Coluna do Blog

1
Prefeitura de Cabrobó-PE. (Foto: Arquivo Divulgação)

MPPE orienta prefeito de Cabrobó a realizar festa de aniversário somente depois de pagar salários atrasados

O prefeito de Cabrobó (Sertão do São Francisco), Marcílio Cavalcante, amarga os frutos de sua administração atabalhoada.  O promotor de Justiça, Luiz Marcelo da Fonseca Filho, expediu documento, orientando o prefeito a não realizar nenhum evento festivo para comemorar o aniversário de 91 anos de emancipação política da cidade.

O promotor afirmou, em seu despacho, que a festa só deveria acontecer depois que os três meses de salários atrasados fossem pagos.

O prefeito prometeu resolver o problema e, assim, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e a prefeitura municipal assinaram nesta terça-feira (10) um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), pelo qual Marcílio Cavalcante assume o compromisso de regularizar o pagamento dos salários dos servidores contratados e comissionados.

A festa de aniversário de 91 anos de Cabrobó é um evento importante e muito esperado pela comunidade.

O prefeito teria se comprometido em realizar, ainda nesta terça-feira (10), o pagamento de todos os atrasados, os quais são referentes aos meses de maio e junho de 2019, em um débito total de R$ 256.111,23 mil.

O TAC conteve ainda orientação para que a prefeitura pague até o dia 31 de dezembro deste ano para atualizar todos os pagamentos atrasados  e o valor total é de R$ 395.920,95 para ser pago em três vezes.

Caso o prefeito Marcílio descumpra o prazo pagará uma multa diária de R$ 5 mil aos cofres da prefeitura.

Auditores de Petrolina

Por unanimidade de 18 votos, os vereadores da Casa Plínio Amorim aprovaram ontem (10) o projeto de lei do Executivo Municipal que altera dispositivos da Lei nº 2.461, de 9 de abril de 2012, a qual  institui o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos da categoria.

Muriçoca do barulho

A escultura da muriçoca gigante continua fazendo muito barulho em Juazeiro (BA) e deu o que falar na Câmara Municipal. Vereadores da oposição disseram, na tribuna da Casa Legislativa, que a oposição se aproveitou da situação para “aparecer” durante o desfile de 7 de Setembro. “Nunca vi uma oposição tão baixa como esta por fazer uma política tão suja e por tentar denegrir o nome da cidade nacionalmente“, disparou Anderson da Iluminação (PP).

Supostos financiadores

Outro vereador que não gostou nada do protesto foi Charles Leal, que ameaçou divulgar os nomes dos supostos financiadores. “Financiaram a propaganda de péssima imagem de Juazeiro“, justificou. “Pessoas ligadas à oposição ficam fazendo críticas e não entendem o trabalho que vem sendo feito pela administração para se tentar resolver este problema”, expressou o vereador Amadeus dos Santos (PSD).

1 COMENTÁRIO

  1. O problema da muriçoca em Juazeiro é grave?
    Todos sabemos que sim.
    Porém, concordo com a reclamação dos vereadores. Estão fazendo com que Juazeiro vire chacota nacional. Isso não é nada bom para o município.
    A unica coisa boa que isso pode resultar é no investimento de inseticidas, o resto é perda certa……

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome