Comunitário do Residencial Vivendas solta o verbo contra barulho excessivo e clama às autoridades

O barulho excessivo de som volta a ser alvo de críticas em Petrolina. O problema, agora, afeta a comunidade do Residencial Vivendas.

Em contato com este Blog, um morador (que prefere o anonimato) relatou os transtornos causados por conta do desrespeito à Lei do Silêncio.

Solicito que as autoridades que combatem o barulho venham no Vivendas, pois o barraco é grande! Neste domingo (14) a noite toda foi barulho de uma banda, com bebedeiras. A Guarda Municipal passou do lado e não fez nada! gostaria de saber se a Lei do Silêncio existe para que, e quem tem direito? E por que estas ‘festas’ são permitidas? aqui é local de residências, e não de farras! o sono é sagrado para o trabalhador”. Haja bronca.

Comentários

5 ideias sobre “Comunitário do Residencial Vivendas solta o verbo contra barulho excessivo e clama às autoridades”

  1. Izabella disse:

    Bom dia

    Carlos

    Projeto N.7 rua C não é diferente pois ontem 14/05/2017, domingo, tinha carro paredão cor vermelha enfrente de supermercado som alto , da tarde até 22:00hrs ligado , incomoda todas vizinhos , ninguém não aguentava mais , outra moto lá passar fazendo suada cano escape fora de anormal, precisa de urgência providência das autoridade.

    Izabella

  2. Rafael Alves Rocha disse:

    So no vivendas? Pois no Monsenhor Bernadino aqui é a mesma coisa a policia passa e nem fala nada estamos em bairro totalmente sem lei…

  3. Paulo Moraes disse:

    Na Cohab 4, o problema se repete há anos. Toda semana é o mesmo sofrimento. Não temos direito ao sossego nem dentro de casa.

  4. Pensativo disse:

    Aqui na Areia Branca é do mesmo jeito, carro com som alto até parece qua a lei não existe.

  5. Betânia disse:

    Existe uma lei que foi feita para garatir o sossego, mas a fiscalização não acontece.
    Coisas do Brasil!!!

Deixe uma resposta

Últimas notícias

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por agencialaguz.com.br