foram entregues e PERDIDAS pela polícia. O que o funcionário não poderia imaginar acabou acontecendo. Ocorre que foi infeliz ao apagar as imagens sem ter realizado um backup. Enfim, não queria estar na pele desse rapaz. Se for culpado que pague pelo seu crime, mas se não for, espero que não seja condenado. Espero que Deus conforte o coração dessa família e o verdadeiro culpado não fique impune.

    1. Gilvan S.a disse:

      Amanda honestamente, quem não queria estar na pele da família sou eu , que não tem mais a sua filha, que foi morta de forma cruel , tendo que viver alem da solidão e da falta da filha , vivem procurando justiça e quem poderia ajudar correu . Eu não queria esta na pele da família que dorme todos os dias ( se é que estão dormindo) ,com o assassino a solta .
      Por favor viu seu comentário chega a ser desprezível.

    2. Aline disse:

      Concordo com Amanda. É preciso prender o verdadeiro culpado e não ficar arranjando pessoas inocentes para culpar. Tem que fugir mesmo, morrer pelo crime de outro ( ou de outros) não dá.

  6. Gilvan S.a disse:

    Se ele é tão inocente porque esta se escondendo , e porque surgiu o advogado agora com essa declaração ? Se ele é tão inocente porque não esta trabalhando na escola? Se não deve de a cara pra bater e ajude naquilo que supostamente ele saiba. , ajude porque essa família é quem sofre pela perda da vida de Beatriz.

  7. popo disse:

    A Policia e culpada nessa desastrosa investigaçao….Porque eles na epoca nao pediu judicialmente as ligaçoes telefonicas na area de cobertura onde o crime foi cometido ( Colegio M,Auxiliadora)……A Delegada na epoca tem que ser responsabilizada tbm e nao so esse rapaz que e acusado das Imagens.

  8. popo disse:

    Porque nas fotos do acusado tem ele na area externa do colegio em uma ligaçao…..Kd Delegada essa prova desse acusado?….A Policia tem que ser responsabilizada tbm.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *