De volta à presidência do Petrolina, Ronaldo Silva quer reviver tempos gloriosos da Fera Sertaneja

3

Na década passada, o Petrolina Social Futebol Clube (PSFC) – a ‘Fera Sertaneja’ – viveu tempos dourados. Depois de conquistar a Série A2 do Campeonato Pernambucano, em 2001, teve boa participação na elite entre 2002 e 2005, chegando a figurar entre os quatro melhores times do Estado. Tal desempenho rendeu, inclusive, uma disputa pela Série D do Campeonato Brasileiro. Coincidência ou não, o vereador Ronaldo Silva estava à frente do clube, antes da Fera mergulhar num longo período de fracassos. Agora, ele volta à presidência estimulado a colocar de novo o Petrolina numa trajetória vitoriosa.

Segundo o vereador, a estrutura da diretoria já está sendo montada. Além de Ronaldo como presidente, também farão parte Carlos Benevides (secretário) e Humberto Angelim (tesoureiro). O conselho fiscal do clube terá também Dr.Moacir (do Instituto de Olhos), Robério (da Casa Alvorada), Dr.Manoel Rafael e Paulo (da FTC). Falta apenas a confirmação de Daniel Granja para vice-presidente e Elinaldo (da Vanessa Móveis) como 2º secretário.

O principal é ter pessoas de credibilidade, e essas pessoas realmente são comprometidas com o esporte de Petrolina”, ressaltou Ronaldo.

Depois da tentativa do empresário Cirineu Ribeiro em resgatar a Fera Sertaneja, no ano passado, ‘ter feito água’, Ronaldo disse que o momento agora é de olhar para frente. Segundo ele, é inaceitável uma cidade do porte de Petrolina não ser mais representada pelo futebol, que já estampou a cidade em programas como o Globo Esporte, da Rede Globo. “Petrolina é conhecida no Brasil como a cidade da fruticultura, mas tem de ser conhecida também pelo seu futebol”, argumentou, acrescentando que esse resgata também vai contribuir com a parte social, ajudando a trazer para o esporte jovens em vulnerabilidade.

Recomeço

Ronaldo enfatizou também que o subsídio de até R$ 300 mil, aprovado na legislatura passada, para os clubes de futebol e o esporte amador da cidade, continuará a ser repassado pela prefeitura. Mas o novo presidente da Fera deixou claro que não dá para depender apenas disso, nem muito menos ‘politizar’ o clube. Por isso, ele disse que pretende apresentar um projeto, juntamente com a diretoria do Primeiro de Maio – o outro clube da cidade – no intuito de incentivar o empresariado da região a investir no futebol.

O recomeço tanto da Fera quanto do Primeiro de Maio será no próximo dia 12 de agosto, pela Série A2 do Pernambucano. Ao contrário do que ocorreu ano passado, quando a prefeitura perdeu o prazo para apresentar os laudos técnicos sobre o Estádio Paulo de Souza Coelho, Ronaldo assegurou que tudo está a contento. “O gramado está ótimo, inclusive estamos aprovando um crédito especial para o prefeito Miguel Coelho, de quase R$ 600 mil, para receber uma contrapartida de R$ 15 milhões do Ministério do Esporte. Uma parte desse recursos irá para a reforma de vestiário, banheiro, arquibancada e pintura (do estádio)”, adiantou.

Ronaldo revelou também que as conversas para contratar o técnico Pedro Manta, velho conhecido da Fera, estão bastante adiantadas, e deixou claro que a prata da casa será valorizada nesse processo – tanto os jovens de Petrolina como os da região. O Petrolina está no Grupo A, juntamente com o Azulino do Atrás da Banca, Serrano e Sete de Setembro.

3 COMENTÁRIOS

  1. . Só serve pra dá Título de cidadão Petrolinense….. Kkkk kkk parece piada esse vereador do faz de conta. Mostra um projeto da sua autoria vereador. Kkkk. Títulos de cidadão….. Dr. SÉRGIO MORO em. Breve estará com o nome msm em Petrolina mas pra pedir prisão de surrupiadores do erário, O seu chefao maior

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome